História Dont Forget Me - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Backstreet Boys
Personagens AJ MacLean, Brian Littrell, Howie D, Kevin Richardson, Nick Carter, Personagens Originais
Tags Bsb
Exibições 9
Palavras 1.386
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Suspense

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - Capítulo 4


Fanfic / Fanfiction Dont Forget Me - Capítulo 4 - Capítulo 4

Vendo os olhos castanhos do latino brilharem, Lisa abaixa a cabeça. Soltando devagar o braço da jovem, Howie suavemente coloca dois de seus dedos no queixo da moça, a fazendo o encarar novamente. Em segundos os lábios dele encontram os dela. Sentindo o calor do corpo do homem e os braços dele a envolvendo, a moça fecha os olhos.

Flashes surgem em sua mente. Lisa se vê correndo, de vestido branco, na beira da praia. Sentindo-se feliz, vira-se e sorrindo, enxergar o Howie. Ele segura na mão dela. Em milésimo de segundo, a lembrança muda. Um veículo virado. Fumaça. A sirene da ambulância se aproxima. No chão, a jovem agoniza.

Perturbada, Lisa abre os olhos e empurra o latino. Com lágrimas nos olhos, a jovem faz sinal com o braço esticado, para que ele não se aproxime. Howie se afasta um pouco mais. Dando as costas para ela, ele coloca as mãos na cabeça. Volta a observa-la.

 

- O que está acontecendo com você?... – Howie questiona - ... primeiro você some... agora... agora... – abre os braços e sorrir sem graça, sem saber como agir - ... você me ignora?...

- Não!!.. – enxugando as lágrimas que insistem em rolar em sua face, Lisa respira - ... não é você...

- ... estamos de casamento marcado... e você... – o latino balança a cabeça negativamente

- PARA!!! – com as mãos na cabeça, Lisa grita - ... por favor...

 

Antes que o Howie possa dizer algo, a porta é aberta. Um homem loiro, baixo, de olhos azuis, surge. Ele olha de um para o outro e dá um sorriso pelo canto da boca. Em cumprimento, olhando novamente para a jovem e faz um gesto de cabeça.

 

- Oi. Lisa!! – ele fala

- Oi. Brian!!... – a moça faz o mesmo gesto para ele

 

Um segundo depois, um outro integrante da banda; um homem alto, de cabelos escuros e cumpridos, nos ombros, de olhos verdes, entra no ambiente teclando no celular. Por um segundo, o cantor de olhos esmeraldas, olha para Lisa e faz sinal de positivo.

 

- Bom dia, Kevin. – Lisa faz um gesto de cabeça na direção dele

- ... só um segundo... – Kevin volta a teclar no celular

 

Uma voz masculina se aproxima da porta. Todos na sala focam na mesma direção. Um homem alto, magro, de olhos e cabelos escuros e tatuagens, entra falando ao celular. Parecia bastante irritado com a pessoa do outro lado.

 

- ... desculpa gente... tô falando muito alto?... – fazendo caretas, o tatuado pergunta olhando para a jovem

- Oi! AJ... – Lisa se aproxima dele e rir sem querer.

- ... esse pessoal às vezes me irritam... – piscando o olho, ele brinca

 

O quinto integrante entra; um jovem loiro alto, de olhos azuis e cabelos curtos. Com ele, a assistente e amiga de Lisa, Vitória. A jovem, sendo a última a entrar, fecha a porta.

 

- Lisa!!... – soltando a mão de Vitória, o jovem loiro abre os braços

- Oi. Nick... – Lisa faz apenas um aceno com a mão

- Os arranjos?... – Kevin aponta para todos se sentarem

- Aqui... – Vitória entrega o envelope que antes de entrarem no prédio, estava com Lisa

 

O homem de olhos verdes abre o envelope. Verificando o conteúdo, permanece em silêncio por um tempo. Analisa algumas partituras e sem perceber, cantarola baixinho melodias. Aprovando, balança a cabeça positivamente.

 

- Perfeito!!!... Como combinamos!!!... – Kevin olha para os outros integrantes - ... as letras... e... vamos escutar o Demo... depois... – ele olha para o relógio - ... tenho um compromisso... em cinco minutos... – sorrindo, revela

- ... também tenho um compromisso... – Brian levanta a mão - ... marcamos... depois... mesmo – e se levanta

- ... vou para o estúdio... terminar algumas “obras primas”... para o meu solo... – AJ rir - ... qualquer... me chamem... call me!!! – e brinca fazendo um gesto com palma da mão, de um celular aberto

- Eu... eu... queria falar com vocês... – Lisa levanta a mão acanhada

- ... desculpa Lisa... mas... vai ficar pra depois... – Kevin diz já na porta e sendo acompanhado por AJ  e seu primo Brian

- Vamos tomar um sorvete?... – falando baixo, Nick propõe para Vitória

- ... pode ser mais tarde?... – Vitória aponta discretamente para Lisa - ... acho que a minha amiga não está bem...

- Ela me parece ótima!!!... – dando um selo em Vitória, Nick não presta atenção na outra jovem - ... deixa ela com o noivo dela... – e pede  

- Um sorvete, Nick?... – Vitória faz caretas

 - ... vamos fazer melhor... vamos jantar!!... – o loiro abraça a jovem – ... o que acha, Vick?... – Nick questiona e sorrir pelo canto da boca, maliciosamente

- Humm... melhorou... – Vitória sorrir - ... gosto quando você me chama de Vick... – os dois se beijam

 

Sendo o único ainda sentado, Howie, sem abrir a boca, olha para lugar algum, encarando a parede, sem disfarçar. Criando coragem, Lisa levanta e a passos largos, chega perto dele.

 

- Podemos conversar?... – puxando uma cadeira, ela se senta ao lado dele

- ... agora você quer conversar... – respirando profundamente, Howie vira-se para o lado, a encarando

- Preciso... – com o olhar ela o implora. Mordendo o lábio inferior, o latino volta a olhar para frente - ... por favor!!!... – Lisa toca no ombro dele, suavemente

- ... não sei se... – Howie reflete um pouco - ... o que estou sentindo é... – a encara - ... decepção ou indignação...

- Lisa... Howie... nós vamos sair... – da porta, Nick, acompanhado de Vitória se despede - ... tchau!!!... – e saem sem esperar a resposta

 

Lisa e Howie olham para os amigos por instantes. Sem retribuir a despedida, voltam a se encarar. Eles estavam novamente sozinhos. O latino levanta e caminha até a parede, onde se encosta. Ele cruza os braços e espera.

A jovem o acompanha com o olhar. Séria e pensativa, a jovem coloca as mãos na boca e fecha os olhos por um curto espaço de tempo. Lágrimas fazem “desenhos” por sua face. Ela tenta se conter e respira fundo. Solta o ar pela boca. Sente o calor entre os dedos.

 

            - ... O que você quer falar?... – Howie quebrando o silêncio abre os braços - ... estamos... só eu e você...

            - Desculpa!!!... – ainda chorando, Lisa diz

            - Não peça desculpas... – o latino se aproxima novamente e puxando a cadeira, se senta - ... não te entendo...

            - ... nem eu me entendo!!!... – a jovem afirma - ... é complicado...

            - Complicado?... – o homem acaba rindo sem querer - ... tenta...

            - ... não sei se você vai acreditar...  – com medo das próprias palavras e pensamentos, a moça “solta”.

            - Garanto que não é mais complicado... que conviver por mais de vinte anos... com quatro “caras”... totalmente diferentes de você... – Howie volta a se levantar 

            - ... essa... foi a vida que você escolheu!!!... – colocando as mãos na cintura, a jovem avalia - ... Eu não escolhi viver o que estou vivendo... esse... pesadelo!! ! – Lisa se irrita e fala sem pensar

            - Viver ao meu lado é um pesadelo?... – colocando as mãos na cabeça, Howie se afasta e balança a cabeça desaprovando a “revelação”.

            - NÃO!!...  Não!!!... – ela balança as mãos negando - ... você entendeu errado... – e se aproxima dele

            - Não quero ser feito de idiota... – o latino diz chateado

            - ... até ontem eu estava em Nova York com o “cara” que achava ser meu namorado e... e... e... – a moça começa a falar de uma vez, sem medir palavras, ela revela

            - Você está me traindo?... – perplexo, o homem a interrompe

            - NÃO!! DROGA!!!... – apavorada, Lisa grita - ... EU NÃO SEI COMO FUI PARAR LÁ... SÓ LEMBRO DE UMA SALA... E O “CARA” DISSE QUE ERA MEU NAMORADO... DAQUI... VIM PRA CÁ... E VOCÊ DIZ QUE ESTAMOS NOIVOS... – Descontrolada, ela chora e grita ao mesmo tempo - ... EU NÃO SEI O QUE ESTÁ ACONTECENDO COMIGO... EU NÃO SEI...

 

            Sentindo um frio estranho percorrer todo o seu corpo, Lisa não fala mais. Não conseguindo manter-se em pé. Olha rápido em volta, procurando onde se apoiar. Suas pernas não a obedecem. Howie corre e a segura. A jovem desmaia.

 

            - Lisa!!!... – o latino a senta na cadeira. Primeiro ele passa a mão suavemente pela face da jovem. A sentindo fria, coloca os seus dedos no pulso dela, verificando a pressão.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...