História Dragon Eyes - Capítulo 1


Escrita por: ~

Visualizações 66
Palavras 4.206
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Ficção, Harem, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Shounen, Sobrenatural, Steampunk, Super Power, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Primeiro capitulo da fica de Harém \o/
Finalmente... aposto que tinha muita gente preparando os bonequinhos de vudu por causa da minha demora...
O começo do cap é bem parecido com o da outra fic.. mas é só esse começo mesmo.

Capítulo 1 - Nascimento


Fanfic / Fanfiction Dragon Eyes - Capítulo 1 - Nascimento

- Kushina por favor não evite em nos chamar, você também Minato queremos ver nosso sobrinho assim que ele vier ao mundo Uzume e Benten não veem a hora de conhecer o priminho...(Disse a mulher dona dos olhos verde escuro mais misteriosos que você poderia encontrar na vida e seus 1,80 de altura um corpo escultural uma verdadeira Amazona com cabelo longo e vermelho preso em uma enorme trança que chega quase até o final de suas costas, Kyoko é uma pessoa que exala sabedoria, força e uma beleza que não condiz com os seus 90 anos, provavelmente por seu sangue Uzumaki que garante a todos seus “Portadores” uma vitalidade e longevidade inigualáveis).

Sim os Uzumakis assim como os Senjus tem uma longevidade e vitalidade maior que todos os outros clãs shinobi, mas a dos Uzumakis ultrapassa qualquer um enquanto a vida mais longa de um shinobi chega no máximo aos 100 anos, os senju podem ir aos 150 e os Uzumakis a incrível marca de 200 anos com alguns membros tendo alcançado o recorde de 300 anos... Três séculos inteiros, algo como 15 gerações.

- Não se preocupe com isso tia Kyoko, além do mais nós também estamos ansiosos para ver o rostinho dele (Um sorriso dança no rosto do casal) é uma pena o tio Juronji ainda não ter voltado de sua viagem ao Ocidente já que ele e o Jiraya são os padrinhos do Naruto, sabe pra que ele não receba muita influência negativa do Jiraya... ... (enquanto as duas dão risada Minato não pode deixar de ficar sem graça por lembrar dos vícios de seu sensei).

Kushina é uma mulher linda e jovem com seus 24 anos, não que números fizesse muita diferença já que também é uma Uzumaki e sendo mulher seu corpo só daria “Sinais” da idade na sua última década de vida, já seus olhos eram um misto de azul com ciano, possuía um corpo que claramente mostrava seu treinamento como shinobi com exceção de sua enorme barriga de quase 10 meses e como a grande maioria de seu clã ela possuía cabelos vermelhos.

- E como Uzume-chan é uma Anbu designada exclusivamente para proteger e ajudar Kushina quando ela estiver devidamente preparada na sala, Uzume-chan tem ordens para chamar vocês, assim logo que o trabalho de parto começar vocês já devem ter chegado, certo Uzume-chan? (Minato Namikaze atual Yodaime Hokage o Kage da vila oculta da folha, dono de olhos Azuis que parecia guardar o brilho dos raios de uma tempestade, demonstrando um poder que vinha de uma astúcia e inteligência inigualáveis nos dias atuais, com um penteado espetado em um dourado vivo como os girassóis).   

- Hai Hokage-sama (Diz a garota em uniforme Anbu com máscara de raposa, mesmo com a máscara dava para "sentir" o sorriso da menina pelo tom de suas palavras).

– Sendo assim eu vou me retirar tenho que dar de mama pra Benten essa garota deve ter um furo no estômago igual ao pai (Ela sorri com uma gota na cabeça) se cuide minha pequena (Diz dando um beijo na testa de Kushina e se despedindo dos demais).

-----------//------------------(quebra de tempo)-----//---------

Kushina encontrava-se em uma sala devidamente e previamente preparada para seu parto, que seria realizado em um lugar afastado da vila afim de evitar que a grande e poderosa biju Kyubi no Yoko selada em seu interior pudesse escapar e causar algum mal a vila Oculta da Folha, não que isso estivesse nos planos mas era melhor prevenir afinal o selo se enfraquecia muito durante o parto de um Jinjuriki. Junto de Kushina estava Minato, Uzume e alguns Anbus de Elite, uma ninja médica e Biwako esposa do terceiro hokage Hiruzen Sarutobi.

Todos conversavam tranquilamente até que ...

– Ai ...a bolsa ... (ela olhou para os demais na sala que só assentiram a cabeça e começaram a se preparar para o que estava por vir) Uzume-chan... você pode chamar a sua Oka-san?

A garota com máscara de Raposa e uniforme Anbu faz um sinal com a cabeça e some em direção a sua casa que é bem afastada e escondida de Konoha, para todos os efeitos ela e sua família não pertenciam a nenhum pais, ninguém no mundo shinobi sabia que sua família havia sido formada e muito menos que seus membros respiravam tão tranquilamente, os únicos de posse dessa informação era o terceiro e quarto hokage juntamente com Kushina, ninguém mais nem mesmo os conselheiros de Konoha. A família de Kyoko foi a última a deixar as terras de Uzushio (Pais do Redemoinho) Sendo a guardião de toda a sua história e tesouro além de segredos capazes de virar o pequeno planeta no qual os shinobis habitavam, ao avesso.

Ela havia se tornado Anbu a pedido de Minato, mesmo tendo só 10 anos ela foi testada e aprovada com louvor pelos examinadores, claro que para desviar a atenção de algumas pessoas ela teve que pintar o cabelo, usar máscara e o henge no jutsu durante todo o exame e a apresentação, se soubessem que ela era uma uzumaki, isso poderia atrair o interesse de pessoas indesejadas. Tinha somente um amigo na vila além de seus familiares e o terceiro hokage, Itachi Uchiha mesmo sendo 2 anos mais velha eles se davam muito bem ele tinha acabado de se formar na academia e despertar o famoso Sharingan mais alguns anos e poderiam formar um time.

A garota corria com toda a velocidade pela floresta há uma hora (((((pra quem não sabe trabalho de parto costumas demorar algumas horas, por ter várias “etapas”)))), até que parou em frente a dois totens ocultados por arvores frondosas na parte mais densa da floresta ao pé de uma montanha, nos totens estavam gravadas várias imagens de deuses celestes e terrestres assim como algumas criaturas místicas, todas as imagens pareciam olhar e amaldiçoar diretamente qualquer indivíduo que tentasse passar por elas sem ser devidamente convidado. Apequena Uzumaki faz um corte no dedo e desenha com seu sangue um pequeno símbolo em sua testa seguido de uma longa sequência de selos complicados até seu corpo ser coberto por uma fina camada de um chakra prateado, e começa a adentrar o “portal” formado pelos dois totens (quem quer que passasse por ali e não tivesse sangue uzumaki teria seu chakra lentamente drenado e se perderia na floresta dando voltas e mais voltas até ficar cansado, dormir e morrer durante o sono sem notar nada, agora se a pessoa possuísse o sangue mas não soubesse a sequência de selos ela simplesmente daria voltas na floresta e pararia no mesmo lugar até resolver ir embora).

Não era o caso da pequena Anbu, ao passar pelo “Portal invisível” Uzume caminhou um pouco até encontrar uma casa muito bem construída de 3 andares extremamente decorada com inúmeros vasos de flores e plantas medicinais em cada uma das sacadas e janelas da casa, ao lado esquerdo um lago de agua cristalina de uma cor que a cada olhar parecia mudar de um azul celeste para um verde mar translucido tendo uma mini cascata em uma ponta e um pequeno “píer” na outra, no centro alguns peixes nadavam tranquilamente. No lodo direito uma hora bem cuidada cheia de vegetais, uma plantação de abóbora e melancia além de algumas arvores de frutas mais afastada, ela não pode deixar de dar um sorriso ao ver o lugar, a casa onde morava era simplesmente o paraíso na terra!

-  OKA-SAMA.... OKAAAA-SAMA..

Quando chega mais perto da porta vê sua mãe saindo, logo em seguida corre para abraça-la, mas quando chega perto nota um homem extremamente alto, no mínimo 2,20 de altura com músculos grandes e de cabelo curto, uma barba longa trançada cuja a cor era algo entre um vermelho sangue e um vermelho rubro brilhante assim como o cabelo tirando por alguns fios brancos, na barba dava pra ver alguns adereços feitos de aço com desenhos, seus olhos eram de um Azul marinho profundo e antigo como o oceano, em seus ombros largos havia uma garotinha de no máximos 2 ou 3 anos de cabelo vermelho e olhos como os do homem, ela sorria de orelha a orelha com a cabeça apoiada no cabelo do homem e suas mãozinhas em volta da testa dele, suas perninhas gorduchas balançavam uma de cada lado do pescoço do homem, que abriu um sorriso ainda maior ao ver a garota parada a sua frente com os olhos arregalados.

– Uzume? (Falam o homem e a mulher ao mesmo tempo)

– One-than (grita a pequena, balançando as pernas e as mãozinhas pra frente)

– Otou-sama? (A jovem fala enquanto lágrimas escorrem pelo seu rosto e ela começa a correr em direção ao homem e abraçar a sua cintura com força) e- e-eu senti tanta saudade Otou-san...

– Eu também minha pequena (O homem fala, enquanto retribui o abraço com uma das mãos que facilmente abrange toda a parte de traz do tronco da garota e com a outra faz gentilmente um cafuné na mesma) Mas agora eu vou ficar vim para ficar definitivamente, não farei mais nenhuma viagem e poderei matar a saudade da minha amada família (fala com um enorme sorriso para a garota que o olha com surpresa e felicidade).

– Sério ? você jura de dedinho? (diz se afastando do abraço e estendendo o dedo mindinho para o “gigante” a sua frente), e promete que vai me ajudar a treinar amanhã?

 – Bem eu prometo tudo isso menos o treino de amanhã porque amanhã é o dia em que eu vou desfazer o resto meus clones e você sabe que com isso eu vou entrar em “Hibernação” por uns 3 dias... KAKAKAKAKAKAKA (Gargalha com sua voz grosa, e logo depois estende o mindinho para a filha mais velha que sorri fazendo completando o juramento).

– Que bom não é mesmo Uzume? (Diz a mulher mais velha com um sorriso gentil no rosto até que sua expressão muda para espanto com um pouco de preocupação) ... Oh é mesmo... se você está aqui isso quer dizer que a Kushina-chan vai ...

– AAAAAAAAAAAAAHHHHH...  VERDADE  ... Eu esqueci completamente a bolsa da Kushina-nee rompeu já deve fazer uma hora e meia (fala com uma expressão de espanto e no rosto)..

-  A minha pequena Kushina esta gra-gra gra GRAVIDAAAAAAAAAAAAAAAAA  (Ele se espanta tanto que a pequena Benten acaba caindo de cabeça no chão e fica com a cara fechada enquanto alisa o galo que ganhou com suas mãozinhas gorduchinhas ela estava pronta para abrir o berreiro quando a família escuta uma enorme explosão que vinha da direção de Konoha, logo os três mais velhos ficam com um semblante sério Juronji pega a pequena no colo e alcança para Kyoko que só faz um aceno de cabeça para ele).

 – Uzume você fez o selo que eu te ensinei próximo ao local?

- Sim Otou-san.

– Ótimo vamos temos que salvar membros importante da nossa família além de uma vila cheia de idiotas(Nesse momento e pequena recoloca a mascará  Anbu e encosta no pai, que faz alguns selos de mão e bate no chão fazendo os dois serem teleportados para um lugar próximo a Konoha quando chegam Juronji fica ainda mais sério, mordendo o lábio inferior com força até escorrer um filete de sangue, sem aviso ele começa a correr com toda a velocidade na direção da imensa raposa de nove caudas para tentar evitar dar razão à intuição negativa que se adonou-se de seu corpo, rezava mentalmente para não ser tarde demais).

Faltando alguns metros para ficar na frente da poderosa Kyubi um imenso campo de força criado por um fuuinjutso de seu clã aparece atrasando os dois Uzumakis.

– MERDA!! (Grita enquanto começa a fazer vários selos de mão e assim como a pequena Uzume fez para entrar no “terreno” da família um chakra prateado cobriu seu corpo e o da jovem, eles chegam a tempo de ter uma visão horrível, do Namikaze e sua esposa de frente a um berço cheio de marcações em volta, os dois estavam com uma garra enorme quase empalando a criança, até ai a coisa estava muito feia mas podia ser remediada pelo atual patriarca do Clã Uzumaki o problema era que o idiota do “Genro por adoção ” havia evocado um Shinigami para fara provavelmente fazer o selamento da Kyubi no pequeno bebê a única coisa que teve tempo de fazer foi gritar enquanto pulava para perto dos dois) ESPEREEEEMMMM!!!

Nesse momento Minato e Kushina olham com espanto para dois dos três únicos ninjas no mundo capazes de adentrar aquela barreira de selamento, e não puderam deixar de sorrir e soltar um suspiro de alivio, principalmente Kushina, enquanto isso o homem caminhava até os dois fazendo selo de kage bushin de dividindo em três, um foi em direção a Kyubi os outros em direção ao casal e cada um dos 3 fazia diversos selos de mão.

O “oponente” da Kyubi fez corrente douradas como as da Kushina se enroscarem na raposa a diferença era que essas eram muito mais grossas e seu brilho parecia ouro liquido que pulsava, se antes ela mal consegui se mover agora ela definitivamente poderia se debater o quanto quisesse com o máximo de força e nem um misero milímetro de seu corpo seria alterado, até a sua boca estava com uma “Focinheira” feita de corrente.

-  Oji - sama (Fala com um sorriso no rosto)

– Juronji – Sama...

 – Kushina-chan, Minato... porque logo esse? com tantos fuuins porque logo esse Minato ... (O homem fala com calma e um certo pesar na voz enquanto o corpo do clone e seu começam a brilhar em chakra verde e os dois começam a curar o casal... na medida do possível, kushina e Minato abaixam a cabeça em direção ao filho com um pouco de culpa).

 – Era o único poderoso o suficiente para selar metade dela no Naruto e a outra em mim além de um uma quantidade do meu chakra e o de kushina... sabe? Para que pudéssemos velo mais uma vez e ajuda-lo quando a hora chegasse ...

– Entendo ... afinal vocês não tinham como saber que eu estava de volta... agora que você evocou um shinigami eu não posso mais te salvar mas posso te dar alguns minutos a mais... enquanto eu curo a Kushina e prolongo seu tempo me conte o que aconteceu... (Dito isso o terceiro clone faz a Kyubi recuar arrancando a garra do casal, o segundo clone faz vários selos e correntes prateadas se enroscam no shinigami prendendo o mesmo que fez uma cara de poucos amigos, o original fez mais dois clones para curar o casal enquanto o mesmo usava seu corpo enorme para impedir que eles caíssem)

 – Kushina você já pode desfazer a barreira seu Chakra esta fraco e você perdeu sua biju, normalmente o Jinchūriki morreria mas como é você e eu estou aqui você no máximo vai ficar em coma por alguns meses, vou ajudar Minato a selar um pouco do seu Chakra dentro o pequeno... por precaução então durma enquanto eu de curo (Fala o homem com uma voz  tão doce e terna que nem parece ter saído daquele corpo)

– Obrigado meu Otou-san (ela fala com um sorriso nos lábios enquanto uma lagrima rolava por seu rosto e seus olhos se fechavam como se dissessem um “Até logo” para o pequeno novo membro do clã Uzumaki).

Nesse instante a barreira que Kushina havia erguido caia por terra... era natural pensar que quem estava do lado de fora pudesse entrar agora... mas quando uma caiu em menos de um segundo outra três vezes mais forte estava no seu lugar, esse era forte suficiente para barrar qualquer jutsu que tentasse adentrar o interior da barreira nem mesmo espaço-tempo poderia “burlar” essa barreira... esse era o tipo de ninja que estava diante de Minato... o tipo que tinha seu nome escondido nas sombras da história mas suas façanhas eram Contadas e Cantadas nos quatro cantos do mundo, em todas as vezes eram com outros nomes, as vezes eram sussurradas pelo vendo como se fizessem referência a uma divindade terrena... mas Minato sabia que o poder do atual Patriarca Uzumaki era uma lenda tão grande quanto a do “Deus dos Shinnobis” o Primeiro Hokage.

– Obrigado por salvar minha mulher Juronji-Sama, jamais poderia lhe agradecer o suficiente (o jovem Namikaze sorri para o homem a sua frente, jovem pois comparado ao homem que estava lhe ajudando até mesmo o Sandaime hokage era jovem, logo o rosto do “rapaz” fez uma expressão de seriedade e Juronji soube que o que viria era extremamente sério, Minato podia ser Jovem mas seu domínio de chakra era um dos melhores do mundo ao ponto dele ter dominado quatro naturezas de chakra ter criado jutsus de extrema compressibilidade e poder usar tantos outros de outra natureza, o que quer que tenha acontecido não foi um mero acidente...).

 – Tudo aconteceu muito rápido,(Juronji não pode deixar de arquear as sobrancelhas em espanto, Minato tinha o titulo de Ninja mais rápido do mundo atualmente, para alguém como o “Relâmpago Dourado de Konoha” dizer que foi muito “Rápido” deve ter sido realmente pego de surpresa). Nós baixamos nossa guarda ficamos confiantes de mais na defesa que tínhamos, pensando que ninguém sabia sobre o parto e o local... e mesmo que minhas suspeitas estejam certas... (Nesse momento sua cara muda para uma expressão de profunda irritação e decepção com sigo mesmo por ter sido tão... Fraco...).

 -  Suspeitas? O que quer dizer com isso? (Fala encarando o jovem Yondaime)

– Ele apareceu no canto da sala, nocauteou a ninja médica e a Biwako-sam em uma fração de segundos além de ter matado os Anbus de guarda, e usou Naruto como refém, foi logo no instante em que eu me preparava para refazer o selo em Kushina, disse para me afastar do selo jogou Naruto para cima envolto em selos explosivos só tive tempo de agarrar meu filho e saltar com o Hiraishin para uma de minhas marcações me livrar dos selos explosivos e levar Naruto para um lugar seguro. Quando retornei para onde Kushina estava já era tarde demais, a Kyubi estava sobre o controle do seu mangekyou sharinga pronta para destruir Konoha, a primeira coisa que fiz foi confrontá-lo ele tinha um jutsu de espaço-tempo que lhe permitia ficar intangível por algum tempo era extremamente habilidoso, no começo da luta até cogitei a possibilidade de ser Uchiha Madara mas seria impossível para ele estar vivo... - (Nesse momento Minato olha para o ruivo a sua frente esperando algum tipo de confirmação mas a única coisa que recebe é um rosto com uma expressão dura que mostrava pensamentos indecifráveis).

-  A única coisa da qual tenho certeza é que é um Uchiha e é extremamente habilidoso, sei que não pertence a vila, eu reconheceria seu chakra, e o fato dele poder evocar a Kyubi como em um contrato significa que ele tem alguma relação desconhecida com Madara e planos sinistros para a Kyubi, por isso resolvi selar ela em Naruto... como pai você deve me compreender estou certo Juronji-sama ?

– (Antes de responder Juronji olha para a pequena ambu ao seu lado que esteve em silêncio todo esse tempo apenas observando, não conseguiu impedir um leve sorriso se formar no canto de sua boca, solta o ar de forma pesada e fala) - É eu acho que sim ... infelizmente né hora de nos despedirmos Minato, alguma última ordem ou pedido? – (Fala observando o Loiro).

– Por favor proteja minha família e se possível mantenha seus olhos em Danzou e Orochimaru tenho tido uma sensação desagradável em relação a eles...

-  E sobre o o Clã Uchiha? Sabe que vão desconfiar deles não sabe?

– Peso que não contem a ninguém além do Hiruzen e ao líder deles o Fugaku ver a reação dele e agir de acordo... Nós acabamos de sair de uma guerra, ele é um líder, sei que ele não vai querer derramar mais sangue vou dar esse voto de confiança a ele.

– Você continua sendo muito gentil Minato... - (Fala dando um sorriso cansado) - bem agora é hora de selar essa encrenca ai atrás... Sele ela inteira eu irei reforçar o selo e fazer a manutenção até que Naruto tenha força para controlá-la ... Vou fazer ele estudar como um condenado pra isso Kakakakakakka - (Fala o homem enquanto coloca uma mão sobre a barriga e imagina o sofrimento pelo qual pretende fazer o garoto passar)

Minato não pode deixar de ficar um pouco apreensivo enquanto “uma gota” aparece atrás de sua cabeça.

 -  Se é o senhor que está dizendo irei confiar em você - (Após alguns movimentos de mão ele Grita) - Fuuinjutsu.

A pequena Anbu observa tudo enquanto a enorme Raposa é sugada para dentro do corpo pequeno e frágil de seu primo como se fosse agua escorrendo por um ralo, ao terminar Minato cai no chão, completamente sem vida. E o Uzumaki mais velho faz uma sequência de selos e coloca a mão sobre o selo do garoto fazendo ele produzir um brilho metálico no tom dourado e um círculo aparecer em volto do selo de Minato.

 – Pronto ... Uzume pegue seu primo assim que falarmos com o Sandaime iremos para casa preciso descansar, não tenho mais a energia que esses jovens... e temos que pedir para sua mãe terminar de cuidar da Kushina-chan... - (Fala pegando a ruiva no colo no estilo noiva enquanto sua filha pega o recém-nascido nos braços de forma cuidadosa como se ele fosse uma boneca de porcelana, o pequeno chorava muito mas ao sentir ser pego pela Uzumaki ele se calou na hora) - ... Parece que ele gostou de você - (Fala sorrindo enquanto observa a filha dar um sorriso terno para a pequena bolinha de carne loira nos seus braços).

Ao desfazer a barreira Juronji pode sentir Hiruzen se aproximar junto a alguns Anbus, no entanto antes que pudessem se ver e trocar qualquer palavra, uma imensa parede de fogo colorido em chamas Azuis e verdes que cobriu a mesma área onde antes estava a barreira do Uzumaki.

Em meio as chamas uma figura masculina com um quimono começa a sair andando como se elas fossem uma mera miragem, no entanto o calor que elas emanavam era bem real, e só havia uma pessoa no mundo capas de estar ali e cometer tal ato...

Uzume prontamente se prepara para o combate e só relaxa quando recebe um olhar “tranquilizador” do pai.

- Quem... (Antes que a garota pudesse completar a pergunta...)

- Mushu... O que traz você até aqui? Não está um pouco atrasado?

O “Homem das chamas” era um tanto quanto, peculiar... possuía uma pele branca, olhos negros como a noite, cabelo vermelho atado em um rabo-de-cavalo chifres proeminente em um tom azulado e algo que parecia ser uma cauda. Ao redor de seus olhos aviam marcas estranhas, ele usava um quimono amarelo-queimado (tem outros nomes pra essa cor mas eu chamo assim :v ).

- Primeiramente, é bom velo novamente velho amigo, e é bom ver você também Uzume-cham fico feliz em ver que esta saudável... (Diz dando um leve sorriso de canto e fazendo um aceno com a cabeça). E sobre essas mortes... Elas já estavam definidas, eu não podia intervir, no entanto o garoto e a mãe, são outra história... Deixe-me vê-la ...

Juronji analisa a fala por alguns segundos e logo fez o que lhe foi pedido, mas agora mil perguntas borbulhavam em sua cabeça, mas as respostas teriam que esperar, então ele deita sua sobrinha no chão aos pés de Mushu, que se abaixa colocando as mãos sobre o ferimento, poucos segundos depois seus olhos brilham em um turbilhão de luz azul e branca e uma energia dourada escapa de suas mãos indo de encontro ao ferimento e rapidamente o fechando.

- Não que eu esteja reclamando ou coisa do tipo, longe disso, mas... o que você esta fazendo aqui?

- Vim pelo garoto... Ele tem um grande destino pela frente, e vai precisar de treinamento... de um bem especifico e especial...

- Então você veio para leva-lo... é isso?

- Não, eu vim para avisa-lo, quando a criança completar 4 anos ele vai ter que passar pelo Yomi e depois disso será treinado por mim.

- Você... só pode estar brincando, uma criança não pode sobreviver ao Yomi.

- Juronji, eu não viria até aqui se não soube-se do que estou falando, vou levar vocês para casa, e devem permanecer lá até Naruto completar 4 anos, treinem e eduquem ele, dentro do possível claro, não importa o quanto ser  filho de shinobi e ter tanto Chakra aperfeiçoe as habilidades humanas ele ainda é só uma criança... Mesmo assim tentem prepara-lo o melhor possível...

- Eu não acho que Kushina vá concordar com isso...

- Ela vai dormir durante todo esse processo...

- Você induziu o coma...

- Sim... Agora encostem em mim e levarei todos para casa.

Ainda haviam muitas perguntas a serem feitas mas no momento tudo o que importava para Juronji era a segurança da sua família e o seu merecido descanso, os ninjas de Konoha não viram nada então não poderiam encher o saco, o único perigo era as outras nações... mas isso ele se preocuparia depois, de uma boa noite de sono...


Notas Finais


O próximo eu posto ainda hoje (Provavelmente de madrugada quando eu chegar em casa :v)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...