História Don't Recall - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Black Pink, K.A.R.D
Personagens B.M, J.Seph, Jennie, Jisoo, Jiwoo, Lisa, Personagens Originais, Rosé, Somin
Tags Bwoo, Chaelisa, Jensoo, Jso
Visualizações 27
Palavras 1.358
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Capítulo um


Eram 17h e o Jeon's Caffe estava com pouco movimento, como em todos os dias de semana. A clientela mesmo só aparecia em finais de semana, por conta disso, Taeyoung sempre se atrasava.

- Tae ainda não chegou? – perguntou Somin ao sair da cozinha. A mais velha tinha um sorriso nos lábios como de costume. Somin sempre sorria, nunca demonstrava tristeza em público, eu sou uma das únicas pessoas que já a viu chorar e me sentia lisonjeada por ser escolhida como sua melhor amiga.

- Deveríamos estar surpresas? - falo em tom de deboche.

- Ainda tenho esperanças no pequeno menino. – Somin diz colocando a mão em seu coração para sua fala soar mais dramática. Nós rimos e fomos limpar as mesas do café quando enfim escutamos a porta ser aberta. – Finalmente o atrasadinho che... – a mais velha para de falar assim que se vira e posso ver seu olhar surpreso então decido me virar também.

Quando me deparo com quem esta em minha frente, eu simplesmente perco o ar e fico congelada. Não acredito.

- Ma... Matthew? – falo ainda surpresa e irritada. Como ele tem a cara de pau de vir aqui depois de tudo?

- Oi Jiwoo. – ele sorri esperando que eu retribua sua ação, mas continuo com minha cara de paisagem. – É, desculpa, não sabia que o café era seu, eu vou embora. – ele disse pronto para ir embora quando uma garota entra basicamente correndo no café. Não reconheço a garota imediatamente, mas sei que a conheço de algum lugar.

- Jiwoo! – a menina diz e eu noto que é Lalisa, uma das melhores amigas de minha irmã mais nova.

- Lisa?! – o que ela estava fazendo com Matthew?

- Não sabia que você trabalhava aqui – ela diz sorridente enquanto entrelaça seus dedos aos de Matthew.

- Vocês se conhecem? – Matthew pergunta.

- Claro, amor, essa é a irmã de uma das minhas melhores amigas. – amor. Lisa acabou de chamar Matthew de amor. – E vocês dois? – ela se refere a mim e a Matthew – Como se conhecem?

- Nós éramos colegas na faculdade. – respondo sem dar chances de Matthew falar algo. – Se sentem, Somin ira atender vocês. – Me viro de costas e entro na cozinha não acreditando no que estava acontecendo. Como isso aconteceu? Quando? Ai meu deus!

- Jiwoo? – escuto a voz de Matthew atrás de mim. Tomo um susto com sua aparição repentina. Esse garoto é um fantasma agora?

- O que você esta fazendo aqui? Só funcionários podem entrar! – disse irritada.

- Eu preciso falar com você. – ele diz quase implorando.

- Nós não temos nada para conversar. – digo me afastando do mais velho, ficar perto dele me dava nojo.

- Por que você é tão cabeça dura? Eu

- Por que você não vai continuar o seu encontro com sua namorada? E pelo amor de deus, não poderia ter escolhido alguém que não fizesse parte do cotidiano da minha família? – pergunto com a voz um pouco irritada.

- Eu não sabia que ela era amiga da sua irmã, Jiwoo, eu nem conheço sua irmã!

- Eu agradeço todos os dias por nunca ter te apresentado a minha família, Matthew.

- Jiwoo... – ele tentou se aproximar de mim, mas eu me afastei. Ele suspirou derrotado. – quantas vezes eu vou ter que te dizer que foi aquela garota que me beijou e que eu não queria nada com ela?

- Você só tentou uma vez. – sorri para o mais velho, mas eu carregava um olhar de desprezo. – E agora já é tarde, você esta namorando, isso não importa mais.

- Claro que importa, Jiwoo, eu sempre te amei e vou continuar te amando.

- Matthew... – respirei fundo e me aproximei do garoto. – Se você magoar aquela garota igual fez comigo, eu te mato, entendeu – nós ficamos nos encarando por um tempo até a porta da cozinha ser aberta e J.Seph aparecer com sorriso em seus lábios.

- Bom dia, amor, ta tudo bem? – ele fez um olhar preocupado e eu encarei confusa. Por que diabos ele me chamou de amor?

- Tae, você... – ele me lançou um olhar de “entra no jogo garota” e então pude ver Somin na porta com o mesmo olhar. Balancei a cabeça positivamente mostrando que tinha entendido o plano deles. – Estou bem sim, Oppa. – sorri. – Matthew já estava de saída.

- Eu ja servi sua mesa, Matthew. – Somin disse sorrindo.

Matthew baixou a cabeça e saiu da cozinha, me deixando sozinha com meus amigos. Somin fechou a porta e nós nos permitimos dar gargalhadas da situação.

- Eu não sei o que faria sem vocês pessoal. – eu disse encostando minha cabeça no ombro de j.seph e segurando a pequena mão de Somin.

- Ei a ideia foi toda minha! - a mais velha disse me puxando para que eu desencostasse a cabeça do ombro de taehyung e colocou seus braços em volta de mim para um abraço.

- Quem teria feito o papel do namorado se não fosse eu? – Taehyung perguntou rindo.

- Eu mesmo ue. – Somin disse nos fazendo rir. Nós continuamos abraçadas e Somin fazia um carinho gostoso em meu cabelo.

- Acho que você tinha que ter feito esse papel mesmo, unnie, todos sabemos que nós temos mais química juntas. – disse rindo.

- Concordo. – Somin disse rindo alto. – Mas agora, você e J.seph são um casal, finjam. – Somin me soltou e empurrou eu e Taehyung para fora da cozinha.

- Vocês vão querer algo mais, Lisa? – disse me referindo apenas Lisa de propósito, não queria olhar para cara de B.M.

- Por enquanto não unnie, obrigada. – ela disse sorrindo tímida.

- Isso é estranho. – cochichei para meus amigos.

- O que? – J.Seph perguntou.

- Todos sempre achavamos que Lisa gostava de Rosé, mas agora a ver com Matthew é... boom – fiz sinal de como se minha cabeça tivesse explodindo.

- Será que pode ser, sabe, um namoro de fachada? – Somin sugeriu.

- Não sei, unnie. – fiz uma cara pensativa – Acho que é possível que nós apenas estivéssemos enganadas. – dei de ombros e o assunto morreu.

- Finjam-se de apaixonados! – somin ordenou para mim e j.seph – iniciantes, mereço – suspirou.

- Bae, você quer que eu te leve até sua casa hoje? – J.seph perguntou e eu tive que me segurar para não rir pois fazer isso com ele me deixava consideravelmente nervosa.

- Quero sim, oppa. – disse passando a mão em seus cabelos e logo em seguida sorrindo. Pude sentir o olhar de B.M queimando sobre nós e minha vontade de rir ficou maior. Olhei para Somin e ela fez um sinal de positivo para mim disfarçadamente. – Eu te amo tanto, oppa.

- Eu também te amo muito, Ji. – ele depositou um beijo em minha bochecha e nós ficamos nos encarando por um tempo, apenas aproveitando o momento.

- Jiwoo, viemos pagar a conta, se não se importa. – Matthew disse, interrompendo meu momento com meu melhor amigo.

- Ah, é por conta da casa – sorri para Lisa -, afinal, fazia tempos em que não via essa garota.

- Estava com saudades. – lisa disse.

- Eu também. – sorri. – Mande um beijo a a Jennie. – pedi e Lisa assentiu. Ela se despediu de mim e logo saiu de mãos dadas com Matthew.

- É, é namoro de fachada. – Somin soltou assim que eles saíram do café.

- E posso saber de onde tirou essa conclusão, espertinha? – J.seph disse bagunçando o cabelo de Somin.

- Eles estavam juntos, mas aparentavam estar sozinhos, como se a presença deles não importasse. – Somin disse olhando para um ponto fixo na parede, como se estivesse pensativa e logo em seguida quando recuperou sua atenção, depositou um tapa no braço de J.seph o que o fez rir.

- Não sei não... – disse pensativa.

- Confie em mim, eles são mais falsos que você e J.seph. – Somin se virou de costas deixando eu e meus pensamentos completamente confusos.

Será mesmo que Lisa e Matthew eram um casal de fachada? Não, acho que é só mais uma das loucuras de Somin. Essa garota tem uma imaginação e tanto. Rio com os meus pensamentos e vou ajudar minha amiga a limpar o café. Será um dia longo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...