História Don't Cry For Me (A Marlie Fanfiction) - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias Charlie Puth, Chloë Grace Moretz, Meghan Trainor
Personagens Charlie Puth, Chloë Grace Moretz, Meghan Trainor, Personagens Originais
Tags Charlie Puth, Marlie, Meghan Trainor
Exibições 36
Palavras 754
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 22 - Brasil Parte 2


Dia 1 

 Ao chegarmos no Brasil fomos imediatamente para o hotel, em Copacabana, acho que esse é o nome. Charlie estava feliz, muito feliz, eu também estava, afinal era minha lua de mel, com o amor da minha vida. 

 -PARA O TÁXI! - Charlie gritou e o taxista parou imediatamente 

 -O que aconteceu? - Perguntei nervosa 

 -Ali tem uma coisa - Ele apontou para uma lancheria -, uma coisa maravilhosa chamada coxinha, vamos ficar aqui, obrigado! - Pagou o táxi, pegamos as malas e fomos comer a tal coxinha. 

Depois de três mordidas tive de concordar. 

 -Isso é um manjar dos deuses! 

-Eu avisei, não avisei? Avisei! - Ele fala e me da um selinho - Vamos para o hotel? Estou cansado e o Brasil não é o melhor lugar para andar com duas malas gigantes! 

-Vamos sim. Chegamos e nos deitamos na cama, dormimos. 

Dia 2 

 Copacabana é uma praia maravilhosa, mas o sol no Brasil é extremamente forte. 

 Estou absolutamente torrada, o dia não está sendo legal.

 Charlie está sorrindo muito e as brasileiras dão em cima dele, eu me irrito com isso, será que não percebem que ele é casado, ele é meu, MEU. 

 Dia 3 

 Lauren Jauregui é uma garota americana que eu conversei muito no twitter, ela veio para o Brasil pois o pai trabalha em uma empresa e foi transferido para cá, o apartamento dela é tão grande, eu ainda vou me perder nele! 

 -Não acredito que finalmente nos conhecemos! - Lauren sorri 

 -Também não posso acreditar! - Respondo e a abraço 

 -E seu marido? - Ela pergunta 

 -Ele foi em um museu, me sinto triste por isso. 

 -Por que?

-Estamos em lua de mel e ainda não fizemos sexo, e as brasileiras se atiram para cima dele. 

 -Ah Meg, para, viagens são cansativas e tem tanta coisa aqui, sexo não é tudo. 

 -Tem razão, pensando bem parece que sou maníaca! Meghan Trainor maníaca por sexo, que idiota! 

Conversamos bastante até Charlie chegar na casa de Lauren com dois buquês, um para mim e outro para ela. 

Dia 4 

 O hotel em que nos hospedamos é lindo, uma verdadeira obra de arte. Aprecio a arquitetura do Brasil, é tão diferente da americana, mas é mais complicada, eu acho, têm vários lugares com coisas incompletas. 

 Hoje finalmente vou provar brigadeiro! Estou no saguão do hotel esperando o maridinho querido voltar com a carteira que ele esqueceu no quarto, Charlie consegue sem bem burro quando quer. 

 -Isso é um manjar dos deuses! - Falo quando provo o doce 

 -Você fala isso de tudo que come aqui. 

 -Deve ser porque a culinária brasileira é um manjar dos deuses! - Compro mais sete 

 Voltamos para o hotel e ele manda eu esperar no saguão novamente até ele voltar e me buscar.

Lauren: De nada 

 Fico sem entender a mensagem da garota, será que eu sou amiga de uma maluca? 

 Charlie volta e quando chegamos no andar do nosso quarto ele permite que eu abra a porta, me deparando com pétalas de rosa na cama e no chão e algumas velas em locais mais estratégicos. 

 -O que é isso? - Pergunto 

 -Eu já falei que te amo? - Ele me da um selinho - Pois então, eu te amo, muito. - Desce para meu pescoço - Mais do que qualquer pessoa nesse mundo inteiro - Ele me beija, um beijo intenso que não poderia descrever 

 Ele me pega no colo e nos deitamos na cama, tiro sua camiseta e ele continua me beijando. Quando menos vejo estamos completamente sem roupas nos beijando loucamente. 

-Eu te amo tanto - Falo 

 Ele não responde apenas chupa meus seios e começa a distribuir beijos por todo o meu corpo me fazendo estremecer ao chegar lá. 

 Um dedo, começo a soltar gemidos abafados e ele continua. Dois dedos, os gemidos aumentam e ele me leva cada vez mais ao ápice, isso é tão bom então consigo evitar gemer alto, sinto pena das pessoas que estão nos quartos ao lado. 

 Ele distribui mais beijos por todo o meu corpo e então coloca seu membro dentro de mim aos poucos. Solto alguns gemidos abafados em seu ouvido enquanto ele penetra lentamente, mas então ele aumenta o ritmo e meus gemidos crescem, ele também geme baixo no meu ouvido, fazendo com que eu sinta cada vez mais prazer. 

 Então eu chego realmente ao meu ápice e finalmente tenho um orgasmo, ele me beija e tem um orgasmo também. 

Depois nos deitamos juntos, sem nenhum pedaço de pano nos atrapalhando e dormimos abraçados. 


Notas Finais


desculpem pelo smut porco


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...