História Don't leave me again~ Jin - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Drama, Hentai, Novela, Romance
Visualizações 78
Palavras 1.851
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente se prepara que esse capítulo ta bom demais!!
Então boa leitura 😚
E obrigado pelos favoritos ❤

Capítulo 8 - Flashback part.1


Fanfic / Fanfiction Don't leave me again~ Jin - Capítulo 8 - Flashback part.1


S/n 


Durante essa ultima semana Jin não parou de trabalhar nenhum minuto, ele estava realmente empolgado com esse show. Estou muito feliz por ele mas uma coisa aperta muito meu coração: saber que Jimin está tão perto de nós, isso coloca todo o meu casamento em risco. 

Não me lembro como nem quando essa história toda aconteceu, só sei que quando eu fui ver já estava nos braços dele. Já estava desejando ele... Já estava apaixonada por Park Jimin.


Flashback on

Jimin on

 

 Desde que Jin foi embora s/n perdeu todo o seu brilho, ela só anda triste e deprimida pelos cantos. O tempo foi passando e ele ainda não voltou, já faz muito tempo que nós não recebemos nenhuma noticia dele. Todos estão achando que ele morreu. Até s/n já perdeu as esperanças. 

Depois que Suga casou, ele não pôde continuar dando tanta atenção à s/n quanto ele dava antes. Por isso, eu e ela acabamos nos aproximando um pouco. Quando minha casa entrou em reforma, s/n ofereceu para mim o quarto de hóspedes de sua casa e como eu nao tinha mais outra opção resolvi ficar. Nós já éramos amigos, mas isso nos aproximou ainda mais. Sem perceber nós já estávamos muito próximos e um dia, quando nós estávamos deitados juntos assistindo um filme Suga chegou

- Jimin, a gente pode conversar? - nós saímos de casa e fomos dar uma volta 

- o que foi? - perguntei

- o que foi? Jimin o que deu em você? - falou - acha que eu não estou percebendo essa sua aproximação toda com a s/n? Ja faz um tempo que você ta na casa dela, eu nao vejo mais ela sem você por perto e agora até deitado na cama com ela você estava!

- eii cara, relaxa! Nós somos só amigos, não rola nada entre a gente.. Ela é a esposa do Jin e eu conheço meus limites. Alem do mais, foi você quem me pediu pra cuidar dela - apontei  o dedo no peito dele. Ele só coçou a nuca e disse

- só toma mais cuidado - parecia mesmo preocupado, 

- certo, eu vou tomar! - mas não tomei. Em pouco tempo eu já estava começando a olhar pra s/n com outros olhos. No começo ela era só uma amiga, esposa do meu amigo mas hoje... Confesso que às vezes ate esqueço que ela é casada com o Jin. E sei que isso é muito errado! 

Um dia, peguei minha agenda e escrevi tudo o que estava sentindo:

" Sei o quanto isso é errado. Sei que não há nenhuma chance disso dar certo, porque você ama outro homem e é por ele que você que ser beijada, é por ele que você espera todas as noites e não por mim. Mas que culpa eu tenho de me sentir assim? Se alguém tem culpa, esse alguém é você. Que com esse jeito doce e ao mesmo tempo sensual conseguiu me enlaçar.. Eu lutei contra mas hoje vejo que estou amaldiçoado por esse sentimento que não vai me levar a nenhum lugar" 

Esse é só um trecho de tudo o que eu andava escrevendo em minha agenda. E um dia, por descuido meu Jungkook acabou lendo. 

- me dá! - falei nervoso. Ele nem me escutou, continuou lendo folha por folha. Eu só passei a mão sob a testa e esperei pelo sermão

- você sente mesmo isso tudo por ela? - perguntou cal quando terminou de ler. Eu só abaixei a cabeça e acenti envergonhado. Pra minha surpresa ele nao disse mais nada, só me entregou a agenda

- você vai contar pra alguém? - perguntei

- não... Você já vai sofrer demais por causa disso. - falou - mas quer um conselho? Corre enquanto dá tempo! - bateu duas vezes em meu ombro e saiu. 

- tarde demais... - sussurrei quando ele foi embora. 

"Puta que pariu" Dei um soco na parede fazendo meus dedos sangrarem. Eu sentia raiva de mim por gostar dela, raiva dela por me fazer sentir assim e raiva do Jin por ter a conhecido primeiro. Eu não tenho chances contra o Jin, ele é um cara romântico, carinhoso... Todas as meninas se apaixonam fácil por ele. E eu? De todas as garotas tinha que gostar da mais indisponível.

Naquela noite estava chovendo muito e eu estava sem carro. Depois do ensaio esperei pra ver se a chuva parava um pouco mas só fazia aumentar. Já estava ficando um pouco tarde e todos os hyungs já tinham ido embora. Então não me restou outra alternativa a não ser ir à pé. Cheguei em casa encharcado e tremendo de frio. 

- Jimin você ta ficando louco? - s/n gritou quando entrei. Eu tremia meus lábios que estavam totalmente roxos. Ela foi correndo buscar uns cobertores e uma toalha

- você pode ter uma hipotermia garoto... Anda, tira essa roupa! - falou e eu arregalei o olho - ta toda molhada vai fazer você piorar! 

Ela me ajudou a tirar a roupa e me deixou só de cueca.. Fiquei morrendo de vergonha pois vi que ela me olhou de maneira diferente. Depois ela me cobriu e passou a mao na minha testa vendo que eu estava queimando de febre, ela suspirou fundo e parecia preocupada comigo  

 - relaxa, eu to bem! - mentira, eu não estava bem e não era por causa da febre, era por causa dela... Mas não queria preocupa-la ainda mais

Então ela foi pegar um travesseiro pra mim ficar deitado no sofá e enquanto colocava ele atrás de mim seu corpo estava inclinado e seu rosto bem próximo do meu.

- o que foi? - riu sem graça quando viu que eu a encarava. Passei a mão em sua bochecha 

- você fica tão linda quando está sem graça - ela ficou vermelha. Continuei olhando dentro dos olhos dela e nao fazia a menor idéia que do que estava fazendo então lentamente aproximei seu rosto do meu, ela olhou profundamente nos meus olhos e então eu a beijei.

Todo o frio que eu sentia foi embora e seus lábios me esquentaram, se eu já estava com febre agora eu estava pegando fogo! Pedi espaço aprofundando o beijo e ela colocou as mãos na minha nuca, tornando aquele o momento mais inesquecível da minha vida! Naquela hora não existia mais ninguém no mundo... Só eu e ela.

Mas foi então que ela parou e se afastou, passando a mão na boca e disse

- e-eu não posso... - Ela se levantou e saiu praticamente correndo pro quarto. "merda!" era tudo o que eu conseguia falar. Eu pensei em ir atrás dela mas pensei em quão trouxa eu seria se fizesse isso. Por que não escutei o Suga e o kook???

S/n on

Fui correndo pro quarto e tranquei a porta. Graças a Deus a Yang Mi já estava dormindo... Deitei na cama e tudo o que conseguia pensar era "Que merda eu fiz?!!!!". Várias perguntas invadiam minha cabeça.

Por que Jimin me beijou? O que ele sente por mim? E a principal: Por que eu deixei ele me beijar?

Eu me deixei levar pelo momento. Ultimamente eu estava começando a reparar no Jimin coisas que eu ainda não tinha reparado e todas as noites pensava nele antes de dormir. Será que o fato de estar gostando dele quer dizer que estou deixando de amar o Jin? Não, isso nunca!

Mas eu estou cansada de ficar sozinha, estou cansada de esperar por alguem que pode estar morto! O que fazer??

                            [.....]

Não consegui dormir a noite toda e nem percebi que já era dia. Vejo uma sombra por baixo da porta, com certeza era do Jimin. Deixou um bilhete por baixo da porta e assim que ele foi embora fui correndo pegar. O bilhete dizia:

" Me perdoa, eu não sabia o que estava fazendo. Confundi tudo, acho que a febre atingiu meus neurônios... 

Não vai se repetir. Obrigado por tudo que fez por mim mas não posso mais ficar aqui. Volto à noite pra buscar o resto das minhas coisas

Mais uma vez. Me perdoa

Suspirei fundo e soube naquela hora que eu não podia deixar Jimin ir embora. Pedi pra minha sogra ficar com a Yang Mi e fiquei pensando a tarde toda, mas não chegava à uma conclusão do que fazer. Foi entao que fui ate o quarto dele e vi uma agenda de baixo da cama, a peguei por curiosidade e li...

                          [.....]

Acabei adormecendo no sofá da sala e nem vi quando ele chegou, só vi quando já estava saindo com uma mala na mão. Antes que ele fechasse a porta e desaparecesse da minha vida eu disse:

- não vai! -  se virou assustado

- eu estraguei tudo... - abaixou a cabeça

- quero que me diga a verdade. Você gosta de mim? - perguntei mesmo ja sabendo a resposta e ele coçou a cabeça nervoso... 

- e-eu... Não queria. Mas gosto! - meu coração gelou, eu não sabia o que dizer. Sem pensar acabei falando o que meu coração sentia

- eu posso me arrepender do que vou dizer agora mas... Eu também gosto de você - ele me olhou - e não sabia disso ate ler a sua agenda. Tenho que encarar a realidade, Jin foi embora há muito tempo e eu não posso ficar presa à ele pra sempre. 

- o que está querendo dizer? - perguntou

- estou querendo dizer que.... Não acharia ruim se você me beijasse agora - ele sorriu aliviado, me puxou pela cintura e me beijou lentamente. Coloquei os braços em volta do seu pescoço e ele me empurrou para a parede. Ainda me beijando, fomos ate o quarto onde ele me deitou na cama e aos poucos foi tirando minhas roupas e eu tirei as dele. 

Então um beijo intenso ele me deu e me tirou todo o ar. Eu arranhava suas costas enquanto ele beijava meu pescoço.

Estávamos transbordando de desejo. Eu ainda mais que ele, pois não fazia aquilo há um tempo.

Fizemos na cama, no sofá e no banheiro... Deitados, de quatro, em pé e em mais algumas posições. 

Jimin sabia exatamente como me fazer perder a juízo. No fim da noite a cama cheirava a desejo e pecado.. 

E naquela noite eu pude ver o quão fodidos nós estávamos. Porque agora não estávamos mais só atraidos um pelo outro, agora estávamos apaixonados.

Flashback off

S/n on 

Tudo vinha à minha mente de novo enquanto eu tomava um banho quente. Eu me apaixonei por Jimin e durante o tempo que ficamos juntos esqueci a dor de perder o Jin. Mas agora a situação era completamente diferente, Jin voltou e Jimin foi embora...

Estava sozinha em casa naquela noite, Yang Mi estava na casa dos avós e Jin estava trabalhando. Estava chovendo muito forte, o vento batia nas árvores e quase as derrubava

Sai do banho, vesti uma blusa bem grande do Jin e deitei na cama pronta pra dormir. Mas então ouço a campainha tocar

Desço as escadas pensando que era o Jin que tinha esquecido as chaves e quando abro a porta meu coração dispara:


- oi... - disse Jimin totalmente encharcado e com os lábios roxos, exatamente como estava na noite que me beijou pela primeira vez - posso entrar? 


Continua...


Notas Finais


Oi manas ( ˘ ³˘)♥
Gostaram desse flashback???
O que será que rolou e ainda vai rolar entre Jimin e S/N?? (͡° ͜ʖ ͡°)
Próximo capitulo tem part 2
Bjocas


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...