História Don't Hurt Me - Capítulo 2


Escrita por: ~

Exibições 15
Palavras 1.551
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Atualizei cedo porque esse capítulo está pronto já, vou tentar atualizar sempre assim, tudo por vocês 💚

Capítulo 2 - Wes or Jonah?


Fanfic / Fanfiction Don't Hurt Me - Capítulo 2 - Wes or Jonah?

Assim que o sinal bate, arrumo minhas coisas dentro da pequena bolsa que eu tinha preparado para a aula e levanto seguindo o pessoal, Mike estava lá fora com Bri, eles tinham um rolo, todos sabiam, mas não eram assumidos, eram apenas mais um daqueles casais chatos que ficam de nhe nhe nhe por aí até se assumirem.

- você deve ser a Lena, Mike fala bastante de você! - vejo Bri vir me abraçar e eu retribuo o beijinho no rosto.
- Sim, e você a Brianna, certo? A garota por quem Mike é totalmente apaixonado! - eu estaria morta depois dessa, Mike me lança um olhar daqueles de "vou te matar" e eu apenas retribuo o olhar sorrindo ironicamente.
- Ah, sim sou a Brianna, mas pode me chamar de Bri - a garota com o cabelo totalmente roxo fala sem graça e sai do meu abraço.
- Tudo bem, Bri, sabe onde fica a próxima aula de física?

Antes que a menina pudesse responder qualquer coisa, dois amigos dos quais o Mike tinha me apresentado pararam do meu lado.

- aula de física? Vem com a gente que é a nossa próxima aula também! - o garoto, acho que este se chamava Wesley, ou poderia ser o Jonah, enfim, eram aqueles do qual eu falei que me chamaram a atenção.
- Tudo bem - me despeço da Bri e do Mike, deixando os dois sozinhos e lançando um olhar cúmplice para o Mike que ainda me olhava com expressão de quem poderia me matar ali naquele momento.

Vou caminhando com os meninos, cada um de um lado meu, um estava de camiseta vermelha e calça jeans, e o outro de camiseta azul e calça jeans também.

- não sei se deve se lembrar da gente, mas eu sou o Jonah - o garoto de azul falou colocando a mão no peito e se apresentando.
- E eu sou o Wesley, mas me chama de Wes!  - consequentemente o de vermelho completa a fala do Jonah.
- oi garotos! Tudo bem?
- Sim, sim, eu estou bem, mas o Jonah está passando mal - Wes aponta para o Jonah - é que eu mandei o viado não comer aquele bolo de uma semana na geladeira, mas ele não me escuta!
- Calado, Wesley Tucker! Eu estou melhor, eu acho. - Jonah fala com uma careta no rosto e eu acabo sem querer soltando uma gargalhada.
- A sala é essa aqui - Wes me puxa para dentro da sala e logo me senta no meio de uma mesa de três pessoas.
- Você fica com a gente nessa aula, pode ser? - Jonah se senta do meu lado esquerdo e Wes se senta do meu lado direito.
- Tudo bem... -franzo a sobrancelha, eles não me deixavam espaço para quase nada. Sinto o Jonah deitar a cabeça no meu braço que estava apoiado na mesa, por instinto levo uma das minhas mãos no seu cabelo, deixando meus dedos percorrem os fios com calma e delicadeza.

A aula passa sem muito estresse, apenas os dois garotos competindo pra ver quem tinha mais a minha atenção, era de certo modo interessante pensar que eles estavam roubando toda a minha atenção da aula de física. Wes era brincalhão, porém tinha um ar mais sério, mas misterioso. Jonah era com certeza um amor de pessoa, mas algo me diz que ele não vale o chão que pisa! Os dois brincavam muito, pareciam ser dois amigos muito próximos, com o passar das conversas, descobri que eles moram juntos e em um apartamento à duas quadras do meu. Wes era o tipo perfeito para Elena, carinhoso, romântico, misterioso, e ele com toda certeza faria ela se soltar mais um pouco. Ah, eu sei que sou meio dura com a Elena, mas eu realmente amo a minha irmã, eu queria que ela pudesse ver a vida com meus olhos, sinto que ela vai se ferrar muito na vida ainda. Tento fazer com que ela se distraia dessa vida de contos de fadas e livros românticos que ela vê por aí, a vida não é isso! E uma hora era teria que entender! Wesley Tucker parecia o tipo ideal de pessoa que mostraria pra ela essas coisas sem que a machuque. Perdida nas risadas e piadas sem graça dos garotos, acordo pelo toque do sinal do colégio, era hora do intervalo, Jonah pegou minha mochila e instituiu que eu deveria sentar com eles hoje. Falei que iria chamar minha irmã, pois ela provavelmente estaria me procurando, assim saio da sala sem a mochila e corro até a biblioteca, sabia que ela estaria lá, e lá estava!
- Elena? Você não vai comer aqui, né? -disparo assim que chego na mesa.
- Na verdade eu ia sim... 
- Pois então não vai mais, você vai comer comigo junto com o Mike e a turma! - bato de leve na mesa apenas para assustar, e recebo alguns olhares desaprovados do restante das pessoas da biblioteca.
- Eu não quero, Lena, eu estou bem aqui com a Gih! - ela aponta para a menina de cabelos pretos que até então eu não fica reparado.
- Eu disse que ia te fazer se soltar, Gih, você está convidada também -falo assim me virando novamente para a minha irmã- agora me ajuda a levantar essa bunda branca da minha irmã careta e ir comer com o pessoal do Mike! -despejo as palavras manhosamente- Elena, tem uma pessoa que você precisa conhecer!
- Ah não, não acredito que já está tentando arrumar um namorado pra mim, Lena! -Minha irmã se levanta e sai da biblioteca meio nervosa, Gih fica me olhando meio espantada.
- Relaxa, eu esperar nem dois minutos e ela a de volta, pois ela vai com a gente, e porque esqueceu o celular ali -digo apontando com o dedo indicador discretamente para o celular na mesa.

Dito e feito, não se passaram alguns segundos e Elena estava novamente passando pela porta da biblioteca com um sorriso sínico no rosto, chega na mesa e pega o telefone com certa raiva.

- Escuta aqui -ela disse quase apontando o dedo no meu rosto- se você me empurrar para alguém, vai ser a primeira e ultima vez que eu vou comer com você e com seus amiguinhos -rapidamente Elena junta a mão com da Gih e a mesma segura a gargalhada.
- Meu deus, onde eu me meti? -Gih fala aparentemente baixo mas todos escutam.
- Giovana, certo? Vou te chamar de Geofana e você vai se soltar junto com a minha irmãzinha! -falo animada pegando a mão das duas e levando para o pátio.

Chegando lá, o pessoal já estava todos sentados, tinham umas 4 cadeiras vazias em um a mesa grande, Jonah tinha guardado a cadeira do lado dele com a minha mochila, provavelmente para eu me sentar ali, puxei as duas e me sento do lado dele, enquanto a Geofana e a Elena sentaram do meu lado.

- Ela é a sua irmã? - Wes me pergunta meio assustado
- Sou - Elena responde antes de mim.
- Você não falou que tinha uma irmã gêmea! - Jonah se mete na conversa e sorri galanteador para a Elena, viu? Eu falei que ele não valia nada!
- Duas iguais, isso é muito legal, deve ser uma confusão pra saber quem é quem! - Herbinko dispara olhando para mim e para Elena.
- Na verdade vocês vão aprender a diferenciar hoje mesmo, eu sou muito diferente da Lena - Elena fala e prende o cabelo em um coque frouxo enquanto rouba a maçã da bandeja do menino.
- E qual o seu nome? - Wesley dessa vez fala diretamente para Elena e eu sorrio mordendo meu lábio, meu plano estava funcionando direitinho.
- Elena - ela fala e depois continua a conversar com ele sem que eu atrapalhe.

Estava todo mundo de divertindo, Herbinko pareceu gostar da Geofana, bom, pelo menos estava tendo uma conversa muito produtiva com ela, Wesley estava seguindo o plano que eu formulei na minha cabeça e Elena não percebeu isso, estava tudo nos conformes.

- Lena? - Jonah me chama a atenção - Tem uma festança amanhã que o Ryle vai preparar, acho que todo mundo gostaria que vocês fossem! 
- Festa? - digo mordendo o lábio, essa seria uma difícil missão, carregar Elena para uma festa! - Vamos estar lá, me manda o endereço por mensagem depois? 
- Tudo bem. - ele dispara e depois continua a falar comigo sobre assuntos meio aleatórios

Tudo bem, até agora estava tudo certo, eu preciso só conseguir carregar Elena para uma festa, Geofana também, mas acho que ela seria mais fácil. Todos na mesa pareciam estar conversando entre si.
Jonah por mais que não valha nada, tinha um papo bem interessante, me prendia e não me deixava pensar em muita coisa, e merda, ele falava sorrindo e mordendo a boca! Minha vontade era apenas calar a boca dele com a minha, e finalmente ver se os lábios dele eram tão doce quanto o papo.

É, até agora minha vida está bem legal, na verdade está até demorando para que alguma coisa aconteça, afinal eu sou Lena Young, sempre acontece alguma merda na minha vida capaz de estragar tudo.


Notas Finais


Bem, me sigam no Twitter @fuckmemancari e podem me cobrar de postar por lá


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...