História Dorme Logo Sua Idiota! - Meu Diário - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 201
Palavras 394
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Magia, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 7 - Capítulo 5


Fanfic / Fanfiction Dorme Logo Sua Idiota! - Meu Diário - Capítulo 7 - Capítulo 5

- Me obedece garota! - Em um movimento rápido suas mãos estava em meus cabelos os puxando para cima das escadas. Que Beleza. Agora vamos voltar ao tempo em que os homens pegava as mulheres pelos cabelos. Homens da caverna. Quem faz isso hoje em dia? Era mais fácil matar, ou fazer algo do tipo..

Uma. Duas. Três. Quatro. Quatro chibatadas. Minhas pernas ardiam. Ardiam como se tivesse dentro de um forno a lenha com brasas salpicando nas mesmas.
Mas uma. E mais outra. Victor não parava com as chibatadas.

- Eu só vou parar - E mais uma chibatada - quando ver essas suas pernas em carne viva! - Continuou.

Eu não gritava. Não falava nada. Parecia que eu não sentia mais dor de tanto que apanhei em toda a minha vida. O suor escorria pelo meu rosto passando por minhas maçãs marcadas de vermelho ainda por causa da surra que a Violet me deu de manhã. Ardia. Ardia muito.. Mas não podia fazer nada. Não podia me defender e muito menos gritar..
E ele continuou até que um momento ele para.

- Chega por hoje.. - Se afastou ofegante. - Espero que tenha aprendido a lição. Não quero que se atrase pra chegar em casa e muito menos quando digo que quero conversar com você. Entendeu?!

- ... - Fiquei calada.

- Entendeu?!?! - Exclamou puxando meu cabelo.

- Entendi, entendi! - Maldita lágrima pra cair agora...

- Espero que sim.. - Ele me joga em cima da cama.

Minhas pernas estavam bambas. Não estava sentindo mais nada..

- E presta atenção! - Ele volta pro quarto. - Essa caixa fica comigo. - Victor de abaixa até minha cômoda é pega a caixinha que Jered tinja me dado. Não.. Isso não! Sem pensar sai correndo atrás dele mesmo sem forças em minhas pernas mas não consigo alcança-lo. Em um movimento rápido ele fecha a porta fazendo minha mão ficar entre a parede e a porta. Ela quebrou. Logo em seguida não se ouve mais nada. Apenas meu grito estridente...

- FILHO DA PUTA!!! - Me afasto da porta com a mão segurando meu braço.. - Desgraçado.. Desgraçado!! - Lágrimas de raiva escorriam em meu rosto. - Jered... Onde está você?.. Onde está você?!?! - Passei a noite chorando sem dormir e com meu sangue escorrendo pelo meu braço e sujando minha blusa.



Notas Finais


Espero que tenham gostado desculpe o capítulo pequeno...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...