História Dreams and Secret School - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias B.A.P, Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, JR, Jungkook, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V, Youngjae, Youngjae, Yugyeom
Tags Bts, Colegial, Comedia, Romance
Exibições 11
Palavras 1.186
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Minha fic dos Bangtan espero que gostem.

Capítulo 1 - Capitulo 1


O dia mal começou e eu já esta indo trabalhar em pleno domingo mas não vem ao caso agora. Eu tenho 16 anos e trabalho nos fins de semana porque estudo durante a semana no internato de nome School Amethist, eu trabalho no Café “Mesa Para Dois” com mas 6 amigas e um chefe chato pra caramba.

Nesse momento eu estou no meio do caminho até o trabalho já são 9:00 horas da manhã e o café abre às 8:00 eu olho no relógio e percebo que estou muito atrasada, estou me atrasando por que eu tive que passar em uma boleria para encomendar o bolo da minha Amiga Anna que ta fazendo 17 anos hoje e eu quero fazer uma surpresa.

Cheguei na frente do café a porta era de vidro e dava para ver lá dentro, logo a visto Amanda e Sunny no caixa já com os uniformes, entro no café vejo Anna e Manu decorando os cafés para ser servido e Mari atendendo as mesas.

- Eii! Corre menina se o chefe te ver assim ele vai dar uma bronca.-fala Ally batendo em meu braço.

Corro até o vestiário para colocar meu uniforme sem que o chefe me veja, coloco ele o mais rápido possível, faço dois rabos de cavalo um para esquerda e outro para direita como maria chiquinha, saio correndo do vestiário e dou de cara com o chefe, um homem alto, forte, com olhos castanhos e pele morena.

- Atrasada novamente dona Anny?-ele cruza os braços.

- É que… Eu estava… -fico nervosa.

- Não quero desculpas dessa vez, vá logo trabalhar.-ele aponta para as mesas.

Sorriu para ele e vou em direção a Deh aperto a bunda dela e falo:

-Valeu amiga gostosa.- solto uma risada.

-Aiii! Que susto menina oxxi, de nada viu.

Pego as bandejas de bebida e comida corro para uma das mesas onde o cliente já estava estressado por conta da demora.

[…]

- Eii! Chama as meninas e vamos lá para dentro, mas não chama Anna.-sussurro no ouvido de Mari.

- Ta certo, mas é sobre a surpresa?

- Obvio né!-olho com cara de nada.

Vou para dentro do café onde os clientes não tem acesso e fico esperando as meninas.

-Chegamos bixa.-chega Amanda dando um tapa na minha bunda.

-Que audácia.-respondo com a mão na bunda.

- A gente deixou ela sozinha lá bixinha.-gala Ally.

- Ta agora fala como a gente vai fazer a surpresa.- fala Manu sentando na cadeira.

- Vê! quando estiver perto da gente largar do trabalho eu digo ao chefe que ele pode ir para a gente fechar tudo, daí quando ele ir embora eu dou um tempo e finjo que ele esta ligando e chamando Anna urgente em algum lugar que eu vou inventar, depois que ela sair a gente arruma tudo aqui mesmo e pronto.

Elas gostaram da ideia e prometeram fingir bem para ela não desconfiar até porque a gente ta fingindo que não lembra que é o aniversário dela, só estou preocupada com Amanda ela não consegue fingir bem mas confio nela.

[…]

O tempo passa voando e logo chega a hora da surpresa.

- Eiih Manu corre lá pra sala do chefe e fala com ele.-eu falo baixinho no ouvido dela.

Ela entra na sala demora uns segundos e sai fazendo um sinal de que deu certo.

- Meninas já que vocês vão fechar o café, eu já estou indo.-fala o chefe fechando a sua sala.

- Mas chefe eu não posso ficar porque hoje é meu…-Anna fala triste, mas é interrompida.

- Não quero saber vocês que decidiram, já estou indo, até amanhã.-ele sai.

- Mas chefe amanhã é segunda!-Ally avisa.

-Sim eu sei, já que vocês estão sem aula eu preciso que venham trabalhar amanhã.-ele fala já quase saindo.

- Mas…Eu…-Amanda tenta falar, mas ele a interrompe.

- Já sei oque você vai falar Amanda, sim eu vou dar um dinheiro extra.-ele fala indo embora.

- Ata! Se for assim então estarei aqui.-ela fala sorrindo.

Espero uns minutos e aviso as meninas que podem começar a atuação, Mari da um sinal de positivo e começa a fingir a falsa ligação do chefe.

- Alô! Chefe? Porque o senhor esta ligando? Ata tudo bem então eu aviso a ela, ta tchau. -ela desliga o celular.

-Quem era Mari.-pergunto ironizando.

- O chefe, ele quer falar urgente com a Anna tipo agora.-ela fala se direcionando a Anna.

- Comigo? Agora? Mas pra que?-ela fala sem entender.

- Não sei deve ser algo com o lucro do café, ele disse que esta esperando você na frente do… hospital Maria Cecília.-Mari fala desconfiada.

- Vai muier, para de perguntar e anda logo vai que é uma coisa importante.-fala Suh.

- Ta bom, já to indo já já eu volto.-ela sai correndo.

- IAE? Ela já foi?-pergunta Manu aparecendo na porta dos fundos.

- Já sim! Onde você tava?-pergunta Ally.

- Fui buscar o bolo para acelerar o processo.

- Poxa ela saio que eu nem vi.-Suh fala rindo.

-Vamos parar de conversar sobre coisas aleatórias e vamos nos mexer.-eu falo batendo palma.

Amanda começa a dançar e a andar para o lado e para o outro.

- Que porra tu ta fazendo?-Mari pergunta.

-Ela mandou a gente se mexer num foi? Então eu to me mexendo.-ela continua os movimentos.

- Vai Amanda eu deixo tu ficar dançando.-eu falo rindo.

Não tínhamos muito tempo então a gente se apressou até por que era uma coisa simples. Quando terminamos tudo já estávamos cansadas e deitamos no chão do café para descansar um pouco, e quando eu falo “um pouco” é pouco mesmo viu.

- Eii gente levanta que já vem ela.-Ally aparece nos avisando.

- Eita faltou cobrir a porta, corre Suellen.-Mari fala para Suh porque ela esta mas perto da porta.

Suellen cobre a porta de vidro com dois lençóis das mesas e corre para se esconder, e então SURPRESAAAA todas nos gritamos juntas.

Ela toma um susto que a faz chorar de alegria, todas a abraçamos em grupo fazendo ela sufocar.

- Não tem presente porque a festa em si é o nosso presente.-eu falo dando um abraço.

- Poxa, e eu pensando que vocês tinham esquecido.-ela fala enxugando as lágrimas.

-Essa é a graça meu amor.-Manu fala também abraçando ela.

-Ta bom né vamos deixar de chorar e comer!?-fala Mary.

- Parabéns Anna.-fala Ally.

- Parabéns gorda!-Amanda da um tapa na bunda de Anna.

- Obrigado meninas, amo vocês.-ela fala tentando não chorar.

[…]

- Tchau meninas valeu pela festa.-fala Anna dando um beijo em cada uma de nós.

- Espera Anna! eu e Manu vamos com você para pegar o mesmo ônibus, tchau meninas beijo.-fala Amanda.

- Tchau! Vamos Suh?-pergunta Mari.

- Se vocês forem eu vou com vocês.-Ally fala com os braços cruzados.

- Gente! Mas e Anny vai sozinha é?-pergunta Suellen.

- Não se preocupa Suh meu tio vem me buscar hoje, pode ir que eu fecho tudo aqui.-eu falo dando um tchauzinho.

- Ta bom então boa noite!-ela fala saindo.

-Tchau Amiga.-fala Mari me dando um beijo na bochecha.

-Tchau Anny!-fala Ally.

-Tchau meninas beijo.-respondo.

Fecho todo o café e fico esperando meu tio chegar, ele não demora muito mas quando chega eu percebo que esta bêbado então não decido puxar conversa.

Chego em casa e não tem ninguém, tinha esquecido que eles viajaram e eu estava sozinha, bebi um copo de água, tomei banho e fui dormir.

       (CONTINUA…)


Notas Finais


Obrigada por lerem e postarei em breve beijos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...