História Dramione: Opostos mas Iguais - Capítulo 42


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Aberforth Dumbledore, Abraxas Malfoy, Alastor Moody, Alvo Dumbledore, Alvo Potter, Arthur Weasley, Astoria Greengrass, Barão Sangrento, Bellatrix Lestrange, Blásio Zabini, Carlinhos Weasley, Cho Chang, Córmaco Mclaggen, Daphne Greengrass, Dino Thomas, Dobby, Draco Malfoy, Duda Dursley, Fleur Delacour, Fred Weasley, Fred Weasley Ii, Gina Weasley, Godric Gryffindor, Gui Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Horácio Slughorn, Jorge Weasley, Lilá Brown, Lílian Evans, Lílian L. Potter, Lord Voldemort, Lucius Malfoy, Luna Lovegood, Minerva Mcgonagall, Molly Weasley, Murta Que Geme, Narcissa Black Malfoy, Neville Longbottom, Pansy Parkinson, Parvati Patil, Percy Weasley, Personagens Originais, Petunia Dursley, Pomona Sprout, Poppy Pomfrey (Madame Pomfrey), Remo Lupin, Ronald Weasley, Rose Weasley, Rúbeo Hagrid, Salazar Slytherin, Scorpius Malfoy, Severo Snape, Sibila Trelawney, Sirius Black, Ted Lupin, Theodore Nott, Tiago Potter, Tiago S. Potter, Tom Riddle Jr., Valter Dursley, Viktor Krum
Tags Draco Malfoy, Dramione, Harry Potter, Hermione Granger
Exibições 146
Palavras 1.460
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Festa, Ficção, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


OIÊ! Como eu sou uma boa pessoa vou lhes informar algo, a hermione nasceu em 19 de setembro de 1980, isso vai lhes ser importante....

Capítulo 42 - A solução para os meus problemas


POV – Hermione

Eu não acredito que essas malditas tenham tentado pegar o Draco hoje!! Elas entendem que agente divide o dormitório não é? Com o tamanho daquele cérebro me surpreende que saiba soletrar Hogwarts – eu ri – bom, vou ocupar a cabeça...

Eu caminhei lentamente rumo aquela grande biblioteca, meu lugar favorito em toda a Hogwarts, o único lugar onde eu encontro paz, eu cumprimentei a bibliotecária e fui para a área restrita, logo de inicio encontrei um livro que em chamou atenção ““Invasão de mente: como usa-la e como impedi-la” Graças á Merlin! Eu rapidamente peguei o livro sai para o dormitório, isso vai me ser útil...

- Droga, droga, droga! – eu disse ao entrar no salão – Ai Draco você não facilita... – Todo o salão tinha o seu cheiro... Depois de eu encher esse lugar de perfume ele ainda tem seu cheiro... maçã verde, Uísque de fogo e perfume amadeirado... eu fui até o meu quarto e procurei alguma coisa com um cheiro forte para colocar no salão, eu finalmente encontrei uma finalidade para os perfumes franceses que minha tia me presenteia, eu fui para o salão e enchi o ambiente com aquele perfume, guardei o restante no meu criado mudo, voltei para o salão e comecei a ler aquele livro...

- Hum... blá blá blá... Oh... Hydra Black?! Em 15 de setembro de 1980... “ meu marido Thomas Malfoy e eu estamos cada vez mais confusos, as vezes escutamos vozes em nossas mentes e em outras temos sonhos sincronizados com uma voz grossa e rouca” informou a Senhora Malfoy.... Segundo a mesma, o parto da mais nova garota da família será daqui á quatro dias... “ Eu tomarei todas as providencias para que minhas filhas fiquem fora de perigo, ninguém mexe com um Malfoy e sai vivo depois...” Uh, típico Malfoy... Espera um segundo... Filhas?! A Carry tem uma irmã?! – eu revirei os olhos – “ Nós não sabemos quem é o sujeito nem mesmo o por que” completou o marido. – Uh, a pesquisa pula alguns meses... – “ Após o sequestro da nossa filha mais nova, a minha esposa está desolada” informou o senhor Malfoy “ Nós estamos tomando uma poção que repele a invasão de mentes por alguns dias, coisa que tem sido muito eficaz para com a nossa situação” – UMA POÇÃO?! – de acordo com a família Malfoy... – Eu continuei lendo e relendo todo esse trecho por horas eram 2:00 da manhã, quando eu decidi ir tomar um banho, eu enchi a banheira com agua morda e adentrei, passei alguns minutos deixando agua relaxar meus músculos, fiz a minha higiene noturna e coloquei o meu roupão, ainda com os cabelos úmidos eu voltei para o salão e resolvi procurar os ingredientes para tal poção no livro... – Eca! Pra poção fazer efeito é preciso tomar chá de pós de tulipa adolescente, isso tem gosto pior que a poção Polissuco... blá blá... Ah, essa vai ser a solução para os meus problemas – eu ouvi o som da abertura do quadro mas decidi ignorar, passou-se alguns segundos e eu não consegui ignorar o olhar que um certo loiro me lançava - Olá Malfoy. – Cumprimentei tentando ignorar o olhar intenso que Draco me lançava – Lilá, Pansy e a Daphne passaram aqui mais cedo

- O que queriam? – Está querendo morrer?–

- O que acha que queriam? Estudar poções? Elas queriam é ficar com você! – Eu disse tentando parecer calma – Não quero te incomodar, então até mais. – Eu já estava indo embora quando o loiro segurou o meu pulso e me puxou pra perto dele–

- Onde acha que vai? – Não existe sorriso mais malicioso do que o dele agora... –

- Eu vou para o meu quarto. E o que você acha que está fazendo? – Com ele tão perto eu me torno cada vez mais ofegante – solte-me.

- Ah, eu vou soltar... mas só depois. – Ele põe sua mão direita na minha cintura, a esquerda acariciando levemente meu rosto como se estivesse observando cada detalhe dele e se aproxima do meu ouvido – senti sua falta, minha dama... – Ele sabe como me derreter e ainda mais com essa voz sexy – E você?

- E-Eu? – Eu senti muita falta de você meu loirinho, dos seus abraços dos seus beijos da forma como me faz sentir segura... – E-Eu? – E-Eu nunca mais vou poder estar ao seu lado... nunca mais vou poder te beijar nem sequer conversar com você... Eu tenho que abandonar a pessoa que mais amo... – D-Desculpe... – eu solucei e deixe escapar algumas lágrimas e sai correndo para o meu quarto, me tranquei e finalmente me soltei na cama de braços abertos e com as lágrimas que a tanto seguro -

Eu não acredito que eu nunca mais vou poder ficar com o Draco... Meu doidinho... Eu não vou nem mesmo poder encontrar apoio com Luna ou Gina... nem rir das piadas do Rony, ajudar o Harry... Ah, Draco...Eu não vou desistir tão facilmente... Por vocês...

- Sei que não está escutando isso, mas... Eu ainda te amo meu lindo louquinho incontrolável... você foi o meu primeiro amor... ...  Senti tanta sua falta eu Draco... Tudo o que eu mais quero é poder estar ao seu lado... mas é pro seu bem, não sou tão egoísta á ponto de por os meus sentimentos á cima da sua segurança... acho que isso é um adeus... ARGH!! EU TE ODEIO, O QUE EU FIZ PRA VOCÊ?! EU VOU MATA-LO, VOU TORTURA-LO SEU MALDITO, VAI SE ARREPENDER!! NUNCA MAIS VAI ENTRAR NA MINHA MENTE SE TIVER ALGUM AMOR À VIDA!! – Me perdi em pensamentos e acabei dormindo –

Ai minha coluna... também... eu tô parecendo  Gina dormindo, minha cabeça estava pra fora da cama e uma perna pra fora também, não havia cobertor e os travesseiros estavam nas minhas costas... Eu me levantei e fui ao banheiro fazer as minhas higienes, por incrível que pareça acordei de bom humor hoje... troquei de roupa peguei os meus livros e fui para o salão organizar a minha bolsa. Do nada aparece Malfoy.

Bom dia minha dama! – Ele disse sorrindo, pelo visto não fui só eu que acordei de bom humor... Ele não vai desistir tão rápido de me reconquistar... Ele me pegou pela cintura e me deu um rápido selinho me deixando estática–

- B-Bom dia Malfoy... – Eu sussurrei em choque, ele sorriu novamente e saiu do quarto... eu terminei de guardar os livros e voltei a biblioteca para devolver o livro, mais tarde eu o pego novamente... Depois de alguns minutos eu fui para o grande salão, é serio eu nunca vou me acostumar com os olhares que recebo, eu ignorei e fui me sentar na minha mesa –

- Olá, como vai a minha Granger favorita? – perguntou um setimanista –

- Me deixa em paz vai? – perguntei sorrindo e ele se retirou, não estou com nuita fome então peguei só uma taça de suco de abóbora e um bolinho de chocolate, eu olho e volta e vejo que Gina e Harry estão me encarando, rapidamente desvio o olhar, eles me conhecem a tanto tempo... Terminei de comer e fui para a aula... Poções: tédio e historia da magia: tédio3, quando sai eu fui direto para a cozinha, para começar a dieta do chá...

- Oi! – assim que entrei na cozinha alguns elfos vieram até mim – Podem me dar algumas ervas ardentes e chá de pó de tulipa adolescente? – em alguns segundos um elfo me deu uma pequena bandeja com o copo bem grande de chá e algumas ervas ardentes - Obrigada pessoal – eu sai da cozinha com uma cara nada boa – É gente... isso é por vocês... 1...2...3...- eu tomei tudo de uma vez só – Eca... – eu tirei uma cesta da minha bolsa, e guardei as ervas ardentes nela, eu caminhei até os jardins do castelo procurar por Acônito, essas flores são bem raras... peguei umas sete e também coloquei-as na cesta... – Agora para a biblioteca! – novamente fui até a área restrita e peguei o livro, para seguir o passo a passo a receita, senti que estava sendo seguida, mas ignorei – Ultima parada... – eu disse com um suspiro eu passei um tempão andando... – vamos ver... Pó de chifre de unicórnio, Raiz de Mandragora e Vagem sudorífera... Ah! Finalmente posso voltar para o meu dormitório tomar um longo banho e dormir... –também guardei-os na cesta e finalmente voltei para o meu dormitório... –

Eu coloquei os ingredientes e o livro dentro do meu closet em um local seguro, troquei de roupa e fui para o banheiro, fiquei alguns segundos observando o meu reflexo, um tinha o mesmo rosto, mas agora os meus olhos estão... escuros... ainda não sei o que isto significa, depois irei procurar no livro. Fiz minha higiene, penteei os cabelos e voltei para o quarto, me deitei na cama e adormeci.


Notas Finais


EAI? gostaram do novo plano da mione?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...