História Dressed in black - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Black Bird, Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Karin, Naruto Uzumaki, Sai, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha
Tags Colegial, Comedia, Drama, Fantasia, Hot, Naruhina, Naruto, Romance, Saino, Sasosaku, Sasusaku
Visualizações 63
Palavras 1.049
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Desculpa a demora mas como o prometido aqui esta mais um capitulo ^^
espero que gostem

Capítulo 11 - Um Acidente ?


Fanfic / Fanfiction Dressed in black - Capítulo 11 - Um Acidente ?

 

 

 

 

No dia seguinte acordei meio estranha sei la com um certo pressentimento de que alguma coisa ira acontecer,ainda com o cabelo,se é que posso chamar isso de cabelo porque parece mais uma vassoura,sabe quando ela já esta velha e os fios ficam pra tudo quanto e lado, penteie o cabelo em um rabo de cavalo vesti meu uniforme e desci para ir pra escola. 

 

 

 

-Bom dia.

-Bom dia filha.-Passei direto peguei uma maçã e fui em direção da porta.-Ei,espera ai mocinha,aonde você vai ?

-Pra escola ?

-Sem tomar café ? -Diz me perguntando o obvio 

-É eu estou com um pouco de pressa agora...

-Filha,volta come pelo menos alguma coisa.

-Ta,ta,ta mãe não precisa se preocupar.-Peguei minha mochila

-Sakura meu amor deixa eu ser mais clara,eu disse pra você tomar o café da manhã - Disse controlando a raiva,sim,mesmo que ela esteja gritando ela ainda não partiu pra agressão então ela esta se controlando,minha mãe não é fácil-Eu fui clara agora ?

-Nossa que incrível,a fome chegou

-É né

-Nossa estou morrendo de fome,o quê que tem pra café ?

-Figado com bolinho de arroz

-Figado ??

-É meu amor figado faz bem pra saúde

-A fome passou

-Eu acho que não -Diz pondo o prato na minha frente- Seu pai que mandou lhe dar isso,pra você ir pra escola "cheia de energia"

-Okay

 

 

 

 

 

 

Depois de comer aquilo,novamente pego minha bolsa e saio correndo antes que minha mãe invente de me trazer mais uma dessa iguaria,não que figado seja iguaria mas de manhã é bem estranho.

 

 

 

 

-Sakura!!!

-Bom dia Ino.- Caso eu tenha esquecido de avisar,Ino é minha vizinha.

-Você demorou hoje...já estava indo te chamar.

-Agora você regula meu horário ?

-Claro,você sendo assim tão certinha da até pra consertar o relógio se ele atrasar.

-Sério ??

-Uhum...

 

 

 

Íamos atravessar a rua,o sinal fechou,e tivemos que esperar até que ele abrisse...Então me senti pesada novamente,como se alguma coisa muito ruim,estivesse prestes a acontecer,olhei para trás de relance e vi um vulto,aquilo me assustou muito,ia pedir para saímos daquele lugar,foi quando senti alguém ou alguma coisa me empurrar.Caí no meio da rua e senti uma tremenda dor...mas esse não era o "X" da questão,o "X" era que há um caminhão vindo em minha direção,eu não conseguo me levantar,não sei se era por medo ou se eu havia me machucado grave.O desespero começou a tomar conta de mim,foi tudo tão rápido,quando eu menos esperei já estava do outro lado da rua,agarrada ao meu salvador(a) Me atrevi a olhar seu rosto.

 

 

 

 

-Sakura?...você esta bem?

 

 

 

Percebo que é homem pela voz,o encaro na tentativa de identificar,mas não tem como ver ele, tentei ao máximo forçar a vista para poder ver quem era,foi ai que minha visão começou a voltar aos poucos,sim pude ver quem havia me salvado,os cabelos preto como a noite,olhos negros...bem escuros mesmos,e a pele pálida como papel,mas não me lembro quem é ele,acho que nunca o vi antes,mas quem é ele e como ele me conhece

 

 

 

 

-Você está legal ?

-Acho que sim, quem é você ?

-Por hora eu sou seu salvador - Foi quando eu percebi que todos que antes se preparavam para atravessar a rua agora estão a minha volta me encarando, como se eu fosse uma louca por me " jogar " no meio da rua.

 -Sakura !!!! Você ficou louca ? Se jogar assim no meio da rua...

-Ino... Agora não tá, me faz um favor ? busca um copo de água para a Sakura ?

-Você de novo Loira

 

 

 

Os dois se encaram,ela deve conhece-lo ele (Mas tudo isso esta tão estranho) me põe no chão e pega o celular,deve estar ligando para uma ambulância.Eu entendo que o quê Ino mais queria era ficar do meu lado ,só que eu já estou uma pilha de nervos e com ela me dando bronca só piora as coisas.Eu ainda estou tentando entender o que aconteceu.Será que foi alguma criatura...ou...eu realmente fui jogada por alguém ? Porque eu não me joguei na rua.O Cara disse alguma coisa para Ino,a mesma saiu correndo do local,acho que ele percebeu que a Ino estava me deixando nervosa.

 

 

 

 

-Sakura... - Diz me tirando de meus pensamentos - Você não se jogou,não foi?

-Não...é sério,eu não sei...não sei se foi uma dessas criaturas estúpidas ou se foi alguém...- Tampo a boca ao perceber que havia contado sobre as criaturas agora ele deve me achar uma louca.

-Alguém ?- Diz ignorando a parte das criaturas pro meu alivio 

-Uhum...antes de eu cair eu vi um vulto,logo depois senti uma mão me empurrando.- Ele começou a encarar o nada como se ainda procurasse o suposto culpado pela minha queda,olha em volta ,como se nós estivéssemos em um campo de batalha,com ele analisando todas as opções.Até que noto Ino correndo igual a uma louca,com o copo d'agua,olho para o copo e me direciono a Ino

-Ino?? Cadê o resto da água?

-Desculpa.Acho que foi caindo enquanto eu ia correndo. - Diz tentando recuperar o ar

-Tudo bem,eu já estou melhor,vamos ?

-Pra onde ?

-Pra escola ?

-Você e doida ? Você quase morreu agora a pouco e já quer aprontar outra...

-Ino...

-Não senhora dona Sakura Haruno você vai é pra casa ...

-Ino...Você esta doida minha mãe me mata se eu voltar

-Ino nada,bora,arreda o pé daqui... - Como sempre me ignora

-Pelo amor de deus Ino eu estou bem...I'm fine.OK.Agora pelo amor de deus vamos pra escola,que eu estou precisando distrair minha cabeça com alguma coisa.

 

 

 

 

 

Meio relutante Ino aceitou,eu entendo que ela esteja super preocupada comigo,afinal eu quase morri,até eu estou assustada com o que aconteceu,mas resolvo que não ía deixar essas criaturas idiotas destruí com a minha vida.Chegamos cedo demais,resolvi tira esse tempinho pra pensar um pouco na vida em tudo que tem acontecido,em apenas uma semana.Pensamentos roubam a sanidade da minha mente "Será que já não estava na hora de resolver tudo isso ?".Este tempo para pensar me rendeu mais perguntas do que respostas.Eu vou falar com o Sasuke e resolver isso de uma vez por todas,não dá mais para ficar do jeito que esta,eu tenho que por ele na parede e descobrir tudo que ele sabe sobre mim,tudo bem que ele me disse algumas coisas mas nenhuma delas sanou minhas dúvidas pelo contrário só criou novas.

 

 

 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...