História Duas Caras — Imagine Taehyung - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens V
Tags Bts, Romance
Visualizações 214
Palavras 991
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Desculpem a demorar para postar ok? Eu estava muito ocupada estes dias. Mas sem muita enrolação, vamos ao capítulo.

B O A
L E I T U R A

Capítulo 3 - 3. "Motivos.."


Fanfic / Fanfiction Duas Caras — Imagine Taehyung - Capítulo 3 - 3. "Motivos.."

— Onde fica a cozinha? — sorri torto.

 

 

— Ali. Só limpe-a e vá embora, amanhã você limpa o resto da casa. — disse apontando para a cozinha.

 

Ele colocou as mãos nos bolsos e foi embora. Fui até a cozinha e fiquei procurando os utensílios. Não encontrando nada, abri uma porta que tinha perto dali.

 

— Ufa! Achei. — disse vendo os utensílios de limpeza ali.

 

Peguei tudo o que precisava. Esfregão, balde, luvas de borracha, um paninho, e claro um avental.

 

"Respira S/N, respira." — falei colocando o relógio de pulso em meu bolso.

 

Comecei a limpeza da cozinha. Coloquei o esfregão na água com sabão e depois o passei em todo o chão. Tinha várias gorduras espalhadas por ali, eu tinha sempre que me abaixar e passar um pano com um tira manchas para as gorduras irritantes saírem do chão.

 

Depois de acabar de limpar o chão, passei para o fogão. Se eu achava que o chão estava sujo, foi por não ter  visto o fogão.

 

— Essa cozinha é muito grande… Tenho que acelerar caso o contrário não irei sair daqui hoje. — disse para mim mesma.

 

Com as luvas já nas mãos, peguei uma esponja que estava na sala de limpeza e o tira manchas e comecei a esfregar a esponja no fogão. Mas só depois de mil passadas a mancha saía um pouquinho.

 

— Ah senhor, ajuda-me!

 

Falava eu, quando comecei a escutar gargalhadas atrás de mim.

 

— Eu não irei te ajudar. — falou Taehyung. — Ah, e não esquece de lavar a louça. — falou e saiu da cozinha.

 

Virei-me para a pia, vendo aquela montanha de louça suja.

 

— Ahhhh! — comecei a bater o pé no chão.

 

Comecei a esfregar mais forte, alguns minutos depois quando ouvi um "ruido". Eu tinha arranhado o fogão. Fiquei desesperada, não sabia o que fazer, meu primeiro dia aqui e já arrumo encrenca.

 

— Talvez ele não perceba… — Sussurei pra mim.

 

 

Depois de um bom tempo limpando o fogão, aquelas manchas aviam saido. Fui logo para a pia avar as louças. Tirei a luva e comecei a lavar aquele amontoado inacreditável de louças.

 

— É tão difícil lavar o prato em que come? — bufei.

 

 

— Aleluia! — falei quardando os pratos nos armários.

 

Peguei e olhei meu celular, o mesmo marcava 20:30

 

— E-eu fiquei tanto tempo assim aqui? — falei tirando o avental. — Se bem que não é de menos. — falei olhando a "gigante" cozinha limpa.

 

Coloquei tudo o que tinha pego devolta para seu lugar.

 

— Sr. Kim! — o chamei.

 

Taehyung veio até mim com o cabelo todo bagunçado e sua cara um pouco inchada. Com toda certeza, estava cochilando.

 

— O que quer? — disse coçando os olhos.

 

— Bom.. Eu já estou indo, e está tarde, acho que os ônibus não rondam á essa hora.. Será que.. Pode me levar? — falei em um tom baixo.

 

— Claro, me siga. — falou sorrindo.

 

Taehyung pegou suas chaves e fomos para a porta. Destrancado a porta, Taehyung a abriu e deu passagem para eu passar.

 

— Obrigada — sorri e fui para fora..

 

— Não há de quê. — fechou a porta.

 

— A propósito minha casa é por… — me virei e não vi sua face. — Mas que filho de uma… — disse respirando fundo.

 

Eu certamente não iria implorar para que ele me levasse até minha casa, então fui andando até ela. A cada beco que eu passava, eu ficava arrepiada, é um risco passar a essa hora da noite por essas ruas. Um arrepio passou pela minha espinha, percebi que alguém estava me seguindo. Consequentemente comecei a andar mais rápido, mas senti que a pessoa que estava me seguindo, também avia apertado os passos, então fui mais rápido.

 

— Calma S/N! — falou segurando meu braço.

 

"Como ele sabe meu nome" — pensava eu paralisada ali, não conseguindo encarar o dono da voz e muito menos falar algo.

 

Criando um pouco de coragem, devagar fui me virando para ver o dono da voz.

 

— Por deus, Jimin! — disse colocando a mão no coração tentando acalma-lo.

 

— Desculpa. — sorriu. — Sua casa é um pouco longe daqui e está tarde, não? Uma dama como você, não deveria andar sozinha á uma hora dessas. Me ofereço para leva-la.

 

— Não quero incomoda-lo, Jimin…

 

— Não estará me incomodando. — entrelaçou nossos braços e seguiu comigo para minha casa.

 

O tempo todo fomos conversando e sorrindo. Já fazia tempo que não via ele, desde a faculdade.

 

 

Jimin me deixou na frente de casa.

 

— Fui muito bom reecontra-lo, Jimin. — sorri. — Obrigada por me trazer. — o abracei.

 

— Nada não. Em breve tenho certeza que nos encontraremos de novo. — sorriu e foi embora.

 

"Nos encontraremos de novo"

 

Virei para a porta, e girei a maçaneta certificando-me se minha mãe tinha deixado a porta aberta. Felizmente sim. Entrei de fininho e fui diretamente para meu quarto.

 

Peguei meu notebook e pesquisei "Kim Taehyung" o nome daquele idiota.

 

Minha boca formou um perfeito "O" quando vi; "Aproximadamente 267.000.000 resultados (30 segundos)"

 

E metade era "Você conhece o novo ator e modelo prodígio? Saiba mais sobre Kim Taehyung" Ou videos dele. Abri uma matéria que se chamava "5 motivos para amar Kim Taehyung."

 

O nome me chamou bastante atenção.. Talvez pelo fato de odiá-lo. Mas mesmo assim comecei a ler o que estava escrito na matéria.

 

1º motivo: Além de ser ator e modelo, ele poderia ser cantor. Sua voz é extremamente maravilhosa.

 

2º motivo: Ama animais.

 

3º motivo: Ele é super carismático e ama as fãs.

 

4º motivo: Ele é antecioso e cuidadoso com todo mundo.

 

5º motivo: Sempre irá te fazer sorrir.

 

 

 

 

— Com toda a certeza o 3º e 4º motivos são mentiras. Mas já os meus não. Eu poderia dar 10 motivos para odiá-lo, ou talvez mais.


Notas Finais


Me desculpem qualquer erro.
Espero que tenham gostado do capitulo.
Até a próxima ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...