História Dublê De Noiva - Capítulo 40


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Camila Cabello, Lauren Jauregui, Personagens Originais
Tags Camila, Camren, Drama, Fifthharmony, Lauren G!p, Romance
Exibições 779
Palavras 743
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P)
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 40 - Capitulo 40


Ela estava disposta a deixar a realidade para uma outra hora e aproveitar aquele tempo precioso com Lauren.

Passaram o resto da noite em seu próprio universo particular, tão absortas uma na outra que a volta para o mundo real na manhã seguinte foi mais difícil do que haviam imaginado.

Ambas ficaram em silêncio enquanto Lauren levava camila de volta para casa. Ela lhe lançara diversos olhares furtivos, perguntando-se como ela planejava passar o dia. Mas não fez nenhuma pergunta. Já estava indo longe demais com camila. Camila esperava que ela fizesse perguntas, para que pudesse passar para a próxima fase de seu joguinho. Ah, ela sabia tudo sobre manipulações femininas e não ia cair na armadilha!

Camila olhava fixamente para o pára-brisa molhado de chuva, todo o entusiasmo que sentira ao acordar dissipava-se lentamente. Se ao menos ela fizesse algumas perguntas. Ela queria lhe contar tudo sobre Sofi .Depois da intimidade da noite anterior, qualquer segredo com ela parecia estranho.

Mas Lauren não perguntou, provavelmente porque não se preocupava, lembrou Camila a si mesma. O falso noivado continuava sendo exatamente o que era ― falso. Ela seria a maior idiota do mundo se pensasse que Lauren se apaixonara por ela simplesmente porque tinham ido para a cama.

Amava Lauren, mas sabia que ela não a amava, e não ousava pensar diferente.

No momento em que Lauren parou em frente a seu prédio, ela pulou para fora do carro e correu para dentro do apartamento, segurando-se para não chorar.

Naquela tarde, Jen e Debby tomaram conta da sala junto com alguns colegas. Camila e Kia retiraram-se para o quarto com livros, Kia para estudar, Camila para espairecer.

Logo depois das nove, alguém bateu na porta do quarto.

― Espero que não queiram que a gente assista outra garota imitando alguém secando o cabelo com um secador em chamas ― resmungou Kia, pois a última batida na porta fora para isto. 

― Pelo menos foi original ― respondeu Camila.

― As garotas me disseram que você estava aqui. ― A voz de Lauren surpreendeu as duas.

― Vocês da elite sempre invadem os lugares assim, como se fossem os donos do pedaço? ― perguntou Kia irritada. ― Este é o nosso quarto, sabia?

― Desculpe ― murmurou Lauren. Seus olhos estavam fixos em camila, que estava esticada na cama usando um moletom azul-escuro. Ela cruzou o quarto, pegou o livro das mãos dela e leu o título em voz alta. ― Eu te Odeio, Não me deixe: Entendendo o Transtorno de Personalidade Limítrofe. Parece divertido, hein?

Camila sorriu para ela.

― E é.

Estava emocionada de ver Lauren. E pelo jeito que ela olhava para ela, camila sabia que também estava feliz em vê-la, mesmo que não fosse admiti-lo.

― Por que você não faz uma malinha e passa a noite na minha casa? A gente pode ir juntas para o escritório amanhã de manhã. ― Lauren abaixara a voz e olhara inquieta para Kia.

― Tudo bem. ― camila colocou o livro de lado e começou a fazer a mala. Kia não disse uma palavra, mas observava as duas com desaprovação.

Nem Camila e Lauren se importaram. Estavam entrando mais uma vez em seu mundo particular, onde só havia elas duas.

Aquele fim de semana estabeleceu o padrão dos seguintes. Camila passava os sábados e domingos com Sofia, e Lauren não perguntava nada. Mas todas as noites de sábado e domingo ela ia à casa dela buscá-la e a levava para seu apartamento.

Enquanto o falso noivado continuava, Camila e Lauren descobriram outras dimensões de seu relacionamento. Além da harmonia no trabalho e da paixão ardente, sentiam-se confortáveis uma com a outra e gostavam de estar juntas.

Passavam quase todas as noites juntas, às vezes saindo para jantar, às vezes indo ao cinema ou a algum show. Tentavam correr ao longo da margem do rio algumas noites por semana. Ocasionalmente, socializavam com outros Jaureguis ou com colegas de trabalho.

Elas preferiam suas noites tranqüilas no apartamento de Lauren Nenhuma das duas gostava muito de TV, mas não perdiam alguns programas. Riam muito quando estavam juntas. Achavam graça nas mesmas coisas.

Às vezes as pessoas perguntavam sobre seus planos para o casamento.

Camila invariavelmente respondia: "Não temos. Estamos curtindo o noivado." Mas aquele tipo de pergunta lhe fazia lembrar o que mais tentava esquecer: que estava fazendo um papel numa encenação. A vida com Lauren era maravilhosa, amorosa e excitante, mas baseada numa mentira.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...