História Dores do amor - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias 2NE1, 4Minute, Big Bang, Crush, GRAY, HyunA, Jay Park, LOCO, Simon D., Super Junior, Zico
Personagens Cho Kyuhyun, Choi Siwon, Cl, Crush, D-Lite (Daesung), Ga Yoon, G-Dragon, GRAY, Heechul, Henry Lau, Hyun A, HyunA, Jay Park, Ji Hyun, Ji Yoon, Lee Chaelin "CL", Lee Donghae, LOCO, Minji, Park Bom, Park Jungsu, Personagens Originais, Sandara Park, Seungri, Simon Dominic, So Hyun, T.O.P, Taeyang, Yesung, Zhou Mi, Zico
Tags Amorerrado
Exibições 13
Palavras 2.195
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Hentai, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bem o que tenho a dizer é somente
Boa leitura kk!!

Capítulo 2 - Realizações


Quando li isso parece que meu coração iria sair pela boca, Coréia era a última cidade que pensava em fazer minha faculdade eu falava pouco de coreano o que mais falava era inglês fluente e agora como será que iria fazer?

Mesmo dia continuação ...

Parece que nessa hora todos o seus pensamentos bons e minha ansiedade foram jogandos todos pra baixo como se fosse água jogada pelo ralo, eu mal sabia o que fazer com relação a esse mínimo detalhe.

Respirei fundo e voltando a olhar pro papel visualizando e procurando respostas para o grande e mega problema nem prestei atenção que minha amiga estava ao meu lado falando comigo.

Lili:
-Iza? Iza? IZAAAA!!!
Acabo despertando de um tranzi que eu acho que durou até umas horas mais não, foi só alguns segundo mesmo olho pra ela.

Eu:
-oi.. o que houve?
Pergunto como se não soubesse nada o que ela falava antes ..Mais até que não sabia.

Lili:
-Faz horas que te chamo menina e você ai com essa casa de bocó preocupada, até parece que nem gostou da ideia do intercâmbio.
Ela me olha de lado e logo eu acabo soltando um sorrisinho de lado.

Eu:
-ah desculpa é que .. Eu sou brasileira Lili como vou chegar na Coreia falando português? Tipo as pessoas vão me olhar e pensar nossa essa ai é doida o que diabos ela ta falando!!
Falo com um certo tom de deboche e voltando a cara de preocupada olho Lili.

Lili:
-Amiga não se preocupa ..
Acabo interrompendo ela.
Eu:
-O QUE? Tá doida? Como não vou me preocupar?
Logo ouvimos o professor falar acabando que por interromper nossa linda e maravilhosa conversa de amiga.

Professor:
-licença garotinhas ai atrás posso falar? Pois bem.. dados os resultados e vocês iram daqui a uma semana pras suas respectivas cidades do intercâmbio, então terão esses dias pra se organizarem é claro nas de faltar a faculdade se não pode dar adeus ao intercâmbio ouviu senhor Lucas?!
O professor olha com cara de vitorioso e logo dá um sorrisinho irônico.

Eu:
-Lili eu definitivamente estou morta, lascada e totalmente fodida.
Parecia que meu medo só tinha aumentado ainda mais só de ter ouvido ele dizer aquilo meu coração parece que parou definitivamente eu estaria morta em alguns segundos.

Mais pra minha sorte se não fosse Lili ali não teria ressuscitado, ela acabou que por dá uma bela massagem cardíaca (traduzido, um tapa na minha cara) acabo que passando a mão pela bochecha massageando o local e olho ela.

Eu:
-Aí!!! Pra que isso?!?
Continuo com a mão ali.

Lili:
-Pra você criar vergonha na cara e parar de se matar aos poucos só porque não fala essa língua idiota!
Ah e sobre Lili, não ela não curtia Kpop não pelo menos do tanto que eu ela até ouvia mais porque eu insistia que ela ouvisse, mais fora isso ela não ia muito com a cara dos meus amores corebinhas.

Logo abaixei a cabeça e já voltei a prestar atenção na aula ou melhor somente olhar porque meus pensamentos ainda estavam no intercâmbio e no coreano nessa lingua que amo porém não sei ñ mesmo falar.

A aula passou rápido pelo menos pra mim que viajava como alguém que não tinha rumo, entre meus pensamentos, parecia mais uma vez perdida e pra minha sorte se não fosse o sinal tocar acho que ficaria assim pra sempre ou até a viagem.

Logo me levantei e atrás de Lili segui até meu armário guardei meus livros e ja fui atenciosamente chamada pelo interfone da escola.

Senhores alunos queremos a presença dos alunos que passaram no intercâmbio agora para uma breve reunião sobre toda a viagem no auditório deste prédio, não demorem pois em 5 minutos estaremos informando e passando mais informações sobre tudo que tiverem de dúvidas, atenciosamente agradece a direção.

Suspiro fundo e olho Lili dou um leve sorrisso e logo seguimos para o auditório.

Lili:
-Amiga por favor se acalma ta bom? Vai dá tudo certo para com isso de tanta preocupação se não dá próxima eu passo de um tapa nessa sua cara enrugada Iza.
Ela acaba revirando os olhos e eu apenas acento e dou um leve sorriso confirmando logo nos sentamos.

Eu:
-Vou me controlar prometo.
Logo percebo que muita gente havia passado acho que uns 30 a 50 alunos pelo menos do meu curso ja que eram várias salas e turmas do mesmo curso, acabo que notando a direção e alguns professores ja se aproximando do palco e já prontos pra falar a diretora ja começa dando todas as informação e avisos mais.

Diretora:
-Bem alunos primeiramente meus parabéns a todos e quero dizer que neste período de preparação de vocês fiquem bem atentos e que vocês possam aprender muito mais. Primeiro sobre o curso todos vocês foram inscritos para faculdades em vários países sendo estes Estados Unidos, Austrália, Coréia do Sul, Japão, China, Paris, Portugal, Suíça, Argentina e Espanha. Segundo como nem todos sabem falar muito das línguas mães de cada lugar serão dados a todos durantes o intercâmbio um curso sobre a língua de cada país aonde estarão. Terceiro vocês todos ficaram em casas de acolhedores ou seja pessoas normais que foram inscritos para como posso dizer adotar mais um filho. Espero que vocês possam conseguir com ênfase e ah sim cada aluno àquele que se destacar poderá até mesmo conseguir um emprego fixo no país que foi deisguinado se assim estes conseguirem notas com níveis altos. Então parabéns mais uma vez e Boa sorte é só.
Ela sorri e logo olho pra Lili eu ja estava mais aliviada ao ouvir que aprenderia a falar coreano respirei fundo e me levantei com Lili saindo dali.

Lili:
-Eu não te avisei, relaxa sua exagerada isso vai dá certo você passou não é do nada que você vai perder tudo assim.
Bateu no meu ombro e ja sorriu Lili sempre foi a positiva na nossa amizade ela sempre me ajudava e ajuda, aliás Lili ainda não havia me falado sobre aonde ela iria fazer o intercâmbio.

Eu:
-Lili sua vaca você não disse aonde vai fazer o intercâmbio, ah deve ser porque o no mesmo país neh?
Sorri

Lili:
Ela suspirou e aquilo ja me dizia tudo, não irei ser no mesmo país.
-Não Iza, vou fazer no Japão infelismente queria ir com você pra coreia ..
Ela suspirou mais uma vez triste e logo fomos ao armário caladas todo o caminho pego minha mochila e vejo ela sair primeiro logo corro até ela.

Eu:
-Amiga não fica assim eu vou te visitar e você vai também pelo menos conseguimos Lili, isso é o que mais importa ainda vamos ser amigas eu vou mandar mensagem, te ligar e tudo mais, como uma amiga sempre me disse vai dá tudo certo.
Dei um sorriso amigável e abracei ela que de bom grado sorriu e ja me abraçou, desfizemos o abraço e ela me olhou com aquele sorrisinho bobinho de sempre.

Lili:
-Tem razão amiga, vai dá tudo certo agora vamos antes que a professora ponha a gente pra fora por chegar atrasada
Acabei que sorrindo e ja corremos pra próxima aula entramos e por sorte a professora a melhor e mais "amável" (ironiza) não havia chegado sentamos e depois de alguns minutos ela chega.

Quebra de tempo
Depois de uma semana..

Hoje seria o grande dia Lili e eu iríamos aos nossos novos países a ansiedade era grande que por mais que eu tentasse não conseguia me controlar.

Só pra ter uma ideia acabei que de ontem pra hoje tomando tanto café que acabei nem dormindo passei a noite pesquisando mais sobre o país, os costumes, a cultura, gestos de cumprimentos, comidas típicas etc e etc.

Quando vi a hora ja marcava 7:15 da manhã me levantei e corri ja que meu vôo saia em algumas horas na verdade pra ser exata as 10:00 horas da manhã ja que seria não somente um mais três vôos de São Paulo até a Seoul na Coréia do Sul.

Correndo fui até o banheiro e nãos de costume mais acabei que banhando e bem demorado pra acordar bem ou melhor me manter mais acordada ja que nem dormindo eu havia, logo depois de uns 15 minutos saio e vou pegar a roupa que havia separado no dia anterior e me visto logo sou interrompida pela minha mãe.

Mãe:
-Izabelly? Acorda filha!
Ela bate na porta devagar e logo abre pra ver se ainda estava dormindo.

Eu:
-Tô acordada mãe jaja desço, to me vestindo.
Acabo vestindo uma calça jeans e uma blusa com a bandeira da Coreia e do Brasil juntas e um Allstar Preto com notas musicais estampado.

Mãe:
-Nossa mais já tá bem animada e ansiosa em filha?
Ela entra e dá um sorriso ja me vendo.
-ai filha eu vou ficar com tanta saudades de você querida ..
Se aproxima e ja percebo que iria chorar.

Eu:
-ain mãe não chora por favor se não eu vou chorar também.
Fiz bico e corri pra dá um abraço nela e um beijo na bochecha da minha velha.

Mãe:
-desculpa mais eu não pensava que iria pra tão longe meu bebê sabe que sua mãe está orgulhosa de você mais é triste ver minha menininha partindo pra uma aventura dessas.
Ela me abraça e acaba que deixando uma lágrima cair eu limpo e beijo ela denovo na bochecha e dou um leve sorriso.

Eu:
-Prometo ligar mãe sempre não se preocupe, até porque vou precisar de seus conselhos a senhora sabe disso.
Um sorriso de lado em meu rosto se inicia e já selado o abraço.
-Agora vamos antes que eu acabe chorando e isso não vai ser bom esta com os olhos vermelhos de choro vem mãe vamos tomar café, papai ainda está..
Sou interrompida.

Pai:
-Claro que estou aqui acha que deixaria minha pequena ir sem falar comigo?
Ele entra e dá um sorriso pequeno meu pai não era de se expressar muito comigo mais seus abraços e carinhos sempre demonstravam isso por ele.
Acabo que abraçando o mesmo.

Eu:
-Papai coruja
Sorri e ouço meu lindo estômago pedindo comida, coloco a mão sobre a barriga e meu pai ja dá um sorriso.

Pai:
-Acho bom comer antes que alguém ai dentro coma você primeiro.
Sorrimos juntos e ja descemos ele leva logo minhas malas pra sala e me sento na cadeira junto a meus pais.

Eu:
-Cadê Felipe pai?
Falo ja colocando minha comida no prato e ja comendo.

Pai:
-Ele ainda não chegou de viagem filha sabe como é seu irmão, mesmo morando aqui gosta de tratar dos negócios da família pessoalmente.
Ele senta e já começa a comer.

Sobre meu irmão sim ele é mais velho que eu três anos, ele nunca foi de ficar muito em casa mais é um bom irmão na maioria das vezes brigamos mais eu amo ele mesmo sendo chato e muito mandão o que odeio nele.

Ele cuida da empresa do papai fora da cidade, assim ele diz que o papai não cansa e trabalha menos ja que meu pai recentemente saiu de uma internação por conta de trabalho estress e tudo mais. Eu até entendo mais queria muito me despedir do meu Mano, não saber que não estava aqui pra ver a irmãzinha menor ir embora era meio que triste.

Logo depois de alguns minutos comendo e batendo um papo com meus pais acabo e logo me levanto e saio indo até a sala assistir algo antes de dá a hora do vôo fico ali assistindo e respondendo as várias mensagens dos amigos me dando Boa sorte e Boa viagem.

...algumas horas depois...
Hora do vôo.

Me levanto e faltava meia hora pro vôo e já corri ao ouvir minha mãe me chamar.

Mãe:
-filha anda logo menina!

Eu:
-Tô indo mãe!
Saio correndo e já entro no carro coloco o sinto e logo meu pai vai dirigindo em direção ao aeroporto.

Não demoramos muito apesar do trânsito está meio que ruim logo chegamos e ja faltava 10 minutos pego minhas malas e vamos para o desembarque antes.

Mãe:
-filha boa viagem e mamãe te ama viu ah me liga quando chegar la por favor.

Eu:
-Claro mãe eu ligo sim
Sorri leve e ja abracei ela.

Os passageiros do vôo 244 com destino a Seoul com três paradas pelo caminho se dirijam a plataforma 15 o vôo sairá em 5 minutos.

Ao ouvir logo corri até meu pai e ja abracei ele.
Eu:
-Amo vocês vou sentir saudades e não se preocupe eu ligo quando chegar la ta bom?
Dei um sorriso triste e tímido.

Pai:
-Amo você minha pequena.
Tchau!
Eles acenam e ja corri pra plataforma acenando pra eles dois entro e ja fui pra minha cadeira com minha bolsa de mão e me sentei suspirei fundo e soltei olhando pela janela.

Cinco minutos se passam e ja coloco o sinto e o piloto avisa.

Senhoras e senhores tenham um bom vôo!

Respirei fundo e um sorriso bobo se fez em meus lábios ali meus sonhos iriam se realizar finalmente iriam.



...To Be continued...


Notas Finais


Espero que gostem e se poderem passar sobre a fic para amigos eu agradeceria muito beijinhos!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...