História Double Feeling - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, JR, Mark, Personagens Originais, Youngjae, Yugyeom
Tags Got7, Jackson, Mark, Markson, Yaoi
Exibições 116
Palavras 279
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi gente.

Pse infelizmente eu to vivo ainda.

Primeiramente leiam as notas finais é importante segundamente desculpa qualquer erro.

Capítulo 22 - I'll Protect You


Se meu irmão estivesse em casa acharia isso muita irresponsabilidade, mas quem liga?

O efeito da bebida já estava começando a passar quando levei Mark ate meu quarto.

Ele deitou na minha cama e eu o cobri com um cobertor.
Minha vontade de deitar ao lado dele era enorme, gigantesca, mas provavelmente Mark não gostaria de acordar com um homem do lado dele.
Fui ate a porta e estava abrindo quando Mark se pronunciou.

— Obrigado Jack.

— De nada, mas pelo o que? — Me aproximei da cama novamente.

— Por me tratar tão bem. — Eu via lagrimas nos olhos dele e isso quebrou meu coração de uma tal forma inexplicável. — Eu quero muito retribuir todo o afeto e carinho que você me da, mas eu não posso. — Mark chorava.

Eu me sentei na cama e enxuguei as lagrimas de Mark, eu não sabia o que dizer, ver Mark chorando me deixou completamente sem palavras.

— Não pense que eu acho que ser gay é errado pelo contrário eu apoio muito. — Continuou Mark as lagrimas ainda escorriam. — É que eu tenho medo.

— Do que você tem medo querido? — Mark se aproximou de mim parecia envergonhado.

— Do que vão pensar, do que vão dizer, do que vão fazer, do que minha familia diria. — Quando Mark terminou de falar eu suspirei passei a mão no rosto para só então responder.

— Dane-se, dane-se o que pensam, dane-se o que vão falar ou fazer. — Eu o abracei e ele escondeu o rosto no meu peito. — Enquanto eu estiver aqui não precisa ter medo de nada Querido. Eu vou te proteger.


Notas Finais


Primeiramente fora temer e #BolsonaroPresidiario2018

Eu sei que a ultima atualização foi a 84 anos mas tem acontecido muitas coisas ruins comigo ultimamente e eu não tenho andado psicologicamente bem ultimamente eu prometo tentar escrever mais e atualizar outra vez assim que possível.

E eu escrevi esse cap umas cinco vezes e as cinco ficaram horríveis então me desculpem por esse capitulo bosta.

So isso ate amanhã ou depois.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...