História Dream Girl - Imagine K-Pop - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias 24K, 2PM, ASTRO, B.A.P, B.I.G (Boys In Groove), B1A4, Bangtan Boys (BTS), BEAST (B2ST), Big Bang, Block B, BtoB, CNBlue, EXO, F.CUZ, F.T. Island, Got7, High4, IKON, IMFACT, Jay Park, NCT 127, NCT U, ROMEO, SHINee, Super Junior, UNIQ, VIXX, WINNER
Personagens B.I, Baekhyun, BamBam, Baro, B-Bomb, ByungHo, Chansung, Chanwoo, Chen, Cho Kyuhyun, Choi Min-hwan, Choi Siwon, Cory, D.O, Daegun, Daehyun, D-Lite (Daesung), Doyoung, Eunkwang, Eunwoo, Gongchan, Haechan, Han Geng, Heechul, Himchan, Hyuk, Hyunkyung, Ilhoon, Jackson, Jaehyun, Jay Park, Jeup, J-Hoon, Jimin, Jin, Jinhwan, Jinjin, Jinon, Jinwoo, Jinyoung, Jonghyun Kim, JR, Jung Yong Hwa, Junho, Junhoe, Junsu, Kan, Kang Min Hyuk, Ken, KiBum "Key" Kim, Kim Jongwoon, Kim Kibum, Kim Ryeowook, Kim Youngwoon, Kris Wu, Kwon Kwang-jin, Kyung, Lee Donghae, Lee Hyukjae "Eunhyuk", Lee Jong Hyun, Lee Seunghoon, Li Wen Han, Lu Han, Mark, Minhyuk, Minpyo, Minsung, Myunghan, Nichkhun, Personagens Originais, Raehyun, Ravi, Sanha
Tags Imagine, Kpop
Exibições 256
Palavras 2.264
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Se tiver qualquer erro, me desculpem. Eu reli, mas mesmo assim né vai que deixa algum passa. Boa leitura

Capítulo 5 - • Imagine Sunggyu (+18)


Fanfic / Fanfiction Dream Girl - Imagine K-Pop - Capítulo 5 - • Imagine Sunggyu (+18)

    Hoje é meu aniversário de 18 anos e resolvi acorda cedo pra fazer todos os preparo. Mas antes tinha que ir pro colégio já que hoje ainda era sexta, sim poderia fazer meu aniversário amanhã porém é 18 anos eu queria que fosse no dia.
   Levando da cama e vou fazer minha limpeza matinal, saiu do banheiro me seco e coloco a roupa do colégio, ajusto a saia e me olho no espelho e acho que preciso compra uma saia nova essa está ficando curta até demais ou será que estou criando mais corpo?... Enfim, vou descer pra toma meu café logo e sair pro colégio.
   Ao chegar na cozinha me assusto com minha mãe gritando "surpresa"..

    - SURPRESA!! Parabéns filhinha -diz trazendo até mim um bolinho

    - Omma! Quer me deseja parabéns ou mata de susto -digo fazendo um gesto fofo de raiva

    - Perdão filhinha -diz e leva o bolo com a vela já acesa pra eu apaga

     - Tá bem -digo e assobro a vela e dou um abraço nela

      Me despido da minha mãe e vou caminho ao colégio, ela disse que poderia falta mas quis ir além do mais era meu aniversário e digamos que eu gostasse um pouco de atenção.
     A caminho do colégio sempre paro na casa de Sunggyu, ele é meu melhor amigo desde que vim mora aqui na Coréia ele já me ajudou bastante.
    Toco a campanhia e espero um pouco, logo ele vem

    - Oppa -digo com uma expressão feliz

    - Bom dia ________  - diz sorrindo

    - Só tem isso a me disse?   -digo já ficando um pouco triste

    - Não, a gente vai se atrasar pro colégio. Vamos   -diz já indo andando

    - AH OPPA   -digo com raiva e ele rir

    - Estou brincando sua boba. Eu sei que é seu aniversário, parabéns   -diz pegando meu rosto com suas mãos e beijando minha testa

   - Obrigada   -digo sorrindo tímida e a gente começa anda em direção ao colégio e conversando

   - Agora você fez 18 tem que tomar cuidado com os garotos do colégio   -ele diz e analisa minha roupa-   E eu acho que essa saia já está bem pequena em você

   - Eu vou comprar outra, mas que que tem os garotos dar em cima de mim? Ciúmes?   -digo brincando

   - Sim, é ciúmes sim, então trate de comprar uma saia nova ou eu compro -ele diz e anda mais rápido me deixando

     Acho que ele realmente não gosto do que eu disse.

                        ● Sunggyu PV

    Não gosto que ela fale sobre os caras, mas também não gosto de tratá-la mal então paro para espera ela chega ao meu lado.
    Estamos um do lado do outro uma esquina do colégio, que encontrasse na nossa frente. Eu me viro pra olha em seu rosto e chego bem próximo a ele
 
   - Oppa?   -ela diz envergonhada

   - Não diga mais aquilo, tá bom? Eu tenho ciúmes   -digo e me surpreendo com minha atitude

   - OK,  agora deixa eu respirar   -ela diz e eu me afasto bagunçando seu cabelo

     Nós chegamos no colégio e ela é recebida com vários abraços amigável das amigas, mas um desses abraços não me agradar, MyungHan, não gosto muito da interação da _________ com ele, já que uma vez ele me disse que tiraria ela de mim, e digamos que eu goste dela mais que amizade, mas esse não seria o caso, ele me provocou.

     A gente foi pra sala e nesse meio tempo não vi a _________ já que eu era um ano a mais que ela, sim ela é atrasada no colégio. Quero tomar conta dela esse ano já que ano que vem não estarei com ela.
     No intervalo a gente se encontra pra comer juntos, e felizmente as amigas dela está ocupada na biblioteca então ficamos sozinhos no intervalo

     - Quando a saímos, vamos comigo no mercado? Preciso comprar umas coisas   -ela diz

     - Claro   -digo sorrindo

                  《 Quebra Tempo 》

    Depois do mercado fui pra casa. A ________ deve está preparando as coisa pra sua mini festinha, então resolvo não liga e nem manda msg.
     Fui fazer minhas coisas, querendo que a hora passasse rápido e parece que ia mais devagar. Queria ver logo a _________ acho que a gente passa tanto tempo juntos, que me incomoda ficar muito sem ela por perto me perturbando. Eu não sei ao certo meus sentimentos por ela, mas quando a gente era mais novos eu me lembro de falar a ela que quando a gente crescesse eu iria namorar com ela.
     Estava focado em meus pensamentos, quando o telefone toca e eu caiu da cama num susto. Era a ___________

    - Alô?!    -ela diz esperando minha resposta

    - Que foi?    -respondo

    - Aish é assim que você me responde   -ela diz com raiva

    - Oi meu amor    -digo e logo ambos rir

    - Um pouco melhor, Enfim já viu a hora? Estou esperando você aqui    -ela logo fala um pouco mais alto e nisso olho o relógio

    - Quando foi que essa hora passou tão rápido !!!   -digo assustado-   Já vou ir

   - Tudo bem, não demora, annyeong -ela desliga

      Realmente pensei demais e não vi a hora passa, então fui fazer minha limpeza rápida, mas antes avisei minha mãe pra gente ir logo
     Terminado de se arrumar, espero minha mãe próximo ao carro dela pra gente sair.

     Chego lá e toco a campanhia, logo a mesma abre e me abraçar forte, eu amava aquele abraço.
      Tocava umas músicas e a __________ se animava dançando e me chamava pra dança junto, mas começou toca uma música mais sensual e eu não conseguia tira o olho dela rebolando e sensualizando.
      
                       ● Sunggyu PV Off

                           ● S/N ON

    Escuto a campanhia tocar e corro pra atender, e assim que percebo que é o Sunggyu o abraço e ele me devolver mais forte.
    Estava tocando várias músicas e eu quero dança, então chamo Sunggyu pra dançar comigo, até toca uma música mais sensual e ele para pra me olha e eu percebo isso porém continuo. Eu gostava da sensação do olhar dele.

   A festa estava por acaba, mas antes de acaba algumas pessoas ficam por si conversando e bebendo, minha mãe a mãe de Sunggyu e mais outros amigos do grupo de adultos. Como Sunggyu havia dito que esqueceu meu presente resolvemos ir em sua casa busca, o caminho não era longe então andamos até lá mesmo, mas claro avisei minha mãe antes

  - Omma eu irei na casa do Sunggyu busca meu presente, em questão de minuto eu volto -disse, esperando que não se preocupe pela hora

  - Tudo bem minha filha, mas hoje você se tornou de maior então juízo -diz, passando a mão em meu cabelo e olhando pro Sunggyu

   - Tá bem -digo dando um beijo nela e saindo

   
     Nós fomos andando pela rua e conversando um pouco até chega sua casa. Ele pegou a chave no bolso e abriu a porta dando espaço pra eu passa.
     Não é a primeira vez que fico sozinho com ele, mas porque hoje parece ser tão mais tenso?

    - Quer beber algum coisa? -Ele diz, e parece que está sentindo a mesma tensão que eu

   - Não obrigada -digo, não estou com sede mesmo

  - OK, ahn... Vamos subir, eu deixei no quarto -Ele diz, com um tom meu tímido

     Eu o sigo subindo as escadas até deu quarto. Ele abre a porta e a gente entra, eu já era acostumada então entro e sento na cama, ele vai no guarda-roupa e pega um caixinha entregando em minha mão

    - Pode abrir, o que tem dentro é mais bonito -ele diz, já que eu fiquei só admirando a caixa

   - É lindo, muito lindo mesmo -digo, tirando da caixa um cordão com uma pedra com pequenos cristal em forma da coração

   - Bem, minha omma ajudo a comprar -ele diz roçando o cabelo

   - Eu adorei, obrigado. Pode me ajuda a colocar -Digo segurando o cordão em sua frente

   - Claro -Diz, pegando e indo atrás de mim

    Ele ajeita o cordão e eu puxo meus cabelos pro lado tirando das costas ajudando a ele colocar, mas sinto que ele me analisa por trás. Ele coloca o cordão..

   - Fico lindo -Digo, olhando pro cordão já que ele ainda está atrás de mim

   - Concordo e ainda mais bonito em você -Diz,

     Ele começa fazer massagem em meus ombros me fazendo relaxa um pouco

   - Está preocupada com alguma coisa -Diz, sem tirar a mão de meus ombros

   - Na..não -Digo, e não creio que gaguejei

   - Você está tensa, talvez seja por estamos sozinhos -Diz, apertando meus ombros e pasando para meus braços descendo

   - Sunggyu ? -Digo, não como forma de pergunta algo, mas porque a essa hora do campeonato eu e ele já sabíamos não que podia dar se eu permitisse

   - Você confia em mim? -Ele diz, me abraçando e susurrando em meu ouvido, continua   - Prometo que eu não vou passa do seus limites

   - Se minha primeira vez for pra ser com alguém, que seja com você -Digo, já de frente pra ele para que possa ver meu rosto, mesmo eu ficando vermelha de vergonha

    Ele sorri, passa a mão em minha nuca e trás meus lábios aos seus, um beijo protetor e cheio de amor.
    Ele vai passando a mão por trás do meu vestido e abrindo o zíper enquanto nós beijamos sem nos separar. Quando terminar de  abrir, vai tirando devagar a alça dos meus ombros até meu vestido cai, e então ele separa nossos lábios e me olha por um tempo

   - Não me olha assim, vou ficar com vergonha -Digo e ele só rir de lado

      Ele pega na minha cintura e me leva até a cama e sento, ele vem subindo em mim me fazendo deita, ele mesmo tira sua blusa e fica em cima de mim com uma certa distância para que eu possa ver seus músculos, então ele pega minha mão e faz com que eu alise todo seu corpo e volta a me beija.
     Resolvo ser mais ativa e fazer as coisas ir mais rápido, então levo minha mãos a sua calça jeans desabotuando e tirando-a junto com a cueca com ajude dele que também decidi ir mais depressa.
     Fico massageando seu membro, ele tira meu sutiã e chupa de uma maneira desejada enquanto sua mão acarecia minha intimidade, me fazendo contorce um pouco, estou ficando toda molha, eu paro antes que ele goze, ele abre minhas pernas e se ajeita entre elas

    - Se doe me avisa, eu paro sem nenhum problema -ele diz passando a mão em meu rosto e só concordo com a cabeça.

     Ele começa encaixa seu membro em minha intimidade e eu sinto uma pequena dor, que me faz aperta seus braços e ele começa tirar

    - Não, continua oppa -digo, e ele rir

   - Seu pedido é uma ordem

    Ele penetra tudo e faz movimentos devagar até eu me acostumar e a dor passe.
    Já estava com um certo costume e queria comanda agora, então empurrei ele pro lado e subi em cima dele, ele já sabia o que eu queria me ajudou a encaixa o seu membro na minha intimidade e eu fiquei pulando em cima do seu membro

   - aaaaaaah~ oppa -digo e ambos se olhava

   - aaaar~ continua vai -diz com muita tesão

     Depois de mais algumas estocadas rápidas a gente chegou ao ápice e caiu ao lado dele. Ele se vira para mim e passa mão no meu rosto tirando cabelo que colou pelo suo ali

    - Prometo te proteger sempre -diz me dando um beijo na testa e eu o abraço

       A gente resolve toma um banho, coloca a roupa e volta pra minha casa. Só que porém, descendo as escadas a gente dá de cara com a mãe dele entrando

    - Olha crianças, como foi lá em cima? -ela diz, e fica com vontade de rir      - Usaram camisinha né

    - Claro omma -ele diz, e rir baixo

   Será que nenhum dos dois percebeu que estou morrendo de vergonha, então dou uma cotovelada em seu braço e ele bagunça meu cabelo num gesto fofo

   - _________. Sua mãe falou pra você dormi por aqui mesmo, algum problema? -Ela diz esperando minha resposta

    - Oh não tudo bem -digo e sinto o Sunggyu me olhar feliz

     - Acho que teremos uma noite longa hoje -ele diz e rir

      Ele rir e dá em beijo em minha boca na frente de sua mãe e subindo correndo as escadas, me fazendo correr atrás com raiva por me deixa com mais vergonha ainda. Mas ele para de correr e me agarra e me abraçar sussurrando em meu ouvido:

    - Obrigada por confiar em mim -diz,

    - Obrigada por fazer de hoje um dia inesquecível -digo,

     Então separa o abraço e meu beija e voltamos pro quarto e realmente aquela noite foi longa.


Notas Finais


Obrigada por ler.
A demora de eu posta os imagines, é a escola, então eu escrevo a parcelas rs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...