História Drag Me Down - Capítulo 45


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction, Selena Gomez, Zayn Malik
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Personagens Originais, Selena Gomez, Zayn Malik
Tags Amizade, Comedia, Família, Harry, Incesto, Romance, Selena Gomez, Zaylena, Zayn Malik
Exibições 136
Palavras 1.671
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Escolar, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Helloooo!
Fui rápida dessa vez, mas está meio curto, mas dá nada.
Muitíssimo obrigada quem me apoiou até aqui, estamos chegando ao fim da fanfic, espero que gostem do capítulo.
Boa leitura.

Capítulo 45 - Dream or Love?


Nova York, Quarta-feira, 8:00 PM

Selena On

Quando eu entrei no teatro, um casal me chamou a atenção, pela maneira que se vestiam não eram da cidade, sem falar que os traços eram bem diferentes da maioria da sala. Fui até os meu casal favoritos e os abracei.

Eu: Relatório, Tomlinson.

Louis: Europeus, convidados especiais, o motivo eu desconheço.

Eu: Europeus? -Perguntei surpreendida.

Louis: Sim, sotaque britânico.

Hope: Como sabe?

Eu: Por ele ser um. -Disse e Louis riu da cara da noiva. A ideia deles serem noivos me deixava muito feliz. -Vocês me chamam para ser madrinha?

Louis: Evidente que sim. -Disse em sotaque.

Eu: E dos filhos? -Perguntei com um sorriso escancarado.

Hope: De todos eles. -Me assegurou.

Eu: Já estão praticando?

Hope: Selena?! -Me repreendeu.

Louis: Uma vez ao dia. -Disse e a ruiva escondeu seu rosto atrás do noivo. -As vezes duas.

Hope: Cala boca, Tomlinson! -Disse e nos rimos. 

Blake: Damas e cavalheiros, temos hoje convidados especiais. -Louis me olhou convencido enquanto sentavamos. -Meus queridos amigos ingleses, Catherine e Henryk. -Apresentou empolgados e nos aplaudimos, eles subiram no palco. -Eles que vão dar um aula improvisada para vocês.

Catherine: Olá. -Disse sorridente. -Sei que vão apresentar uma peça no fim do ano e que já estão ensaiando muito, mas como estávamos pela cidade Blake nos convidou para vir assistirmos uma aula dele.

Henryk: Mas como ele nos deu a honra de ir a frente de sua aula, podíamos ver como se saem com improvisos, afinal um ator não pode nunca deixar o show parar.

Catherine: Vamos escolher uma dupla.

Henryk: Um trio. -A corrigiu.

Catherine: Exatamente. -Disse olhando para nós. -Ei! -Disse olhando para Hope. -Você, ruiva! Venha cá. -Hope nos olhou surpresa e soltou a mão de Louis subindo o palco. -Qual o seu nome?

Hope: Hope Sweetheart.

Henryk: Você é ruiva natural?

Hope: Sim... -Disse mexendo nele.

Henryk: Esplêndido! -Disse impressionado.

Eles colheram outros dois alunos, Digamos que os amigos do professor Blake não eram tão bonzinhos quanto parecia. Ele estava pegando alunos e colocando em gêneros totalmente diferentes dos quais eles realmente estão adaptados. Mas convenhamos que a profissão é assim mesmo, em um filme você faz a mocinha e no outro filme você faz a vilã, acontece. Eu diria que Hope se saiu muito bem.

Quando chamaram Louis então... Acho que foi o maior desafio da vida dele. Tomlinson teve que fazer um soldado sério, que odiava piadinhas fora de hora e não dava moral pra ninguém. Ou seja, ele se odiava. Quase todos os alunos foram chamados só faltava eu e mais cinco outros alunos. Catherine escolheu mais dois alunos.

Henryk: Chama aquela garota também. -disse apontando para mim. -Qual o nome de vocês?

Eu: Selena Gomez.

Matt: Mathew James.

Lynn: Evelyn Mayhem.

Henryk: Vocês são bons em improvisos? - Concordamos juntos. -Vamos ver se isso é verdade. 

Ele deu um papel muito diferente para mim. Eu literalmente de ex é uma megera que não demonstra sentimentos e que sempre criticava os outros. Aquilo foi muito difícil para mim por causa que não gosto de falar coisas que eu não gostaria de ouvir. Eu tinha que pensar em argumentos, toda hora, maldosos, argumentos muito maldosos. Depois que saímos do personagens eu pedi mil desculpa para Matt e Lynn.

Catherine e Henryk fizeram a mesma coisa com os outros três que sobraram e depois se juntaram a Blake numa conversa atrás das coxinhas.

Louis: Está com cheiro de animação. -Confessou e eu concordei. Louis tinha toda razão, era óbvio quero uma armação! Só não sei o porquê. - Blake não convidaria amigos para dar aula em seu lugar.

Hope: eu pensei que só eu tinha achado suspeito.

Eu: Se duvidar foi um teste ser.

Louis: Capaz! - Disse quando sua ficha caiu. - Ah meu Deus eu acho que eu não fui bem. 

Hope: Foi sim, Lou. -O animou fazendo cafuné. -Eu não conseguia parar de rir, mas era por causa que eu nunca te vi tão sério.

Eu: É verdade, eu também ri um pouco.

Louis: Você também né Gomez, se saiu bem, Hope foi maravilhosa! Simplesmente incrível. -Disse e ela riu.

Hope: Obrigada. -Disse o beijando.

Eu normalmente reclamaria de ficar de vela, mas achei os dois juntos tão fofos.

Catherine: Com licença, peço a atenção de todos por favor. Eu gostaria de dizer que isso não foi só uma aula foi uma audição. -Informou enquanto todos da sala, sem exceção alguma, ficaram surpresos, alguns boquiabertos, outros se olhavam confusos. - creio que muitos estão pensando que poderiam ter feito melhor se soubessem que era uma audição, mas quero dizer que todos se saíram muito bem e que foi muito difícil a escolha.

Henryk: E que chegamos a conclusão de que três alunos que não irão participar dessa peça que Blake está organizando.

Catherine: Hope Sweetheart. -Disse e a vi ficar mais apreensiva ainda. -Venha cá.

Louis: Não fica assim, talvez seja bom. -Disse beijando a mão dela.

Henryk: Louis Tomlinson e Selena Gomez.

Eu e Louis nos olhamos confusos e fomos junto com Hope até o palco.

Catherine: Uma pergunta, vocês são namorados? -Perguntou incrédula.

Hope: Na verdade ele é meu noivo. -Disse sorrindo sem jeito. 

Henryk: Só por curiosidade, você a pediu em noivado aqui no teatro.

Louis: Sim. -Disse e vi a ruiva vermelha igual um tomate. 

Catherine: Blake nos contou hoje à tarde. -Disse sorridente.

Henryk: E ela é a amante? -Brincou e nos rimos.

Eu: Não, sou a madrinha mesmo.

Catherine: Que interessante, não é?

Henryk: Eu diria que se tivéssemos combinado não daria tão certo.

Blake: Concordo plenamente.

Catherine: Eu acho que esse é o verdadeiro destino para vocês. Sem mais delongas eu quero convidar vocês a participar da minha série.

Louis: Não brinca.

Meus olhos arregalaram e de repente minha perna ficou bamba. Série? Fala sério eu acho que é um sonho realmente. A minha vontade foi de gritar, mas eu não estava reagindo conforme eu queria, parecia que eu tava no piloto automático.

Henryk: Eu confesso que as minhas esperanças já estavam acabando. 

Catherine: Ninguém se encaixava com o personagem lá na Inglaterra, estava ficando louca.

Henryk: aqui está o roteiro analisem pense na proposta e tentem dar a resposta em no máximo dois dia por causa que teremos que voltar para Inglaterra para começar as gravações.

Eu: Espera, é na Inglaterra?

Meu coração reprimiu, eu não podia ir para a Inglaterra, a menos que Zayn fosse comigo por causa que eu sinto que se eu estiver longe de Zayn, é como se nada valesse a pena.

~~

o sinal do intervalo bateu levando para longe os meus pensamentos. Eu estava apavorada, e se ele não quisesse comigo para Inglaterra? Eu vou ter que desistir dos meus sonhos pra ficar com ele? A pior parte é que uma oportunidade como essa, não aparece assim tão fácil.  Eu acho que os meus melhores amigos entenderam o quão difícil era para mim. Quando eu cheguei na cafeteria vi Zayn no telefone, ele parecia tão animado. Cumprimentei todos e quando fui comprimentar Zayn, ele já havia desligado, dei um beijo nele.

Zayn: Lembra daquela surpresa que eu te falei? -Aquela que me fez quase querer re matar achando que você estava me traindo? Lembro. -Lembra?

Eu: Sim, o que foi?

Zayn: E fiz uma entrevista de emprego naquele escritório de advocacia que eu te falei, sabe? -Perguntou e eu concordei animada. -Estou contratado.

Eu: Está mentindo! -Disse desconfiada.

Zayn: É sério! -Falou sorrindo. -A surpresa é que talvez, em menos de um ano, nós podemos comprar uma casa.

Eu: Sério? -Perguntei mais animada

Zayn: Sério! -Disse me erguendo e girando, enquanto ele ria. Eu amava sua risada.

Eu: Parabéns meu amor. -Disse enquanto ele me descia. O abracei olhando para Hope e Louis, que me olhavam com pena. -Você merece.

Nos jantamos e eu fiz minha melhor cara de nada aconteceu, guardei a novidade para mim. Eu vou negar, agradecer e dizer que quem sabe em outra oportunidade. Se é que vai ter. Ah Deus!

~~

Narrador On

Quando o intervalo terminou, Selena voltou para a aula, determinada a recusar a proposta, mas os britânicos não estavam mais lá. Pensou em dizer amanhã, não faria diferença, ela encarava aquele roteiro indecisa, pensou em ler mas isso só faria ela ficar com mais vontade de ir junto com Louis e Hope. Mais um dia de aula se passou, Zayn deixou sua quase namorada em casa, se despediu dizendo que a amava e que voltava no dia seguinte. A menina, que não era mais tão menina, entrou em casa e viu sua mãe fazendo algumas contas. Embora ocupada percebeu que sua filha estava diferente.

Camille: Filha? -Chamou a garota que desceu os degraus que havia subido. -O que houve?

Selena: Ah mãe. -Suspirou. -Eu passei em uma audição.

Camille: Isso é incrível! -Disse se levantando para parabenizar. -Mas por que essa cara?

Selena: Não posso ir. -Disse frustrada. -Zayn não vai poder ir, ele está contratando no melhor escritório de Nova York. 

Camille: Está disposta a jogar pela janela essa chance? Por uma paixão?

Eu: Não é paixão. -A corrigiu. -Eu amo ele, eu não posso ir e deixar ele aqui.

Camille: Filha...

Eu: Já tomei minha decisão.

Camille: Selena, talvez você se arrependa. -A aconselhou.

Eu: Mãe, tudo vai dar certo.

A Jovem deu um beijo na mãe e subiu para o seu quarto. Camille não iria aceitar, sabia que a garota já teria um futuro garantido se tivesse na Juilliard, mas desistiu por causa do garoto. Não podia permitir que a garota jogasse mais uma vez seu futuro no lixo. A mulher pegou o celular e ligou para o belo moreno.

Zayn: Alô? 

Camille: Zayn? -Confirmou se tinha ligado para a pessoa certa.

Zayn: Sim?

Camille: Sou eu, Camille. -Se identificou confiante com o que ia falar. -Você tem que terminar com Selena.

Zayn: O que?! -Perguntou confuso. Achou ridículo a ideia.

Camille: Isso mesmo que você ouviu, você precisa terminar com a Selena!

~~


Notas Finais


Zayn deve ou não deve aceitar a proposta de Camille?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...