História Dormir Avec Sept (Segunda Temporada) - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens BamBam, Jackson, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Mark, Rap Monster, Suga, V
Tags Drama, Família, Hot
Exibições 168
Palavras 3.729
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa Noite a todos !


Foto do homem que esbanja passividade , fala se não é a definição de passivo gente? hehehehe - Kunpimook , mais conhecido como Bambam , ai na capa pra vocês que não sabem quem é . PS: bambam é tipo o Jimin no Got7, o mais rodado e passivo de todos heheheheh levem no humor .


Boa Leitura !

Capítulo 7 - Borboletas


Fanfic / Fanfiction Dormir Avec Sept (Segunda Temporada) - Capítulo 7 - Borboletas

Alice

 

Assustada 

Pode ser a definição do que estou realmente sentindo esses tempos , e como se uma sombra me perseguisse, e como se eu estivesse sendo vigiada . E realmente estava. Aquela mensagem aquela maldita escrita,ela era a causadora disso. 

Yoongi estava mais do que maluco , ele estava insano. Eu poderia reconhecer aquela cabeira loira e pele pálida a metros de distancia de mim. Mas ele era cauteloso , se estava mesmo me rondando , fazia isso com maestria . Como se quisesse me sufocar aos poucos , e queria, ele sabia jogar . 

E eu perderia, como a boa fraca que sou . 

 

-Olá Alice . 

A voz fria rouca, de tonalidade média , estava presente , eu sabia que ele cairia na isca , andar com seguranças ao meu lado, fazia com que ele não ousa-se se aproximar, mas usei o pouco de consiencia que me restava para sair , sem nenhum deles . Eu sabia que isso causaria confiança em Min Yoongi, o fazendo se aproximar sem mais delongas.

Um beco qualquer em Seul, assim ninguém nos fotografaria ou se quer nos  veria. 

-Eu só vou pedir uma vez, fique longe da minha família Min Yoongi . 

A sombra atrás de mim era a visão aterrorizante , já que tinha medo de me virar em encarar a imagem do homem sempre bem vestido e cheiro, do doce Suga como se dizia ser, ele deixou escapar um suspiro  em forma de sorriso . Eu pudia sentir a completa ironia em seu ato . 

-Ficar longe de Kwan, ficar longe de você, não mudara o fato de você ser minha, e de Kwan ser meu!, filho . -Sua fala era suave e calma, sentia a sombra crescer a minha frente , ele estava se aproximando, eu estava congelando . 

-Nada te pertence Yoongi, você deixo que outro cuidasse do que era seu, durante quatro anos. -Tentei ser firme , tentar ser algo que nunca fui, quando o assunto é Min Yoongi. 

-O Queria. -A sombra era grande imponente, uma das  mãos geladas pelo frio de Seul, estava repousada em minha  nuca, senti vontade de me afastar , mas não fiz . -São tantas magoas. -Os dedos finos de Yoongi deslisavam sobre minha nuca, me fazendo arrepiar e fechar os olhos. 

SIM , sim Min Yoongi, são tantas. São inúmeras as magoas. Você só merece isso de mim. 

-Acontece que eu estou aqui agora. -O calor atras de mim era presente, o seu corpo estava próximo, a mão que antes estava em minha nuca, contornou agora minha cintura, me puxando para mais perto, era contato demais para mim. Tentei me afastar. 

Tentei, sem sucesso . 

-Tem noção da falta que me fazia esse contato? -A sua respiração e fala quente perto do meu ouvido, me deixa com o coração palitando, era realmente contato demais . -De quantas vezes eu senti culpa, por não ter mais esse contato?! , sinto muito eu sinto tanto, por ter deixado você , por ter deixado ele , eu amo vocês agora, eu estou aqui Agora Alice. 

-Se afaste de mim ! -Gritei, me afastando daquilo tudo, tropecei e cai no chão mal asfaltado daquele beco, Yoongi apenas sorrio, um sorriso sacana o que eu conhecia bem. Me levantei com dificuldade -Você perdeu Min, perdeu a chance de colocar seu sobre nome em Kwan, perdeu a chance de ouvir aquela doce voz te chamando de papai , perdeu a chance de me ter , perdeu entendeu! 

Os gritos em palavras , saiam afiados de minha boca, era como se eu quisesse jogar toda o acumulo de anos ali, e queria . Pude observar melhor O Min , a roupa por total preta, o boné preto cobrindo toda a testa, o sobre tudo grosso e imponente como o dono.E o sorrio de quem não tinha se dado por vencido nos lábios rosados do frio.Era sempre ele sendo ele . 

-Pare de me mandar aquelas mensagens completamente insanas, não é assim que se reconquista alguém. -Pedi, com meus olhos um pouco marejados, tentei fazer a voz mais firme possível . -E volto a repetir, fique longe do meu filho, eu sou capaz de matar e morrer por ele , não duvide disso Min Yoongi. 

Dei as costas sem me importar com a reação futura dele, comecei a caminhas naquele beco, com passos rápidos, a sombra que agora voltava a estar atras de mim, ficava cada vez menor e mais distante , Indicando que Yoongi não havia se movido, me fazendo respirar aliviada , mas então a voz ecoando  e estrondosa se fez presente. 

-Não duvide do que eu sou capaz de fazer por vocês dois  também Alice. 

Foi a passada de tempo na qual ouvia aquilo, e ouvi as buzinas dos carros que se faziam presente na grande avenida assim que virei a esquina daquele beco qualquer. 

 

 

 

(...)

 

SUGA

"Fique longe da minha família "

Não sei minha cara Alice, talvez isso seja impossível agora , considerando o fato de que estou indo rever meu amigo Kwan, Este que não vejo a longas semanas . 

Devo disser que você esta redondamente enganada, se acha que não vou me aproximar de você ou dele. A culpa por deixar vocês me faz querer agora, recuperar todo e qualquer tempo perdido . 

-Hyung que saudades !

A aquele abraço, o abraço de Kwan, era o melhor abraço do mundo. Eu queria disser a  ele , oque eu realmente sou dele, não um simples amigo, queria poder ser um pai para ele . Eu tenho ódio muito ódio de Jeon Jungkook, por que ele fez o caráter desse menino. E talvez se ele tivesse o meu caráter,tudo seria mais fácil. 

Mas se nota o quão dócil e meigo é Kwan, e isso vem de Jungkook . Mas eu agradeço por isso , quem sabe assim ele não cai no meu plano um patinho, igual o " pai" dele vai cair . 

-Eu também estava de você querido . -Comentei acariciando os cabelos da criança, que estava mais solta agora. 

-Quando eu acordei aquele dia , você já não estava mais. -Comentou Kwan fazendo um biquinho e entortando o rosto . -Queria que meu papai visse fosse, ele ficou curioso para saber quem é o meu novo amigo . -Disse ingenuo . 

-Tudo bem, ainda teremos muitas oportunidades de conversar com seu ... seu pai -Sorri forçado. 

Caminhamos até Tae que estava sentado no sofá , pensativo fitava a TV sem nenhum interesse na mesma. Poderia jurar que algo o incomodava. 

-Taehyung aconteceu alguma coisa? -Perguntei me sentando ao seu lado com Kwan em meus braços. 

-Kwan você poderia dar licença pro titio conversar com Hyung um pouquinho, hm? , você pode desenhar ali no chão, é rapidinho . 

-A titio eu também quero saber -Disse o menino visivelmente triste . 

-É conversa de adulto Kwan, quando você for um rapaz sabera de todas as coisas do mundo , hm? -Falei para o menino que sorrio,e acaricio meus cabelos. 

-Você parece o meu papai falando Hyung. -Talvez eu pareça por que eu sou seu pai, pensei morrendo de vontade de disser logo, Tae me olhou meio assustado, então soltei o menino de meu colo que foi correndo para o chão desenhar e pintar. 

-Meu Deus isso esta ficando estranho, quer disser ... Kwan não é de disser esse tipo de coisa, e olha que eu vivo repreendendo ele , mas ele nunca disse que eu pareço o pai dele ou algo do tipo. -Tae estava mesmo impressionado, apenas sorri divertido com o jeito espantoso que ele me olhava . 

-Como você mesmo disse, é somente o instinto paterno que corre em minhas veias . -Disse convencido e Tae mateu em meu braço me fazendo resmungar, logo depois seu olhar ficou vazio de novo , e ele voltou a fitar a TV . -O que esta acontecendo TaeTae, eu não sou um bom Hyung mais pode desabafar comigo. -Tae suspirou, antes de progredir. 

-Hoseok , ele esta tão diferente. -Tae fitava o chão, a voz era baixa. -Sabe ele anda tão distante , parece pensativo. 

-Tae, Hoseok só esta trabalhando em seu projeto como dançarino, tente entender que ele é muito focado,você sabe -Tentei conforta-lo de alguma maneira . 

-Eu sei Yoongi mais não é só isso sabe, eu não sei se posso falar isso com você. -De repente ele ficou envergonhado. 

-Tudo bem , confie em mim . -Disse segurando sua mão , ele me fitou antes de falar. 

-Hoseok não me procura mais Yoongi , tipo ele não sente desejo de me tocar .-Caramba, não sabia que estava tão tenso assim o negocio, Taehyung parecia mesmo afetado por isso, abaixou o olhar na mesma hora. 

-V-você já tentou conversar com ele sobre isso? 

-Não.-Me fitou, seus olhos estavam marejando - Tenho tanto medo de perde-lo Hyung, eu o amo tanto -Tae tinha tristeza na fala, mais brilho no olhar, era o brilho do amor que sentia por Hobi . 

-Diga a ele , diga que o ama , diga que por esse motivo você não esta se sentindo seguro sobre o amor que ele sente por você, Taehyung você sabe mais do que ninguém que eu cometi erros inreparaveis aos olhos de muitos, não espere que Hoseok cometa erros também, seja mais esperto e mais rápido. 

-Você está falando que eu devo questiona-lo sobre isso? -Tae me olhou assutado os olhos iam de um lado para o outro , apenas assenti com a cabeça -M-mas e se ele me disser o pior?, me disser que não me ama mais ? , aish eu não suportaria perde-lo Min , eu não me vejo sem ele . -Taehyung começou a derramar lágrimas, fazendo Kwan se assutar e se aproximar assutado . 

-T-tiotio Tae , o-oque você esta chorando , por que? , não chora titio -Kwan pediou o colo do " tio " que cedeu na mesma hora, fazendo o menino se aconchegar em seus braços, e levar a mão até seu rosto enxugando as lágrimas do mais velho. 

-Está tudo bem meu amor, foi só um cisco que caiu no meu olho vida. -Tae tentou se justificar, o menino apenas assentiu, deixando um beijinho na bochecha de Tae. 

Meu Kwan e tão amoroso , definitivamente ele não era como eu , definitivamente Jungkook estava presente em cada pedaço daquele pequeno ser. 

 

-Vamos Kwan , vamos brincar, o titio Tae precisa descansar. -Comentei pegando o menino no colo. 

-Vamos brincar de que Hyung? -Questionou ele ,  coçando os olhinhos . 

-Vamos brincar de dormir , vejo que esta morrendo de sono -Comentei acariciando seus cabelos, e deitando sua cabeça, sobre meu ombro. 

-A não Hyung, eu não quero dormir , toda vez que dormo você some -Foi manhoso, e aquilo me deu um pingo de esperança, então ele realmente sentia falta de mim? 

-Eu juro que estarei aqui, juro. -Tentei passar a maior confiança possível ?

-Jura de mindinho ? -Kwan esfregou a cabeça na gola da minha camisa, sorri, era lindo, eu queria proteger ele de tudo e de todos. 

-Sim Min Kwan, juro de mindinho. -De repente me toquei do que avia dito, " MIN" , ele não era um Min , não para todos , ele era um Jeon, Tae me olhou com os olhos arregalados, e eu também me espantei, por que saiu sem pensar, a minha sorte foi que Kwan estava sonolento demais para se ligar em algo. 

-Acho melhor você ir pro quarto com ele. -Sussurrou Tae, enquanto se acomodava melhor no sofá, apenas assenti . 

Caminhei com o menino em meu colo, até que chegássemos no quarto maior , o de Tae e Hobi, deitei o menino na cama, e me sentei ao seu seu lado, Kwan virou a pequena cabeça, para meu lado, e com dificuldade apoio a mesma em minhas pernas , grudou sua mão em minha cintura, e me apertou junto há si . 

-Pronto Hyung, assim você não vai poder  desaparecer quando eu acordar. -Sussurrou a criança já de olhos fechados, esfregando  a cabecinha em minha perna, sorri . 

-Eu jurei de mindinho , lembra pequeno?! -Falei em tom baixo, mas o pequeno Kwan já dormia em meus braços . 

 

 

 

(...)

 

JungKook

 

Faz mais de duas horas que Alice saiu de casa, já não basta ela estar estranha demais comigo, ela ainda some assim do nada. Merda, algo esta acontecendo, ontem peguei ela chorando no quarto, mas não questionei por que assim que entrei no mesmo , ela fez que estava dormindo. Assim percebi que ela não queria conversar. 

 

-Aonde você estava? -A questionei assim que ela entrou em casa, ela retirou o casaco pesado , e fez uma careta ao me ver?

-Por favor Jungkook estou sem cabeça pra ter qualquer tipo de DR agora. -Simplesmente passou por mim indo em direção ao quarto, segurei o braço dela , antes de ela dar mais passos, a mesma resmungou e parou. 

-Amor eu só quero conversar. -A virei de frente pra mim, pegando na cintura dela, ela apenas abaixou o olhar.

-Jungkook eu estou cansada, me deixe tomar um banho e dormir, ja já o Kwan volta e então eu terei que dar atenção há ele. -Se justificou, comecei a beijar o pescoço dela para tentar relaxa-la e mostrar a ela , que só queria conversar, ela se afastada e tentava se soltar do meu aperto . -Junk..kookie por fava...aish Jungkook me solta! -Ela me empurro me fazendo parar. 

´-O que está acontecendo em Alice?, caramba a gente não transa faz 2 semanas,você está sempre distante, distraída, parece flutuar , e você pensa que eu não te vi chorando?! , eu vi sim, e eu quero saber oque se passa! -Questionei em uma fala rude. 

-E-eu to normal tá, me deixa. -Foi tudo o que ela disse, a olhe com um olhar de tristeza e ao mesmo tempo indignação, ela não confia em mim, definitivamente não confiava. -Jeon eu só, só to cansada de tudo -De repente ela começou a chorar, suspirei e me aproximei, a tomando em um abraço . -Por favor  não me faça perguntas ta, eu só quero -Ela me abraçou mais forte, selando nossos lábios lentamente-Só quero tomar um banho, com você meu amor , é é isso -Suspirou pesada -Quero tomar um banho naquela banheira com você, vamos -Não entendi muito bem essa reação repentina dela, tentando se livrar dos meus questionamentos, mas sabia que era melhor ir sem reclamar . 

 

 

 

(...) 

 

Hoseok estava pensativo demais, talvez viver fingindo algo para si mesmo era o seu maior problema. Ele não sabia oque sentia por um menino, ´por um garoto de programa , ele só sabia que sentia algo . E esse mesmo algo, sentia também por Kim Taehyung, o grande amor da sua vida, o homem pelo qual desejava seus pensamentos há anos . 

Acontece que Kunpimook Bhuwakul , mais conhecido como BamBam pela noite a fora , era irresistível, talvez fosse o melhor garoto de programa de Seul, talvez esse titulo seja somente dado por Hoseok, mas de fato, para Hobi , BamBam era irresistível. 

 

-Ah Jung Hoseok isso! vai com mais força vai! -O garoto gemia o nome completo do menino Hobi, o fazendo ir ao delírio, BamBam era magrinho, talvez facilmente comparado com um pré-adolescente, mas a ideia de ter alguém totalmente diferente de Taehyung na cama , era maravillhosamente pecaminosa e boa aos olhos e ouvidos  de Hoseok

Hope ia cada vez mais fundo dentro do menino, que apesar de ser um garoto da vida, tinha lá seu aperto ,Hoseok aproveitava que ele se encontrava de quatro na cama, para deixar as marcas de seus dedos em toda  extensão  da cintura gostoso do garoto.

Depositava fartamente tapas nas nádegas magras, se deleitava por completo dentro e fora do menino. Bambam sabi, sabai de tudo , sabia que Hoseok era alguém comprometido, como a maioria de seus clientes eram , se sentia mal por destruir lares, mas era o seu trabalho, e no final das contas ele estava ali por dinheiro. Não era mesmo?

Talvez com os outros sim , mas quando se tratava de Hoseok, Bambam realmente gemia de puro tesão, queria os toques os beijos, alimentava esperanças de um dia ser todo dele, não só na cama, mas nos pensamentos . 

Mal sabia ele que já era . 

-Isso foi maravilhoso meu amor, você é ótimo -Hoseok sabia que Bambam dizia essas mesma palavras a todos os clientes ao fim de uma transa louco , mas mesmo assim se arrepiava por inteiro quando o menino Kunpimook lhe dizia aquelas palavras, trouxe o menino para mais perto de si, cobrindo os corpos nus com o fino lençol do quarto de Motel, estavam em uma perfeita conchinha. 

-BamBam eu sinto muito mas... -Engoliu em seco , só de pensar no fato que lhe diria, Hoseok já tinha sérios disparos no coração -Mas acho melhor que nós parecemos de nos ver. -Sussurro , não era o que queria , mas era o certo . -Taehyung esta percebendo minhas saídas e mal sabe que é para encontrar um... 

-Um garoto de programa -Bambam disse sem rodeios, fazendo Hobi arregalar os olhos . -Tudo bem Hoseok, eu já estou acostumado a ser abandonado, fique tranquilo, essa não será a primeira vez , nem a última. -Comento Kunpimook, em uma fala embargada , se notava o choro entalado em sua garganta, Hoseok estremeceu , talvez por pena, talvez por ser um fraco em admitir que precisava de Bambam na mesma intensidade que necessita de Taehyung . 

-Não fique assim meu pequeno menino -Hoseok apertou Bambam em seus braços, fazendo o menino estremecer, era os braços confortantes de seu Hyung. 

-É só que, você não é só um  mero cliente Hoseok, virou um amigo. -Suspirou pesado, na verdade era bem mais do que um amigo, era uma paixão , tão tão sublime , que chegava a doer. -Por favor , se vista e volte para o seu lar, você tem alguém que te espera, e bom , deve ter algum cliente me esperando por ai também . -Soltou as palavras em pura tristeza, machucava BamBam ser de todos, machucava há Bambam destruir lares. 

Machucaria Bambam, ficar longe de Hoseok . 

-Eu vou , mas esqueça o que eu disse pequeno , isso seria mesmo o melhor a se fazer, mas o melhor para quem , para Taehyun?, por que pra mim e pra você , não é o melhor , Kunpimook,eu quero que sabia que, eu AMO Taehyung com todas as minhas forças... -Hoseok disse apertando o menino em seus braços, bambam suspirou , sabia que seu cliente amava seu companheiro, sabia  por que havia brilho nos olhos dele, cada vez que dizia algo sobre o famoso V do BTS. -Mas essa mesma força de amor, me faz amar você . -Hoseok não pensou muito quando disse isso, apenas disse oque segurava a tempos, Bambam arregalou os olhos, e corou na mesma hora, deu graças aos céus por estar virado de costas para o maior, que não pode ver sua expressão de total surpresa . 

-H-hoseok não diga isso, eu sou só um garoto de programa qualquer. -Alertou o menino, por mais que sentisse o mesmo por Hoseok, não podia deixar que nenhuma das partes sofresse com isso. 

E Taehyung? , pensava Bambam , ele também te ama , eu te amo, você me ama, e ama a Taehyung também .Eram tantas incertezas na cabeça do menino Kunpimook . 

-Não BamBam, você é que não deve disser isso, você não é qualquer um , é o meu menino. -Virou bambam de frente para ele, para poder olhar nos olhos do menino que tinha lágrimas acumuladas no canto do mesmo, as enxugou com as pontas dos dedos, deu um grande e demorado selinho nos lábios do garoto, e voltou a braça-lo, Bambam repousou sua cabeça no peito quente e ainda suado pro causa da transa, de Hoseok. -Só me de um tempo hm?, eu vou contar a Taehyung sobre você. -Disse calma e suave . 

-Endoidou?, quer acaba com seu futuro casamento?, eu já disse Hoseok não precisa se preocupar comigo , a ultima coisa que quero é ver Taehyung triste acredite. -Indagou bambam, mesmo não querendo ver V triste , era ele que ficaria triste , caso Hoseok fosse e não voltasse , mas como ele mesmo já disse, ser abandonado era comum demais . 

-Eu amo você Bambam, amo, como amo Taehyung, eu amo vocês dois , e acredite Tae já esta triste com tudo isso -Bambam suspirou, ele sabia que Taehyung tinha desconfiado de algo, afinal ele e Hoseok se encontravam com muita frequência agora. -Mas não fique assim pequeno-Acaricio o rosto de Bambam , de forma com que o menino não se sentisse culpado -Vou conversar com TaeTae, ele me ama , e vai me entender, vai entender que devemos ficar juntos os três. 

-V-você está dizendo que, que quer me tirar dessa vida? -Bambam parecia mais do que surpreso, ninguém em toda sua vida , olhou para ela além de uma carne exposta a venda . 

 

-É claro, agora você é meu, e logo seremos três em um, tenho certeza que Taehyung vai te aceitar, ele tem mais  do que um coração bom , ele é a própria bondade . 

Bambam sorrio , queria muito conhecer TaeTae, como Hobi o chamava, queria pelo menos ser amigo dele, bambam não se importava em dividir o amor de Hoseok com Taehyung, ele só queria se sentir amado, algo que nunca teve a chance de saber como era. 

Mas agora, com Hoseok, e talvez quem sabe , Taehyung, ele saberia oque é o amor, e poderia desfrutar daquela coisa boa que as pessoas dizem que sentem quando estão amando .Como é mesmo o nome da quilo ? Ah, é mesmo ! 

A famosa sensação de borboletas no estomago . 

 

 

 

(...) 

V

 

A Hoseok , Suga já se foi. Jungkook já veio buscar Kwan, e eu estou aqui de novo , dormindo sozinho, esperando alguém que eu sei que não voltara nem tão cedo. Espero que seja lá oque você esteja fazendo, não volte hoje . Por que vamos ter mais que uma DR. Mesmo que eu te ame mais que tudo nessa vida . 

 sera o fim do que as fãs chamam de VHOPE . 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


MEU DEUS VHOPE ESTA EM CRISE !!!!!!!!! .
por causa de um Bambam , me desculpem gente , mas tipo tadinho também do bambam né, e o Hoseok tá meio que amando os dois gente.


E a Alice continua escondido tudo do Jungkook

E o Suga , a o Suga esta mostrando para o que veio, esperem pra odiar ainda mais as armações do nosso docinho .

Bjus ! NÃO REVISADA !


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...