História Dope - Capítulo 64


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Anjos, Bts, Criaturas Misticas, Demonios, Dope, Dragões, Jikook, Kookmin, Lobos, Menage A Trois, Mistério, Namjin, Policial, Sugamonjin, Taeseok, Trheesome, Vampiros, Vhope, Yaoi, Yoonamjin, Yoonjin
Exibições 644
Palavras 1.439
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Policial, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Pessoal eu sei que o shipp principal é o Jikook mas agora é a vez dos outros shipps interagirem mais pra frente vai acontecer umas coisas mt locas ai o Jikook vai aparecendo mais calma carai

Capítulo 64 - Yesunhana. (61)


Fanfic / Fanfiction Dope - Capítulo 64 - Yesunhana. (61)

☀ ☀ ☀ Jung Hoseok Ponto De Vista ☀ ☀ ☀

Eu estava pasmado ainda não estava acreditando que tudo aquilo tinha acontecido, eu estava morrendo de ódio de Zyoon mas ao olhar para ele e notar que estava chorando meu coraçãozinho bobo amoleceu, ele devia ter seus motivos para fazer isso e talvez nós dois pudéssemos ser grandes amigos mas ele devia prometer ser leal a nossa amizade, me aproximei de vagar e então ele virou o rosto tentando enxugar as lágrimas.

- Está tudo bem Zyoon... Eu perdoo você... Mas não se pode brincar com os sentimentos dos outros sabia? Você teve algum motivo para fazer isso? Conta para mim...

Ele suspira e então olha para mim com os olhos brilhando por conta das lágrimas, pude notar um corte horrível em seu rosto. -Perdoa? Mas você não pode... Eu sou um imprestável...

- Você não é imprestável... Hey o que é isso no seu rosto?

- Nada... -
Ele tapa a bochecha. - Não é nada...

- Olha vai ser meio difícil ser seu amigo se você não cooperar sabe.

- Amigo? Você quer ser meu amigo?
- Apesar de tudo pude sentir um pouco de alegria em sua voz.

- Claro. - Sorri e o puxei pela mão o fazendo sentar em minha cama a e então sento ao seu lado. - Todo mundo merece uma segunda chance... E eu vou te ajudar a ser melhor, eu vou ser a sua ... Esperança ... - Abri um de meus melhores sorrisos.

Ele olhava para mim de uma maneira diferente, como se eu tivesse o libertado de algo então repentinamente o mesmo me abraça com força e deita a cabeça em meu ombro, seu corpo era frio mas o calor do abraço em si era totalmente transmissível e então o abracei com força ainda sorrindo, pude ouvir um "obrigado" sussurrado e então disse um " de nada " como resposta, paramos o abraço e então eu olho para o mesmo.

- Vai me contar? 

Ele confirmou com a cabeça. - O que quer saber?

- Tudo... -
Sorri.

- Bom... Primeiramente? 

- O por que desse corte no seu rosto?

- ... Enfim... Como você já deve ter notado eu sou um vampiro, está vendo a cor dos meus olhos? -
Confirmei com a cabeça. - Então... Eles querem dizer que eu sou da família real dos vampiros, os Kimungs e por isso meus olhos são vermelhos. - Fiquei pasmado, eu não sabia dessa, mas não iria interrompe-lo. - Os olhos alaranjados são de descendentes indiretos, ou seja, alguém normal que um membro da família real mordeu. Os olhos amarelados são vampiros não tão fortes quanto os que eu citei anteriormente mas ainda são perigosos então tem um cargo no castelo. Já os vampiros de olhos esverdeados são completamente inofensivos e podem viver em sociedade, por isso moram em casas normais pelo reino, os vampiros de sua maioria tem olhos esverdeados. - Estava entendendo um pouco mais a história e isso era legal mas, por que ele está me dizendo isso? - Enfim vamos direto ao assunto, eu sou o mais novo entre quatro irmãos; Samira é a mais velha, Yoseung o segundo mais velho, Taehyung o do meio e eu sou o caçula.

- T-Taehyung é mesmo da família real?! -
Indaguei gaguejando.

- Sim, ele foi o escolhido para...

- Eu sei desta história... Meu amigo Jin me contou...

- Como assim? Como ele sabe? Impossível...

- Internet oras, vocês vampiros são desatualizados hein...


Ele riu de nervosismo. - Hoseok... Esse tipo de informação não é encontrado nem na Deep Web pois deram um jeito de ninguém ficar sabendo disso, esse tal amigo... Ele ... 

- Ah Zyoon! Se ele disse que achou na internet é porque estava lá!

- Duvido muito... Veremos quem está correto quando você peguntar em que site ele encontrou... Seu amigo não é normal...

- Pelo amor né Zy! -
Apelido tosco mas eu gostei. - O Jin anormal? - Soltei uma risada sarcástica. - Certo, certo, prossiga.

- ... Bom, então depois que ele foi viver no 'mundo' dos mortais pude notar que um de nós não estava nem um pouco contente, Yoseung! Ele sempre foi meio rebelde mas nem tanto, depois daquele dia ele começou a fazer coisas horríveis dentro de casa então a mamãe mandou ele ir ficar no porão do castelo, lá é o pior lugar do mundo para viver se eu não aguentei um dia naquele lugar infernal imagina ele que ficou anos lá. No dia da coroação da Samira ninguém suspeitava que o IV estava tramando fugir e então ele pediu minha ajuda e eu acabei ajudando, afinal estava com pena dele e ele era meu irmão, ele prometeu não fazer mal algum a ninguém então o libertei. Foi a pior coisa que eu já fiz pois ele acabou matando a sangue frio nossos pais e irmã, ele estava completamente louco e em um estado psicopata e eu ainda não estava acreditando no que estava acontecendo, ele utilizou de seus poderes psiquicos para fazer com que as pessoas do reino esquecessem o ocorrido e assim está até hoje, eles pensam que nossos pais e a Samira foram fazer uma viagem para comemorar a coroação e foram mortos por um caçador...

- Wow...
- Eu realmente estava surpreso.

- Yoseung só não me matou pois eu o ajudei, mas mesmo assim ele me prendeu nas masmorras que consegue ser muito mas muito pior que o porão, foram os dias mais solitários da minha vida eu não tinha ninguém... Nenhum amigo... Então depois de uns dois meses mais ou menos Yoseung me libertou, ele falou que eu poderia ser útil em algum momento e então sempre venho trabalhando para ele, mas esses dias eu não venho sendo muito preciso... Então logo que Taehyung chegou achei que IV iria mata-lo pois V está destinado ao trono mas pelo visto não mais, pois ele só poderia se tornar rei se fosse casado com o verdadeiro amor da sua vida, caso não se casasse com a pessoa correta não governaria  e como ele está sozinho provavelmente Yoseung teve piedade dele e é uma coisa que ele nunca teve com ninguém, nem com nossos próprios pais na hora de mata-los...

- Caramba...

- Ultimamente Yoseung vem tratando Taehyung de forma diferente, com carinho e afeto de irmão que nunca teve por mim... Isso me deixa com raiva e faz meu corpo por dentro doer não sei por que... Eu só queria que ele me tratasse assim... Ele deve tratar a MIM assim e não aquele... Ugh! Acabamos tendo uma briga e ele me bateu e cortou meu rosto...

- Ow... Ow... Ow... Espera acho que já entendi o que está acontecendo... Você está com inveja do Taehyung pois queria a atenção do Yoseung só para você certo? Talvez essa 'dor por dentro' seja ciúmes...

- Ciúmes do Yoseung? Inveja do Taehyung? Pfff... não, nunca! Nem a pau! -
Ri baixinho com seu ato nervoso.

- Se é assim então... Prossiga...

- E desde que eu tenho fracassando nos meus trabalhos ele vem me tratando mal, então eu só queria uma companhia e quando ele me mandou levar você até lá para mais um de seus planos maléficos... Eu vi que pessoa maravilhosa que você era e então vi que seria a perfeita para irritar Yoseung...

- Causar ciúmes. -
Corrigi brincalhão e ele me olhou com um olhar mortal. - Tá bom parei... Mas o que ele queria comigo?

- Te matar... Ele sabe que você é o verdadeiro amor de Taehyung e sem você no caminho dele, seria perfeito para governar para a sua eternidade...

- Eu e o Taehyung? Não! Pode dizer para esse tal Yoseung que fique com o trono pois eu não quero ver Taehyung nem pintado... Méh...

- Você ainda está apaixonado por ele não é?

- Quê? Eu? C-Claro que não... Credo... 

- Aham sei...

- Se for assim você é apaixonado pelo Yoseung então! - Disse em defesa.


Ele tossiu e então desviou o olhar. - Amor fraterno, que não é retribuído só isso... - Pigarreou. - Continuando... Eu te enfeiticei para você não correr o risco d emorrer, pois se você se apaixonasse por mim não teria chances com Taehyung e todo mundo ia sair lucrando... Me desculpe...

- Entendi... Bom... Você teve seus motivos e mais um pouco, então acho que posso lhe perdoar... I'm Your Hope... Amigos? -
Sorri e estendi a mão.

- Amigos... - Ele aperta minha mão e me abraça, acabo rindo e ele faz o mesmo.



 


Notas Finais


Na parte do "Bom... Primeiramente?" EU IA ESCREVER FORA TEMER KKKKKK

--Você Sabia?--

Dope só vai ter somente 100 Capitulos? (Fora os Bonus)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...