História Don't wanna be an idol - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias VIXX
Personagens Ken, N
Tags Haken
Exibições 26
Palavras 2.072
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo-Ai
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


E aqui estou eu com mais uma fic tirada diretamente do fundo das minhas notas, essa oneshot tava lá mofando junto com outra oneshots minhas e pensei porque não postar?
Então aqui estou com uma oneshot do meu shipp do coração, haken <3 sério eu amo esse shipp ele é tão fofinho gente, acho que de todos os shipps do vixx esse é sem dúvida o meu favorito que é quase otp na listinha.
Essa oneshot linda surgiu por causa da música "I don't wan't to be an idol" sério eu amo essa música por mais que fique na maior bad com ela especialmente depois de ler a letra, basicamente eu quis fazer fic com ela desde que eu li a letra e aqui esta ela.
Agora vou parar de enrolar e deixar vocês lerem a oneshot <3

Capítulo 1 - Capítulo único


Hakyeon estava sentado no tapete fofinho de sua sala mexendo no celular e escutando alguma música quando escutou batidas em sua porta, ele não estava esperando ninguém aquela hora por isso hesitou um pouco antes de caminhar até a porta, afinal aquilo podia ser somente um engano porem a partir do momento em que as batidas continuaram insistentes ele se deu por vencido e se levantou do tapete caminhando até a porta para abrir a mesma, quando ele o fez deu de cara com um sorridente Lee Jaehwan que o olhava com os olhos brilhando enquanto escondia as mãos geladas nos bolsos de seu moletom vermelho, Hakyeon disse se encostando no batente da porta:
- Você sabe que não devia estar aqui
O mais novo disse enquanto ainda olhava o rapaz a sua frente com os olhos ainda brilhando:
- Não posso tirar um tempo pra ver meu namorado?
Hakyeon disse enquanto cruzava os braços e desviava seu olhar do de Jaehwan:
- Eu só estou dizendo que achei que você ia passar a noite treinando de novo.
O mais novo ainda sorria enquanto dizia enfim tirando suas mãos do bolso de seu moletom:
- Eu passei a madrugada e a tarde inteira treinando, achei que talvez fosse melhor descansar um pouco agora a noite e vir te ver, vou poder entrar ou vai me mandar de volta pro dormitório?
Hakyeon suspirou e disse puxando o garoto para dentro do apartamento antes de fechar a porta:
- Até parece que você ia voltar mesmo que eu mandasse você embora.
Jaehwan sorria enquanto entrelaçava suas mãos com as do namorado e dizia ainda com um sorriso iluminando seu rosto:
- Eu só voltaria pro dormitório e perderia a oportunidade de te ver se me levassem de volta a força.
O mais velho sorriu olhando para as mãos entrelaçadas enquanto sentia seu coração bater mais rápido como sempre acontecia na presença de Lee Jaehwan, o mais novo se inclinou para frente roubando um selinho dos lábios secos do namorado para logo depois dizer com uma falsa expressão de desapontamento:
- Ah, seu lábios estão secos Hakyeon
Hakyeon disse liberando suas mãos das do namorado e cruzava seus braços por cima do peito:
- A gente fica semanas sem se ver e você ainda reclama disso?
O mais novo disse com as mãos levantadas em sinal de rendição:
- Ei, estou só brincando, você sabe que eu ainda te amo mesmo que seus lábios sejam secos
O mais velho deu as costas para o namorado sorrindo e se sentou novamente no tapete da sala enquanto ouvia o namorado dizer com um tom menos brincalhão do que era costume do mesmo:
- Eu posso te dar algo?
Hakyeon disse enquanto levava seu olhar até Jaehwan:
- Não é como se você tivesse que pedir, mas claro que sim
O mais novo mordia o lábio inferior de forma nervosa enquanto pegava algo no bolso de seu velho moletom, quando ele estendeu a mão na frente do namorado o mesmo pode ver o que era, um anel simples prateado não parecia ter nada demais mas Hakyeon conseguia ver letras gravadas no interior do anel, o mais velho disse ainda com os olhos escuros fixos no anel:
- Você não esta me pedindo em casamento não é mesmo? Sei que namoramos desde o colégio mas....
Jaehwan estava com o olhar sério quando parou de morder seu lábio inferior que naquela altura já estava sangrando onde ele tinha mordido e disse com um tom baixo:
- Hakyeon pare de falar por um momento por favor
O moreno se calou imediatamente e ficou olhando para o namorado com olhos que brilhavam na expectativa de ouvir as palavras do mesmo que logo começou a falar em um tom suave:
- Respondendo sua pergunta, não eu não estou te pedindo em casamento e mesmo que eu estivesse não poderíamos nos casar de qualquer forma, mas eu só quero que você aceite esse anel porque não vamos nos ver mais com tanta e frequência e eu.... eu não queria que você esquecesse de mim....
Hakyeon colocou as mãos nos ombros largos do namorado e disse com o sorriso mais doce que conseguia:
- Você vai estrear não é?
O mais novo olhou o moreno nos olhos e disse com a voz baixa:
- Como.... como você sabe?
O mais velho disse ainda com um sorriso doce enfeitando seus lábios:
- Nós já nos vemos pouco desde que você se tornou trainee, a única forma da gente se ver menos do que agora seria se você fosse estrear.
Jaehwan olhou para seus pés não querendo encarar os olhos do namorado enquanto dizia:
- Desculpa....
Hakyeon começou a passar as mãos nos braços do mais novo como se tentasse acalma-lo enquanto dizia:
- Não se desculpe, claro que eu queria poder te ver mais, mas eu nunca iria pedir para você parar de perseguir seu sonho somente para me agradar, eu não iria querer ver seus olhos sem brilho por estar sendo privado da música.
Jaehwan sorriu e disse enquanto tirava um pouco de seu cabelo dos olhos com as mãos trêmulas:
- As vezes me pergunto como você pode querer alguém que quase nunca pode te ver e te encher de carinho como eu.
O mais velho deu um selinho casto no namorado e disse enquanto colocava suas mãos no rosto dele:
- Isso é porque eu te amo
Por algum tempo eles somente sorriram um para o outro enquanto se olhavam com olhos brilhando até que Hakyeon quebrou o silêncio:
- Você vai ou não me dar esse anel?
Jaehwan olhou confuso para o moreno por um momento para logo depois ouvir o mesmo dizer:
- Você quer que eu fique com o anel para me lembrar de você certo?
O mais novo disse enquanto segurava uma das mãos do namorado:
- Você vai mesmo ficar com o anel?
Hakyeon somente confirmou com a cabeça enquanto observava o namorado segurar sua mão delicadamente para colocar o anel prateado, o mais velho disse enquanto ainda tinha os olhos vidrados no anel em seu dedo:
- Tinha algo gravado dentro do anel, o que era?
Jaehwan abriu novamente um sorriso largo e disse:
- Espera por mim?
O mais velho novamente sorriu segurando as mãos do namorado com força enquanto sorria tentando jogar os pensamentos de que aquela podia ser a última noite que eles se viam em muito tempo para o canto mais distante de sua mente, aquela noite acabou com os dois dormindo nos braços um do outro com somente um lençol fino cobrindo os corpos cobertos de suor.
Um ano tinha se passado, um ano sem que Cha Hakyeon visse nem que fosse a sombra de Lee Jaehwan com seus próprios olhos, somente o via na tv sorrindo e cantando com a sua doce voz a qual o mais velho sentia tanta falta de ouvir sussurrada em seu ouvido enquanto os dois dividiam noites na escuridão de quatro paredes, ele sentia falta de seu namorado e não iria negar isso, mas simplesmente não podia pedir para o mais novo largar o seu sonho que ele somente tinha começado a realizar para que eles ficassem juntos, além daquilo ser uma ação extremamente egoísta ele nunca iria se perdoar por fazer Jaehwan não seguir o sonho que ele tentava perseguir desde que eram adolescentes, quando o mais novo aparecia em qualquer programa de música Hakyeon sentia seu coração apertar pelas saudades e o anel em seu dedo parecia se tornar frio como gelo tudo isso era culpa da saudades.
Um dia logo depois de chegar do trabalho que não tinha sido tão corrido naquele dia por alguma espécie de milagre o mais velho recebeu uma mensagem em seu celular de um número desconhecido:
"Assista o Inkigayo hoje, tem uma surpresa"
Ele nunca tinha visto aquele número em toda sua vida mas ele sabia que Jaehwan iria se apresentar no inkigayo aquela noite e pelo o que ele tinha visto teria até mesmo uma apresentação especial aquela noite então talvez, só talvez aquela mensagem fosse de seu namorado que de alguma forma tinha conseguido mandar uma mensagem para ele mesmo não tendo seu celular em mãos, o moreno não esperou nada e logo ligou a tv que já estava no canal certo onde as luzes do palco aparentavam estarem apagadas ou pelo menos extremamente baixas dando a impressão do local ser mais escuro do que realmente devia ser normalmente, e então as luzes se acenderam e ele finalmente o viu, Jaehwan estava sentado em um banco alto o suficiente para que ele pudesse apoiar suas longas pernas enquanto segurava um microfone em uma de suas mãos e seu olhar estava virado para baixo, faziam alguns meses que Hakyeon não via o mais novo na tv e por esse tempo pode perceber que o cabelo dele agora estava de um castanho claro que era tão diferente do preto que ele antes usava e ele parecia mais magro do que antes, Jaehwan parecia tão igual mas ao mesmo tempo tão diferente do garoto que se confessou pra ele quando estava no último ano do colégio.
E então ele começou a cantar com aquela voz doce que Hakyeon tanto amava e foi naquele momento que o mais velho só pode se sentar no sofá prestando atenção na letra:
"Por causa dos programas sem fim
Não é tão fácil ver seu rosto
Eu estou na tv, você esta me vendo na tv, é assim que temos um encontro"
E naquele momento Hakyeon sentiu as lágrimas quentes se formando nos cantos de seus olhos, ele escutava aquela letra com um aperto no coração que parecia aumentar a cada verso e cada acorde da música:
"Eu devo desistir? Quando penso em você continuo ficando fraco"
O mais velho queria gritar, gritar para o namorado não desistir de seu sonho por ele, queria gritar para o mais novo não sacrificar sua felicidade por alguém tão insignificante quanto ele, queria gritar para ele que o amava mas que o sonho dele era mais importante, os versos continuaram com a voz doce enquanto Jaehwan continuava a olhar fixamente para algum ponto aleatório na plateia, seus olhos estavam desfocados e pareciam brilhar pelas lágrimas que ele talvez estivesse segurando enquanto cantava docemente:
"Quando minha música for famosa, quando tudo estiver bem irei te dar todo o amor que não posso dar agora
Eu vou fazer tudo por você, eu te darei tudo
Essa música é pra você, eu te amo"
E então a música foi chegando aos seus acordes finais enquanto Jaehwan permanecia olhando para o ponto aleatório da plateia com lágrimas caindo de seus olhos e deixando marcas em seu rosto, logo alguém apareceu de trás do palco, era um garoto de cabelo vermelho provavelmente não era um staff pois ele usava roupas que eram obviamente um figurino de alguma apresentação, o garoto não disse nada ao subir no palco somente abraçou Jaehwan pelo ombros e o levou para os bastidores enquanto o mais novo tremia em seus braços.
Hakyeon não se mexeu somente continuou parado no sofá enquanto algum comercial aleatório começava na tv e suas lágrimas caiam manchando seu rosto, ele não esperava aquilo não esperava aquela enxurrada de sentimentos e tristeza na sua cara em uma sexta a noite, tudo que ele planejava para aquela noite era cair na cama com um bom livro até cair no sono e talvez durante seu sono imaginar o momento em que ele e Jaehwan poderiam ficar juntos novamente, isso é se esse dia chegasse mas esse era um pensamento que ele sempre tentava manter o mais distante possível e enterrado no fundo de sua mente mas ele sempre iria voltar não importava o quanto ele fugisse.
A partir de algum momento da apresentação ou talvez depois dela, ele já não sabia, ele tinha começado a girar seu anel em seu dedo enquanto pensava nas palavras que Jaehwan tinha dito na noite em que ele lhe entregou o anel:
- Espera por mim?
E mesmo que não tivesse ninguém por perto naquele momento Hakyeon se pegou dizendo em voz alta mesmo que esta estivesse embargada e trêmula pelo choro:
- Eu vou esperar, eu realmente vou.
Naquela noite dois corações clamavam um pelo outro não importando a distância ou circunstâncias daquilo, a saudade falava mais alto porém aquele distância dificilmente seria quebrada por um longo tempo


Notas Finais


Essa fic é realmente meu amorzinho gente, amei escrever ela só dizendo recomendo realmente que vocês escutem "don't want to be an idol" ou "farewell hands" enquanto lêem a fic só pra dar um clima mesmo <3 espero realmente que tenham gostado e até uma próxima oneshot


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...