História Don't Let Me - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Xiumin
Tags Don't Let Me, Exo, Exo Xiumin, Kim Min Seok, Rainhadoarroz, Xiumin, Xiumin Exo
Visualizações 11
Palavras 800
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Lemon, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bom, depois de muuuuitooo tempo eu voltei ^^ espero que gostem

Capítulo 1 - Capítulo 1


Fanfic / Fanfiction Don't Let Me - Capítulo 1 - Capítulo 1

O que é amor? Na minha opinião é algo abstrato compartilhado entre duas pessoas, não existe amor, a única coisa que existe é o prazer que a gente possui nos momentos quentes da vida.. Se é que me entendem. 

Olho para mim mesma através do espelho, o quão vadia estou, uma mini-saia que faz com que tudo fique á mostra com uma bela e fina calcinha preta, subo meu olhar e me vejo com um sutiã preto, com um simbolo de estrela no busto, observo minha exagerada maquiagem e penso.. " como diabos eu vim parar nesse inferno? " .

Ouço a porta atrás de mim ser aberta, e vejo Soo-Hye entrando.

- Esta belíssima, se nenhum homem querer tê-la nessa noite, eu terei - Soo diz me olhando de baixo para cima.

- Vai sonhando, você sabe que não curto muito homossexualidade comigo - Digo me virando para ela que revira os olhos.

- Tá tá, vamos senão iremos nos atrasar e a Sra. Lee não gosta muito de atrasos - Dessa vez foi minha vez de revirar os olhos. Ahh Sra. Lee, Minha chefe e dona do Cabaré Pure Pleasure ( Prazer Puro ). Pode se dizer que ela não é lá aquela mulher com quem você deve mexer. Ela tem aqueles seus contatinhos que estão sempre ao seu favor em troca de sexo.

Saio do pequeno camarim e vou em direção ao final do corredor, entro em uma porta que me dá acesso ao backstage do palco. Dou  a volta no mesmo e observo o quanto a casa estava cheia hoje..

Vou para meus afazeres e logo começo a andar entre os belos rapazes, e alguns nem tão belos assim. Vou para a pista de dança, lá é onde mais fico para chamar a devida atenção. Logo uma musica calma mas ao mesmo tempo começa á soar.. E logo reconheço como Mommae do Jay Park e sinto meus pelos do braço arrepiarem ao ouvir as primeiras palavras ditas pelo mesmo. Como não amar Jay Park? O famoso Homão da Porra. Começo a passar a mão pelo meu corpo descendo para a virilha e mordendo os lábios, ao chegar no refrão não consigo me aguentar e começo a rebolar até o chão sentindo uma energia maravilhosa me atingindo.

 

~.~.~.~.~.~

Após meia-hora excitando á todos em minha volta, vejo Soo-Hye correndo saltitante em minha direção, já imagino o porque.

- Achei um belo cliente para você, e adivinha?! Ele quer passar a noite com você!! E nos pagou uma boa quantia de dinheiro! - Disse animada por saber que irá ser privilegiada mais tarde - Você é muito sortuda!

- Serei sortuda se esse meu cliente não for um velho - Digo me sentando no bar e tomando um gole de vodka que desce rasgando minha garganta.

- Hmmm aí não poderei lhe dizer sobre - Diz fazendo graça e eu logo a mando um dedo do meio - Agressiva!

Reviro os olhos e vou em direção ao quarto onde meu cliente estaria me esperando. Passo pelo longo corredor com luzes vermelhas com várias portas e paro no último corredor. Abro a porta esperando ver mais um velho sedento para ter o prazer que nunca recebeu na juventude, mas não vejo ninguém, acho que vim cedo demais. Entro no quarto e logo trato de explorá-lo, uma cama enorme e macia no centro, com estantes ao lado cheia de objetos sexuais. Ouço um barulho atrás de mim e olho para a porta, vendo que do lado dela tem uma estante com bebidas e vejo meu cliente de costas, e que costas! Ele se vira para mim e vejo o quão burra eu fui por achar que ele seria um velho nojento, e pela primeira vez em minha vida, minha vagina pegou fogo somente de olha-lo, com sua camisa meio desabotoada. Me dou conta que tenho que fazer meu trabalho e ando em sua direção.

- Está pronto para ter uma noite prazerosa? - Digo tirando um fio de cabelo do seu rosto. O incrível é que vejo ele sempre sério e acompanhando meus movimentos com os olhos enquanto bebe seu vinho. Tiro a taça de sua mão e o puxo para a cama, o empurro lentamente na cama, o sentando. Eu estava prestes á sentar em seu colo, mas ele para meus movimentos e me puxa me fazendo cair deitada na cama, com ele por cima.

- Espero que seja prazerosa mesmo, caso ao contrário, você não gostará de conhecer minhas amiguinhas - Ele diz enquanto passa a mão pelas minhas coxas trilhando um caminho até minha intimidade.

- Meu nome é Chin-Sun - Digo.

- E por que eu iria querer saber disso agora? - Ele diz arqueando uma de suas sobrancelhas.

- Porque te farei gemer meu nome.

 


Notas Finais


Bom, tentarei postar mais rápido do que eu posso, tenho muitas provas, mas tentarei amores, tentarei sz
Esta curto pois um ALGUÉM muito ansioso queria que eu postasse logo, se acharam esse cap. uma merda culpem e batem nele

até o próximo Capítulo <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...