História Dream of Me - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Backstreet Boys
Personagens AJ MacLean, Brian Littrell, Howie D, Kevin Richardson, Nick Carter, Personagens Originais
Tags Backstreet Boys, Romance
Exibições 38
Palavras 1.551
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olha eu aqui de novo!!
Obrigada a todos que estão acompanhando. Espero que gostem do capítulo!
Beijoooos

Capítulo 16 - Begin Again


Mel

Depois do ocorrido, a festa rolou por algumas horas. No começo foi meio estranho, mas com o tempo as pessoas foram relaxando mais e curtindo a festa. Resolvi que era uma boa deixar o Nick curtir mais com os irmãos, ele estava tão tenso com a vinda deles, eu não tentaria roubar a atenção pra mim. Rosie ainda dançava com Alex, que tentava afastá-la de Dan sempre que possível. Jessie e Dan ainda estavam juntos, mas apenas conversavam em um canto. Nada fora do comum, eu teria que me esforçar mais um pouco, mas não hoje. Eu estava exausta e estava sobrando.

Eu subi, fui pro meu quarto e entrei direto no banheiro. Eu precisava de um banho, um banho bom o suficiente pra lavar a alma e me deixar relaxada, e foi isso que eu fiz.

Me sequei e vesti meu pijama, prendi meu cabelo e terminei de limpar a maquiagem do meu rosto. Saí do banheiro e levei o susto da noite.

-Caramba, nem ouvi você entrando, Nick – eu disse com a mão no peito, mas rindo em seguida

-Desculpa se eu te assustei – ele disse com um sorriso. Ele fitava as unhas das mãos, parecia cansado, desgastado.

-Tudo bem.. – eu disse – Você ta bem?

-Só um pouquinho cansado, a Lara acaba comigo – ele disse levantando a cabeça. Quando ele me viu, me olhou da cabeça aos pés, lentamente, como se não pudesse deixar passar nenhum detalhe. Senti minhas bochechas queimarem na hora, era como se eu tivesse completamente nua na frente dele. Ele riu e estendeu uma das mãos pra mim.

-Vem cá… – ele disse e eu peguei a mão dele. Ele estava sentado no meio da minha cama, encostado na cabeceira, ele me puxou pra perto e eu me sentei entre as pernas dele, e então ele me abraçou – Não precisa ter vergonha de nada, você é linda. – ele sussurrou no meu ouvido, com aquela voz rouca que deixava qualquer um louco, e um arrepio correu pelo meu corpo, como uma onda elétrica. Me soltei do abraço e sentei de frente pra ele com as pernas cruzadas.

-Você me faz sentir como eu nunca me senti antes – eu disse olhando pra ele

-Então estamos quites – ele disse e depois riu como se não acreditasse que um dia ele diria aquilo – É impressionante.

-Sim.. – eu disse – Eu não consigo explicar.

-É, bem assim mesmo. – ele sorriu de novo. Ele chegou um pouco mais pra frente e me deu um selinho demorado que me fez sorrir. Eu ajoelhei na cama e me aproximei dele que ainda estava sentado. Segurei o rosto dele e comecei a beijá-lo. Ele pôs as mãos na minha cintura, me puxando pra mais perto dele. Sentei em seu colo, aproximando ainda mais os nossos corpos. O beijo ficava cada vez mais intenso, as mãos de Nick percorriam pelas minhas costas, por debaixo da minha blusa.

Comecei a distribuir beijos em seu ombro, até chegar à orelha dele e dando uma mordida leve, por puro instinto. Nick enlaçou seus dedos por dentro dos meus cabelos e deu uma puxada leve.

-Mel… – ele disse, dando um beijo no meu queixo – O que você tá fazendo comigo?

-Eu que te pergunto… – falei voltando a beijá-lo

 Tudo estava acontecendo bem devagar, com bastante calma e tava tudo tão bom, mas eu sabia que não conseguiria ir muito além daquilo. Saí de cima dele e sentei-me ao seu lado.

 

-Aconteceu alguma coisa? – ele perguntou um pouco confuso

-Não acho que esse seja o momento certo pra mim – confessei e ele deu um suspiro

-Não precisa se preocupar com isso – ele falou acariciando minha bochecha – Eu entendo.

-Sério? – perguntei olhando pra ele – Conheço sua fama, Nick.

-Tô ciente disso – ele riu – Eu quero fazer certo com você.

-Obrigada – sorri e dei um beijo rápido nele – Como você está se sentindo diante de toda essa situação?

-Cansado – ele respondeu com um suspiro – E extremamente aliviado também.

-Fico feliz por você finalmente ter se livrado da Lara… – falei sorrindo

-Nem fala! Tenho muito a agradecer a Susan – ele riu e eu também – E então… Como nós ficamos?

-Eu não sei, Nick… Eu gosto muito de você e me sinto completamente diferente quando estamos juntos, é algo muito bom, mas eu acho que deveríamos dar um passo de cada vez e com calma – respondi enquanto ele me olhava

-Eu também acho… Não iremos a lugar algum mesmo – ele falou e eu ri

 

No dia seguinte…

 

-Bem, meninas, esse é o último trabalho do ano! – Angel falou enquanto nos preparamos para as fotos – Tudo tem que estar perfeito!

-Você já disse isso umas trinta vezes, Angel – eu falei e ela riu

-É bom pra fixar, cunhadinha – ela falou com um sorriso e eu ri dando língua pra ela.

-Uau! – Jessie falou observando o rapaz que tinha acabado de entrar na sala. Ele olhou pra nós logo que entrou na sala, mas logo direcionou sua atenção para o responsável pelo ensaio. Era um homem bem bonito. Alto, cabelos escuros, olhos azuis e o físico também não era nada mal.

-Lá vai a cheia de fogo – eu falei e ela empurrou meu braço, rindo.

-Ah, pelo amor de Deus. Independente de você ter algo com o Nick, só se nega a beleza desse cara, sendo cega! – Jessie falou e Angel deu uma risada

-Estou de acordo – Angel riu e eu também

-Não tô negando nada, só tô dizendo que você é cheia de fogo! – eu justifiquei enquanto ria.

-Jessie? – ouvimos o fotógrafo chamar

-Tô pronta! – ela respondeu levantando-se e indo até ele. Angel foi com ela e eu fiquei terminando de me maquiar.

-Não sei como vocês conseguem – ouvi alguém dizer ao meu lado.

-Aguentam o que? – perguntei olhando na direção de onde vinha a voz. Pra minha surpresa, era o cara que havia entrado há pouco.

-Fotos, caras e bocas, o dia inteiro… – ele respondeu e realmente parecia não entender a lógica de tudo aquilo. Quem poderia culpá-lo? Eu também não via muito sentido – Me desculpe, não quis ofender…

-Não ofendeu, também não vejo muito sentido – respondi honestamente e ele sorriu

-Eu me chamo Nathan – ele estendeu a mão pra mim

-Eu me chamo Mel – eu falei apertando a mão que ele ofereceu – Vai participar das fotos?

-Não, mas eu tenho amigos em comum com o organizador e me chamaram pra ajudar no que precisasse.. – ele respondeu – Você, pelo visto, é uma das modelos.

-Agora que você falou alto, isso soa como uma piada ridícula – eu falei rindo

-Mel! – ouvi o fotógrafo chamar o meu nome

-Bem, foi bom te conhecer, Nathan. A gente se esbarra por aí – falei sorrindo e fui até o fotógrafo. O ensaio foi simples, mas longo. O fotógrafo estava bem exigente com a posição de cada um, das luzes e etc. Tiramos algumas fotos individuais e outras em grupo e depois de tudo terminado, eu e Jessie fomos nos trocar.

-Eu vi você falando com o bonitão – ela falou com um ar malicioso que me fez rir. Confesso que estou surpresa por ela ter demorado tanto a perguntar.

-Ai, você é horrível – eu falei e ela riu também – O nome dele é Nathan.

-O nome perfeito pro homem dos meus sonhos – ela falou com um ar sonhador

-Não. O nome perfeito pro homem dos seus sonhos é Daniel! – falei rindo e ela me deu língua.

-Meninas, estão prontas? – Angel apareceu na porta – Nick me chamou pra almoçar com vocês, aproveito e dou uma carona.

-Perfeito! – falei rindo. Jessie e eu terminamos de juntar nossas coisas e acompanhamos Angel até o estacionamento.

-Ah, droga! Eu deixei meu telefone lá em cima… Me esperem aqui e eu já volto! – ela falou dando meia volta e indo até o elevador.

-Eu vou com você, vai que eu tenho a agradável surpresa de encontrar aquele gato! – Jessie falou rindo

-Eu tô com preguiça de voltar lá, vou esperar aqui mesmo – falei e elas concordaram, saindo logo em seguida.

-Perdida? – ouvi a voz de Nathan atrás de mim

-Não – eu respondi com um sorriso – Estou esperando minhas amigas, elas esqueceram algo lá em cima e digamos que eu não tô com muita disposição pra voltar lá.

-Totalmente compreensível – ele riu

-Você tá indo pra onde? – perguntei sorrindo

-Eu ia te chamar pra tomar um café, mas quando vi você já tinha saído – ele falou pra mim

-Ah, sim… De qualquer maneira, hoje não dá.. Eu já tenho um compromisso marcado – respondi um pouco sem jeito e ele riu

-Namorado? – ele perguntou com uma careta

-Tipo isso… – eu respondi – Mas eu fico te devendo o café!

-Olha lá, hein! Eu sou bom em cobrar dívidas – ele brincou e eu ri

-Sem problemas, eu sou boa em pagar – falei e ele riu também

-Bom saber – ele falou com um olhar estranho

-Ah, lá vem elas. Pelo menos foi rápido – desviei do olhar dele e desconversei

-Então eu acho que é aqui que nos despedimos – ele sorriu, me deu dois beijos no rosto e foi embora.

-Novo amigo? – Angel perguntou observando Nathan

-Pois é, ele tá trabalhando aqui.. – respondi – Vamos logo, o Nick tá esperando a gente – falei pondo um fim nesse assunto e entrando no carro.

Espero ter entendido errado, depois de toda a loucura com a Lara, só me faltava aparecer um doido pra atrapalhar tudo.. 


Notas Finais


Espero que tenham gostado.
Desculpem pela demora </3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...