História Don't Let Me Down - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Capitão América, Os Vingadores (The Avengers)
Personagens Anthony "Tony" Stark, Dra. Helen Cho, Feiticeira Escarlate (Wanda Maximoff), James Buchanan "Bucky" Barnes, Natasha Romanoff, Sam Wilson (Falcão), Steve Rogers
Tags Avengers, Bucky, Natasha Romanoff, Romanogers, Steve Rogers
Exibições 160
Palavras 1.328
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem

Capítulo 7 - Cap 7


Steve acorda depois de algumas horas, o sol já nascia, ele abre os olhos de vagar e se depara com Natasha deitada virada para o lado dele o encarando

S: Bom dia...

N: Você não ronca

S: Obrigado... eu acho

N: Todo homem ronca... você não... só dá para ouvir você respirando 

S: É que eu sou diferentão 

N: E convencido também

Natasha senta no sofá e se espreguiça, Steve faz o mesmo

N: Queria poder voltar a dormir

Natasha se joga para trás novamente, e Steve puxa ela pelo braço fazendo ela se levantar

S: Eu também mas não podemos

N: Por que não?

S: Porque nós somos adultos, e não fazemos isso

N: Você não era o diferentão?

S: Vamos

Steve passa por cima dela até o outro lado do sofá e fica de pé

N: Não

Natasha se deita e cobre a cabeça com a coberta

S: Natasha é serio isso?

N: É a coisa mais séria que você já ouviu ou viu sei lá

S: Então vou ser obrigado a fazer uma coisa muito horrível 

Ela destapa a cabeça e olha para Steve

N: Não é o que estou pensando que é?

S: Pode ter certeza que é

N: Não

S: Então levanta

N: Também não

S: Eu fui obrigado

Steve se aproxima dela e começa a fazer cosegas nela, ela se contorcia de tando rir

N: Para... Steve.... Para.... para... não... não consigo... respira

Steve para e se afasta um pouco dela

S: Então levanta

N: Eu não desisto tão fácil assim soldado

S: Vamos dar um passeio lá fora o dia está tão lindo

N: Me obrigue!

S: Você pediu por isso

Steve enrrola ela no lençol, pega ela no colo e coloca sob o ombro dele

N: Me solta, eu vou gritar

S: Para de se mexer você vai cair

N: Nunca

Steve anda com ela até a porta dos fundos e para quando sai por ela

S: Olha oque eu encontro aqui... uma piscina

N: Não

Steve tira ela do ombro e depois pega ela no colo tipo noiva e anda até a borda da piscina

S: Você tá tão fofa enrolada 

N: Vou te dar um tiro

S: Como eu disse, tão fofa

Natasha revira os olhos

S: O dia está tão quente não é mesmo

N: Você não ousaria

S: Vai pagar para ver?

Natasha apenas cruza os braços

S: Você não vai levantar mesmo?

Natasha só vira a cara para o outro lado

S: Você pediu por isso

Steve jogou Natasha com tudo na piscina, ela não voltou para superfície 

S: Natasha!

Steve mergulha e tira ela lá do fundo, tira ela de perto do lençol, ele volta com ela até a superfície e checa a pulsação dela no pescoço

S: Natasha fala comigo

Ela cospe um pouco de água mas logo começa a rir, ela abre os olhos e se afasta um pouco de Steve

N: Há há há, peguei você

S: Você quase me matou, não tem graça

Steve fala jogando água nela

N: Que nada, achei que não fosse aguentar tanto tempo lá em baixo

S: Você é pirada?

N: Completamente biruta

S: Eu percebi

N: Agora pega meu lençol lá em baixo 

Steve mergulha e pega o lençol que tinha ficado lá em baixo, quando ele volta Natasha já estava fora da piscina torcendo seu cabelo para tirar o excesso  de água, Steve sai da piscina também ele se aproxima de Natasha

S: Onde eu coloco?

N: Coloca em cima daquela cadeira depois eu boto para lavar

Natasha entra e Steve entra logo em seguida, ele tira a camisa e torce antes de entrar

S: Nat pode me dar mais uma toalha?

N: E a que eu te dei antes?

S: Eu não sei onde eu botei

N: Homens...

Natasha revira os olhos e sobe, quando desce as escada ela olha para Steve e todo aqueles músculos exposto, ela congela mas logo estica o braço para entregar a toalha para ele

N: Está aqui a sua toalha 

Steve vai pegar a toalha e encosta a sua mão na dela

N: Bom eu... eu vou lá para cima depois eu volto

Natasha estava atrapalhada por causa da presença sem camisa de Steve, ela dá alguns passos de costas e quando se vira bate no corrimão da escada

N: To bem

Ela sobe e Steve ri da forma atrapalhada dela, os dias se passaram e eles ficavam cada vez mais proxímos um do outro, até chegar no último de Steve lá na casa dela, os dois estavam sentados no sofá ela estava com as pernas por cima das de Steve eles comiam pizza Natasha estava contando uma historia para Steve de como conheceu a família de Bucky ele ria dos micos dela

N: Então sabe aquela tia dele que tem uma baita de uma verruga nas costas?

S: Sei... pera não vai me dizer que você bateu na verruga achando que fosse uma mosca?

N: Sim... como você sabe?

S: Porque eu fiz o mesmo quando conheci ela

N: Meu Deus Steve

Os dois começaram a rir

N: Ai quando eu bati nas costas dela ela me olhou como se tivesse me fuzilado com os olhos, eu fiquei muito sem graça

S: Imagino...

Natasha termina de comer a ultima fatia de pizza

N: Ai to cheia

S: Também comeu toda a pizza

N: Engaçado, vai me conta mais uma historia

S: Vou te contar dessa mesma tia, bom ela me achava '' um pedaço de mal caminho ''

Natasha dá uma gargalhada gostosa quando ele fala aquilo

S: Enfim, um dia nós fomos num jantar e começou a tocar umas valsas e a velha me tira para dançar e eu não sabia dançar, e ainda não sei, só que a noite toda eu fiquei pisando no pé dela

N: Meu Deus, coitada

S: Ai depois que eu bati nela sem querer os encantos dela por mim acabaram

N: Perai, você não sabe dançar?

S: Não

N: Então vamos dar um jeito nisso

Natasha levanta e estende a mão para ele

S: É sério?

N: Vamos logo

Natasha puxa ele fazendo com que ele levante, ela coloca uma das mãos dele em torno de sua cintura e faz ele segurar a outra mão dela

N: Vamos lá, só me acompanha 

Então eles começaram um dois pra lá e dois pra cá, Steve abaixa a cabeça para ver onde pisava e Natasha levanta a cabeça dele com uma mão

N: Olha para mim, você está indo bem, agora me gira

Steve gira ela fazendo dar duas voltas e depois segura ela de novo pela cintura, os dois se olhavam com desejo seus corpos colados nenhum dos dois se ousava a fazer um movimento para não estragar o momento Steve olhava diretamente para os olhos dela, a respiração dela estava acelerando e ele chegava cada  vez mais perto e Natasha completamente imóvel, ele tinha que dividir a atenção entre os lábios dela e seus olhos, até que ele não aguentou mais e a beijou e foi completamente correspondido por ela, Natasha coloca suas mãos no rosto dele, e Steve a pressionava mais contra seu proprío corpo, até que Natasha se da conta do que está fazendo se separa dele e o encara

N:Não. Isso tá errado Steve

Ela sobe as escadas correndo 

S: Natasha, espera 

Mas ela não dá ouvidos para ele e se tranca no quarto, Steve sobe atrás dela e bate na porta

S: Natasha abre a porta vamos conversar...

N: Conversar sobre o que? Sobre como eu trai o Bucky

S: Abre por favor

N: Não Steve, não era para isso ter acontecido 

S: Nat...

N: Por favor me deixa

S: Tudo bem... eu vou

Natasha se encosta na porta e escorrega até o chão, ela tinha gostado do beijo de Steve ela conseguia sentir paixão coisa que não sentia com Bucky a muito tempo, mas ela se sentia culpada do que acabou de fazer

 


Notas Finais


A pedidos ta ai o beijo weiufhcnwf deixei de ser má talvez iweufh não esqueçam de comentar


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...