História Dwell In Your Soul - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Tags Ally Brooke, Camren, Fifth Harmony, Norminah, Vercy
Exibições 16
Palavras 1.494
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Ficção
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Agora começamos com a aproximação camren. Até o próximo. Beijos.

Capítulo 5 - She Was Diferent


Às vezes temos que abdicar de algumas coisas e nos permitir sermos felizes, porque no final de tudo nada de material importa. O que importa é se você viveu de verdade, se você se permitiu ser feliz, se você permitiu amar e ser amado. O que importa é a sua alma, o que têm dentro de você. E então, sua alma é boa ou ruim? Porque se não for boa, acho melhor você tentar concertar isso. Me prometa que você não vai pensar tanto, me prometa que o que você tiver vontade de fazer, você vai fazer. Você deveria se sentir feliz em casa minuto da sua vida. Mas então, você vai se permitir ser feliz por completo hoje? Você vai se permitir ser feliz por pelo menos hoje?

[...]

Lauren

Nós nos tornamos amigas de imediato.

Nossa turma se reuniu naquele dia em que nos conhecemos e no resto da semana toda. Nós nos dávamos muito bem, principalmente eu e Camila. Cada uma tinha um ótimo coração e eram muito inteligentes e bondosas.

Estávamos na mesa do refeitório da escola durante o intervalo. Estava tudo uma bagunça. Livros sobre a mesa, comida e a maioria das meninas em seus celulares. Eu estava em uma conversa entretida com Normani.

- O que vocês tanto conversam aí? - perguntou Dinah enquanto estava focada em sua comida.

- Estamos resolvendo algumas questões sobre o teste de química. - murmurei em resposta.

- O que? Hoje tem teste? Que merda, como eu não fiquei sabendo disso?

- Se você prestasse mais atenção às aulas ao invés de jogar bolinha de papel em mim durante a aula toda, saberia. - alfinetei.

- Se reclamar eu jogo todas as minhas canetas.

- Até parece.

- Como assim teste? Vocês já tem teste tão rápido assim? É só a primeira semana de aula. - falava Camila. - Qual é, eles não dão uma folguinha sequer. - revirou os olhos.

Achei graça do jeito dela e antes que eu respondesse Lucy se pronunciou.

- Eu e Camilinha aqui não temos que nos preocupar. - reviro os olhos.

- Não por muito tempo. - murmuro e com isso o sinal toca e concluímos o assunto.

- Galera, nos vemos lá fora quando as aulas acabarem. - gritou Lucy para que todas ouvissem.

Dei um beijo na bochecha de Camila, que seguiu com Lucy pra sua aula. Eu e as outras meninas seguimos para o laboratório, onde teríamos aula de química.

[...]

Estávamos eu e Veronica, minha dupla, na sala do laboratório, estávamos falando sobre como tinha sido o teste. Ela era de longe a única das garotas que eu ainda não tinha muita intimidade.

Vez ou outra eu via seu olhar em Camila e a forma como uma tratava a outra, era nítido que elas já tinham tido alguma história e isso me incomodava um pouco. Eu só ainda não sabia o porquê.

- E então, onde vocês vão almoçar hoje? - perguntou Veronica.

- Nós sempre almoçamos na Starbucks, e estávamos pensando que vocês bem que podiam ir conosco hoje. - falo, enquanto percebo alguns alunos do primeiro ano entrando em nossa sala.

- Claro que nós vamos, e então, é que eu, Mila e Dinah estávamos pensando em ir à praia amanhã. E aí, vamos?

- Não sei, tenho outro teste pra segunda e quero estar bem preparada. Mas as outras meninas com certeza vão.

- Pensa sobre isso, ainda tem tempo, e por Deus nós ainda estamos na primeira semana de aula, relaxa!

- Tudo bem, você venceu, vamos à praia.

- Ótimo. Aquela ali é a Mila?

Dei uma olhada para a porta e lá estava Camila e Lucy juntamente com os alunos da sala delas.

Elas foram se aproximando.

- O que fazem aqui? - perguntei enquanto dirigia meu olhar a Camila que me deu um meio sorriso.

- Trabalho em equipe, o professor não contou?

- Não. Ótimo então vai eu, você, Lucy e Veronica.

- É em dupla.

- Eu vou com a Camila. - disse Veronica, cedendo um lugar em nossa mesa para ela. Praguejei mentalmente.

- Sem ofensa mas você é péssima em química Vero, e eu sou mais terrível ainda. - me mantinha calada até então. - Lauren me ensina química, não é Lauren? Lucy disse que você é um robô humano.

Olhei pra Lucy que deu de ombros e foi para o lado de Veronica que estava com as sobrancelhas arqueadas.

- Claro, eu ensino.

Ela se sentou ao meu lado e então começamos a discutir o que iríamos entregar como proposta do nosso trabalho para o professor.

Pude ver que todas as meninas pareciam estar indo bem, até Dinah que parecia ter feito amizade com uma loira baixinha, que por sua vez tentava manter a atenção da Polinésia no livro.

- Certo então, depois de avaliarem os metais, ácidos e bases, vocês terão a chance de me mostrar um grande projeto envolvendo metal. - dizia o professor Lugger. - Vocês terão que recriar qualquer objeto só com o metal, alguém da dupla fica encarregado do relatório. Vocês têm exatamente quatro meses para me entregar esse projeto. É isso, se virem. Boa sorte.

- Ele está brincando, não está? - Camila me olhava assustada. - Como vamos fazer isso Lauren? Eu não sei nada sobre química. - ela deslizava lentamente sobre a cadeira com uma expressão que dizia "eu não mereço mesmo".

Comecei a rir do desespero dela e ela me olhou com cara de poucos amigos.

- Fica tranquila, ele passou esse mesmo trabalho ano passado então já tenho uma idéia do que podemos fazer.

- Ai que ótimo que tenho você. - ela se aproximou um pouco. - Vero não sabe nada sobre química.

Reprimi a vontade de revirar os olhos.

- O que você acha de ir lá em casa pra discutir as opções?

- Não posso ir hoje, vou dormir na casa da Vero com Dinah, noite das meninas.

-Não, tudo bem, eu estava falando de semana que vem.

Foi quando o sinal tocou e ela se levantou para ir para sua próxima aula.

- Okay então, a gente se vê depois, tchau. - deu um beijo em minha bochecha e foi embora, comigo a acompanhando com o olhar.

[...]

- Quer dizer então que vocês sempre vêm almoçar aqui.

- É Dinah, você já falou isso umas centenas de vezes. - Normani revira os olhos.

- Qual é? Vocês nem convidaram a gente antes.

- Não conhecíamos vocês o suficiente, vai que vocês são meninas arrogantes, mentirosas que tomam nossos namorados só porquê são infelizes com a vida de patricinha mimada que levam? - soltou Keana.

- Nossa que imaginação ein, tanto homem e mulher gostosa por aí e a gente vai pegar o que é de vocês?  - falou Dinah.

- Peraí, namorados não, como se eu gostasse de garotos, o que tem na cabeça de vocês? Eles são nojentos. - falou Lucy e de qualquer maneira eu precisava concordar com ela.

- É isso aí. - falou Vero e nos duas olhamos de soslaio pra Camila que estava sorrindo e ergueu a mão para tocar na de Lucy.

Espera, o que aquilo significava? Será que ela gostava de meninas também? Ou será que só fez isso para dizer que não tem preconceito e acha isso normal?

Não que eu não achasse normal, mas Lucy já tinha sofrido muito preconceito por conta disso e eu sempre mantinha o pé atrás pro caso de precisar protegê-la contra esse tipo de gente.

- Galera, galera, atenção! Estamos convidando vocês a irem dormir em minha casa e amanhã vamos à praia de manhã bem cedo. - anunciou Veronica.

- Eu e Dinah já estamos dentro, e então? - disse Camila.

- Tô dentro, tô precisando sair mais, arrumar alguém. - disse Keana.

- Precisa mesmo não aguento você enchendo meu saco falando de garoto. - Lucy falava enquanto eu pensava se ia ou não. - Lauren concorda comigo não é Lauren?

- Você sabe que eu não fico de lado nenhum, vocês que se resolvam. - disse, e enquanto ela bufava dei um sorrisinho debochado e fui para o caixa pagar minha conta.

- Você vai? - olhei e lá estava Camila.

- Ainda não sei sobre ir dormir, mas eu vou amanhã à praia.

- Por que você não passa a noite?

- Tenho um teste de Biologia pra segunda e tenho que estudar.

- Qual é Lauren, dormir fora um dia não mata, vamos, vai ser divertido. - insistia ela. - Aliás, todas as meninas vão e nós poderíamos nos conhecer melhor dessa maneira. - arqueei as sobrancelhas e ela pareceu se dar conta do que estava dizendo pois ficou toda vermelha. - Quer dizer não nesse sentido, digo nós, vocês e as minhas meninas, suas amigas e minhas amigas. - falava apontando para mim e para ela.

- Nossa. - ponderei sobre a situação. - Você têm toda razão. - disse por fim.

- A gente se vê hoje à noite então. - sorri para ela e suspirei, ela fez o mesmo.

É, parece que Camila e eu ficaremos bastante próximas com tudo isso de amizade. 


Notas Finais


Nossa, espero que tenham gostado bolinhos, até o próximo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...