História Dwotale - Sentir é Viver - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Undertale
Personagens Alphys, Asgore Dreemurr, Asriel Dreemurr, Chara, Grillby, Mettaton, Muffet, Napstablook, Papyrus, Personagens Originais, Sans, Toriel, Undyne, W. D. Gaster
Tags Misterios, Romance, Sansxleitor, Segredos
Visualizações 17
Palavras 841
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Luta, Magia, Musical (Songfic), Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Vamos ao capitulo...ah e tem uma personagem desconhecida,ninguem,nem mesmo ink ou qualquer outro a conhece,só Lucy.ah e mais uma coisa, assim como frisk tem chara como fantasma as irmãs tambem tem:de Lucy é betty de glitchtale e marley tem chara(chara é menina),só.

Capítulo 1 - Lembranças de uma aventura(REPOSTADO-Rota 2 pacifista)


Fanfic / Fanfiction Dwotale - Sentir é Viver - Capítulo 1 - Lembranças de uma aventura(REPOSTADO-Rota 2 pacifista)

80:30 da manhã

P.O.V Lucy

O despertador tocou como se não tivesse amanhã, eu estava relutante em sair da cama, mas se não saísse, aquela porcaria ia ficar tocando o dia inteiro, me levantei mais com muita preguiça e desliguei,me virei e olhei meus irmãos.Asriel e marley ainda estão dormindo, pensei indo na direção da porta com cautela para não acorda-los, e ainda de pijama fui desce ndo as escadas e caminhei até a cozinha.Logo os outros vieram, asriel, marley e asgore sentaram na mesa, e enquanto toriel preparava o nosso café da manhã, me veio a lembrança das ruínas, mesmo pequenas eram bonitas, e elas eram só o começo.

Flashback On~

Nos acordamos, e fomos em direção as escadas, toriel nos viu descer e nos levou pra cima, ela fez isso por um tempo, logo ela decidiu destruir a porta que levava para fora das ruínas, chegamos lá e marley decidiu lutar com ela, pois, toriel teria consciencia de que minha irmã saberia lutar, no final ela conseguiu, minha mana é bem esperta.

Flashback OF~

Marley estava me chamando, estava tão perdida em pensamentos que não a ouvi.

Marley- Então, você concorda em reformar o nosso quarto?-ela estava esperando minha resposta, como não ouvi o que ela tinha dito, apenas assenti com a cabeça.-ótimo, viu mãe, todos concordaram com a ideia.

Toriel- hahah, bom, já que concordaram, vou chamar os arquitetos e amanhã mesmo daremos inicio as obras.-meus irmãos ficaram super animados, bom, eu não ouvi a conversa toda, mas se o quarto ia ser reformado, é uma boa notícia.

Lucy- Ha,nem dá pra acreditar.-disse enquanto todos olharam pra mim surpresos.

Marley- com a reforma?-me olhou surpresa e curiosa.

Lucy- Não, é de estarmos na superfície, todos os monstros junto com os humanos, quer dizer, já faz cinco meses, e dá a impressão de sempre moramos aqui.

Asriel- É verdade, me lembro como se fosse ontem, eu chegando em casa antes de desaparecer, mas gracas a você e a marley, eu estou de volta a vida.-encerrou a frase com um sorriso.

Depois de comer, fomos tomar banho e nos trocar, logo a Undyne ligou dizendo que faria um piquenique com o pessoal(alphys,muffet,sans,papyrus e monster kid),e perguntou se eu, marley e asriel poderiamos ir, tirei o celular de perto do meu ouvido, perguntei a minha mãe e ela tinha concordado, aproximei o celular e confirmei que iamos, e do nada eu ouço um grito vindo do mesmo.-PAPYRUS!!!COlOQUE MAIS LANCHE NA CESTA, OS PIRRALHOS VÃO TAMBEM!!!!-.o grito era dá undyne, pedindo algo para papyrus, desliguei e visei a meus irmãos.

Lucy- Bem, se arrumem, undyne nos convidou para um piqueni...-mal terminei a frase e eles foram correndo pro quarto se arrumarem, eu apenas ri.Dez minutos depois undyne chegou, saímos de casa e todos estavam no carro do papyrus.

Papyrus- VAMOS CRIANCAS, ESTOU ANSIOSO PARA CHEGAR NO PARQUE.-entramos e ele dirigiu até lá, e a sorte é que não tinha trânsito.

P.O.V AUTORA

Ao chegarem, foram colocar o carro no estacionamento e sem pressa desceram, caminhando em direção a grama curta do parque, proximo ali havia uma barraca de algodão doce, papyrus e undyne foram correndo até enquanto os outros armavam o locar, puseram a toalha de piquenique no chão e retiram a comida da cesta.

Undyne- Quem quer algodão doce?-disse ela entregando um para cada.

Sans- heh, valeu undyne, com toda essa comida, eu vou me enpanturrar até os ossos*batidas de tambor*.-o esqueleto tinhe feito todos rirem, com exceção de papyrus.

Papyrus- INCRIVEL SANS, ATÉ NUM PARQUE VOCÊ INSISTI EM CONTAR ESSAS PIADAS HORRIVEIS, IMAGINA NUM ENTERRO.-falou o menor pensando na cena.

Lucy- Já até sei qual seria, hrhr*se preparando para imitar o maior *: nossa cara, tu vai ficar bem enterrado.*piscando o olho*-a garota arrancou o riso dos presentes e novamente papyrus não achou graça na piada.

Papyrus- AGRH, EU VOU PEGAR UMA LIMONADA ALI.-disse se retirando.

Sans- Muito boa kiddo, hahaha, muito boa, de onde veio tanta criatividade?-perguntou o maior quase caindo pra trás de tanto rir.

Lucy-da minha mente inkcrivel*batidas de tambor*.-disse a mesma corando pelo elogio de sans, que não se conteve e riu novamente.Logo uma curiosidade veio na cabeça do principe que decidiu quebra-la.

Asriel- ahm, lucy,o-o que aconteceu com seus pais biológicos, você não disse se era orfã ou não e essa duvida estava na minha cabeça a dias e então eu aproveitei o dia de hoje pra perguntar, o que aconteceu com eles.

A garota direcionou os olhos ao chão, lembrar lhe doia muito, é como se naquele dia a sua alma tivesse ido junto com seus pais percebendo que a tristeza consumia a irmã.

Lucy- Eles..eles morreram em um "acidente", do qual não tinha escapatória, mas com o tempo eu superei, senão eu estaria em depressão agora.-sorriu disfarçando a tristeza.

Marley- É, já são aguas passadas.-dizia a garota de óculos levantando a auto-estima.

Logo em seguida papyrus voltou com alguns sorvetes, e todos comeram o que tinha na cesta, e após varias risadas, varias conversas a tarde chega, avisando-os que era hora de voltar.Papyrus deixou undyne e alphys, e depois as criancas.

Papyrus- ATÉ AMANHA HUMANAS, ATÉ AMANHÃ PRINCIPE.Sans- Até pivetes.-disseram ambos se despedindo, os irmãos acenaram e entraram,apenas pensando com seria o amanhã.

Continua...



Notas Finais


Nossa,nunca escrevi tanto,bem se notaram o meu nome de usuario ta uma bosta,mas é porque todo nome que eu coloaca,dizia que já tava sendo usado,mas eu vou consertar.bem peço que tenham paciencia,pois quero continuar no fim de semana ou quando sair mas cedo da escola,pois ai ficar dificil na semana,entao todo sabado ou domingo,apartir de hoje, ta chegando capitulo novo,ok,ah lembrem se que eu to precisando de um nome pro ship lucyxsans,ok,welp só isso até amanha quem sabe.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...