História Don't Cry. I'm Still With You. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Jean L. "JeanL", Pedro "SrPedro" Montanari
Personagens Jean L. "JeanL", Pedro "SrPedro" Montanari
Tags Bianl, Bibidroo, Homossexualidade, Jean L, Jedro
Visualizações 46
Palavras 440
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Aí meu deus! Eu finalmente fiz a one-shot! Para vocês terem noção, planejei isso a dois meses, e já mudei a One-Shot umas 20 vezes! Me perdoem se a sipnose está uma merda. E sim, eu shippo o Jean L e o Sr.Pedroo. Resolvi lançar a fic agora pois eu ando meio triste...Tipo...Me deixa triste ver o canal do Jean agora. O comentário com mais curtidas tem 7 likes, e os vídeos tem apenas 5 mil views...

Nada aqui tem haver com a realidade, então não venha com nada dizendo que "Ain nossa mas tal tal coisa aconteceu com Jean, e tal tal tal pessoa é diferente"

Ah, mil perdões pelo shipp estranho.

Bom,espero que gostem

Capítulo 1 - Together For Eternity ♡(One-Shot)☆


Fanfic / Fanfiction Don't Cry. I'm Still With You. - Capítulo 1 - Together For Eternity ♡(One-Shot)☆


Eu apenas levava o cigarro até a boca.

A fumaça estava em todo meu quarto, e eu apenas escutava a música que tocava.

As lágrimas estavam em meus olhos, e escorregavam lentamente.

Minha vida estava uma merda.

Irmão longe.

Pai sendo babaca.

Mãe morta.

Amiga falsa.

Sozinho.

Ri e dei um sorriso irônico.  Ótimo Jean, você está se lamentando em vez de tentar se matar.  

Bufei e logo lembrei do canal.

A situação estava horrível...1 milhão de inscritos e os vídeos tem apenas 5 mil views.  Os comentários com mais gosteis, tem 7 likes...Era deprimente olhar aquilo.

Talvez eu devesse apenas apagar, e fingir que sempre fui um moleque retardado com voz fina demais pra idade.

Logo algo bateu na janela, fazendo-me pular na cama, entrando em contato com o chão de modo nada amigável.

Olhei para a janela e vi Pedro nela.

- Mas que porra... - Sussurrei e andei até a janela, abrindo a mesma é observando o garoto que tinha um sorriso irônico - Oque você quer, desgraça? 

- Isso é jeito de tratar um amigo ? - Perguntou fingindo estar ofendido.

O filho da puta rouba minha amiga, e acha que pode me chamar de amigo  ?!  Que cara de pau!

- Amigo é meu cú!  Fala logo Oque quer! - Falei e logo voltei a fumar o cigarro em meus dedos.

- Jean...Oque aconteceu com você? - Ele me olhou de cima a baixo, horrorizado com o moletom,  as olheiras e os olhos vermelhos e inchados 

A preocupação era evidente em seus olhos, mas eu simplesmente não sabia o que responder. 

Nem eu mesmo sabia Oque estava ocorrendo comigo.

Logo as mãos do Montanari pegaram meu cigarro e tocaram longe.

Que ousado!

- Eu simplesmente estou na merda. - Tentei soar o mais calmo possível, mas minha voz falhou - Meu irmão foi afastado de mim, meu pai anda sendo um babaca, minha mãe morreu e Bibi me trocou por um moleque com Apelido de Peppo - Sorri irônico em quanto segurava as lágrimas.

Assim que pisquei, as lágrimas já estavam caindo de modo exagerado, e meus soluços cobriram o som da música Obstacles de Syd Matters

Logo Pedro entrou em meu quarto e me abraçou,  me confortando. 

- Não chore... - Sussurou em meu ouvido, me fazendo arrepiar. 

As mãos do maior passavam em minha cintura, enquanto meus braços estavam no pescoço do mesmo.

- Eu estou sozinho... - Falei em meio a choro, enterrando meu rosto no pescoço do Montanari.

- Não.  Ainda estou com você... - Logo se separou do abraço, levantando meu rosto de modo delicado.

- Mas por quanto tempo ?... - Sussurrei para apenas minha pessoa ouvir, mas o acastanhado ouviu mesmo assim

- Pela Eternidade.  - Sorriu e selou nossos lábios.

Juntos Pela Eternidade 


Notas Finais


Foi pequena? Foi. Mas foi apenas algo romântico.

E existe uma pequena referência da fic My Song ysgsgsg

Quem disser ganhar biscoito.

E NÃO! Essa história não tem nada haver com a My Song

Me perdoem pelos erros, e espero que gostem



My Song : https://spiritfanfics.com/historia/my-song-9883144


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...