História Drippin' - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bruno Mars
Personagens Bruno Mars
Tags Bruno Mars
Visualizações 30
Palavras 584
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Como o primeiro capítulo foi só apresentação, eu deixei mais esse ❤️

Capítulo 2 - À Toa


Bruno on

Já eram oito da noite. Eu estava reunido com minha banda, jogando e conversando, já que eu estava gravando um novo álbum: Unorthodox Jukebox.

–Não vale! Você viu minhas cartas.– Phredley diz, indignado.

–Eu não vi suas cartas coisa nenhuma! Ninguém mandou deixar sete de espadas por cima. Ganhei! Haha – Jam responde, deixando Phredley irritado. Jam é mais que um integrante da banda, como todos os outros também são especiais pra mim. Eles são meus amigos, acima de tudo.

– Vamos parar de drama, as duas. – Kameron diz tirando sarro dos dois. – Cansei de jogar, vamos fazer outra coisa.

– O quê? – eu pergunto.

– Sei lá, conversar, assistir alguma coisa, comer umas vadias...

– Mais respeito com as mulheres! A única que merece ser chamada assim é a sua...

– Ooopa! Sem discussão – Phil corta Jam. – Vamos conversar como gente grande.

– Bruno, sai da conversa. – Duggy diz e todos riem.

–Mas eu nem falei nada e já começam a me difamar! E eu não sou o único baixinho.

– Ué, eu não te difamei, só falei a verdade. E é mais legal zoar você.

–Chega desse assunto – Jam corta – eu já disse pra vocês que eu tô saindo com uma garota?

– Você já disse sim, Jam, você sempre tá saindo com mulheres.

– Mas eu tô saindo com ela há mais de duas semanas. Ela é muito engraçada, vocês precisam conhecer ela.

– Ué, você tá saindo com uma prostituta ou um palhaço? – digo zombando.

– Haha! Nenhuma das opções. Ela é uma psicóloga. A amiga dela também é legal, a Diana. Vocês precisam conhecer as duas, tô falando sério. – diz empolgado.

– Psicóloga? Ela tá mexendo com sua mente, tô dizendo... – Eric fala.

–Tá, Jamareo, a gente vai conhecer elas. Mas vamos pra um assunto menos chato, por favor, estou entediado. – Jam concorda comigo revirando os olhos.

~ Onze da noite ~

Quase todo mundo tinha ido embora, só estávamos Jam e eu.

–Cara, preciso ir. Outro dia a gente se vê, e eu ganho de você de novo.

– Veremos! – digo, desafiador – Quer que eu te leve? Eu acabei te pegando em casa e você veio sem carro.

– Não precisa, já mandei uma mensagem pra Katherine há uns minutos.

–Quem é... Ah, sua putinha particular – falo assim dela só pra irritá-lo – Tô brincando, não pega pilha.

–Grasadão vose hein – fala errado, zombando da minha cara. – Mas tudo bem, você vai mudar de opinião quando conhecê-la. Aliás, ela tá chegando com a Diana. Você devia vir com a gente, vamos pegar uma balada.

– Não, hoje eu vou relaxar.

– Tá doente, é? – Jam coloca a mão na minha testa.

– Vai à merda.

~ 20 min depois ~

Estávamos esperando mais pra frente da minha casa, Jam não quis me comprometer, mesmo eu dizendo que não tinha problema. Acho que ele ficou com medo da mulher se apaixonar por mim e ir até minha casa, confesso que sou irresistível. – Brincadeira. Em partes.

–Parece que seu príncipe se perdeu. – digo.

– Ela mora longe daqui e foi pegar a Diana.

Avisto um carro chegando. Era ela. Elas, na verdade. O carro para.

– Até mais, pegador.

– Tchau, Bruno.

–Entra aí, Jam. Não tô aguentando mais o fogo da Katherine – fala uma mulher, sorrindo. Muito bonita por sinal. Morena, cabelos castanhos e cacheados, os olhos brilhavam muito. Ela tinha um sorriso impecável.

– Cala a boca, vadia. – responde. Acho que era a Katherine. Não, não, era o Jô Soares.

– Falou, Bruno. – Jam entra no carro e eles vão embora. Começo a me arrepender de não ter ido junto. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...