História Dramione-The awakening of a love... - Capítulo 51


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Arthur Weasley, Astoria Greengrass, Bellatrix Lestrange, Blásio Zabini, Cho Chang, Daphne Greengrass, Dino Thomas, Draco Malfoy, Fred Weasley, Gina Weasley, Gui Weasley, Harry Potter, Jorge Weasley, Lilá Brown, Lucius Malfoy, Luna Lovegood, Minerva Mcgonagall, Molly Weasley, Narcissa Black Malfoy, Neville Longbottom, Pansy Parkinson, Rúbeo Hagrid
Tags Amor, Bluna, Comedia, Dramione, Harry Potter, Romance
Visualizações 170
Palavras 1.590
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Famí­lia, Festa, Ficção, Luta, Magia, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Heyyyy amores
Mais um capítulo para vocês.
Obrigado pelos comentários.
Boa leitura.
🚨LEIAM AS NOTAS FINAIS🚨
{Eu juro solenemente não fazer nada de bom...}

Capítulo 51 - Um empurrãozinho


*P. O. V Draco*

Fiquei apreensivo com o que Hermione falou o dia todo, o que será que ela precisava falar comigo?

Quando o sinal da aula bateu eu fui o mais rápido possível até a nosso salão comunal, mas naquele justo dia a professa decidiu que devíamos estudar árvore mágicas na floresta proibida. Pensei em aparatar mas isso é só em caso de emergências e poderia gerar problemas. Entao apertei o passo.

- Hey Draco, onde vai assim?

- Hermione disse que precisa falar algo comigo, vejo vocês no treino e talvez chegue mais tarde.

- Ta.

Sai dando passos largos.

Quando finalmente cheguei no dormitório Hermione estava secando seus cabelos.

- Então? - Disse ofegante da caminhada.

- Pode tomar banho primeiro, assim já adianta para o treino.

Eu estava curioso mas era verdade então tomei um banho rápido e voltei a sala.

- O que aconteceu?

- Draco. Eu estava falando com Gina e nos percebemos uma coisa.

- O que Hermione? Fala logo.

- Ta atrasada.

- O que?

- A menstruação Draco!

Ai meu Deus.

- O que?

- É ta atrasada, e tem tido vômitos e tonturas.

Ai meu Deus. Meu coração deu um salto.

- Vc tá grávida Hermione??

- Eu não!

- Então...?

- A Gina Draco, a _Gina_!

Respirei aliviado.

- É o que eu tenho a ver com isso?

- Ora, de quem vc acha que ela ta gravida?

- Humm do Maike?

- Isso.

- Então?

- Draco ela ta preocupada não sabe o que fazer, nao sabe como ele vai reagir, ele disse que vai pedi-la em casamento mas ela não tem certeza, vc podia dar um adianto nele em relação a isso.

- Eu não me meter nisso.

- A vai sim, ele é seu amigo, e ela é minha amiga. Eles te apoiaram comigo, faça o mesmo.

- Affs Granger.

- Por favor Draco, o que custa? É só você  perguntar para ele sobre isso, e traz ele aqui após o treino.

- Pra que?

- Pra mim falar com ele, se não eu vou com vc no treino ou então na sonserina.

- Ai meu ovos.

- Draco!

-Ta legal.

- Obrigado.

- Se ele ficar preocupado com isso e não jogar bem amanhã vc me paga.

- Ele vai jogar bem, acredite em mim. Agora vai que vc ta atrasado.

- Tchau - disse seguindo em direção a porta

- Draco?

- O que foi?

- Meu beijo de despedida.

Bufei e fui até ela beija-la.

Foi bom, nem deu vontade de sair pra treinar.

- Eu disse beijo de despedida não sexo de despedida.

- Tchau Herms.

- Bom treino Draco.

E eu fui

O treino foi normal, até um pouco intediante ja que nos ja estávamos bons, consegue fazer os homens de vento jogarem com a estratégia da corvinal, e a três dias não perdíamos mais deles.

Encerrei o treino, fomos aos vestiários.

- Maike espera, preciso falar com vc.

Ele fez que sim com a cabeça.

- O resto do time pode ir.

Eles foram saindo menos Blas, revirei os olhos.

- Você também Blas.

- Beleza, fere meus sentimentos assim mesmo.

- O que eu fiz? - Maike perguntou quando Blas se foi.

Nós nos sentamos na arquibancada.

Hermione me paga, eu nem sabia como falar desse assunto.

- Maike, eu sou seu amigo, certo?

- É claro.

- Bom, você e a Weasley tem tido intimidade frequentemente, certo?

- É, o que tem?

- Eu preciso que você fique calmo, beleza?

- Ta, eu to calmo, eu acho.

Suspirei.

- Você pensa em se casar com ela?

- Penso.

- Quando?

- Não sei, depois que sairmos da escola.

- Por que não pede agora?

- Agora?

- É, ela esteve falando com Hermione e parece estar com algumas inseguranças.

- A verdade é que não sei como fazer isso Draco, eu quero pedir, mas não sei como.

- Porque não pede no jogo de amanhã? A gente ganha e vocêpede. Vai ser especial.

- Não sei. Era só sobre isso?

- Não. E quanto a filhos?

- Nossa!

- Responde.

- Seria legal sabe Draco, eu e ela já falamos sobre isso.

- Se ela engravidasse agora, você ia aceitar de boa?

- Olha eu iria ficar surpreso, mas ficaria feliz, daria total apoio a ela.

- Isso é bom.

- Era isso?

- Era.

- Por que você se importa?

- Ela é minha amiga - meu estômago embrulhou ao falar isso - e você é um dos meus melhores amigos. Só quero ter certaza que você vai estar sempre bem.

- Obrigado. - Ele disse confuso.

- Tem outra coisa. Hermione quer falar com você. 

- Pra que?

- Coisa dela.

Achei que Hermione não cumpriria a promessa e estaria dormindo quando chegássemos, mas muito pelo contrário, ele estava sentadinha no sofá nos esperando.

Dei um empurrão em Maike para ele andar logo.

- Oi meninos.

- Oi Hermione.

- Oi Herms - andei até o sofá e me sentei ao lado dela.

- Senta Maike - Ela disse apontando para o sofá paralelo ao nosso

- O quer comigo Hermione? - ele perguntou após sentar.

- Maike, você sabe que Gina ganhou um emprego no profera diário, o que achou disso?

- Achei legal afinal ela se esforçou pra montar um bom currículo e é habilidosa quando se trata de quadriboll, apesar de ela não quere estar no time esse ano.

- Ou seja você a apoia?

- Claro, apoiaria Gina no que quer fosse.

- Isso é ótimo. Você a ama de verdade?

- Amo, nunca tive dúvida disso.

- Muito bem. Esperem um minutinho.

Herms foi até o quarto e depois voltou. Estranhei.

- O que foi fazer lá?

- Nada, deixa pra la, continuando. Por que você não a pede em casamento? Gina está insegura em relação a certas coisas. Mas ela te ama.

- Foi o que eu falei com Draco. Não sei como. Draco deu a ideia de pedir após o jogo.

- Brilhante. Ela ia adorar, ainda mais que ela adora quadriboll. Por que não faz isso?

- Não sei como pedir, ou que anel comprar.

- A gente compra amanhã, Draco e eu vamos com você em Hogsmede e compramos. Quanto a pedir, so de você estar fazendo isso no final do quadriboll ja vai extremamente especial para Gina.

- Ta bom. Mas por que isso agora?

- Você vai saber, so faz o que a gente ta falando.

- Ta bem. Tchau então.

Ele deu as costas e saiu do salão.

- Por que você foi no quarto?

- Gina ta aqui. Não queria que ela escutasse a parte do casamento, então falei que eu precisava falar algo pessoal com você e coloque o um feitiço silenciador no quarto.

- Por que ela ta aqui?

- Ela ta nervosa Draco e isso piora as coisas, fora que ela ja arrumou briga com o Francielle na grifinoria e se ela entrar em briga pode prejudicar o bebê, ela ta uma pilha de nervos, hormônios demais.

- Vou me trancar no quarto.

- Não, quero que você venha comigo, preciso fazer uma coisa.

- Exorcizar ela?

- Fica assim quando chega perto dela, que você  vai precisar ir pra emfermaria.

Não sei pra que Hermione precisava de mim. Entramos no quarto e a weasley estava atacando uma Barra de chocolate e pelos papéis espalhados àquela não foi a única.

- Chocolate aumenta o número de hormônios,sabia? - falei

- Problema dos hormônios.  - Ela respondeu ranzinza. 

- Gina vem cá. - ela se levantou do colchão que estava no chão e veio até nos.

- O que foi?

- aut non gerating? - Hermione balançou a varinha e um feitiço prateado saiu da mesma, rodeou a barriga de Weasley e ficou azul metálico.

- É Gina você ta mesmo gravida.

- GRANGER EU DISSE QUE QUERIA SABER DEPOIS DO JOGO.

- QUE DROGA! SABER MAIS O QUE?? TA NA CARA QUE TU TA GRÁVIDA.

- PARA DE GRITAR AS DUAS.

Minha presença ali era totalmente desnecessária.

Gina começou a derramar lágrimas silenciosas (O que é um milagre) e a acariciar sua barriga.

- Eu vou ser mãe.

Ai meu Deus, alguém me tira dali.

Hermione me soltou e a abraçou.

- Parabéns Gina. Tudo de bom pra você e pro bebê.

- Obrigado Mione.

Hermione me olhou como quem diz "fala alguma coisa se não te mato ".

- Parabéns Weasley fêmea.

- Obrigado doninha.

- Posso ir agora Hermione? Aliás porque eu tive que vir?

- Fiquei com medo de Gina me matar.

- Ok, eu já vou.

Fui até meu quarto, e quando ia deitar, Hermione, abriu a porta.

- O que foi?

- Eu te chamei la para você ver como é quando uma mulher descobre que está grávida. Já que você provavelmente não vai me ver quando acontecer.

- O que é uma pena.

- O que achou?

- É diferente, sei la. Foi bonito.

- É.

- Você a deixou sozinha?

- Ela apagou Draco, me abraçou, deitou e depois pegou no sono.

- Estranho.

- Gravidez.

- Beleza.

- Bom até amanhã.

- A gente não...

- Não acho legal fazer isso com ela aqui.

- Ta ne. - Eu lhe dei um longo beijo.

- Até amanhã.

E ela se foi.

Será que Hermione também ficaria assim quando descobrisse que estava grávida? Não sei. Ela com certeza choraria.

Filhos.

Espero que Maike não de pra traz, a Weasley mais que nunca precisava dele.


Notas Finais


🚨🚨GENTEEEEE🚨🚨
Vocês me tiram uma dúvida?
Qual seu personagem favorito? E o qual você mais odeia?
🚨🚨🚨NÃO ME DEIXEM NO VÁCUO POR FAVOR. 🚨🚨🚨
Obrigado desde já.
{Mal feito, feito}


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...