História Dragon and Mermaid - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Juvia Lockser, Natsu Dragneel
Tags Juvia, Naju, Natsu
Exibições 128
Palavras 1.017
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Artes Marciais, Fantasia, Hentai, Luta, Magia
Avisos: Heterossexualidade, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Capitulo 1


Natsu POV

Me chamo Natsu Dragneel, sou um mago da guilda número um de Fiore, Fairy Tail, e também é a número um em barulho. Fui criado por um dragão chamado Igneel, com quem aprendi minha magia de Dragon Slayer do fogo, pois ele é o Rei Dragão do fogo. Também sei usar as magias de God Slayer do fogo e de Dragon Slayer do raio, esses aprendi a usar, quando comi seus elementos, passei mal, devido não poder comer esses elementos. Agora vou ir para a guilda.

Juvia POV

Juvia se chama Juvia, Juvia é uma maga da guilda número de Fiore, Fairy Tail, e também é a número um em barulho. Juvia foi criada por uma sereia chamada Mizu, com quem Juvia aprendeu magia de Mermaid Slayer da agua, pois ela á a Rainha Sereia da agua. Agora vou ir para guilda.

Autor POV

Numa certa guilda, Fairy Tail, muito barulhenta, como de costume, exceto uma pessoa, o mago Salamander, Natsu Dragneel, que estava escutando algumas pessoas, falando dele, principalmente sua amada, Lucy. E ele não era o único, pois, tinha outros Dragon Slayers na guilda.

Lucy: Não aguento mais o Natsu dando em cima de mim. Ele é muito infantil, barulhento, sempre quebra as coisas nas missões, ocasionando a perda de partes da recompensa.

Gray: Isso é verdade, disse tudo. Pelo menos ele não é um maluco stalker, que nem a Juvia. Falando nisso, onde está ela?

Ninguém sabia mas tinha uma poça d’agua em baixo da mesa onde eles estavam. Essa poça era a Juvia, que ao ouvir isso começou a ir em direção a porta da guilda.

Erza: Seu hipócrita, ele não é único que faz isso. Nós dois fazemos a mesma coisa. – Fala com uma aura negra.

Gray: Me desculpe, Erza. – Falando com muito medo, quase se cagando nas calças.

Cansado de ouvir aquilo de seu “irmão” e sua “amada”, Natsu, levanta e vai em direção a porta da guilda e sai fechando a porta com tudo. Chamando atenção de todos da guilda menos os dragon slayers que já sabiam que isso ia acontecer.

Juvia POV

Após ouvir meu Gray-Sa.. Gray falar aquilo de Juvia. Juvia ficou chateada e decidiu ir para casa. Ao chegar na casa de Juvia, Juvia começa a chorar e ao olhar no quarto de Juvia, Juvia vê tudo com o rosto de Gray, Juvia decidi jogar tudo aquilo fora e assim Juvia fez chorando mas fez. Juvia já parou de chorar e ficou pensando sobre a vida de Juvia.

Natsu POV

Após ouvir aquilo tudo decidir ir para casa. Ao chegar lá, começo a chorar. Após algumas horas, consigo parar de chorar e começo a pensar sobre minha vida.

Autor POV

Ambos ficaram pensando em suas vidas e com isso passaram alguns dias. E alguns membros sentiram a falta de ambos e não sabiam o porquê de eles não estarem vindo para a guilda, até que Laxus, Gajeel e Wendy, responderam e alguns ficaram cabisbaixo, por ser o motivo deles não estarem vido. Finalmente, após decidir que iriam e uma missão solo com tempo de duração de alguns anos. Ambos saem de suas casas rumo a guilda, e acabam se encontrando no caminho.

Natsu: Bom-dia, Juvia. – Disse abrindo um grande sorriso para a sereia.

Juvia: Bom-dia, Natsu. – Retribuiu o sorriso do dragão.

Natsu: Juvia, tenho que lhe contar o que Gray falou de vo.... – Foi interrupto pela sereia.

Juvia: Juvia já sabe, Juvia estava escutando tudo, e até ouviu o que a Lucy e o Gray falaram de você – Disse com a voz tremura. E com isso, Natsu, estranhou ela chamar o Gray de Gray e não de Gray-Sama. – Mas não liga pra eles, Natsu – Disse abrindo um enorme sorriso.

Natsu: Obrigado, Juvia. – Disse retribuindo o sorriso da garota – Juvia, você que ir em uma missão de alguns anos comigo, somente nos dois? – Perguntou um pouco envergonhado. Ao ouvir aquilo Juvia deu uma leve corada.

Juvia: S.Sim, Juvia iria em um missão solo, mas Juvia não liga de ir com você.

Natsu: Combinado.

Chegaram na porta da guilda e Natsu ia chutar abrindo a porta, mas resolveu não fazer isso e entraram. Ao entrar, chamaram atenção para eles, só que ambos nem ligaram para os olhares do pessoal da guilda. Eles estavam indo por quadro de missões para pegar uma missão longa para eles, só que o mestre da guilda, Gildartz, os chamou para sua sala.

Natsu: Sinto um cheiro familiar, vindo da sala do mestre.

Juvia: Juvia acha que teve ser alguém de outra guilda que quer falar conosco.

Natsu: Teve ser isso mesmo.

Ao entrar na sala, se deparam com um membro do conselho magico.

????: Ainda bem que chegaram juntos.

Natsu: O que o conselho magico que com nós, Doranbolt?

Doranbolt: Feche a porta que eu falo. – Ao falar isso, Natsu fecha a porta e o Doranbolt ativa uma magia que impossibilita de alguém ouvir a conversa deles.

Juvia: Que magia é essa, Doranbolt.

Doranbolt: É uma magia que impossibilita alguém de fora escutar nossa conversa.

Natsu: Mas para que tanto segredo.

Doranbolt: É uma missão segreda, somente, para vocês dois. A missão é longa, não tem tempo mínimo para completar, ela é considerada uma missão de 10 anos.  E não temos nenhuma informação útil, só sabemos que pediram dois magos, um de fogo e o outro de agua e só conheço vocês, com o poder suficiente para fazer essa missão. E então, vocês aceitam? – Ambos se entreolham e dão um largo sorriso.

Natsu/Juvia: Sim, iremos ir. – Respondendo em uníssono.

Gildartz: Então que dia vocês, irão para a missão, pois, terão que ir sem a marca da guilda?

Natsu/Juvia: Hoje mesmo. – Responderam em uníssono. Gildartz vai até eles e remove a marca. Então todos saem da sala, deixando apenas Gildartz em sua sala. Como era uma missão, somente para os dois, Doranbolt pegou eles e os levou para fora da guilda sem ninguém vê, senão teriam que explicar o porquê de não terem a marca da guilda. E assim, cada um foi para sua casa para arrumar as coisas para ir na missão.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...