História Don't Panic - Capítulo 24


Escrita por: ~

Visualizações 85
Palavras 1.376
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


"EU AMO ESSA MULHER"
Diz a autora sobre CL.

Capítulo 24 - Stepmother


Fanfic / Fanfiction Don't Panic - Capítulo 24 - Stepmother

Jisoo estava irritada muito irritada por sinal.

-Jiyong.

Chamou o irmão que parecia ocupado demais com seu próprio reflexo.

-Jiyong.

Chamou novamente e ele finalmente a olhou, sem muita emoção por sinal.

-Onde você vai?

-Taeyang está fazendo aniversário, vamos sair para beber algo.

Jiyong atravessa a sala e pega a chave do seu carro que estava em cima do sofá ao lado de Jisoo.

-Ah e não dorma muito tarde.

Diz ele e antes que pudesse sair Jisoo diz.

-O que você sente pela Jennie?

Jiyong para onde está e respira fundo. De novo isso..

-Você não deveria se meter nisso Jisoo.

Diz ele ainda sem a olhar.

-O que você sente pela Jennie?

Repete a pergunta agora mais alterada.

-Jennie é só uma criança...

Jisoo o interrompe.

-Porque você se envolveu com uma criança?

Grita ela e seu irmão a olha com uma sobrancelha arqueada.

-Eu errei ao me deixar levar por emoções falsas, mas isso não significa que você pode me tratar como se eu fosse uma criança como você.

Jisoo rir sem humor e o olha incrédula.

-Não quero brigar com você, você é minha única família e não quero perder o pouco respeito que ainda tenho por você.

-Jisoo..

-Mas eu vou avisar isso só uma vez, fica longe da Jennie. Você já fez mal de mais pra ela.

-Eu vou ficar, garanto que vou ficar.

E ele sai batendo a porta.

Jisoo joga uma almofada na porta.

-Idiota!

Lisa assistia Weekly idols quando ouviu gritos escandalosos.

-O que o Hoseok está fazendo aqui essa hora da noite?

Se pergunta ela indo até a porta.

-Lisa! Lisinha..

-Você! Que barulho todo foi esse?

Pergunta Tae aparecendo atrás da irmã.

Havia acordado com todo aquele alvoroço de Hoseok.

-Vocês não vão acreditar no que eu acabei de descobrir! Diz Hoseok tentando recuperar o ar. 

-Não me diga que tem um ídol morando na vizinhança.

Brincou Lisa. 

-quatro na verdade... Ei mais como você sabe?

-Como assim cara?

-Taehyung é verdade! Os vizinhos estranhas que eu disse antes.

-Aqueles estranhos que bebem sangue.

Lisa lembra da cena que ocorreu meses atrás.

-Sangue? Como assim?

Tae como sempre não sabia de nada.

-Eles acabaram de debutar vocês não vêem tv?

Diz Hoseok incrédulo.

-Pera aí..

Lisa corre para frente da tv e vê nada mais nada menos que seus vizinhos lá.

-São eles mesmo.

-Não acho certo vocês espionarem eles assim.

Diz Jungkook que acabará de chegar e descobrir o maluco plano de Lisa e Hoseok de espionar Kard.

-Cala a boca Jungkook e se a Rosé chegar aqui não assusta a garota.

-Rosé? Aqui em casa?

-Se você fizesse essa cara pra ela ela vai sair correndo. Vamos estudar essa noite.

-Vamos Lisa eles acabaram de chegar.

Diz Hoseok e os dois saem em missão.

-Eu tô com fome hyung.

Diz Jungkook voltando para dentro de casa.

-Depois que arrumou essa namorada o Appa mal vem em casa.

Reclamou Tae por ter que fazer o jantar pela terceira noite seguida.

-O Senhor Jeon está melhor que você.

Brinca Jungkook.

-Eu acabei de sair de um relacionamento de merda, não posso me envolver com alguém agora.

Explico Tae.

-Foda-se isso, você tá encalhado hyung só aceite.

Diz Jungkook rindo da cara de descrença de Tae.

-Se você continuar gritando toda vez que um inseto te tocar nós vamos ser pegos.

Diz Lisa irritada por Hoseok ser tão escandaloso.

-Acho que já fomos pegos.

Diz Hoseok olhando para frente e Lisa o segue com o olhar.

-Olá.

Diz um garoto um pouco mais alto que Hoseok.

-Oi… Você é o do kard né?

Pergunta ela usando informalidade.

-J.seph e vocês são Hoseok e Lisa certo?

-C-Como sabe os nossos nomes?

Pergunta Hoseok surpreso.

J.seph rir de leve. Estavam morando naquela casa há meses e mesmo que tivessem que se manter no anonimato J.seph sempre gostou de observar as pessoas que moravam ao seu redor.

-Você é filho da senhora da imobiliária certo?

Hoseok assente.

-E eu?

Pergunta Lisa.

-ah você é a nossa vizinha maluca.

-Maluca?

-Jiwoo se preocupou quando viu uma "maluca" no meio da noite espiando pela janela.

Lisa lembrou do ocorrido.

-Procuramos saber e era você.

-Eu não sou maluca, mas seria legal se você tirasse uma selca comigo.

Pede Lisa usando toda sua fofura.

-Eu tiro sim, mas vocês precisam me prometer que não vão contar a ninguém que Kard mora aqui.

-A gente não vai contar nada.

Hoseok garante.

-Não sei se posso fazer isso…

Diz Lisa e os dois garotas a olham.

Eu poderia simplesmente chantagear eles.

Eram idols e deveriam ter muito dinheiro.

-Lisa não seja assim, ele foi legal conosco.

-Por favor não conte nada.

Pediu J.seph mais uma vez e Lisa se deu por vencida.

-Eu não vou contar nada, mas saibam que vocês tão me devendo uma.

-Onde está a Lisa?

Pergunta Rosé ao se deparar apenas com Jungkook em casa.

O garoto sorrir tímido enquanto Rosé se perguntar se aquilo era outra 'surpresa' de Jungkook.

-Eu estou aqui amiga e olha o que eu consegueeeeei!

Grita Lisa do outro lado da rua com o celular nas mãos.

Depois de Hoseok e Lisa contarem detalhadamente como foi o encontro com J.seph do Kard Taehyung obrigou todos ali a comerem.

-Não gosto da comida do Tae.

Diz Lisa cansada de comer lamen sem gosto.

-Não fala de comida do Tae, e ele cozinha melhor que a minha omma.

Diz Hoseok com a boca cheia de macarrão.

-Sua mãe deve ser uma péssima cozinheira.

Comenta Jungkook fazendo todos ali rirem.

Depois do jantar Rosé pergunta a Lisa se ele não está pensando em ir estudar e a loira diz que elas não precisam estudar e vai ver TV com Hoseok e Tae, deixando uma Rosé irritada.

-Essa garota..

-Oi.

Diz Jungkook aparecendo do nada atrás da garota.

-De onde você surgiu?

Pergunta ela e ele rir.

Os dois ficam se olhando por alguns segundos até o garoto começar a corar de uma forma que Rosé se preocupou com sua saúde.

-V-Você… Você tá bem?

Pergunta ela.

-Sim.

O silêncio volta a reinar enquanto Lisa encara o chão Jungkook pensa em algum assunto.

-Er…

Rosé o olha com expectativa.

-Sim?

-O Urso..

Rosé rir lembrando do urso que ganhou do Jeon.

-O Kookie..

-Você gostou dele?

-Ne. Toda vez que eu olho para ele eu me lembro de você.

Jungkook sorrir ao ouvir isso.

-Você o abraça enquanto dorme?

-Eu faço isso.

Mais tarde Tae sugere que assistam à um filme de terror.

Lisa e Hoseok brigam pois o garoto se recusa a ver um filme de terror enquanto Lisa quer assistir "O último exorcismo".

-Deixa de frescura Hoseok, você é um homem ou um rato?

-Todos sabemos que eu sou um rato.

Diz Hoseok e todos riem.

-Estou em casa crianças!

Diz Senhor Jeon que acabará de entrar em casa.

-Appa!

Os três filhos dizem como se fossem realmente crianças que anseiam pela chegada do pai.

-Querido me ajud…

A mulher parou de falar assim que entrou na casa e viu todos aqueles rostos conhecidos.

-O que eles fazem aqui?

Perguntou.

-Eles são meus filhos.

Diz Senhor Jeon.

-TODOS?

Grita a mulher visivelmente surpresa e contrariada.

-Não, apenas Taehyung, Jungkook e Lisa.

-os piores.

Resmunga ela.

-Appa porque a minha professora está aqui?

Pergunta Jungkook usando um tom de inocência que CL e o resto das pessoas naquela sala -menos seu pai- sabiam que ele não usufrui.

-Chaelin é minha namorada.

Diz o mais velho sorridente.

-Você não me falou que tinha filhos e muitos menos que era pai daquilo.

Diz ela apontando para Jungkook.

-Appa você sabe que essa mulher está grávida?

Pergunta Lisa.

-Você está grávida?

-Parece que sim.

-Cara que loucura..

Sussurra Hoseok e Rosé rir.

-A vida é mesmo irônica, olha eu aqui como madrasta da peste que tira meu juízo 14 horas por dia.

-Você tá falando da Lisa?

Pergunta Jungkook fingindo inocência e ela conta até dez para não agredir aquele menino ali na frente de todo mundo mesmo.

-Cara isso tudo é muito louco.

Diz Hoseok.

-Eu devo ficar preocupada com essa mulher na minha cabeça?

Pergunta Jungkook.

-Não se preocupa, você já tá velho demais para viver o conto da gata borralheira Jungkook.

-Não sei se é mais estranho o meu pai tá namorando com a professora mais louca do mundo que até semana passada era lesbica e odiadora de homens e ainda por cima está grávida, ou…-Ele riu olhando para Lisa toda lambuzada de sorvete- ou nós estarmos sentados no meio da rua tomando sorvete num frio desse.

Diz Tae e todos riem.

-Mas é sério cara me leva pra casa Tae.

Diz Hoseok.

Tae havia prometido levar Hoseok em casa depois do filme de terror.

-Vamos lá cara.

-Ainda acho que esses dois tem um caso escondido.

Jungkook fala tão sério que Rosé até acredita.

-Sério?

-Fala sério Rosé, meu irmão nunca iria querer um rato como o Hoseok.




No próximo capítulo:


-Porque você gosta de pegar na minha mão? 


Ele a olha e sorrir.


-Porque eu gosto de você. 


Diz Sehun sem perceber.


-Porque você gosta de mim?


-Porque sim. E você gosta de mim?


Irene observa o garoto cochilar ao seu lado.


-Ne. Eu gosto.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...