História Dream and nightmare - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Akatsuki no Yona (The girl standing in the blush of dawn)
Personagens Personagens Originais
Tags Akatsuki No Yona, Saga, Shoujo
Exibições 7
Palavras 832
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Harem, Luta, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem!

Capítulo 6 - Melancolia


Fanfic / Fanfiction Dream and nightmare - Capítulo 6 - Melancolia

-Pronto?

Perguntou Shin, lançando um olhar completamente assassino na direção de seu oponente. Touma engoliu em seco,pois ele sabia que,aqueles dois podiam destruir a floresta,se lutassem.

Este levantou a mão, e disse:

-Por favor..não é hora para vocês lutarem..Já não basta tudo o que aconteceu?!

Fukase se apressou em se desculpar:

-Perdoe-me, meu príncipe, eu..

-Fukase, Shin..eu não sou mais o príncipe, a partir do momento em que o trono do meu pai foi usurpado. Eu..quero viver e proteger a minha irmã, e assim, um dia,recuperar o que nos foi roubado. Mas,por hora,me chamem apenas pelo meu nome. Agora..o que nós vamos fazer?

Shin se sentou e disse, afiando sua longa espada prateada:

-Devíamos procurar por aliados. Eu acho que esse golpe foi apoiado por uma boa parte da população, então, acho que Devíamos procurar por pessoas que possam nos ajudar a reaver o trono de vocês.

-Aliados? E onde vamos procurar?

-Hum..talvez,nos clãs ancestrais..

-Clãs ancestrais? O que é isso?

-Hum..como eu posso explicar? Eles são as famílias que ajudaram a fundar Kouka,e também fazem parte das famílias nobres do reino. Geralmente, uma boa parte do exército vêm dessas famílias.

-Entendo. Quando iremos procura-los?

-Não se preocupe, prin..Touma,apenas descanse. Teremos um longo dia, amanhã.

-Mas...

-Descanse,ou Misaki ficará preocupada com você. É melhor descansar, hoje foi um dia bastante...

-Eu sei..Mas,eu não vou conseguir descansar.

-Pelo menos,tente,por favor.

Touma respirou fundo, e se sentou ao lado de sua irmã, a apoiando em seu braço direito. Ele olhou para o céu estrelado, acima deles, e sorriu:

-Descansem em paz, mãe, pai, Mako e Akane. Perdoem-me,por não ter conseguido ajuda-los, mas eu prometo que vou proteger Misaki, e me tornar forte o suficiente para proteger o reino. Muito obrigado por tudo.

Ele se recostou na árvore, e depois de algum tempo,caiu no sono. 

Shin se voltou para Fukase e disse:

-E então? O que quer com a princesa?

-O que?

-Vamos,não se faça de idiota..você era o único,naquela cerimônia, que parecia feliz com o casamento..

-Isso é hora para você discutir isso?! Você tem noção do que acabou de acontecer no castelo?! O reino foi usurpado! Uma boa parte da família real foi morta, e nós, estamos correndo perigo!

-Eu sei muito bem,sobre o acabou de acontecer. Mas,eu..eu quero esquecer do que vi, e apenas me concentrar em proteger a minha princesa.

-"Sua" princesa? 

-...Fukase..?

Disse Misaki, que havia acabado de acordar. A mesma estava com os olhos roxos,pelas lágrimas que havia derramado, e seu rosto,que antes era cheio de vida, estava pálido, quase tanto quanto de um vampiro.

Esta esfregou os olhos, antes de ser atingida por um abraço de urso do rapaz:

-Princesa! Graças aos céus!

-Graças aos céus?..eu vi minha família ser morta.

Disse a garota, com uma melancolia evidente em sua voz. Shin percebeu e foi até ela. Era estranho para o rapaz,ve-la daquela forma, já que,sempre a via como uma garota Alegre,que entrava em suas brincadeiras, e tinha uma expressão cheia de vida.

"Minha princesa..eu quero ver seu sorriso de novo.."

-Shin..o que vamos fazer? Eu..não sei mais o que fazer...o mundo que eu queria conhecer..não queria que fosse dessa forma...eu estou com medo..

Disse ela,dirigindo seus enormes olhos verdes e tristes na direção do rapaz, que respondeu,tentando mostrar o melhor sorriso falso que tinha:

-Vai ficar tudo bem..Logo, vocês estarão no castelo,e tudo não passará de..

Ele não sabia como responder. Pensou em "um sonho ruim",mas aquilo era real, e tudo aquilo não iria se apagar de suas memórias. Isso fez com que começasse a derramar algumas lágrimas bastante discretas, e com que fizesse algo inesperado:

Shin a abraçou, e disse:

-Minha princesa..por favor,me perdoe! Eu..não pude impedir isso tudo,mas..eu..

-Shin..Você fez o que podia,você não é um ser invencível. Eu não tenho raiva de você, tenho raiva de Kai, aquele traidor...Eu..gostaria que você me dissesse que tudo é um pesadelo..um daqueles em que se acorda no meio da noite,sabe? Assim,eu acordaria de manhã, e lhe encontraria na porta do meu quarto, com as brincadeiras de sempre. Encontraria minha família na sala de jantar, e ouviria aquele silêncio que eu tanto vou sentir falta. Veria Aiko, que estava sempre comigo..Eu não queria casar, queria ser livre. .mas,eu trocaria minha liberdade, para ve-los vivos..A aparência impecável da minha mãe...o olhar um tanto duro do meu pai..a perfeição em tudo o que fazia,de Akane..e os treinos incessantes de Mako..Tudo está indo pelo ralo..eu não tenho mais nada..

Shin suspirou e segurou o rosto da princesa:

-Misaki! Você..não pode dizer isso! Você ainda tem Touma! E também, a mim! Nós não vamos deixar você sozinha..eu sei muito bem como se sente..Sabe porque eu estou aqui? Não, não é porque era meu trabalho...eu quero ver você ter seu trono de volta..ver todas aquelas pessoas que lhe chamaram de "fraca" , lhe vejam forte. Só deixe que eu lhe proteja,por favor.

Misaki olhou para os olhos extremamente azuis do rapaz, e disse:

-Shin..

-Desculpe interrompe-los,mas nós temos que sair daqui. Não vai demorar muito tempo para que nos achem nessa floresta,se continuarmos aqui.

Disse Fukase, claramente incomodado. E sua afirmação estava certa.

Enquanto isso,no castelo de Kouka...

-Perdoe-me,meu rei,mas eles fugiram..

-Fugiram? Impressionante, tenho que admitir. Mas,eles não vão sobreviver por muito tempo, eu faço questão de mata-los..pessoalmente..Ah,mas não esqueça..deixe Misaki..viva.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...