História Drink My Blood - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Azusa Mukami, Beatrix, Carla Tsukinami, Christa, Cordelia, Kanato Sakamaki, Kou Mukami, Laito Sakamaki, Personagens Originais, Reiji Sakamaki, Richter, Ruki Mukami, Shin Tsukinami, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Tougo Sakamaki "Karlheinz", Yui Komori, Yuma Mukami
Tags Ayato Sakamaki, Estrupo, Hentai, Interativa, Kou Mukami, Laito Sakamaki, Reiji Sakamaki, Vampiros, Violencia
Exibições 88
Palavras 1.588
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Harem, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oiee neko

Obg pelos 31 favoritos vocês são fodas

Capítulo 9 - Nós também te odiamos


Fanfic / Fanfiction Drink My Blood - Capítulo 9 - Nós também te odiamos

"Olá, escuridão, minha velha amiga

Vim conversar com você de novo

Porque uma visão um pouco arrepiante

Deixou sementes enquanto eu dormia

E a visão que foi plantada em meu cérebro

Ainda permanece dentro do som do silêncio"


Dream/Elizabeth off 



Acordei na minha cama, minha barriga doia. Doia muito mesmo, olhei para minha barriga coberta pela blusa


(Eu)- Ela está inteira - suspirei aliviada, logo vi um pequeno pontinho de sangue e ele foi crescendo aos poucos... Levantei a blusa e vi um corte aumentar na minha barriga até ficar no mesmo comprimento que estava no meu sonho 


Levantei rapidamente minha cabeça doia, tinha sangue nas cobertas, na minha blusa e agora no chão 


(Eu)- Maldito! - suspirei indo para o banheiro para arrumar isto... peguei uma agulha e costurei a grande abertura na minha barriga - Assim está melhor 


Tomei banho e voltei para meu quarto e adivinha? Laito estava lá bem deitado na minha cama sobre as cobertas sujas de sangue 


(Eu)- O que você quer? - perguntei ignorante


(Laito)- Nossa Bitch-chan isso é jeito de tratar o seu futuro marido? Nifu~nifu - se levantou e caminhou até mim "que por acaso eu estava só de toalha, maldito azar " - Você está linda cachorrinha - se aproximou lentamente do meu pescoço - Está cheirando a sangue  - colocou uma de suas mãos no meu ombro e foi descendo levemente até minha barriga, soltei uma lágrima de dor - Quem fez isso Bitch-chan? Reiji? Nifu~nifu 


Neguei com a cabeça deixando escapar mais lágrimas, deixei escapar um suspiro 


(Laito)- Elizabeth com medo? Nifu~nifu - Apertou um pouco o ferimento - Isso é tão excitante ~gemido~ - meu rosto estava coberto de lágrimas minhas mãos estão tremendo, eu nunca havia sentido isso antes! 


(Eu)- Laito... Por favor... - olhei profundamente em seus olhos - Me mata! - disse e ele riu e negou com a cabeça em seguida


(Laito) - Ai ai Bitch-chan, você está morrendo aos poucos nifu~nifu não se preocupe... Apenas viva o que você tem para viver! - tirou meu cabelo dos ombros e me mordeu. Fechei os olhos e só os abri quando estava ficando fraca, senti a mesma brisa do meu sonho e olhei para onde ela vinha, ela vinha da janela e ela estava lá... Cordelia estava lá me encarando e sorrindo 


(Eu)- Cordelia - sussurrei perto do ouvido do ruivo antes de desmaiar 


Dream/elizabeth on 


  Acordei com o som de uma bela melodia, me levantei da minha cama, olhei pela janela... Não devia passar das 15:00,  tentei me lembrar do que havia acontecido horas atrás... Acho que Laito me mordeu


Depois de lembrar de algumas coisas olhei meus vestimentos eu estava com um belo vestido preto com alguns detalhes vermelhos


(Eu)- Que estranho - sussurrei e dei os ombros em seguida caminhando para a porta do meu quarto descalçada


Sai do meu quarto indo diretamente as escadas, sinto que há algo estranho aqui 


Desci as escadas rapidamente, não havia ninguém nem na cozinha e nem na sala


Sai para fora observando tudo, nenhum movimento, nenhum vampiro... NADA 


Andei mais pelo grande jardim e nada... Não havia ninguém 


Senti um forte arrepio na espinha quando ouvi um som de piano seguido de uma doce voz masculina cantando..


(??????) - Are you going to Scarborough Fair?....-  "você está indo a feira de Scarborough? " - 

Parsley, sage, rosemary, and thyme....-

"Salsa, salvia, alecrim, e tomilho"-

Remember me to one who lives there... - " Relembre-me a alguém que vive lá"

She once was a true love of mine

"Ela outrora foi o meu verdadeiro amor"


Decide não seguir o perigo. Certamente aquilo me levaria a outro corte... 


Fiquei parada e encostada em uma estátua, abraçei os meus joelhos, eu estava trémula eu não faço ideia do que está acontecendo comigo, começei a chorar sem motivo 


 O tempo foi passando e eu ainda estava lá, esse maldito pesadelo... Estava de noite assim como ontem e ouvi novamente a música que eu havia ouvido agora a pouco, só que ela parecia mais perto


Abraçei meus joelhos com mais força, mordi os lábios para não fazer nenhum barulho de choro, meu corpo tremia de medo, apesar de ser uma música simples a voz de quem a cantava me parecia familiar e me dava arrepios 


Senti como se alguém me observasse, a maldita curiosidade me fez olhar, era uma garota loira mais ou menos da minha idade ela me encarava sorrindo e pude sentir pelo seu olhar que ela não me faria nenhum mal 


(???)- Não precisa ficar assustada - falou ajoelhar-se na minha frente - Meu nome é Yui Komori e o seu? 


Yui..? Ela é a garota que Teddy disse que era lezada 


(Eu)- Elizabeth Hudson - sorri 


(Yui)- Então você é a noiva atual? - concordei com a cabeça - Eles são um pouco rudes eu sei...


Um pouco? kkk


(Eu)- Estou com medo... Não quero mais ficar lá - me encolhi olhando pro lado


(Yui)- Não dá para fugir deles... Se tentar eles te matam


(Eu)- Eu quero fugir da vida... Eu quero morrer... - deixei um mar de lágrimas cair sobre meu rosto 


(Yui)- Então dê seu corpo para Cordelia... - a olhei incrédula - Eu dei e estou aqui mortinha - sorriu


(Eu) - Seria como cometer suicídio, eu fiz uma promessa para minha mãe. Eu disse que eu nunca desistiria da minha vida!


(Yui)- Mas... Procurar a morte como você faz é desistir da vida! Não funciona assim Elizabeth! Pelo o que parece você vive dizendo para os sanguessugas te matarem então é o mesmo que cometer suicídio!  


(Eu)- Então você acha que eu devo parar o vício que eu tenho pela dor?


(Yui)- Sim acho, Elizabeth - pegou minha mão que abraçava meus joelhos - É por causa desse masoquismo que você está ficando louca... Acredite eu sei como é ficar vendo a Cordelia e tal - sorriu gentilmente - Só não os trate mal pois vai ser pior ok? - assenti com a cabeça e ela sorriu 


Ouvi um assobio e Yui olhou para a mansão assustada


(Yui)- Eu preciso ir, pegue isto - me entregou um diário 


(Eu)- Mas quando eu acordar eu não vou estar com ele! ~bufei~ - menina burra! Revirei os olhos


(Yui)- Olhe na biblioteca - me deu uma piscadela e correu para dentro da mansão 


Mas que porra está acontecendo comigo? Me estiquei na grama fria olhando para o ceu quase escuro e fechei os olhos


Dream/Elizabeth off


 Abri os olhos rapidamente, olhei em volta, eu estava na minha cama e no meu quarto ~ suspirei aliviada~ 


Levantei da minha cama, incrível como meu quarto está impecável mesmo depois de todo o sangue e as roupas no chão que eu deixei procurando a Ellie 


Sim eu ainda tenho que procurar a Ellie e tenho que ir na biblioteca pegar o diário que eu tenho a esperança que existe 


Bufei


(Eu)- Maldita vida! - sai do quarto indo diretamente para a cozinha me encontrando com Kanato comendo doces em cima da mesa e Teddy estava em cima da geladeira


Olhei para Teddy e minha vontade foi de pegar ele e sair correndo feito uma vaca louca mas não eu não posso fazer isso... É como Yui disse "É o mesmo que cometer suicídio " 


Ok Elize seja gentil... Não! Pare de desejar que ele se engasgue com esses docinhos! 


(Eu)- Kanato.. - falei calma e o mesmo me olhou normalmente estranho - Você viu a Ellie?


(Kanato)- Se está falando daquele coelhinho com cheiro de sangue... Ela está no meu quarto e também não está nem um pouco afim de te ver...


Como ousa dizer isso! Seu bambi, seu menino com cara de menina, seu louco psicopata, seu piralho, filho da égua~ suspirei profundamente~ 


(Eu)- Kanato amorzito facilidade as coisas para mim por favor! - me sentei em uma cadeira perto


Meu Deus me ajuda


(Kanato) - Vai se fuder! - falou calmo ainda comendo doces


Filho da égua mandou eu me fuder!


(Eu)- Kanato eu estou tentando ser gentil - sorri falsimente


(Kanato) - Está dando para ver na sua cara Elizabeth. Você não está sendo verdadeira! Me diga logo porque está fingindo ser gentil?  - largou o pote de doces e caminhou até mim - fala logo Elizabeth! 


(Eu)- Sei lá eu só deduzir que ser ignorante não facilita as coisas - dei os ombros  e revirei  os olhos 


(Kanato) - Não sei se você sabe - pegou minha mão - mas... Ser falso é bem pior - fechou a mesma e apertou 


(Eu)- Kanato... Eu não estou bem.... Eu preciso da Ellie por favor! - falei um pouco brava e Kanato gargalhou 


É um filho da égua mesmo


(Kanato) - A cada dia você fica mais engraçada Eliza! hahaha 


(Eu)- Affz vai tomar no cu também!  - murmurei tentando sair dali, não consegui porque o maldito ainda estava segurando minha mão 


(Kanato) - Você está ficando louca! - Olha que fala ¬¬ - Isso é jeito de tratar um submisso sua idiota!


(Eu)- SE VOCÊ QUER RESPEITO ME RESPEITE! - Gritei 


(Kanato)- Você não merece respeito! - apertou minha mão 


(Eu) - Idiota maluco! - murmurei 


(Kanato) - QUANDO VOCÊ QUISER XINGAR ALGUÉM FALE ALTO! - Gritou apertando minha mão 


(Eu) - FILHO DA PUTA EU TE ODEIO! EU ODEIO VOCÊ, ODEIO AQUELE MORDOMO, AQUELE MANIACO DE CHAPÉU, O RUIVO METIDO A DEUS, AQUELE GÓTICO BRANQUELO! E O LOIRO PREGUISOÇO! EU ODEIO A TODOS! - Desabafei e Kanato olhou para mim com um sorriso psicopata 


(Laito) - Adorei meu apelido Bitch-chan - apareceu do meu lado, olhei em volta e todos os Sakamaki estavam me olhando serios 


(Eu)- Oii 


(Ayato)- Não se preocupe nós também te odiamos - deu uma piscadela 




Notas Finais


Comentem o que estão achando ;)
Kiss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...