História Dope - Capítulo 103


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Anjos, Bts, Criaturas Misticas, Demonios, Dope, Dragões, Jikook, Kookmin, Lobos, Menage A Trois, Mistério, Namjin, Policial, Sugamonjin, Taeseok, Trheesome, Vampiros, Vhope, Yaoi, Yoonamjin, Yoonjin
Exibições 265
Palavras 1.788
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Policial, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Como eu disse, ta tendo mt pov do Tae e do Hope SIIIIM, mas é por causa da historia, eles tbm sao importantes
e o Kook e o Jimin vao ter MILHOOOOOES de POV's seguindo os pox caps e ia ficar chatin só eles a historia toda.

Capítulo 103 - Baegsam


Fanfic / Fanfiction Dope - Capítulo 103 - Baegsam

Três Semanas Depois

▨ Narração ▨

Durante essas três semanas: Hoseok, Seokjin e Jungkook se tornaram bons amigos. Yoongi e Jimin tentaram se relacionar mas viram que não tinham sentimentos um pelo outro agora são apenas amigos. Seokjin começou a namorar sério com Namjoon e se assumiu finalmente. Hoseok e Yoongi resolveram fazer as pazes e voltarem a ser melhores amigos. Jin finge que Yoongi não existe e que não está o vendo ali, o ignora em tudo. Jimin e Jungkook não se falam a um bom tempo, também fingem que não se conhecem e que nada em suas vidas ocorreu. Taehyung conseguiu se adaptar um pouco ao castelo e conheceu bastante gente nova, tem umas brigas ou outras com Yoseung mas nada grave, anda sempre grudado com a Saphira e sempre visita Khyshan em seu pequeno "planetário".

O menino Taehyung resolveu finalmente ir contar aos outros sobre tudo o que sabia, estava receoso de que tudo o que podia acontecer, tinha medo de não ser aceito pelos outros, tinha medo do que podia encontrar, tinha medo do que podiam fazer com ele, por isso demorou tanto tempo para isso, ele estaria arriscando sua vida mas pelo bem da humanidade ele faria isso, afinal, não faltava muito tempo para que o ''terror chegasse''. Mentiria se dissesse que esse foi o principal motivo que o motivou a ir a tal local, foi por alguém bem especial também, alguém que ama muito, alguém que sempre foi seu anjo, sua esperança.



▨ Narração ▨

✌ ✌ ✌ Kim Taehyung Ponto De Vista ✌ ✌ ✌


Até que ser um vampiro tem seus lado bons, como super rapidez, o lado ruim de tudo isso é que eu não sei usar esses poderes direito e Yoseung vive falando que eu tenho que "encontrar qual é o meu poder", sinceramente eu não quero e estou com medo de saber. Enfim, foi até rápido chegar na pequena - literalmente - cidade de Busan, voltar lá me causava memórias tão boas, outras nem tanto mas a maioria eram ótimas, fui andando pelas ruas olhando casas simples, porém bem decoradas e bonitas. Enquanto admirava tais locais e lembranças vinham a tona em minha mente, nem notei que havia chegado perto do prédio mais grande e chamativo daquela cidade, pintado de vermelho com umas listas em volta das janelas em branco e o grande logo anunciando " Delegacia Central de Busan " , senti-me arrepiar apesar de ser impossível pois meu corpo já não tinha os seus sentidos, um choque passou pelo meu corpo e o nervosismo tomou conta de mim, senti vontade de meter o pé e sair correndo para a casa enquanto gritava em nome da minha mamãe querida. Engoli o seco e pisei no primeiro degrau tremendo um pouco e fui subindo degrau por degrau até chegar a porta da entrada, dou duas batidas que causam uma leve melodia e logo sou atendido, rezava para ser Hoseok e dar tudo certo, mas não, como eu já sabia, era o Namjoon que me olha surpreso ao me ver, seus olhinhos puxados arregalaram-se e ele queria pronunciar algo mas não conseguia.

- Annyong Nam! - Digo acenando sem jeito, espero que ele não faça escândalo. - Sentiu minha falta?

- TAEHYUNG?!

- Shh! Shhh! -
Tapo sua boca e então olho para os lados. - Posso entrar? Preciso conversar sério com vocês! Por favor!

- Bom, a DCB não está em climas muito bons ultimamente então é melhor tomar cuidado pois a maioria das pessoas está de mal humor. -
Ele me deu passagem para entrar.

- Deixa eu adivinhar, Yoongi e Jungkook não é? - Digo rindo comigo mesmo enquanto entro e ele fecha a porta.

- Eles também. Bom, eu vou chamar os meninos, não saia daqui até eu voltar!

- Tá, tá! Calma! Acha mesmo que eu sairia daqui Nam?

- Quem não te conhece que te compre. - Disse saindo do local.

Me senti meio cansado e então sentei em um dos sofás de couro preto que ficavam ali e comecei a balançar as pernas enquanto olhava para as mesmas distraído, pelo menos assim eu conseguia livrar-me um pouco do nervosismo. Ouço passos, vozes e a maior parte reclamações e xingamentos, até que o silêncio se toma e caras espantadas se formam ao todos me verem, era engraçado pois pareciam copias estatuas surpresas, igual umas as outras, o único que não parecia tão surpreso era claro que o Namjoon e Hoseok. - o da dentição perfeita parecia mais feliz do que surpreso -  Levantei-me e sorri nervoso, tinha medo do que estava por vir, queria apenas correr.

- O-Oi, sentiram minha falta? - Disse envergonhado e constrangido.

- TAE! - Aquela voz escandalosamente fofa era ninguém mais ninguém menos que Hoseok, ele correu até mim e me abraçou forte e eu apenas retribui sorrindo, meu nervosismo pareceu desistir de mim somente por esse momento. - Eu senti tando a sua falta amor. - Ele sussurrou para que somente eu pudesse ouvir. Fechei os olhos e apreciei suas palavras enquanto fazia uma cara um tanto "errada" se é que você me entende.

Soltei o abraço e abri os olhos notando os outros ainda pasmos por me verem, Yoongi estava mais pálido que o normal e eu só conseguia encara-lo ele parecia temer algo, até que um flashback bem curto passa em minha mente no momento.

◄◄◄ Flash Black Online ◄◄◄


 Y-Y-Yoongi! Desculpa! Desculpa! Não puxa esse gatilho pelo amor de deus! - Taehyung se ajoelha na frente do loiro. - Eu não quis feri-lo eu juro...

- Mas feriu... Seu babaquinha de merda. - O mesmo da um tapa na cara do outro deixando um vermelhidão em sua bochecha que acompanhava seu rosto roxo de tanto apanhar e lágrimas percorrendo seus olhos.

- NÃO! YOONGI PARA! - Apenas era possível ouvir uma voz abafada de dentro de um carro, Hoseok.

- C-Calma... Vai ficar tudo bem...

- O YOONGI TEM UMA ARMA! NÃO VAI FICAR TUDO BEM!

- Vai sim! Por um acaso ele já atirou em alguém? Você é melhor amigo dele, mesmo ele sendo assim, acha que ele teria coragem de matar alguém? Você é o melhor amigo dele, você que sabe...

 Taehyung implorava de joelhos com as mãos amarradas para trás bem presas por uma corda.

- Ultimas palavras infeliz! - Yoongi estava sério e tremulo segurando aquela arma.

O outro já cansado de resistir apenas suspirou cansado. - Apenas de não parecer eu... EU TE AMO HOSEOK!

Yoongi range os dentes. - CALA A BOCA IDIOTA! - Ele aperta o gatilho e então acerta na cabeça de Taehyung que cai no chão já sem vida.

◄◄◄ Flash Black Offline◄◄◄


Apenas pisco várias vezes voltando a realidade e então voltando a encarar o loiro, sem eu perceber meus olhos estavam marejados, mas o pior disso tudo é que ali não continha água salgada e sim, sangue. Um silêncio desconfortável tomou conta do local enquanto todos se encaravam naquela recepção.


- VOCÊ ME MATOU YOONGI! VOCÊ ME MATOU! COMO VOCÊ PODE?! TEM IDEIA DO QUANTO ARRUINOU MINHA VIDA?! SEU IDIOTA!

- Me desculpa eu não queria! Foi apenas algo do momento! Eu estava com raiva!

- ISSO NÃO VAI ADIANTAR! O QUE VOCÊ FEZ NÃO TEM PREÇO! EU TINHA MUITO O QUE VIVER, AGORA ESTOU DESTINADO A ESSE INFERNO!

- EU LÁ IA SABER QUE VOCÊ ERA UM VAMPIRO?! EU NEM ACREDITAVA NESSAS COISAS ATÉ O JIN ME CONTAR!

- MESMO QUE EU NÃO FOSSE, VOCÊ ATIROU EM MIM CARA! VOCÊ ATIROU NO SEU AMIGO!

- EU NÃO SOU SEU AMIGO!!!! -
Aquilo doeu? Sim, doeu.

- NÃO IMPORTA!! VOCÊ ACABOU COM A MINHA VIDA E EU VOU FAZER VOCÊ PAGAR POR ISSO!

- AH É?! QUER MORRER PELA SEGUNDA VEZ SEU ENERGÚMENO?

- EU VOU ARRANCAR SUA CABEÇA FORA E DEVORAR SUAS TRIPAS SEU CUSPIDOR DE FOGO DOS INFERNOS!
- Me avanço para cima dele e ele faz o mesmo, o pessoal se divide para nos segurar e não deixar que a briga ocorra.

- CUSPIDOR DE FOGO? QUE NOVO XINGAMENTO ESCROTO É ESSE?

- VOCÊ É UM ESCOLHIDO POR HAKAJAS IDIOTA! TODOS AQUI SÃO! E NENHUM É DIGNO! PRINCIPALMENTE VOCÊ SEU BABACA!

-HÁ! FALA SÉRIO! EU VOU SABER QUE PORRINHA É ESSA?


Eu acabei resumindo aquela longa história que aprendi com cada um - Yoseung, Saphira e Khyshan - mas de uma forma que todos os detalhes fossem contados, minha garganta meio que doía de tanto gritar, gritar essa longa história, os outros ali no quarto pareciam confusos e pensativos.

- NÃO ME DIGA QUE VOCÊ DELIROU? JÁ ERA MEIO IDIOTA AGORA FICOU PIOR!

- JÁ ERA MEIO IGNORANTE E AGORA FICOU PIOR!

- ME CHAMOU DE QUE SEU ALIEN DE MERDA?

- EU ODEIO QUE ME CHAMEM DE ALIEN! SEU... SEU!!!

- TO NEM AI! PELO MENOS EU NÃO FICO INVENTANDO HISTÓRINHA!

- EU NÃO ESTOU INVENTANDO NADA! ISSO É REAL! REAAAL!

- CRIANÇA TOLA E BOBA!

- EU NÃO SOU UMA CRIANÇA! QUANDO EU DESCOBRIR QUEM É HAKAJAS EU VOU MANDAR ELE ELIMINAR VOCÊ DO MUNDO SUA ANTA ACÉFALA!

- CHEGAAAAAAAAAA! EU NÃO AGUENTO MAAAAAAAAIS! -
Jin, que sempre foi tão calmo, tão na dele e tão amorzinho se pronunciou, ele parecia irritado, muito irritado. Os outros sequer ousaram se meter na conversa. - Taehyung como ousa falar uma coisa dessas acha que Hakajas seria capaz de fazer isso com qualquer ser humano ou criatura? Ele quem deu vida a Yoongi e porque tiraria?

- Pois ele tirou a minha! E o que sabe sobre Hakajas para falar dele assim? Vocês não sabem nada!

- É Claro que eu sei! Sei muito mais que todos vocês presentes aqui, que parecem não saber nada, apenas o que você falou.

- Haha! Tá bom! Eu sei muito sobre Hakajas, sim!

- Se você sabe, qual é a cor preferida dele?

- Quê?! Como eu vou saber?! Que pergunta é essa, eu hein.


- É rosa! Viu, você não sabe nada sobre Hakajas como realmente pensa que sabe.

- E quem me garante que você não está mentindo? - Ele ri sínico e eu fico confuso.

Ele apenas some da sala deixando todos nós com cara de paisagem e de repente volta com a coroa de Hyuda na cabeça, com certeza era algo de plástico, ou ferro, sei lá algo falsificado só sei que estava muito bem feito. 

- Isso não explica nada, essa coroa falsa ai é uma bola de cristal é?


- Doce, fofo e ingênua criança Taehyung. Não percebeu ainda, sério que vocês seis e vocês ai também, não perceberam que... - Ele suspira ajeitando a coroa que começa a brilhar imensamente. - Eu... Sou... Príncipe De Hakajas!

 


Notas Finais


TARARARAN grandes revelações

ou n

fiz esse cap de madrugada

SONINHO

por isso ficou um cu


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...