História Don't Hate Me - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Drogas, Romance, Sexo, Vida, Violencia, Yaoi, Yuri
Exibições 2
Palavras 1.188
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Festa, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oie,como cês tão meu povo?

Capítulo 2 - Isso foi....do nada.


Fanfic / Fanfiction Don't Hate Me - Capítulo 2 - Isso foi....do nada.

Alice Fusherman

Ali estava eu,parada que nem uma retardada na frente de toda a turma.

Professor-Srt.Fusherman,estou esperando sua apresentação.- Disse com uma cara autoritária.

- Claro! B-bom...- Tentei explicar ao máximo oque tinha estudado à algumas horas atrás.

xxx-Professor,desculpe interromper,mas não foi isso que vimos esse bimestre.

Ao ouvir aquilo,me tremi da cabeça aos pés.

Professor- Tem razão,você tem faltado demais Fusherman,só vem em dias de apresentação e provas,terei que contatar seus pais sobre isso,agora volte para seu assento.

Que maravilha...

Sento em minha cadeira e logo o sinal de final de aula toca,graças a deus.

Sai correndo igual uma desgraçada para casa,abri a porta com todas as forças que tinha e corri para o quarto,eu estava atrasada para o treino de dança.

Pai Jay- Boa tarde para você também mocinha,que modos são estes e aonde vai com tanta pressa?

- Ah,oi pai,desculpe eu estou atrasada para o treino de dança.

Pai Jay- Ah,sobre isso filha...Eu ainda não concordo você seguir este lado,filha você é fantástica em matemática,poderia fazer engenharia.

- Pai,eu não quero seguir este ramo,ja expliquei ao senhor- Disse subindo novamente as escadas e ignorando tudo oque ele falaria ali.

Me arrumei e desci,peguei meu skate e corri o mais rápido que pude.

Cheguei no salão de música e la estava Erick,meu professor de música,e futuro empresário,meu maior sonho sempre foi cantar,dançar e tocar para o mundo,mostrar tudo oque tenho dentro de mim em notas e tons músicas diferentes,mas infelizmente meu pai insiste em discordar,ja minha mãe me apóia.

Erick- Wol você demorou gatinha,estava achando que já não vinha mais.

Erick era meu melhor amigo,mesmo sendo mais velho,eu com 15 e ele 22,quem disse que amizade precisa ter idade?

- Desculpe,eu me atrasei um pouco por conta da mudança de horário das aulas da escola.

Erick- Tudo bem,só vamos começar logo está parada então gata.

Treinamos,treinamos e já era noite,me despedi de Erick e voltei pedalando para a casa,no meio do caminho fiquei com sede e resolvi parar em frente à uma máquina de bebidas de um parque calmo,comprei a bebida e sentei em um banco do parque em frente a máquina para beber e descansar um pouco antes de seguir.

xxx- Hey,eu queria esta!

Uma voz estranha me chama a atenção,me viro para conferir e vejo uma menina morena de cabelos castanhos escuros lisos e olhos castanhos chocolates,ela tinha bonitas curvas e usava uma roupas que realçava todas elas,um short jeans claro,uma camisa regata branca bem colada,um tênis All Star preto e um casaco aberto largo,mas sem capuz.

Ela estava parada atrás de mim me olhando freneticamente.

xxx- Hey VOCÊ!

- Oh,está falando comigo?

xxx- Oiii,claro que estou falando com você.- Ela disse num tom irônico mas autoritário ao mesmo tempo.

- Ah,então.... desculpe eu na verdade não estendi ainda...- Ela me interrompeu.

xxx- Oi,eu sou a Ellie e você pegou a última bebida na qual eu queria.- Disse meio provocativa.

- Ah,me desculpe,mas aposto que em outra máquina por aqui deve ter a bebida que você quer.- Disse inocente.

Ellie- Está me mandando cair fora?

- Não eu só...- Disse meio nervosa mas sendo interrompida logo por uma risada.

Ellie- Ai aí,você precisava ver sua cara,ai isso foi divertido- Disse pegando uma bebida qualquer da máquina e sentando ao meu lado.

- Ei isso não teve a menor graça.

Ellie- Ai teve sim,mas eai,oque uma menina linda de cabelos castanhos claros e olhos azuis faz aqui à uma hora dessas?

Isso foi uma cantada?

- Linda?

Ellie- hmm,esqueci de acrescentar que você é irritante.- Disse soltando uma risada.

- Ah claro,eu sou a Alice,e eu acabei minha aula de dança e estava à caminho de casa agora mesmo.

Ellie- Você sempre confia em estranhos assim?

- Ham? como assim?

Ellie- Quer dizer,não é todo dia que uma menina que você nem conhece vem e puxa assunto com você.

- Tem razão,mas eu não ligo.

Ellie- Nem eu,minha vida é uma merda- Disse jogando a latinha da bebida na lata de lixo fazendo uma "Cesta"- Sabe...meus pais são bem autoritários e religiosos.

- Não vejo problema nisso.

Ela sorriu de lado e fechou os olhos.

Ellie- É,realmente não teria problema algum se eu não fosse Bi.

Olhei para a bebida em minhas mãos e ela chamou minha atenção.

Ellie- Olhe,é esse tipo de vida que eu gostaria de levar- Disse apontando para uma menina do outro lado da calçada.

xxx- A pai,ja chega,eu não vou fazer esse tipo de coisa tão nova,na minha idade se namora,fica,e não casa.-. Falava ao telefone enquanto saia de um carro esporte rosa e vinha em nossa direção.

Ellie- Aposto que seu único problema é seguir as regras.- Sussurrou enquanto a menina  vinha.

Ela tinha cabelos ruivos e olhos azuis,com sardas sexy,desligou o telefone e parou em frente à máquina logo comprando uma bebida,seguiu com a bebida nas mãos para os bancos do parque e sentou em um banco ao nosso lado.

Ellie- Hey,ruiva!- Ellie chamou e eu repreendi.

- Ellie,acho melhor deixar ela.

Ellie- Deixa disso gata.- Disse indo em direção a menina.

Acho que deveria ir embora.

xxx- Você está falando comigo?

Ellie- Não,com uma filha da puta qualquer,vamos seja educada.

xxx- Eu quem deveria ser mais educada aqui? tem completa certeza?

Ellie- Affs,só seja legal que eu serei com você também,vamos,vem eu estou com uma amiga- Disse puxando a menina pelo braço.

xxx- Espere,eu nem te conheço,como você ousa fazer uma coisa dessas? oque você é? uma assaltante?- Reclamava se debatendo

Ellie- Eu sou Ellie,e essa aqui é a Alice,mas pode chamar ela de Alli,e me chamar de Ellie gostosa.- Disse apontando para mim

Quem disse que ela poderia me chamar por apelidos?

- Prazer!- Disse ainda sem tirar os olhos da bebida em minha mãos.

xxx- Edai? e eu com isso? Eu nem conheço vocês.

Ellie- Seja educada e se apresenta,vai- Disse encarando a menina.

xxx- Affs,tanto faz,eu sou Sophia,e não deveria estar falando com vocês.

Ellie- Oque faz aqui à essa hora?

Sophia- Oque? eu não vou te contar,você é uma estranha.

Ellie- Affs,a Alli me contou.

"Alli"- Eu pensava olhando a bebida se mexer dentro da latinha.

Não olhei em nenhum momento para cima,mas ainda assim senti que Sophia me observava.

Sophia- Alli né?

*Alice*

- Isso!- Disse olhando finalmente em seu rosto e dando um sorrisinho.

Sophia- Eu sou Sophi então!- Ela disse com o resto meio sem graça.

Ellie- então você finalmente se rendeu!- Disse fazendo cara de convencida.

Sophia- Conclusão,você é idiota.

Ellie- isso não faz nenhum sentido.

Até que não era tão ruim estar ali ouvindo elas conversarem.

- Elli,Sophi,oque acham de ir para casa? está meio tarde,meus pais já devem estar preocupados e os de vocês também.

Sophia- Sophi?- Disse fazendo cara de surpresa e dando um sorriso abobalhado.

Ellie- Sei sei,achei que tínhamos combinado que seria "Ellie gostosa",e você tem razão,meus pais devem estar fazendo orações neste instante para que eu chegue ainda virgem em casa,deviamos ir.

Graças aos deuses.

Sophia- Você me chamou pelo apelido?- Disse com o sorriso abobalhado ainda no rosto e com as bochechas coradas.

Ellie- é ,e oque que tem patricinha do suco de pêssego?

Sophia- Eu gosto de pêssego,oque você tem com isso?

Ellie- Eca!

Sophia- Qual o seu problema com pêssego?

Ellie- É nojento e tem um gosto horrível.

Sophia- Você é ridícula,isso é ridículo.

Aí vai começar tudo de novo.

Ellie- não sou não,metade do mundo deve odiar pêssego.

Sophia- Duvido,várias celebridades gostam de pêssego.

Ellie- Vai o Einstein das fofocas.

Sophia- OQUE? Sua vadia.

- Ah,e-eu até que gosto de pêssego.- Disse levantando a mão direita enquanto a outra segurava o suco.

Elas me ignoraram completamente e continuaram a brigar,quanto tempo isso vai durar?


Notas Finais


Até....


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...