História Dorme Logo Sua Idiota! - Meu Diário - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 201
Palavras 641
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Magia, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Me desculpem pela demora.. Aconteceu umas coisas e não tive tempo pra pensar no que escrever...

Capítulo 5 - Capítulo 4


Fanfic / Fanfiction Dorme Logo Sua Idiota! - Meu Diário - Capítulo 5 - Capítulo 4

O que estou sentindo agora é nojo.. Nojo desses caras. Nojo de mim mesma. Não sei porque. Mas sim. Estou sentindo Nojo de mim mesma...
Sempre senti. Mas agora é diferente.. Eu sinto muito mais...
Porque eles não me matam logo.?? Porque?! Porque eles têm que estuprar primeiro??
E se eles não me matarem agora ou depois.. De todo jeito irei levar surras e mais surras daquele babaca do Victor...

Já estava ficando sem ar. Era muita pressão. Ver todos aqueles garotos em cima de mim me deixa incomodada..
Mas tinha um garoto que era diferente. Quer dizer, podemos dizer que sim... Ele era mais quieto.
Não fazia muita coisa.. Só ficava parado olhando ou até mesmo só dava umas coisas que outros garotas pediam a ele..
Ele parecia está incomodado com algo. Podemos perceber isto pela face dele.. O seu semblante estava meio nervoso.
O suor em seu rosto escorria pelos fios de seus cabelos negros e lisos.. Aparentava suar frio. Como se não quisesse está fazendo isso...
Estou com a impressão de ter visto ele em algum lugar. Não me lembro.. Apenas tenho a sensação de ter o visto antes... Nunca senti isso.
Seus olhos bateram contra os meus até que vejo que ele ficou surpreso ou algo do tipo. Suas mais começara a tremer.

- Ei! Jered, acorda! Me passa logo essa corda! - O que?! Jered..??

- Ah! S-sim... - Ele lhe dá a corda que estava em suas mãos. O tal do Jack pega a corda e amarra em meus pulsos.

- Fala sério. Pra quê me amarrar??

- Pra você não fazer merda.. - Ele termina de dá o nó na corda.

- Sério isso? Mano.. O que eu mais quero é morrer. Qual a dificuldade que vocês têm em fazer isso logo hein?? Estariam me fazendo muito bem. Me ajudando bastante.. - Respondi sem tirar os olhos do tal Jered.

      *****

Fala sério... O que eu tô fazendo aqui ainda? O que eu tô fazendo com essa vida de merda ainda??
Porque aqueles caras não me mataram? Só queria sexo e só? Me pega na parada e me estupra? Só isso? Era pra eles ter me matado cacete!

Já era 19h27 da noite. Estou atrasada por quase três horas pra chegar em casa. É hoje que o Victor me mata. Espero que sim..
Estava com as roupas um pouco rasgadas. Meu short que era branco agora está um tanto quanto amarelo. Sujo. Minha blusa, estava com uma alça rasgada e minha maquiagem preta borrada e minha bolsa.. Sem meus cadernos.
Ao chegar em casa, me deparei com uma cena que não era de se ficar surpreso. Minha mãe estava caída na mesa com certeza bêbada e o Victor deitado no sofá com os olhos fechados e um cinturão ao seu lado.. É.. Hoje ele vai usar pela primeiro vez o cinto que ganhou dos pais quando tinha 15 anos.  Eles disseram a ele que era pra ele usar apenas quando for preciso pra corrigir alguém. Não entendi quando ele falou isso é também o porquê de seus pais terem dito aquilo.
Me aproximei um pouco dos dois e fui em direção as escadas tentando fazer o mínimo de barulho possível. Mas foi falha. O Victor se acordou e veio em minha direção com o cinturão em mãos meio que cambaleando pros lados.

- O que eu disse a você hein?! - O cheiro de álcool se espalha no ar.

- ...

- Sobe.

- Não. - Respondi.

- Me obedece garota! - Em um movimento rápido suas mãos estava em meus cabelos os puxando para cima das escadas. Que Beleza. Agora vamos voltar ao tempo em que os homens pegava as mulheres pelos cabelos. Homens da caverna. Quem faz isso hoje em dia? Era mais fácil matar, ou fazer algo do tipo..

Continua..?


Notas Finais


Espero que tenham gostado e desculpa mais uma vez...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...