História Duas garotas, seis vampiros. - Capítulo 22


Escrita por: ~ e ~chyohi

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Azusa Mukami, Carla Tsukinami, Kanato Sakamaki, Kou Mukami, Laito Sakamaki, Reiji Sakamaki, Ruki Mukami, Shin Tsukinami, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Yuma Mukami
Tags Ação, Diabolik Lovers, Romance
Visualizações 92
Palavras 1.425
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Fantasia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 22 - 22



Yuuki on.
Fiquei dormindo o dia todo, devo estar pegando a mania de Shuu, quando acordei já era noite e Lucy estava deitada no meu lado, levantei e fui me arrumar, quando terminei desci e esperei Lynn e os outros.
Reiji: Vamos. - vi os outros aparecerem, e Lynn descendo as escadas, fomos para o carro e foi um silêncio total, e mais uma vez, aquele bando de retardadas mentais gritando, saímos do carro evitando contato visual com elas. Cheguei na sala e Ayato veio logo atrás com Kanato, eu achei que esse idiota tinha me desculpado mas ainda estava "chateado" comigo.
Yuuki: Ayato... Podemos conversar?
Ayato: Não. - ele se levantou e saiu.
Yuuki: Grr, idiota, idiota, idiota.
- Algum problema Senhorita Yuuki? - diz o professor entrando na sala.
Yuuki: N-não rsrs. - três horas de relógio na sala, eu iria enlouquecer. Toca sinal, toca sinal, tocooouu. Saí da sala e encontrei os meus amigos.
Yuuki: Olá meninos.
Haku: Oi Yuuki.
Takeshi: Oi gata.
Yuuki: Que cara é essa Takeshi?
Haku: Nada demais, ele só levou um fora.
Yuuki: Que triste, rsrs.
Takeshi: Para de rir. - bem feito, pra vê se aprende a não ser galinha, vi Lynn passar, me despedi deles e fui até ela.
Yuuki: Lynn, que vai fazer?
Lynn: Eu nada, tava pensando em ir ao terraço mas tá frio demais, e você?
Yuuki: Eu nada, Ayato ainda tá me dando gelo acredita?
Lynn: Ele tá sendo muito dramático, e olha que você tava bêbada, hahaha.
Yuuki: Verdade.
Yuuki off.
Lynn on.
Enquanto conversamos, caminhamos até um corredor que fica perto das salas, nos sentamos no chão e continuamos a conversa, até que chega o grupinho das garotas mais insuportáveis da escola nos cercando.
Maya: Hello, putinhas. - Cruzou os braços jogando os cabelos.
Yuuki: Com quem você pensa que tá falando loira oxigenada?
Maya: Hahaha, que patéticas.
Lynn: Não de atenção Yuuki, é o que querem.
Maya: Ora ratinha, é com você que quero ter uma conversinha.
Lynn: Ratinha? Eu? 
Maya: Quem mais seria? Dã.- revirou os olhos.
Lynn: O que você quer?
Maya - Me aproximei encurralando-a na parede. - Qual sua relação com o Laito?
Lynn: Huh? Não te interessa.
Maya: Diga logo ratinha, não quero apelar pra agressão.
Lynn: Minha vida pessoal não te interessa, loura de farmácia.
Maya - Me aproximei ainda mais. - Se você não quer dizer tudo bem, mas eu vou deixar um aviso pra você, fique LONGE dele, EU conheci ele antes de VOCÊ, estava tudo indo bem até você chegar e estragar tudo, não quero ver você nem olhando pra ele, se chegar perto dele mais alguma vez, já sabe não é sua cadela.
Lynn: Cachorro que tanto late não morde, moramos juntos, é meio impossível ficarmos longe um do outro, é mesmo que não fosse por isso, não seguiria suas ordens, meu sistema não foi programado para receber ordens de vadias feito você. - Sorri.
Maya: Vadia?
Lynn: Cara feia pra mim é fome.
Maya: Escuta aqui sua vagabunda, fique longe dele e ponto, ele é MEU.
Lynn: Não, você não manda em mim garota.
Maya: Grrrr você me dá nos nervos.
Lynn: Olha garota, é melhor você e suas amiguinhas saírem daqui, não temos medo de vocês, ok?
Maya: Mas deviam, você não sabem com quem estão mexendo.
Lynn: Nem vocês.
Maya: Meu aviso está dado, se eu vê-la perto dele, já sabe, a porrada é certa.
Lynn - Cheguei perto do ouvido dela e sussurrei. - É meio difícil ficarmos separados um do outro, ainda mais quando já fomos pra cama, é inevitável o contato. - Sorri.
Maya: Você....SUA VAGABUNDA.- dei-lhe um tapa.
Yuuki - Me levantei mas as duas garotas me encurralaram na parede. - Lynn, DA NA CARA DELA.
Lynn - Empurrei-a fazendo-a cair e fiquei em cima dela onde distribui vários tapas. - VAGABUNDA É VOCÊ.
Débrah: Calada Yuuki.- Dei um soco na barriga dela.
Talita: Cadela. - Puxei o cabelo dela jogando-a no chão.
Yuuki: Suas piranhas.- Levantei e puxei os cabelos das duas.
Maya: SEU ANIMAL.- Empurrei-a e comecei a chuta-la.
Lynn - Pus meus braços à frente do meu rosto para de proteger dos pontapés e chutes e quando tive chance me levantei e puxei os cabelos dela. - CALA A BOCA, EMBUSTE.
Maya: ME SOLTA SUA MALUCA.- Puxei o cabelo dela também.
Débrah: MEU CABELO, AAAAA. - Comecei a estapeia-lá.
Talita: FILHA DA P****. - Puxei o cabelo dela fazendo-a ficar com a cabeça baixa e então dei uma joelhada
Yuuki: AAAAA. - caí e comecei a ficar tonta.
Débrah - Comecei a dar pontapés e chutes.
Lynn: YUUKI.- Mordi o braço de Maya fazendo-a largar meu cabelo e fui até Yuuki onde a abracei para protegê-la dos chutes, me virei ficando de costas contra as garotas e pus Yuuki encostada na parede, quando Maya puxou meu cabelo e me arrastou.
Maya: NÃO FUJA, COVARDE. Puxei-a até perto da escada. - RETIRE O QUE DISSE, SUA CACHORRA.
Lynn: N-não, e a propósito foi ótimo. - Sorri.
Maya - A empurrei da escada e logo em seguida desci correndo pra ninguém perceber. - Meu deus Lynn, você está bem? . - Olhei para trás para as meninas saírem dali.
Laito: Lynn???? O que aconteceu?
Maya: Ela tropeçou e caiu da escada. - Comecei a lacrimejar. - Ela vai ficar bem? Oh Laito. - O abracei. 
Lynn: L-Laito...ela....me...empurrou.
Laito: O que?
Maya: Acho que foi a pancada, eu fui a ultima quem ela viu, ela tropeçou. 
Laito: Deve ter sido.
Lynn: Não....Laito..Yuuki...lá em cima..no chão.
Laito: Lynn, se tivessem visto Yuuki, diriam, desceram pessoas de lá. 
Lynn: Não, ela está lá.
Azusa: Saiam da frente.- fui empurrando o pessoal.- Lynn, o que aconteceu?. - Puxei-a pro meu colo.
Lynn: Zu.
Azusa: O que aconteceu?
Maya: Ela tropeçou, eu já disse, mas que droga, ela está bem não está? Leve-a pra enfermaria.
Azusa: Eu perguntei para ela. - A encarei por alguns segundos e logo depois voltei meus olhos a Lynn.
Lynn: Está doendo, Zu. - Comecei a lacrimejar.
Azusa: Tudo bem, vamos à enfermaria. - Me levantei e logo depois a carreguei. - Vamos.
Laito: Eu levo ela. - Segurei em seu ombro.
Azusa: Me solta.- O encarei.- Leve sua amiguinha, afinal ela está roxa também. - A encarei e a mesma desviou o olhar.
Laito: Tsiick. - Me virei e fui até Maya, acompanhei-a até a enfermaria.
Lynn off
Narradora on
Laito e Azusa levaram as garotas até a enfermaria, onde foram cuidadas por uma velha senhora, Maya  voltou até a sala de aula, Lynn precisou ficar de repouso e foi dispensada das aulas, Azusa a acompanhou.
Narradora off
Ayato on.
Eu estava na sala quando vi uma correria, me levantei e fiquei na porta, vi duas garotas passarem.
Ayato: Ei, o que aconteceu?
- Parece que está tendo uma briga. - diz a de cabelos curtos e dourados.
- São três contra duas. - diz outra de cabelos longos e negros, elas voltaram a correr e minha curiosidade estava lá em cima. Saí da sala e fui na direção que elas seguiram, quando cheguei vi Azusa levando Lynn que estava com alguns hematomas, Laito levava outra garota que esqueci o nome.
Ayato: Mais que merda aconteceu aqui?
Shuu: As meninas brigaram com aquelas três, foi o que ouvi. - disse vindo em minha direção.
Ayato: Cadê a Yuuki?
Reiji: Enfermaria... Parece que à levaram pra lá antes de juntar essa multidão. - fui até a enfermaria, procurei a maca de Yuuki e encontrei perto da janela, senti raiva por vê-la machucada, acariciei sua testa e à beijei.
Yuuki: A...Yato. - ela abriu os olhos lentamente e sorriu.
Ayato: Idiota, o que tem na cabeça pra se meter com aquelas garotas? Poderia ter se machucado mais do já está. - ela sorriu. - Porque está sorrindo?
Yuuki: Por quê você se preocupou comigo, quer dizer que me perdoa? - essa garota tem um jeito de me fazer amolecer.
Ayato: Humpf ok, mas não cometa mais loucuras está bem.
Yuuki: Prometo... Ayato. - diz sussurrando, ela puxou minha camisa e me beijou, fiquei surpreso com a atitude da morena, retribui aquele beijo tranquilo, não resisti, parei o beijo e fui em direção ao seu pescoço e ò mordi, não com muita força.
Yuuki: Idiota... Pelo menos me deixe recuperar minhas forças.
Ayato: Cala a boca, considere como castigo. - fui até seu ouvido e sussurrei. - Sei que está gostando.
Yuuki: ...Idiota. - sorri de lado e voltamos a nos beijar.


Notas Finais


Oi gente, desculpa a demora pra postar, eu tava vendo como faria a briga e tudo mais :v
Enfim, espero q gostem, boa leitura 😘😘😘❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...