História Don't Stop Me Now - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Guns N' Roses, Led Zeppelin, Megadeth, Metallica, Queen, The Rolling Stones
Personagens Personagens Originais
Exibições 92
Palavras 2.527
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente eu já vou avisando o capitulo de hoje está MUITO HOT, por isso o nome Foxy Lady que é uma música do Jimi Hendrix que fala sobre uma mulher safada que ele quer comer... Um beijão, espero que gostem e Boa leitura, amores!

Capítulo 15 - Foxy Lady


Fanfic / Fanfiction Don't Stop Me Now - Capítulo 15 - Foxy Lady

P.O.V Jenny

O quintal esta um tédio, Marty esta drogado e eu não vou querer me agarrar com ele assim, não tem ninguém que não esteja drogado pra eu dar uns pegas, que saco! Pera ai...

- Oi Izzy - digo chegando perto dele

- Oi Jenny, tudo bem?

- Tudo... Você usou drogas?

- Não, eu não estou afim de usar hoje... Por que?

- Nada não, é que eu sou uma menininha tão sozinha, sabe

- Como assim? - ele diz dando um sorriso maliciosos porque eu fiz um olhar muito sensual pra ele

- Você não quer dar uma voltinha comigo pelos quartos?

- Claro que sim, Foxy Lady - ele diz e dá uma risada

Nós entramos na casa e ele me leva até o quarto do Guns

- Izzy - digo e ele começa a beijar meu pescoço

- Oi

- Os meninos não vão entrar aqui?

- É mesmo né, pera ai - ele diz pegando uma bandana vermelha e pendurando na maçaneta da porta - eles vão saber que não pode entrar - ele diz e volta a me agarrar

Ele me puxa pra cama e começa a chupar meu pescoço e eu gemo, mas não muito alto porque Marty pode ouvir. Izzy fica em cima de mim e ele me ajuda a tirar a calça dele, ele tira minha blusa e meu short me deixando só de sutiã e calcinha, eu tiro a blusa dele e empurro ele pro outro lado da cama e subi em cima dele. Eu fico em cima dele com uma perna para cada lado, eu chego um pouco mais pra trás e vejo o membro dele já ereto, eu vou tirando a cueca dele bem devagar e ele dá uma risada. Eu coloco o membro dele na minha boca e ele começa a gemer bem alto.

- Izzy, não geme tão alto assim, Marty pode ouvir lá de baixo e ele está drogado... Você não vai querer apanhar de um cara drogado né? - Digo e ele começa a gemer baixinho

Eu volto a colocar o membro dele na minha boca e dou chupões e mordidas, ele não reclamar da dor, então, eu vou dando beijos nele até chegar no pescoço, eu fico rebolando minha intimidade no membro dele e ele tira meu sutiã e começa a dar mordidas e chupões comigo em cima dele. Izzy vai tirando minha calcinha devagar e me penetra com muita força, mas eu não sinto dor porque já estou acostumada com isso, ele me joga pro outro lado da cama e sobe em cima de mim, ele fica me penetrando com muita força parece até que ele queria fazer aquilo a muito tempo, a cama começa a balançar, mas por sorte não faz barulho nenhum.

- De quatro! - ele diz e eu fico de quatro na cama

Ele fica de joelhos na cama e penetra minha parte de trás, eu gemo e gosto muito, porque mesmo Izzy sendo bem magro o membro dele é bem grande e me deixa bastante exitada, eu penso na Bia e penso rapidamente: " aquele menina não sabe o que esta perdendo ". Izzy me levanta fazendo com que eu fique de joelhos enquanto ele me penetra, ele chupa meu pescoço enquanto aperta meus seios com força, eu arranho as pernas dele e gemo. Ele goza dentro de mim e em seguida chega ao seu máximo e eu também, nós nos deitamos na cama e eu digo:

- Izzy, o que aconteceu entre a gente nunca aconteceu tá

- Por que? - ele diz com a respiração ofegante 

- Porque se Marty descobrir que eu trai ele com você nos vamos ter dois enterros

- Por que dois?

- O primeiro vai ser o seu, porque ele vai te matar e o segundo vai ser o dele porque eu vou matar ele

- Ata, eu não vou contar pra ninguém, eu sei guardar esse tipo de segredos e os meninos também sabem.

- Ótimo, é melhor nós descermos porque podem dar falta da gente - digo, nós colocamos nossas roupas e descemos 

Nós vamos pro jardim e Marty esta caído no chão rindo, ainda bem que ele não suspeita de nada e provavelmente não vai se lembrar de nada que ele fez hoje... Eu estava olhando os meninos do Guns e comecei a fazer uma lista na minha mente... Bem, vamos averiguar: Eu já transei com Izzy, já posso cortar ele da minha lista, o próximo vai ser o Axl, depois Duff, Depois Slash e por último Steven. Eu também olhei os meninos do Queen, mas nenhum deles me agradou... Vamos ver, o Freddie é gay, Brian está encalhado pela Bia, Roger prefere se transar com uma Ferrari ao em vez de uma mulher, John... bem, ele tem cara de que não fica com nenhuma mulher e eu gosto de homem com pegada! Eu também olhei os meninos do Megadeth, e também percebi que não tenho chance com nenhum, porque ele são todos amigos do Marty e não vão querer nada comigo... Eu queria mesmo transar com o Junior, ele é tão gostoso, eu quero que ele me aperte e morda todinha, então, vamos deixar Junior lá pro final da lista e quando eu já tiver feito tudo que eu quiser eu desenrolo ele pra mim.

P.O.V Beatriz

Jenny e Izzy tinham sumido do quintal e eu fiquei lá sozinha dançando as músicas que Duff, Axl e Slash estavam tocando. Eu olho pra trás e vejo Dave com um copo de cerveja na mão enquanto olha pra mim, eu dou um oizinho inocente pra ele com a mão e volto a dançar.

(...)

Já é noite e os meninos parecem que não vão sair nem tão cedo dali, então eu vou até Dave

- Dave eu vou subir

- Por que?

- Estou com sono, amor - digo e ele me dá um selinho

- Você vai dormir no meu quarto né?

- É isso que eu ia te perguntar, porque Jenny está dormindo lá e vai ficar muito apertado...

- Eu não vou dividir quarto com você não! - Jenny diz entrando no meio de nós dois

- Por que? - eu pergunto

- Porque quando a gente trabalhava na quele bar eu dividia aquela cama de casal com você e eu fiquei com trauma de dormir junto com você - ela diz sorrindo pra mim, mas Dave não vê ela sorrindo porque ela está virada pra mim... Eu percebo que tem um motivo melhor pra ela não querer dividir o quarto comigo, mas eu procuro ficar quieta como eu sempre faço em todas as ocasiões. AFF - Você vai dormir no quarto do Queen!

- Há mas não vai mesmo - Dave diz e Jenny se vira pra ele

- E por que não?

- Porque dorme quatro homens na quele quarto

- Fala sério Dave! - ela diz colocando a mão na cintura - Pensa comigo Dave, o Freddie é gay, Roger prefere transar com carros ao em vez de mulheres, John tem cara de que nunca pegou nenhuma mulher na vida...

- E o Brian? - ele interrompe ela

- O Brian é um zero a esquerda, puta merda... Vou te falar um bagulho Dave - ela diz colocando seu cotovelo no ombro dele - Eu tentei ficar com Brian antes de começar a namorar com Marty e ele disse que não ia ficar comigo porque ele estava apaixonado por outra mulher - ela diz e pisca o olho pra mim, e eu entendo que isso que ela disse foi mentira

- E como você sabe que ele ainda esta apaixonado por essa mulher? - ele diz e parece que Jenny esta quase convencendo ele

- Porque quando ele subiu pro quarto mais sedo eu subi atrás dele pensando que aconteceu alguma coisa e ele disse que só estava pensando em uma música que ele queria escrever pra essa garota que ele estava apaixonado

- Hum... - ele diz e olha pra mim - Tudo bem, eu confio na Bia, porque eu sei que ela nunca fária nada né amor - ele diz e me dá um selinho

- É amor, eu nunca te trairia com ninguém... Eu vou subir agora - digo e vou em direção as escadas deixando Dave do lado de fora

- Pissiu! - Jenny me chama enquanto eu subo as escadas

- Oi, Jenny - digo rindo

- Sou foda, pode falar né amiga! - ela diz e faz sinal de arma com as duas mãos e pisca o olho pra mim

- É mesmo... muito obrigada, amiga!

- De nada, amigas servem pra isso, eu vou ficar no jardim

- Ok - digo e entro no quarto do Queen

Eu entro no quarto e fecho a porta, Freddie esta cochilando na cama e Brian esta sentado na cama com um violão e alguns papeis.

- Oi Brian - digo sorridente e sento ao lado dele

- Oi - ele diz sério

- Jenny me disse que você esta escrevendo uma música, eu adoro suas músicas acho elas bem bonitas e profundas... Você escreve com o coração eu acho isso muito bonito - digo sorrindo e ele me olha de leve e me devolve o sorriso 

- Eu apenas escrevo o que estou sentindo, ou o que estou sentindo pela pessoa que dedico a música...

- Brian, você já dedicou alguma das suas músicas pra alguém? - pergunto a ele levanta a cabeça que estava abaixada olhando para o violão e olha pra mim com aqueles olhos lindos e castanhos

- Várias vezes

- Já dedicou pra mais de uma pessoa?

- Não, apenas pra uma, uma única mulher que eu amo mais do que minha vida - ele diz isso e eu fico triste

- Ata... - digo desanimada e abaixo a cabeça

Ele volta a tocar o violão dele e eu me levanto pego minha bolça e entro no banheiro. Eu tomo um banho quente e rápido pensando: " Quem é essa mulher que Brian dedica as músicas que ele escreve? O que ela tem que eu não tenho? " PARE COM ISSO BEATRIZ! Você está namorando com Dave Mustaine, não deve se preocupar com isso! Mas infelizmente meus sentimentos não conseguem negar o que eu sinto pelo Brian, ai que saco! Eu saio do chuveiro e coloco uma mini blusa brande de ombrinho e uma saia curta rosa choque, eu ajeito meu cabelo no espelho, escovo os dentes e saio do banheiro com minha amada bolça que já passou muito coisa comigo durante esses três anos que eu fugi de casa. Eu me deito na minha cama que fica em baixo da cama de Freddie e fico deitada de barriga pra cima olhando o volume que Freddie está fazendo com seu peso.

De vez em quando Freddie dava uma olhada pra mim, mas era uma coisa rápida... AI BEATRIZ POR QUE VOCÊ FOI PERGUNTAR AQUILO PRA ELE? Nossa, como eu sou burra, se eu não tivesse perguntado pra quem ele escreve as músicas eu não estaria desse jeito, mas também o que eu esperava? que ele falasse que as músicas são pra mim? Como eu sou ingenua, Brian May apaixonado por uma menina de 16 anos que já trabalhou num bar de prostitutas e que ele mesmo salvou de ser abusada por algum homem...

Eu fico pensando sobre essas coisas enquanto fico deitada na cama com uma cara triste e eu também me lembro das vezes que eu já beijei Brian, nossos beijos não eram beijos comuns e sim beijos mágicos e cheios de desejo, bem pelo menos comigo era assim, mas agora que eu estou namorando com Dave não vou sentir o gosto da boca de Brian nem tão cedo.

- Que cara é essa Bia? - Brian me pergunta

- Nada, só estou pensando 

- Com essa cara? Aconteceu alguma coisa?

- Não, nada de mais - digo me deitando de ado para olhar pra ele

- Pode me contar, Freddie está dormindo e parece que não vai acordar nem tão cedo

- Brian?

- Oi

- Você já namorou com alguém enquanto está... Deixa

- Não, agora fala!

- Não, deixa pra lá - digo e ele vem em minha direção

- Deixa pra lá nada agora falar  - ele diz rindo e eu me levanto da cama

- Não vou falar, seu chato - digo e ele começa a fazer cosquinha em mim - Para Brian - digo rindo - O Freddie vai acordar!

- Ele não vai acordar, o sono dele é pesado - ele diz e eu dou um empurrão nele

Ele  vai parar na cama onde ele estava com meu empurrão, ele fia sentado na cama e começa a rir, eu me sento no chão e também começo a rir, nós cansamos de rir olhamos um para o outro e voltamos a rir de novo, mas dessa vez está pior do que antes, de repente Dave entra no quarto e fica olhando para nós dois que não consseguiamos parar de rir.

- Qual é a graça? - ele diz sério

- Nada, amor - digo me levantando - É que eu cai muito feio no chão - digo rindo e ele vem até mim

- Boa noite, amor - diz me dando um selinho 

- Boa noite - digo e ele vai em bora

- Nossa, mentindo pro namorado é? - Brian diz sorrindo

- Eu menti por uma boa causa - digo me sentando na cama - Você queria que eu falasse que você estava me fazendo cosquinha?

- E qual é o problema? 

- Dave é muito ciumento e muito chato quando ele quer...

- Então por que tá namorando com ele?

- Por que eu gosto dele e ele gosta de mim

- Hum - ele diz e eu abro a janela para ver os meninos

Steven estava com um chapéu de unicórnio na cabeça e Slash estava gritando:

- AXL, TEM UNICÓRNIOS ME CHAMANDO PRA DANÇAR A SUA CAMA!

- SLASH NÃO TEM NENHUM UNICÓRNIO NA MINHA CAMA PORRA, PARA DE BEBER! - Axl grita pegando a cerveja da mão dele e os dois começam a brigar pela lata de cerveja

Jenny estava se agarrando com Marty, e Roger estava sentado com John conversando

- ROGER! - eu grito pela janela

- JOGUE SUAS TRANSAS RAPUNZEL! - Ele responde chegando mais perto da janela e eu taco meu cabelo que passa um pouco do meu ombro pela janela

- VIXE, É PRECISO MUITO APLIQUE PRA FICAR IGUAL O CABELO DA RAPUNZEL - John grita e os meninos do Guns vão até ele pulando e cantando: " O MUDO FALOU, O MUDO FALOU, O MUDO FALOU... " - SE EU SOU MUDO COMO EU VOU FALAR? ME SOLTEM! - John grita e os meninos começam a levantar ele.

- FALA BIA! - Roger diz

- EU VOU DORMIR! 

- OK, PODE IR, BEIJOS MIMOSA

- BEIJOS CORNO - digo e fecho a janela, eu me deito na cama sem cobertor porque fiquei com preguiça de pegar e pego no sono

 


Notas Finais


Gente, bem, primeiramente eu queria falar pra vocês que eu estou disponivel para divulgar fanfics, simplesmente porque eu não tenho nada pra fazer da minha vida * risos * Então deixem suas fanfics ai nos comentários junto com o conteúdo delas que eu vou divulgar junto com a minha. Um beijão! Espero que tenham gostado do capitulo e outra coisinha... ~gunnerloveIzzy sim você mesma * risos * o que a Jenny fez no cap de hoje com o Izzy é a surpresa que eu disse que preparei pra você kkkkk. Um beijão pra todos e deixem seus comentários. Um beijão amores!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...