História Dragon slayers (O apocalipse) - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Channel: The Animation
Tags Fairy Tail
Exibições 5
Palavras 1.185
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Luta, Magia, Romance e Novela, Violência
Avisos: Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 12 - Capítulo 12 (Batalha naval)


-EHHH!!!- Todos gritam e batem os copos com bebida. Comemorando. Eu só ria. Beber não. Não gosto muito depois do incidente que aconteceu no treino na praia.

-Vamos comemorar, por termos uma nakama muito importante para nossas vidas: Lua!- O mestre grita em cima de uma mesa , dançado feliz.

Eu não sabia se chorava de felicidade, ou se gritava de tristeza. Eu aprendi a os amar, eles salvaram Lori. Cuidaram de nós. Mas e agora? O que eu vou fazer quando ficar cara a cara com o  meu pai? Me lembro muito bem de quando acordei e vi Porlyusica. Ela sabe quem eu sou. Como? Sei que ela é Grandine, mas não da Terra.

FLASHBACK POvs ON"

Depois de uma dor infinita, eu acabo acordando do nada. Me deu um aperto no coração ao ver Lori do meu lado, totalmente machucada e desacordada. Vejo Porlyusica trabalhando com alguns remédios eu acho, e logo se vira para mim.

-Como vai filha do Apocalipse?- ela sorri de canto.

-Como....

-Simplesmente sei.- Ela responde a pergunta que eu ia fazer.

-Não entendo.- Digo confusa.- Por quê não contou aos outros?

-Não sou eu quem deve fazer isso. E sei que não quer ser uma ameaça.

-E-eu... Eu só quero ser normal. Ter Nakamas. Mas.. o que meu pai fez com a Lori....- Olho para a cama da mesma.

-Então minhas suspeitas estavam certas... A Raven tail realmente está com Acnologia.

-Cada um deles.- Digo triste.- Uma Guilda com somente 5 magos. Cada um deles com poderes dados por meu pai. Criados para "me manter na linha".

-Sabe que terá que contar para eles uma hora ou outra certo?

-Sei sim. Mas não sei como. E se eles não gostarem de mim? E se nunca mais quiserem olhar na minha cara? Eu tenho medo Grandine.

-Não me chame assim humana!- Ela cora levemente.

-Quem dera se eu pudesse ser chamada de humana.....- Murmuro.

-Ei não fique assim. - Ela diz com sua voz de sempre.- Você com certeza é humana. Só não foi criada como todos os humanos. 

-E em forma de ritual.- Digo com uma voz tediosa.

Ouço gritos desesperados lá de fora. Gritos da Lucy.

-Grandine eu....

-Eu sei. Vá. Ajude-a mostrando que ela tem sua torcida- Ela sorri.

Sorrio.- Obrigada Grandine.- A abraço a deixando surpresa mas ela logo devolve o mesmo. Me solto do abraço e vou correndo ver o que acontecia.

FLASHBACK Off"

Foi isso que aconteceu. E com oeu iria contar a eles? Não tem como. Calma. Respira, e fala.

-É gente?- Chamo todos que já brigavam, bebiam e gritavam.- Eu querida dizer uma coisa.....- Natsu passa o braço em volta do meu pescoço, sorrindo. Ele não parecia bêbado.

-Você foi muito bem hoje Lua.

-O-obrigada.- Coro.- Mas eu precisava dizer uma coisa....

-Não precisa. Sabemos como você foi incrível.- Erza sorri.

-Foi mesmo!- Lucy concorda.

-Concordo.- Gray diz.

Vai ser bem difícil de dizer....

 

 

No dia seguinte, fiz a mesma rotina e fomos para a arena. Todos estávamos nas arquibancadas. E novamente decidiram me escolher, por conta do ocorrido de ontem. Ficaram tão felizes, que agora querem que eu participe desse também. Estamos com 15 pontos. Estamos muito bem. Avisei a eles que só posso usar magia de espíritos estelares por enquanto mas mesmo assim concordaram. Eles realmente confiam em mim.

-Para o evento do quarto dia, cada equipe tem que selecionar uma pessoa para participar-kabo. O evento irá ocorrer em uma esfera aquática gigantesca, que esta flutuando dentro da arena. As regras para o evento são: um participante perde automaticamente quando eles deixam a esfera e a última pessoa remanescente será o vencedor-kabo, a menos que ainda há duas pessoas que ficaram durante o um limite de tempo de cinco minutos,que será dado para que ambos possam competir para a vitória-kabo. Quando ocorre esta excepção, o perdedor do jogo será premiado com o mínimo de pontos- Cada participante começa a entrar na esfera subaquático na arena e o jogo começa.  

Quando o evento começa, me desculpo com os outros participantes e convoco Aquarius dentro da água. Sabendo o que eu estáouprestes a fazer, Juvia ataca rapidamente com o seu Water Cyclone, criando um efeito de hidromassagem poderoso na água que surpreende a todos, ate mesmo Aquarius. Todas as participantes na água, em seguida, vão para a ofensiva. Usando o ataque de Juvia a sua vantagem, Jenny acerta um chute no rosto de Rocker e consegue forçá-lo a ir para fora da água. Sherria tenta usar sua magia contra Risley mas não teve êxito. Enquanto Juvia continua a batalhar com Aquarius, o Espírito Celestial decidi me abandonar no meio da disputa, para desgosto eu.

-Sério Aquarious?- Digo com uma gota.

 Decido convocar Virgo e Aries para me proteger na água. Não estou em boas condições para usar mais do que magia celestial.

 Juvia tenta me forçarir para fora da água, mas sou capaz de me salvar, invocando tanto Aries e Virgo para ajudarem, Juvia resolve então usar um ataque poderoso (que aprendeu graças a Segunda Origem) na água que envia Sherria, Jenny, e Risley para fora da esfera. Enquanto distraída, Juvia é subitamente retirado da água também, deixando eu e a tigre, acho que Minerva as únicas a permanecerem no jogo.

-Posso forçar o último golpe rapidamente. Mas acho que será chato.- Minerva diz.- Verei quanto tempo pode durar sem sua verdadeira magia.

Me preparo para lutar, mas recebo um ataque de calor, que foi misturado a uma forte dor de cabeça. Agora não pai.... Minerva ataca  com ainda mais poder e dá um forte discurso sobre Sabertooth que eu mal conseguia ouvir direito pela dor que sentia com meu pai. Ela continua me espancando, a ponto que o jogo teve que ser interrompido. Como resultado de Arcadios gritar para pararem a competição, o que coloca Mato em ação. O jogo termina com Minerva sendo considerada vencedora, sorrindo com orgulho, e me segurando pelo pescoço, me pendurando para fora da esfera. Eu estava praticamente desacordada, não conseguia me mexer, falar ou qualquer coisa. Meus olhos estavam fechados, eu mal respirava e só conseguia ouvir. Por quê agora pai? Por quê a Fairy tail tem que sofrer por minha culpa?

Minerva solta o meu corpo quase sem vida no chão. Natsu e Gray correm e me seguram, com Wendy e Sherria ambas vindo para dar auxílio, e então as magas do céu começam curar os ferimentos. Uma luta quase começa na arena entre Equipe Fairy Tail A e Equipe Sabertooth, mas Erza para seus companheiros de equipe, e manda um aviso a Sabertooth, dizendo que eles viraram inimigos da pior guilda possível.           

 

 

Acordo novamente na enfermaria, com olhares preocupados voltados para mim.

-Gomen minna...- Digo.

-Você nos rendeu 8 pontos Lua!- Eles exclamam.

-Estamos preocupados com você. Percebemos que você estava com dores antes de começar a lutar com Minerva.

-Não se culpe Lua. Você foi a que conseguiu todos os pontos para nós.- Natsu sorri.

-Você foi incrível.- Erza fala.

-Derrotou 100 monstros sozinha!- Gray diz.

-Acredite, você foi ótima!- Foi a vez de Lucy.

-Arigatõ.- Sorrio fraco e logo adormeço.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...