História Don't Go! - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bts, Colegial, Drama
Visualizações 3
Palavras 2.393
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Álcool
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Annyeong pessoinhas :3...

é o seguinte gente, eu estava escrevendo essa fanfic quando eu tinha minha crise de ideias noturnas ( ;-; ) ela era uma fanfic "privada" vamos dizer assim, e não sei o que deu em mim (Efeitos das dorgas do G-dragão ..... to brincando XD ) e eu meio que decidi compartilhar com vocês, espero que gostem, e tenho mais duas ou três fanfics sem terminar, e vou tentar continuar, mas meus dias andam muito corrido pq tenho escola e vários compromissos, mas vou terminar todas elas, bem, espero que entendam, boa leitura <3

Capítulo 1 - Capítulo Um


Fanfic / Fanfiction Don't Go! - Capítulo 1 - Capítulo Um

Após chegar há escola, suspiro pesadamente olhando em volta, vendo varias pessoas de uniforme andando de um lado para o outro, alguns sentados do lado da entrada onde havia algumas mesinhas de concreto redondas com bancos em sua volta, populares, lideres de torcida, as nerds bonitonas, rebeldes e o meu grupo “os deslocados da sociedade”, me assusto ao sentir um pequeno peso em meu ombro direito, em seguida a pessoa me abraça toda empolgada sorrindo.

- Naomi, há quanto tempo, eu estava morrendo de saudades de você e do seu lindo cabelo ruivo. – Hana, minha melhor amiga me solta de seus braços, Hana é alguns meses mais velha que eu, além de ser alta morena e muito bonita, ela não larga de jeito algum de meu pé, me deixa com os nervos a flor da pele às vezes se metendo em confusão que sobra pra mim a tirar de suas próprias confusões. Após Hana me largar, olho para seu lado, vendo um garoto, que havia acompanhado Hana até mim.

- Não foi só a Hana que estava com saudades de você Naomi, eu também estava me matando de saudade de você sua baixinha – Sasuke meu amigo desde o jardim de infância abre seus longos braços me envolvendo no meio deles, Sasuke sorri gentilmente, ele é dois meses mais velho que eu, apesar de sua aparência ser de superioridade, ele é bem criança de vez em sempre, ele é alto, seus cabelos são de um tom de acaju escuro, seu rosto é fino, boca levemente rosada por causa do frio que fazia nesta manhã e dois lindos pares de olhos castanho claros.

- Nem me diga, eu que estava com saudade de vocês, a propósito, foi horrível viver sem vocês todo esse tempo. – Solto um longo suspiro ficando no meio deles, segurando suas mãos andando até a pequena escadaria que havia antes da porta principal da enorme escola mais conhecida como prisão, fomos direto para nossos armários que de coincidência ficava um do lado do outro, o meu como sempre, ficava na ponta, tranco o mesmo segurando a mão de Hana a arrastando até o banheiro, antes de entrar no banheiro feminino deu para ouvir Sasuke murmurar um “Meninas”.

- Esta nervosa amiga? – Hana sorri se encostando à parede me observando apoiar as mãos na enorme lavabo branco.

-Um pouco, a escola mudou muito desde a ultima vez que eu estive aqui – Tiro meus óculos os limpando-lhe na minha blusa.

-Você diz como se a ultima vez que pisou em uma escola fosse há dez anos – Ela sorri passando as mãos em meu cabelo aproveitando para enrolar um de seus dedos em um dos cachos que se formava na ponta de algumas mechas. – Relaxa, só foi por um ano Naomi.

Respiro fundo balançando a cabeça negativamente, Hana estava certa, só foi por um longo ano, me assusto ao ouvir vários passos no corredor, olho rapidamente para Hana, antes que eu possa pensar em algo, sinto uma de suas mãos agarrar meu pulso me arrastando literalmente para fora do banheiro, todo mundo estava dos dois lados do corredor, deixando o meio do mesmo livre, olho para a entrada da escola onde varias meninas estava olhando, um garoto de cabelos castanho claro, ele era alto, sua expressão é séria, olhos escuros, boca levemente rosada, vestindo uma jaqueta de frio preta com uns detalhes na gola, a blusa branca que todos os meninos que estuda aqui usa junto com a gravata, uma calça social preta um pouco colada e uma bota escura que complementava seu look bad boy charmoso, ele andava lentamente no meio do corredor, algumas meninas o seguia com o olhar, o garoto apenas segura em uma das alças de sua mochila escura com alguns detalhes nos bolsos enquanto sua outra mão é escondida dentro do bolso de sua calça, o garoto para em frente a um armário que deveria ser o dele.

- Ele é tão lindo. – Hana sussurra perto de meu ouvido fitando as costas do garoto.

- Quem é ele? – Pergunto curiosa.

- Jungkook – Hana inclina levemente a cabeça para o lado sorrindo feito uma boba.

Olho para Sasuke que revira os olhos segurando a mão de Hana a levando em direção ao refeitório, o garoto olha para todas aquelas pessoas com a cara fechada, ele deve ser do segundo ano, talvez pelo jeito que o mesmo se veste e seus comportamentos ou até mesmo por sua cara nada amigável - popular heim! –

Porque todo mundo o acha lindo? Bem, ele realmente é lindo, mas não para exagerar, olho para os lados, como não tem ninguém? Odeio-me às vezes, perdi a noção do tempo, todos já devem estar na sala de aula, tenho matemática agora, suspiro segurando na barra de minha saia xadrez preta dando alguns passos até meu armário, o qual estava sendo ocupado pelo “popularzinho” de encosto, o garoto estava distraído lendo um livro qualquer de trezentas paginas.

- É... Licença por favor. - Minha palavra o fez olhar diretamente para mim, seus olhos estavam mais claros, seu cabelo estava bagunçado e sua franja caia delicadamente por sua testa.

- Como? – O garoto franze a testa numa expressão de desentendido.

- Meu armário... – Sorrio de lado gentilmente.

- Há claro, me desculpe. – Ele se levanta de sua posição me dando passagem para meu armário, como? Meu armário fica ao lado do armário do garoto “popular”.

- Tudo bem... – O popular sorri de lado, acompanhando meus movimentos com o olhar, abro meu armário pegando meu livro de matemática, caderno junto de meu estojo que por um motivo inexplicável caiu de minhas mãos, murmuro um palavrão baixo, o fazendo sorrir, o garoto se agacha pegando o objeto. – Obrigada – Pego o estojo de suas mãos voltando o olhar para seu rosto, sentindo minhas bochechas queimarem um pouco.

- Você é desastrada moça. – Suas palavras me arrancaram uma risada brincalhona.

- Kookie? Essa garota esta te atrapalhando? – Uma garota loira aparece do nada nos interrompendo com um sorriso forçado no rosto.

- Oi Emi, na verdade a gente só estava conversando. – O garoto nega com a cabeça enquanto a menina me fuzilava com um olhar nada agradável.

- Eu já estava indo para a sala, estou atrasada. – Sorrio fechado olhando rapidamente para Jungkook, em seguida andando pelo corredor até minha classe, dava para sentir o olhar de o garoto queimar sobre mim, mas tento ignorar e agir normalmente.

***

Sento-me em uma das varias mesas do refeitório junto com Hana e Sasuke, Hana parecia um agente do FBI, ela me fazia varias pergunta do tipo: Como é ficar perto dele? O sorriso dele é bonito mesmo? Ele é gentil? Ele é lindo de perto quanto é de longe? Como é o cheiro dele? Qual perfume ele usa?

- Você não me respondeu! – Hana bufa em seguida fazendo bico, reviro os olhos pegando minha maçã.

- Hana, eu não vou cheirar ele. – Franzo a sobrancelha balançando a cabeça negativamente, fazendo Hana me mostrar à língua.

- Ora, ora, agora o grupo dos populares está completo. – Sasuke fala com uma voz engraçada.

Olho em direção a um grupo de sete garotos, todos bem vestidos no mesmo estilo de bad boy do garoto que eu conversei mais cedo no corredor, eles se sentaram à mesa atrás da nossa, Hana coloca uma das mãos apoiadas no rosto o tombando levemente para o lado, dando aquele mesmo sorriso idiota de antes, eu estava sentada na frente de Hana, ou seja, os garotos estavam na mesa atrás de mim, suspiro sentindo meu coração acelerar, eles falavam alto e estavam tacando bolinhas de papel uns nos outros, pois algumas das bolinhas voaram até nossa mesa, Hana pega discretamente seu celular tirando algumas fotos do grupo.

- Como são lindos. – Ela só faltava lamber a tela do aparelho, me fazendo sorrir.

- Quem são os outros seis meninos? – Odeio minha curiosidade.

- Tae Hyung é o de cabelo meio alaranjado escuro que nesse momento esta rindo da cara do Kim Seok Jin que é o garoto de cabelo meio roxo, o de jaqueta marrom é o Jung Ho Seok ele é o mais brincalhão do grupo, o garoto que esta tacando aviões de papel é o Kim Nam-joon ele tem a mentalidade mais adulta que os outros, mas confesso! Quando ele está com o grupinho, ele vira outra pessoa, o que esta mexendo com aquelas garotas é o Park Ji Min o que esta cochilando em cima da mesa o Min Yoon Gi  o Jungkook você já conhece – Ela da de ombro ao terminar sua explicação.

Olho em direção a mesa do outro lado da fileira de mesas a qual estava o grupo das Lideres de torcida, elas sorriam alto para chamar a atenção, balanço a cabeça ao sentir meu celular vibrando dentro do meu bolso, pego o mesmo vendo que é ligação de minha mãe.

- Já volto, minha mãe esta ligando. – Aponto para meu celular, Sasuke concorda com a cabeça e balança Hana com ambas as mãos para a garota acordar de seu transe.

Vou até o corredor encostando-se a um dos primeiros armários logo atendendo meu celular.

- Filha, oi, como esta indo seu primeiro dia de aula? – Ouço a voz doce de minha mãe ela estava feliz.

- Oi mãe, bem, até agora esta indo bem, obrigada. – Sorrio lembrando seu rosto gentil.

- Já conversei com sua avó sobre você se mudar para um apartamento, eu o aluguei para você, já paguei o aluguel desse mês, você vai amar filha, é lindo. – Suas palavras me fizeram quase pular de alegria.

Eu estou morando com minha avó aqui em Gyeryong, já que minha mãe recebeu uma proposta de emprego que pagava melhor em Busan, então ela decidiu se mudar com meu pai, morando sozinha, ela poderia me ajudar a pagar as contas, eu procuraria um emprego e dava meus pulos para viver sozinha, sem falar que eu poderia convidar Hana para dormir todos os dias no meu apartamento novo.

- Sério? Estou tão ansiosa para ver, prometo que vou visitar a vovó quando eu puder. - Sorrio empolgada quase gritando de alegria.

Naquele dia, nossa sala foi dispensada mais cedo, Sasuke foi direto para o trabalho, Hana também ficou empolgada de eu morar sozinha, ela me acompanhou até a casa de minha avó, que não ficava muito longe da escola, ficamos conversando um pouco sobre sua vida, vovó aproveitou para me entregar as chaves de meu apartamento a qual havia um lindo chaveirinho de panda pendurado, Hana e eu fomos direto para o apartamento que vovó havia me dado o nome da rua.

- Nossa parece um castelo. – Hana observa atentamente o local pelo lado de fora, ela tinha razão, um prédio alto de dez andares da cor branca.

Seguro a mão de Hana a arrastando até dentro do prédio, subimos uma longa escadaria até o terceiro andar, abrindo a porta que a chave indicava o numero, passamos por um pequeno corredor onde havia alguns quadros na parede e duas portas, o banheiro e uma pequena lavanderia, logo dando de cara com a sala, um lugar enorme, havia um sofá de camurça novinho perto de uma janela enorme com lindas cortinas da cor marrom escura que dava um ar mais elegante ao local, as paredes eram em um tom pêssego claro, uma televisão média estava em cima de uma rack marrom, uma mesinha de centro pequena vinho se encontrava há poucos metros do sofá, dois lindos puffs pretos que se encontravam perto da mesinha, para completar o visual elegante da sala, um tapete grande escuro.

- Aqui é enorme Naomi. – Hana diz sorridente se jogando no sofá.

- Verdade, mamãe tem um belo gosto. – Sorrio caminhando até a cozinha, parecia de uma casa de bonecas, era tudo em cores escuras, a pia se encontrava perto do fogão embutido em um balcão de mármore escuro, lindos armários de parede, junto com uma geladeira pequena branca, no meio da cozinha havia a mesa de jantar, branca e pequena de vidro rodeada por quatro cadeiras.

- Nossa que cozinha linda. – Hana entra correndo olhando em volta apreciando o local com atenção e seu sorriso bobo de sempre.

Volto para a sala tomando cuidado para não tropeçar em nenhuma das várias caixas de papelão espalhadas pela sala, mas haviam duas portas separadas por uma mesinha grande com dois vasos de flores sobre a mesma, tento abrir uma das portas, mas a mesma estava trancada, dou os ombros girando a maçaneta da outra porta a qual se escancara, fico boquiaberta ao ver um quarto enorme com as paredes em um tom levemente roxo claro, com uma linda janela que dava vista do lado do apartamento.

Hana me ajudou muito a organizar meu quarto, mas ainda faltava muita coisa para arrumar, realmente esse quarto é enorme, tinha espaço de sobra para minhas coisas, tiro algumas roupas de dentro de uma das caixas as colocando no cabide em seguida em meu guarda roupa, Hana já havia ido embora para ajudar sua mãe e seu padrasto nos afazeres de casa. Passo uma das mãos em meu rosto, eu estava esgotada, mas pelo menos minha cama estava arrumada, uma pequena prateleira branca embutida na parede um pouco acima da minha mesinha onde ficava o computador, ela é média, com duas gavetas decoradas por mim com vários adesivos, um pequeno abajur de mesa rosa pastel com varias borboletas decorando o mesmo, aproveitei para colocar meus livros na pequena prateleira, opto por deixar um edredom com estampas de bolinhas coloridas sobre minha cama junto com meu urso de pelúcia branco que ganhei de aniversário de Sasuke.

Pego duas almofadas que eu havia encontrado em uma das caixas o levando para a sala colocando as mesmas em cima do sofá, aquele tom verde limão ficou perfeito com todas aquelas cores opacas e sem vida. Assusto-me quase dando um pulo ao ouvir o barulho de chaves na porta, sinto minhas pernas ficarem bambas, respiro fundo pegando uma das almofadas correndo até perto de uma das paredes ao lado do corredor. – Deve ser um ladrão! –

Ouço o barulho da porta se abrir em seguida fechar, seguro com força à almofada, murmurando alguns palavrões para mim mesma, passos se aproximam do local onde eu estava. – Eu tranquei a porta, eu acho – mordo meus lábios por nervosismo ao ver uma sombra grande cruzar minha visão.

 


Notas Finais


Bem, espero que tenham gostado, espero muito iludir vocês kkkkk, obrigada por ler, vocês moram no meu Kokoro ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...