História Drug Dealer - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook, Personagens Originais, V
Tags Bts Vkook Taekook
Visualizações 30
Palavras 605
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Lemon, Policial, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Explicação: O Jungkook vai vender droga, ele vai ter uma loja que vendo jogos, filmes, etc.
Por que isso: Pra não ficar claro que ele vende.

Capítulo 1 - Bold


Jungkook! - Kai me chama, eu olho para trás - Quem é aquela princesinha ali - Aponta para um garoto que está entrando no estabelecimento. 

- Ei! Mocinha. Esse lugar só são para homens de verdade - Jackson fala e eu me aproximo. 

- Jackson! - Ele olha para trás, em minha direção - Deixa ele em paz - Jackson assenti positivamente e sai. 

- O-obrigado senhor - O garoto fala olhando para baixo - E-eu vim comprar... seu produto. 

- Como é seu nome e qual sua idade? - Eu pergunto, não ia vender minha droga pra qualquer um. 

- Eu tenho 17 anos e me chamo Kim Taehyung - O garoto responde. 

- Hum, você é menor de ida... 

- Ei, moleque você não é filho daquele policial que ta perseguindo o Jungkook - Kai fala, e se aproxima da gente. 

Pego pela gola da camisa dele e prenso ele na parede. 

- Escuta aqui garoto, se seu pai mandou você aqui pra nos espionar, você reza, por que não vai sair daqui vivo - Eu falo olhando dentro dos olhos deles. Ele estava com medo. 

- N-não... Eu juro... Não vim aqui pra espionar ninguém - Ele fala e eu o solto. 

- Sério que você vai acreditar nele? - Jackson fala. 

- Ele não ta mentindo! - Falo, coloco as mãos na cintura e olho para os lados - Garoto, nunca mais volta aqui ok? 

- Tá bom - Ele sai dali como um vulto.

                           ***

Depois de muita discussão com Kai e Jackson, eu pego meu carro e vou pra casa. 

Mais mudei o meu caminho. Estava indo para casa de Taehyung. Sim eu sabia aonde ficava a casa dele, eu precisava saber aonde ficava a casa do filho do babaca que me persegue. 

Eu pensei o dia todo naquele garoto. 

Deixei meu carro longe da enorme casa dos Kim. 

Vi a única luz acesa, quarto do Taehyung. 

Subi numa árvore que tinha por perto e fiquei lá esperando ele aparecer. 

Depois de alguns minutos, vejo uma silhueta aparecer com apenas uma toalha amarrada na cintura. 

- Ooh perfeição - Falei baixo pra mim mesmo. 

Ele saiu, depois voltou com apenas uma boxer preta. 

Ele foi fechar a janela, droga ele me viu. 

Eu não tive tempo de pensar, só me joguei daquela árvore. 

Machuquei meu pé. 

Droga! 

Eu fui rapidamente em direção ao meu carro. 

Liguei ele e fui pra casa. 

Taehyung on

Coloquei minha boxer e fui fechar a janela. 

Tinha um cara em cima de uma árvore me olhando. 

Era aquele cara, o traficante. 

Porque ele tava aqui. 

Ele me olhou assustado e se jogou da árvore. 

Eu fechei a janela e fui colocar uma roupa. 

O que ele tava fazendo ali. Será que ele acreditou mesmo no que eu falei. 

E isso tudo por culpa do Chanyeol. A droga nem era pra mim, era pra ele. 

                          ***

Depois que eu saí da escola, fui aonde aquele cara vendia droga. 

Eu fiquei no outro lado da rua. 

O traficante tava saindo, ah merda! 

- Eu posso saber o que você ta fazendo aqui? Eu falei pra você não voltar mais - Ele falou olhando pro lado. 

- Não! Você falou pra mim não ir ali - Apontei pra loja dele - E eu estou no outro lado da rua - Olhei fixamente pra ele. 

- Você é atrevidinho, gostei - Ohou pra mim com um sorriso. 

E que sorriso! 

Virei as costas e fui embora. 

Não ia ficar conversando com traficante. 

Taehyung off

Jungkook on

Ele virou as costas e saiu. O que? 

Hoje eu iria fazer mais uma visitinha pra ele. 




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...