História Dream - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Mamamoo
Personagens Hwasa, Moonbyul, Personagens Originais, Solar, Wheein
Tags Coréia, Gay, Girlxgirl, Hwasa, Hyejin, Korean, Kpop, Lésbica, Mamamoo, Moonbyul, Moonstar, Moonsun, Romance, Solar, Wheein, Yongsun
Visualizações 159
Palavras 633
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Romance e Novela, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura! ☀

Capítulo 9 - 🌙 09 🌙


— Cante para mim, Moonstar, vamos, por favor — pediu Yongsun.

— Agora não dá, Yongsun — disse a pequena.

Yongsun tentou demonstrar que não havia se afetado com a garota á chamando pelo seu verdadeiro nome.

Depois do que havia acontecido, Yongsun ficou nervosa e magoada mas não demonstrou, e Moonbyul se desculpou, disse que realmente estava brava.

Yongsun apenas deixou para lá, Moonbyul era sua melhor amiga e ela não podia se imaginar sem ela.

— Então… vamos á minha casa — convidou.

— Não dá, Yongsun, tenho médico hoje — disse, indo em direção á sala.

— Mas, Moonstar… — a seguiu.

— Já disse que não dá, Yongsun — parou e olhou para a mais velha — e por favor, me chame de Moonbyul, ok? — disse por fim.

— Ok… — Yongsun se segurou para não desabar em lágrimas ali mesmo.

— Pensando longe? — perguntou.

Yongsun primeiro levou um susto, logo depois olhando para o lado, vendo Moonbyul com os olhos grudados nela.

— O que está fazendo aqui? — perguntou Yongsun, se posicionando melhor na cadeira da sorveteria, e colocando mais uma colherada de sorvete de chocolate na boca.

— Nada, eu só… só estava passando e vi um sol por aqui — sorriu, deixando suas covinhas a mostra.

Yongsun revirou os olhos, ainda sem olhar para a garota.

— Vamos lá Yongsun, se anime — pediu, enquanto andava rapidamente até a garota magoada que ia embora.

— Estou animada — mentiu.

— Não está não, eu te conheço — disse, quando viram já estavam fora da escola. — você sempre se anima na hora de ir embora.

— Ah eu só… não estou no clima — falou.

— Ah garota… — olhou em volta, e algo chamou sua atenção, pegou no pulso de Yongsun e a puxou. — Vamos!

— Espera! Moonbyul, para onde vamos? — resmungou a mais velha, se deixando levar.

— Eu sei oque vai fazer você se animar — disse, agora a soltando, na frente do carrinho de sorvete.

— Sorvete? Ahh Moonbyul não temos tempo para isso, vamos esperar nossos pais, e eu também não tenho dinheiro — disse Yongsun.

— Eu pago, bobinha — disse Moonbyul, depois se virando para o sorveteiro. — Um de chocolate, por favor.

Yongsun sorriu ao ver o quanto a mais nova sabia sobre ela, era seu sabor preferido.

Quando o vendedor terminou, entregou a Moonbyul e ela, entregou o dinheiro.

— Aqui está, seu sorvete de chocolate — disse ela, entregando o potinho á Yongsun.

A mais velha pegou, mas ainda olhando para Moonbyul.

— Parece que alguém está feliz — disse a pequena Moonbyul.

— Obrigada.

— Que isso. — passou seu dedo pelo sorvete, — Eu adoro te ver feliz — passou no nariz de Yongsun, a fazendo rir, agora, com o nariz sujo de chocolate.

Moonbyul olhou rapidamente para a mesa, vendo o pote com sorvete de chocolate.

— O que quer aqui Moonbyul? — perguntou irritada.

— Para que a chateação, Yongsun? — passou o dedo pelo seu sorvete — Anime-se — disse, por fim, tocou o nariz de Yongsun, deixando sujo de chocolate.

Em seguida, se retirou, voltando á passear, sem olhar para trás.

Yongsun ficou parada, com os olhos fechados, e respirando fundo.

Quando abriu os olhos viu tudo embaçado, e rapidamente passou a mão pelo nariz, o limpando.

Quando piscou, sentiu lágrimas descerem, e rapidamente saiu dali, deixando o sorvete sobre a mesa.

O clima e Moonbyul nunca poderiam ser tão parecidos.

Uma hora ela pode estar mais radiante que o sol.

E outra ela pode estar mais fria que ventania e chuva fortes.

— Que dia pode ir lá em casa, Moonbyul? — perguntou Yongsun, com o sorvete em mãos.

— Não sei, depois veremos, Yongsun. — disse, apressada para ir embora, seus pais já esperavam.

— Bom então posso ir na sua casa…

— Yongsun, não! — disse duramente.

A garota ficou sem palavras, por que tinha sido tão dura de repente?

— Tchau — falou, em seguida indo embora.


Notas Finais


Olar

Bom, espero que estejam gostando da fic, e da história, continuem acompanhando (não me deixem).

Quero ver se alguém tenha alguma ideia do que aconteceu, então se tiver, comente, eu amo os comentários.

Enfim, obrigada por lerem, até a próxima, beijos ❤☀🌙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...