História Duality - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Arlequina (Harley Quinn), Hera Venenosa
Personagens Harleen Frances Quinzel / Harley Quinn (Arlequina), Pamela Lillian Isley / Poison Ivy (Hera Venenosa)
Tags Ela, Eu Gosto, Final Diferente, Fofas, Harley Quinn, Harlivy, Loucura É Ponto De Vista, Nada De Joker, Poison Ivy, Somos Todos Loucos Então, Two Girls In Love
Exibições 92
Palavras 462
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, FemmeSlash, Fluffy, Super Power, Yuri
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Avisos importantíssimos!
No filme, quando o Joker salva a Harley... Eu mudei.
Então, é isso. Haha
Perdoem qualquer erro ortográfico!
Essa OS é pra super ultra mega shipper de HARLIVY, a NUT <3
E obviamente, para todos aqueles que optarem por ler!

Capítulo 1 - Capítulo único


Fanfic / Fanfiction Duality - Capítulo 1 - Capítulo único

   A complexidade da mente humana. Foi isso o que me instigou à seguir essa profissão. Profissão que me fez conhecer as pessoas, que me fizeram o que agora sou. Loucura, não?

  Loucura é um ponto de vista. Se perguntar à um psicólogo, ele vai dizer que seu paciente é o louco, mas, se fizer a mesma pergunta ao louco… ele alegará que louco, é aquele que tenta entendê-lo, e consequentemente, mudá-lo.

  Todos somos mutáveis, a mente humana vive em constante progresso. Como uma evolução, a sobrevivência do mais forte. Poderia estar morta, mas, aqui estou… deixando meus pensamentos divagarem sem nexo. A sobrevivência do mais forte. As pessoas dizem que fiquei louca… talvez, mas, essa é a minha versão mais forte. A versão sobrevivente da doutora Harleen Quinzel. A Harley Quinn.

  — Afaste-se das grades!

  A voz, grossa e irritante. Esses guardas pareciam ter o mesmo tom. Eles provavelmente acham que é ordem, superioridade. Mas, aos meus ouvidos… é desafio. Apenas um desafio. Estou presa aqui, nessa cela cúbica, confinada à meus pensamentos, sozinha.

  Cassetetes, escudos de contenção. Idiotas.

  — Você acha que me mete medo? Eu já conheci o medo, e você não tem o sorriso dele!

  Aquele guardinha idiota. Será que ele acha mesmo que isso vai me assustar? Eu já convivi com o demônio, já presenciei o mal, o medo, a dor. Nada que me façam aqui… vai superar o que já passei.

  Já cheguei na minha versão mais forte, já fui quebrada, tirada de mim. Já fui desfeita e remodelada. Mas, se eles querem brincar, vamos brincar.

  Já prendeu uma animal feroz? Já engaiolou algo que não pode ser domado? Já soltou esse bicho depois? Prender uma fera, apenas a deixa com mais raiva, mais feroz, mais sedenta por vingança.


 

  Aqui estou, mais uma vez… presa nessa jaula. Depois de tudo, depois de salvar as pessoas. Salvar… coisa estranha para se fazer. Mas, me deram uma máquina de café, super legal.

  Sonhei que o Pudinzinho vinha me salvar, mas, ele nunca apareceu. Talvez Harley, talvez fosse a hora de deixá-lo partir de seus pensamentos.

  Alguns barulhos desnecessários, sirenes e… paredes caindo? Alguém, alguém está fugindo? Ou… entrando.

  — Espero que não tenha demorado tanto. — Aquela voz, a voz que me traz para a realidade, se é que posso chamar assim. Talvez, seja efeito das drogas naturais.

  — Ivy!

  Se fossem as toxinas que ela liberava, ou sua paciência comigo… não saberia dizer, como eu disse… a mente humana é muito complexa. E aqui estou… perdidamente encantada pela Hera Venenosa. O único veneno que me faz bem, de verdade.

  Grades? Ora, grades não nos impediriam, não quando ansiávamos por toque. Um beijo, mesmo que levemente atrapalhado pelas barras da cela. Agora estava livre, livre e ao lado da pessoa que me faria feliz.


Notas Finais


Beijos da tia procês!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...