História Dupla Identidade ( Yoonmin ) - Capítulo 2


Escrita por: ~ e ~BTSHunt

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 394
Palavras 1.319
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ficção, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


PUTA QUE PARIU GENTE EU QUASE PERDI A MINHA CONTA , PENSA CM MEU CU FICOU.

*Se liga na sensualidade do garoto , Jesus *

Bm , eu avia postado hj de manhã mais apaguei pq ficou MT curto , formatei meu celular por isso o capítulo n saio antes .

Tá aí o capítulo, espero que gostem 💜

Capítulo 2 - "M.Y."


Fanfic / Fanfiction Dupla Identidade ( Yoonmin ) - Capítulo 2 - "M.Y."

Pov. Narradora ~

Park Jimin chegou em um dos locais do crime, o corpo da vítima estava nu e pendurado na árvore de ponta cabeça.

Kook: Ela perdeu a metade do sangue que tinha em seu corpo. Foi o que Liz me disse - falou olhando para o corpo da jovem.

Park Jimin: Que horror, por que ainda não levaram ela para a autópsia?

Hoseok: Ainda estão tirando algumas fotos.

Taehyung: Os outros quatros corpos foram encontrados da mesma maneira.

Jk: Liz me contou que o corpo da jovem de Daegu estava pior.

Tae: Como estava?

Jk: Parece que a moça estava sem os dedos de ambas as mãos, e ele havia tirado o coração da moça.

Hope: Credo.

Jk: Eu tive a mesma reação.

Jimin: Isso se chama inveja, já que ele não tem coração, quer tirar os dos outros.

Taehyung: Exatamente.

Jimin ficou um tempo procurando provas no meio daquela floresta, mas foi perda de tempo. Alguns minutos depois, acompanhou o corpo da vítima até a autópsia.

Jimin: Encontraram alguma coisa, Liz? – Ele perguntou para a moça de cabelos curtos não muito alta que trabalhava naquela área.

Liz: Toda a cinco meninas tem uma marca no pulso direito – disse, mostrando para Park Jimin a tal marca no corpo de uma das vítimas.

Jimin: MY?

Liz: Sim... todas as vítimas foram pegas de surpresa, todas têm uma marca atrás da cabeça, foram acertadas por algo semelhante ao um “pé de cabra”.

Jimin: Covarde, agiu pelas costas.

Liz: Ele ainda as matou enforcadas, tem marca nos pescoços delas, duas delas foram de sacolas e as outras três foram de corda.

Jimin: Elas tentaram reagir pelo menos?

Liz: Aparentemente sim ... mas foi inútil, tem marcas nos pulsos e nos tornozelos.

Jimin: Com o que ele aprendeu elas?

Liz: Nas mãos foram umas algemas e nos pés foram cordas. No local do crime encontraram algumas gotas de sangue e nenhuma foi dele, todas das vítimas. Foi encontrado em uma das unhas de uma vítimas vestígios de pele, como se ela tivesse arranhado ele, estamos trabalhando com a análise para descobrir de quem pertence, mais a quantia encontrada foi muito pouca, acho difícil conseguimos chegar em um resultado, mas mesmo assim estamos fazendo o possível e o impossível.

Jimin: Ótimo. Ele levou todas para umas florestas e essas florestas tem casas por perto, e mesmo assim, nem um morador escutou os gritos das moças.

Liz: Muito provável que elas não gritaram, pois tem marca em suas bocas, três dos cinco corpos tem marca de fita e as outras duas são marca de tecido mesmo. Se você quiser eu posso te dar as horas exatas que ela foi atacada, o relógio de uma das vítimas parou com a pancada.

Jimin: Em qual hora parou?

Liz: Três e meia da madrugada.

Jimin: Maldito!

Park Jimin recolheu as informações que precisava e foi até sua sala para tentar chegar em algum lugar com as suas teorias.

Jimin: Jeon Jungkook.

Kook: No que posso ajudar? - Disse e entrando em sua sala.

Jimin: Quero que recolha todas as fichas de todos os internados que fugiram do hospital psiquiátrico com a sigla “MY”.

Kook: Ok ...

Algo lhe dizia que aquela pessoa já tinha sido internada. Tomou mais um gole de seu café sem açúcar enquanto lia toda a papelada que tinha chegado. Logo Kook apareceu com uma grande pasta em suas mãos.

Kook: Te enviei por E-mail se não quiser ler na pasta.

Jimin: Obrigado Kook.

Kook: Dispõe.

“Meen Yang: Internada em 2006 pelos familiares.

De acordo com a família Yang falava sozinha frequentemente, não dormia e dizia que estava ouvindo a voz de seu pai que tinha morrido quando era menor. Atacou a mãe a acusando ser a culpada pela morte do pai, morreu em 2009 no próprio hospital”.

Não, não era ela.

“ Min Yili :20 anos, foi internada ainda jovem pelos próprios pais, em 2012. A garota era extremamente agressiva e dava muitos surtos perto de poucas pessoas. De acordo com os médicos Min ouvia vocês e falava sozinha diariamente, reclamava de dor de cabeça a qual os médicos avaliavam e não encontravam nada. Min Yili foi transferida para o hospital psiquiátrico de Londres pois a família iria se mudar para lá “

“ Minie Yiee: 22 anos, foi enterrada no hospital psiquiátrico “Word Crazy “ em 2014 logo depois da polícia encontrar o corpo de Kim Jiwoo em seu apartamento esfaqueada e escondida na geladeira da jovem. Quando a polícia a prendeu ela não fez mais nada além de rir ou dizer que iria matar toda a humanidade. Médicos relatam que ela só abre a boca para falar a seguinte frase: irei me livrar de todos vocês, vocês que são os loucos, não eu. A jovem ainda está no mesmo hospital psiquiátrico aparentemente sem nem uma reclamação “.

Leo mais alguns papéis e nada parecia ser a pessoa, a metade já tinha morrido, a outra metade estava bem longe da Coréia do Sul. Mas havia um que não.

“Min Yoongi: 25 anos, foi Internado pela própria vó, juntamente aos outros familiares. Ele era extremamente agressivo, uma pessoa fria a qual não tinha sentimentos. Min Yoongi foi considerado um psicopata pelos médicos. Foi internado em 2010 e ficou assim até 2015 aonde foi transferido para outro hospital psiquiátrico, o “Silver Spoon”. Mas antes disso já havia sido internado em um hospital a qual não está mais funcionando. “

Pronto, Jimin tinha achado seu destino.

Jimin: Kook, Taehyung e Hope, chamem mais dois policiais e me acompanhem até o Silver Spoon. Achei um suspeito.

Hope: O hospital psiquiátrico?

Jimin: Sim.

Hope: Não foi de lá que você fugiu, Tae?

Tae: Não enche, Hope.

Jimin: Vamos, logo!

Assim que chegaram no local foram direto na diretoria do hospital, atrás do paciente Min Yoongi.

Jimin: Boa tarde senhorita, Sou Park Jimin - apresenta o crachá da polícia – queremos todas as informações do paciente Min Yoongi! - A moça arregalou os olhos e escreveu no computador – Ele foi transferido do hospital World Crazy.

Xxx: Esse paciente nunca chegou aqui.

Kook: O que?

Jimin: Como assim? Ele foi transferido para cá.

Xxx: Senhor Park, a história do senhor Min não é muito boa, ele foi transferido por que já não estavam dando conta dele, então o doparam e o transferiram para cá, no meio do trajeto ele escapou, deixando todos os médicos que estavam com ele na ambulância mortos; só o motorista sobreviveu e ele não ouviu um grito sequer e nem uma movimentação suspeita enquanto dirigia, o senhor Min não chegou aqui em Silver Spoon e matou todos os 5 médicos que o acompanhavam.

Taehyung: E vocês não o procuraram?

Xxx: Senhor, isso foi a 2 anos e ele ainda não foi encontrado, alertamos a polícia, mas nem sinal dele, se vocês quiserem ver o quarto dele no hospital está do mesmo jeito que ele deixou. Ele não chegou aqui, e eu não quero estar trabalhando aqui quando ele for encontrado, pois o currículo dele não é nada bom.

Jimin: Como assim?

Xxx: Ele matou a psicóloga dele, e abusou da moça, e quando chegaram na sala ele estava do lado do corpo da moça com a cabeça dela em suas pernas acariciando o cabelo dela como se ele não tivesse acabado de matá-la. - Os pelos de Park Jimin arrepiarem até aonde ele nem sabia que tinha pelos – Seja lá aonde Min Yoongi esteja, você não vai querer encontra-lo.

Taehyung: Puta que pariu, hein.

Jk: Me arrepiei todinho.

Hoseok: Ok, agora eu estou com medo.

Taehyung: Assume que você já está com medo desde muito antes de chegarmos aqui.

Hoseok: É... pode ser. – ele rolou os olhos.

Jimin: Obrigado pelas informações moça. Até mais

Xxx: Até

Park engoliu em seco as palavras daquela mulher; deu meia volta e voltou para a delegacia. Agora ele tinha certeza quem era a pessoa por trás da sigla “MY”.


Notas Finais


Dcp se o capítulo n está MT grande é que o próximo vai estar prometo . Espero que tenham gostado , nos vemos nos comentários. BEIJAO💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...