História Doux Vengeance - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Originais
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Romance, Sexo, Traição, Vingança
Visualizações 30
Palavras 950
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá galerinha.
Eu trouxe uma fic diferente, que alguns leitores me pediram faz um tempo. Eu nunca escrevi nada desse gênero, mas resolvi inovar, vou testar para ver se dar certo.

Avisos:
#Essa é a primeira fic estilo Hentai que eu escrevo. Me perdoem se estiver ruim, mas eu nunca escrevi isso antes.
#Essa fic está recomendada para +18 anos, então se você que tiver idade menor, ler e reclamar, não será minha culpa, pois ela está classificada e tem todas as informações.
#Resaltando novamente. Para +18. Não leia se você for menor ou se esse tema lhe ofende de alguma forma.
# Não tenho dias exatos para postar, tenho outras duas fics que estão tomando muito do meu tempo, essa é para distrair e tirar o estresse.

Enfim... Sem mais delongas, espero que gostem, e também espero os comentários para saber como estou me saindo. Confesso que estou nervosa!
Bom, então boa leitura.
Beijinhos ♥

Capítulo 1 - Menina Inocente


Fanfic / Fanfiction Doux Vengeance - Capítulo 1 - Menina Inocente

São cinco da manhã, estou nua em frente ao espelho, acabei de tomar um banho gostoso e agora estou apreciando o lindo corpo que Deus me deu, começo a caminhar lentamente até a sacada, as ruas de Paris já estão movimentadas, gosto do barulho dos carros, do vento frio que causa arrepios pelo meu corpo exposto, do cheiro gostoso que vem das confeitarias e principalmente da vista que tenho da torre Eiffel. 

Fecho os olhos e respiro fundo o ar frio da cidade. Um pequeno gemido involuntário sai de minha boca, ao sentir um toque quente sobre meus seios.

- Está apreciando a vista? - Uma voz rouca e sexy sussura em meu ouvido. 

- É uma vista muito bela. - Digo encostando meu corpo nu ao do homen que está atrás de mim. 

- tenho coisas melhores para você apreciar! - Ele diz deslizando seus lábios em meu pescoço.

Um arrepio me invade, encosto-me mais ainda nele sentindo sua ereção tocar minhas nádegas. Um gemido me escapa novamente quando suas mãos deslizam lentamente sobre minha intimidade. 

- aannww -Gemi me inclinando para trás, enqunto seus dedos exploram meu clitóris, já estou encharcada, ele sobe sua mão pelo meu tronco lentamente e a pousa sobre meu seio direito o apertando. 

- Você é surpreendente! - Ele diz me virando com brutalidade. 

Com um sorriso malicioso, o conduzo até uma espreguiçadeira perto da porta de vidro. Ele se acomoda e eu me ajoelho diante dele. 

- Você é bem safadinha! - Ele diz me devorando com o olhar.

- Sshhhhh! - faço ele se calar colocando o indicador sobre seus lábios quentes e carnudos. 

Me inclino sobre ele beijando levemente seu pescoço e arrancando - lhe arfares,traço um caminho com a língua até seu abdômen definido, sua pele está quente e ligeiramente salgada, recomeço com os beijos um pouco acima de sua ereção, ele segura minha cabeça excitado, mas detenho suas mãos. Eu estou no comando.

- aannww... Não para ... - Ele me pede entre gemidos.

Passo minha mão sobre seu pênis grande e grosso, minha boca saliva de tanto desejo, o seguro e sinto seu pulsar, me inclino passando a língua lentamente pela glande retirando o pré-gozo. Ele geme agarrando o encosto da espreguiçadeira. De uma vez abocanho seu órgão o máximo que consigo, minha mão sobe e desce lentamente por seu falo, entrando em sincronia com minha boca.

- aannww... Que boquinha gostosa.... aannww... não para -Ele geme loucamente, sua palavras me excitam fazendo minha intimidade babar cada vez mais. Ele urra quando seu líquido quente explode em minha boca, não desperdiço uma gota se quer. Ele se levanta e me empurra para a espreguiçadeira. 

- Fica de quatro agora vadia! - Ele ordena dando um tapa em minha nádega direita, obedeço e empino a bunda o máximo que consigo.

- aannww - Sinto seus dedos me penetrarem lentamente num vai e vem gostoso, finalmente sua língua entra em contato com minha intimidade, sinto uma arrepio gostoso quando ele a passa lentamente pelos meus pequenos lábios fazendo movimentos circulares. 

-aaaaaannnnwwwww...Não para...continua-aannww... assim -Meus gemidos aumentam a medida que ele aumenta a velocidade das chupadas. Seus dedos me penetram mais fundo fazendo minha intimidade pulsar. 

- aannww...Me fode...Por favor... -Imploro super excitada. 

Ele retira os dedos lentamente de mim, seu pênis grande me preenche de uma vez.

-aaaaaannnnwwwww...Não para... aannww... mais rápido. -Digo entre um gemido e outro.

Com um urro ele goza, sinto seu jato quente escorrer pela minhas pernas, a excitação é tanta que gozo duas vezes seguidas e caio sobre a espreguiçadeira exausta. 

- Depois de uma noite dessas. Negócio fechado! - Ele diz colocando seu corpo suado sobre o meu. 

 Assim que me despedi do gostoso que sabia usar bem a língua e os dedos, me arrumei e fui para a empresa. 

-Bom dia Senhorita Sanders. - Minha secretaria vem correndo cheia de papéis. 

- Bom dia Lúcia. Alguma novidade? - Pergunto sem interesse. 

- Sim Senhora, um cliente quer que organizemos um baile de máscaras. - Ela me responde animada.

- Tudo bem, já fez os orçamentos? - Pergunto apertando o botão do último andar no elevador.

- Sim, ele já até deu o cheque. - Ela fala me seguindo assim que saimos do elevador. 

- Ótimo, chame a equipe para a sala de reunião. - Digo antes de entrar em minha sala.

-Então? Como foi a conversa com o cliente de Manhattan? - Lisa me pergunta assim que entro na sala, ela é minha assessora. 

- Foi ótima, ele me convidou para jantar, conversamos muito e ele topou.- Digo séria. 

- Claro que ele iria topar, você é toda profissional e se veste educadamente amiga. - Ela diz sorrindo. 

- O que tem o jeito que eu me visto? - Pergunto chateada.

- O que? Tá brincando né? Olha para você! Essas roupas cobertas, você não abre nem um botão da blusa Jully. - Ela diz apontando para mim.

- Ha me deixa! - Digo chateada.

- Viu, por isso que não tem namorado, se veste como uma freira e é toda certinha. - Ela diz se levantando. 

Respiro fundo mostrando minha insatisfação,tenho vontade de falar o que foi que fiz a noite toda com o cliente de Manhattan, mas esse lado meu, ninguém conhece. Lisa me fita arrependida.

- Me desculpa amiga, não posso te mudar, vou indo para sala de reunião. - Ela diz e me da um beijo na testa antes de sair.

Assim que a porta se fecha, me jogo na cadeira rindo como uma louca, o papel de menina inocente é apenas parte do meu disfarce.

- Lisa, Lisa, talvez eu seja mais safada que você amiguinha! - Digo sorrindo e começo meu trabalho para o baile de máscara, estou louca para conhecer o próximo cliente. 


Notas Finais


Gente, confesso que fiquei com vergonha de escrever isso. Meu amigo leu de primeira mão e fez logo aquela cara de safado.
Me digam se gostaram.OK?
E como me sair?
Beijos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...