História Dupla Identidade ( Yoonmin ) - Capítulo 23


Escrita por: ~ e ~BTSHunt

Postado
Categorias Agust D / Suga, Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 473
Palavras 1.569
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Ficção, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Cheguei

Papo sério agr , me deram a idéia de fazer um grupo no whats da fic, oque acham? Se eu fizer vc vão participar e conversa bastante? Pq a intenção do grupo é manter vcs informadas de quando sai a fic é trocarmos fotos yoonmin e nos conhecermos mlr , oque acham ? Se tiver pelo menos 15 pessoas eu faço o grupo. Deixem nos comentários.


Espero que gostem ♡

Capítulo 23 - Esse é o meu namorado


Fanfic / Fanfiction Dupla Identidade ( Yoonmin ) - Capítulo 23 - Esse é o meu namorado

Pov Narradora ~

O rapaz de cabelos de fios loiros, covinhas fundas, pele clara, olhar sedutor misturado com fofura, com mais ou menos 1,80 de altura, estava nervoso, e não era para menos, já fazia tanto tempo que ele não voltava para Coreia. Já fazia mais de seis anos que não morava mais com seus pais em Daegu Town.

Kim Namjoon estava de volta a Coréia, ele gostava daquele país, mesmo que ele trazia pensamentos tristes, pois sua vida sempre foi muito normal na cidade aonde nasceu, quando tinha 12 anos descobriu que seu pai traia sua mãe, tomou coragem em seu peito e contou tudo a ela, a mesma se calou, disse que não poderia fazer nada, que não existe isso de amor verdadeiro ou de casamento feliz, pois tudo não passava de uma fachada para agradar a vizinhança e a sociedade

Joonie nunca parou para pensar se a sua mãe era realmente feliz no casamento, pois sempre estava sorrindo, como se tudo estivesse às mil maravilhas, mas na verdade não estavam. Seu pai chegava cada dia mais tarde em casa, com o tempo ele parou de querer disfarçar, humilhando mais e mais sua mãe, não lhe dando a atenção que merecia. Até que Nam teve uma ótima ideia, a qual ia colocar em prática assim que colocasse os pés em Daegu para aonde sua família estava se mudando. O plano de Nam era nada mais nada menos do que fazer coisa errada, em sua cabeça pensou “se fazendo as coisas certas ele não presta atenção, talvez se eu fizer ao contrário, talvez ele perceba “. E então aí começou, seu plano obsessivo se chamar atenção de seus pais, principalmente de seu pai.

Assim que chegou em Daegu conheceu um menino, na época ele havia lhe dito que era mais velho que o rapaz, pois era mais alto, Nam era muito inteligente e por conta disse foi passado para algumas séries sem precisar realmente fazer elas, pois já conhecia todos os conteúdos necessário. O por que ele mentiu para o rapaz ele não sabe, mas depois usou isso ao seu favor ao se aproximar dele, falava que era feia desrespeitar “Seu Hyung “ o tolo do rapaz a qual ele se lembra de chamar Min Yoongi, acreditava e o ajudava.

O problema foi quando as aulas começaram, Nam encontrou seu novo grupo de amigos, o grupo a qual iria ajudar ele a chamar atenção de seu pai, o problema é que ele já tinha se apegado a Suga, o apelido que deu ao amigo, então a para não enfrentar aquilo tudo sozinho, colocou Min Yoongi junto, o problema foi que o rapaz viciou, ele estava cada vez mais louco e necessitado pela droga, e isso o fez afastar Yoongi de Nam.

Namjoon se sentiu tão culpado naquele dia que brigou com seu pai, disse tudo que estava guardado dentro de si esse tempo todo, e se livrou do vicio, voltou a se focar na escola e com o tempo entrou para a academia de policiais, fez algumas faculdades até que realmente decidiu em que iria se formar, decidiu ser detetive, Nam fez a sua faculdade toda na China e depois se mudou para os Estados Unidos quando um detetive novo seria transferido da Coréia do Sul para a China.

Nos Estados Unidos trabalhou com um dos maiores detetives do momento: Park Jimin. Os dois viraram grandes amigos, Nam sempre o ajudava em todos os casos e estava lá para ouvi-lo quando Minie precisava. Só que Nam não tinha o costume de se abrir com as pessoas, por causa desse seu costume ele acabou guardando toda a culpa e tristeza para si mesmo. Jimin recebeu uma ótima oferta de emprego e então novamente Nam estava sozinho, mas isso não durou muito tempo pois ele ficou responsável pelos futuros casos que viriam para Park caso permanecesse nos Estados Unidos, o que não aconteceu. Nam fechou todos os casos com sucesso, então sentiu que seu trabalho ali já tinha dado e decidiu voltar para a Coréia, e ali estava ele, no aeroporto de Seul.

- Me desculpe – Ele disse meio nervoso, Nam era extremamente atrapalhado e sem querer acabou esbarrando em um rapaz alto, mas não chegava ao seu tamanho, de cabelos rosas e ombros largos – Eu realmente não te vi

- Tudo bem, esta perdido? - Perguntou o rapaz erguendo uma das sobrancelhas –

- Não. Na verdade, eu não sei, você sabe aonde fica a delegacia 09°?

- Ah claro que sei, vim trazer meu pai para o aeroporto e agora estou indo para lá.

- Jura? - Perguntou surpreso – poderia me mostrar o caminho? –

- Vou fazer melhor do que isso, – o rapaz fez uma breve pausa - vou te levar até lá.

Com um sorriso bonito Nam agradeceu.

- Qual é o seu nome? - Perguntou estendendo a mão para cumprimenta-lo –

- Seokjin, Kim Seokjin, - disse pegando em sua mão – e o seu? –

- Kim Namjoon – Nam não sabe porque, mas ele deixou um sorriso amigável escapar de seu rosto –

- Prazer Nam, podemos ir? – Joonie apenas concordou com um aceno e seguiu o rapaz – Tem quantos anos, Nam?

- 22. -Respondeu calmamente – E você?

- 24. Sou seu Hyung então pode começar a me chamar assim.

- Ah já me havia esquecido dessas formalidades da Coréia. - Disse revirando os olhos -

- Você estava em qual país? -Perguntou curioso –

- Estados Unidos, mas eu ainda penso em voltar pra China, era feliz lá.

- Você morou na China? Eu também morei lá.

- Sério? - Perguntou um pouco surpreso –

- É... Eu fui a trabalho – disse o rapaz meio desconfortável –

- Sua família provavelmente ficou muito orgulhosos de você né?

- É… ficaram.

Os dois seguiram o caminho conversando com as coisas aleatórias, o papo estava bom, nem pareciam que eles tinham acabado de se conhecer.

Por outro lado, Taehyung e Park Jimin Nem imaginavam que a luz no fim do túnel finalmente tinha dado às caras.

- Me diz, Liz, que você tem boas notícias? – Disse Tae quase aos pés da moça –

- Tenho sim. Lembram que recolhemos uma quantia de pele na unha de uma das vítimas? Como se ela estivesse arranhada o rapaz? - Os dois concordaram em sincronia - então, mesmo sendo uma quantia muito pouca, os resultados já saíram, agora só estamos confirmando.

“Obrigado Deus” agradece mentalmente Park.

- Só que te em um, porém – continuou a moça –

- Estava bom demais para ser verdade – disse Tae- prossiga Liz.

- Precisamos de algum dado do Min Yoongi, isso facilitaria, e muito, o nosso trabalho.

- Bom, então vai continuar difícil, Liz, por que só vimos ele uma vez e ele meio que confessou os seus crimes.

- Por tabela, mas confirmou – disse Tae - se conseguíssemos pelo menos uma foto dele iria ajudar muito.

- O Hope não ia ver se conseguiria imagens antigas das fichas do hospital psiquiátrico? - Perguntou Jimin –

- Pelo o que ele me disse o cara pensou tudo, apagou todas as evidências.

- Como eu não pensei que ele faria isso. - disse Jimin revirando os olhos - esse caso está acabando comigo.

- Não só com você, – confirmou Liz – em todo o caso, amanhã se manhã já vamos ter um bom avanço.

- Assim espero. – desejou Jimin – Obrigado, Liz.

- Dispõe – disse saindo da sala logo em seguida –

- Tae você viu se alguém me ligou? - Disse indo até seu celular que estava na mesa de tae-

- Não Hyung por que?

- Um amigo meu vir para cá, ele foi transferido para a delegacia 7° que fica em Daegu Town, mas antes ele iria passar para me ver. - disse meio tristonho – Queria apresentar ele ao Agust, Pois Nam é muito importante para mim, gostaria da aprovação dele sobre meu novo namorado. – Minie sabia que aquilo era idiotice, mas não se importou muito –

- Daqui a pouco ele aparece, talvez o voo dele atrasou, nunca se sabe – disse e origem enquanto que brincava com os lápis em sua mesa-

- É deve ser isso, – deixou um sorriso curioso ao ver o mais novo se divertindo com algo tão bobo -

Um barulho da maçaneta se fez presente na sala que estava silenciosa, de repente um sorriso se formou no rosto de Minie e um se desfez no rosto de Taehyung ao se deparar com seu irmão, Kim Seokjin.

-Nam - disse o menor indo o cumprimentar com um abraço – senti tanto sua falta, tenho tanta coisa para te contar.

- Nem me fale Minie, também tenho muita coisa para te contar.

- Nam, esse é Kim Taehyung, minha dupla aqui na delegacia – Namjoon fingiu uma cara de bravo e depois riu –

- Roubando meu lugar de e dupla do senhor Park Jimin? - Disse ainda rindo, tae acompanhou e estendeu a mão para cumprimenta-lo

- Vejo que já conhece o descarado do meu irmão mais velho. – Tae falou se referindo a Jin que revirou os olhos no mesmo instante –

- Oi para você também, Tae – disse sarcástico –

- Morra! – Gritou o rapaz - Fiquem à vontade, vou tomar um café.

Ao sair da porta Agust D entrou com um sorriso no rosto, que logo foi desfeito ao ver Kim Namjoon, ele não havia se esquecido do rapaz.

- Nam, esse é o meu namorado, uma das novidades que eu ia te contar.


Notas Finais


EITA PORRA

HSUSUSUSUSUS FUDEU PRO YOONGI AGR .


Não se esqueçam de falar nos comentários sobre o grupo no whats, ok?

Dcp se não ficou mt grande, escrevi correndo BEIJAO


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...