História Don't Lie To Me - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Hermione Granger, Ronald Weasley
Tags Álcool, Amizade, Amor, Festas, Harry Potter, Hermione, Romance, Rony, Sexo
Exibições 35
Palavras 719
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Escolar, Fantasia, Festa, Ficção, Hentai, Magia
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Desculpa a demora, espero que gostem!

Capítulo 10 - Novos Tempos


- Então me conta direito essa história mesmo, ele se mudou pra nossa escola porque... - Indagou Luna enquanto ela e Hermione andavam pelos corredores da escola.

- Ele estudava em uma escola particular, mas ele estava indo muito mal, aí ele se mudou pra nossa. - Ela respondeu.

- Ah, resumindo ele queria estudar na mesma escola que você pra te ver todo dia.

- Não foi isso! - Contestou Hermione rindo.

- Mas você gosta muito dele, né? Da pra ver que a relação de vocês tá forte.

- Sim... acho que sim.

Cedrico chegou e a abraçou por trás. Ele usava uma camiseta branca e preta e calças jeans.

- Oi bebê. - Ele cumprimentou.

- Oi. - Ela respondeu sorrindo.

Os dois se beijaram e Harry chegou logo atrás de Cedrico.

- É proibido se pegar na escola! - Ele gritou.

- Oi Harry. - Disse Cedrico.

- Oi.

- Então pra onde vamos agora? - Perguntou Luna.

- Que tal irmos para aquela nova lanchonete aqui perto? Me falaram que o milk shake lá é muito bom. - Sugeriu Hermione.

- Pode ser, todos de acordo?

Todos concordaram. Hermione foi andando de mãos dadas com Cedrico, ela encostou a cabeça em seu ombro. Ela se sentia bem quando estava perto dele, ainda não podia dizer que o amava, não tinha certeza de como se sentia em relação a seus sentimentos por ele, mas isso não importava, o que importava é que estava perto dele.

Harry ia atrás do grupo, ele olhava para a bunda de Cedrico discretamente, ele tinha uma bunda bonita, olhava discretamente para que ninguém percebesse. Hermione sabia que ele era gay, mesmo assim ela não podia saber que ele se sentia atraído pelo seu novo namorado. Além do mais ele era hétero e estava longe do alcance de Harry. Ele ajeitou os óculos redondos no rosto enquanto passava pela porta da quadra de futsal da escola. Quando fez isso uma coisa o chamou a atenção, era um garoto ruivo sentado sozinho na arquibancada vendo alunos jogarem.

- Onde você vai Harry? - Perguntou Luna.

- Eu alcanço vocês na lanchonete, ta bom? Eu preciso resolver uma coisa.

Harry contornou o canto da quadra e sentou-se na arquibancada, perto de Rony. Ele era atencioso e tinha percebido que essa era a primeira vez em duas semanas que Rony ia para a escola. Agora ele estava sentado usando um casaco de moletom preto e calças pretas também, ele parecia abatido, seu olhar estava distante e em volta de seus olhos se formavam grandes olheiras.

- Rony? Você está bem?

Rony demorou um tempo para perceber que alguém tinha falado com ele. Quando virou seu rosto para Harry, ele percebeu que seus olhos marejavam e ele parecia prestes a chorar.

- Ah, oi Harry. - Respondeu o garoto fungando e passando o braço pelos olhos para limpá-los - não tinha te visto aí.

- Você tá bem? Aconteceu alguma coisa?

- Eu... ahn, aconteceram umas coisas pessoais, mas eu já estou melhor agora.

Seu rosto dizia outra coisa.

- Tem alguma coisa que eu possa fazer pra te ajudar?

- Não, não, as coisas já estão melhorando.

Ele ficou quieto pensando um pouco e depois fez uma pergunta:

- Ahn... Eu vi que a Hermione tá com um garoto, é aquele mesmo da festa?

- É, Cedrico o nome dele.

- Ah, ele se mudou pra cá então, legal. É sério então o namoro dos dois?

- Eu acho que sim.

Rony não demonstrou nenhuma reação, mas parecia desanimado.

- Eu sei que você gosta dela. - Disse Harry.

Ele não respondeu.

- E eu sei que ela também sente alguma coisa por você. 

- Sério?

- Sim, mas ela é orgulhosa demais pra admitir alguma coisa desse tipo e ela tá com o Cedrico agora também. Eu acho que vocês dois combinam juntos, você não teve uma chance justa, sei que não fez nada pra magoar ela, se você pudesse se explicar ela ficaria com você de novo.

- Você acha?

- Sim, e eu quero te ajudar. Se você quiser eu posso dar um jeito de fazer vocês conversarem.

- Você faria isso?

- Faria.

Rony sorriu pela primeira vez. Ele apertou a mão de Harry sentado ao seu lado.

- Valeu.

 


Notas Finais


Opiniões?
Ps: próximo capítulo vai ser maior, prometo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...