História Dyed Storm - Dois amores impossíveis. - Capítulo 95


Escrita por: ~

Visualizações 34
Palavras 1.633
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Postando na terça, ou seja tem cap no sábado <3

Capítulo 95 - Resultado.


Fanfic / Fanfiction Dyed Storm - Dois amores impossíveis. - Capítulo 95 - Resultado.

Não me importei em acordar mais tarde que o habitual aquele dia, dormi até as onze. Depois que me arrumei, fui até o quarto de Archie verificar se ele já havia acordado, e pelo visto o remédio teve mais efeito do que eu espera, falei para Annie acordá-lo. Desci para o almoço, após alguns minutos Archie também veio almoçar.

- Parece que você estava certa Lili. - Falou ele se sentando na cadeira. - Quero dizer, sobre eu dormir e tudo mais.

- É claro que estava.- Falei.- Eu sempre estou.

- Esses últimos dias você esteve muito estressado.- Observou Adam. - Talvez todo esse estress se resultou em cansaço e você descansou tudo isso ontem.

- Acho que você está certo. - Falou ele.- Mas minhas preocupações ainda não acabaram.

- Ânimo Archie. - Falou Aleksey.

- Vai dar tudo certo. - Annie disse esfregando as costa dele com a mão.

Ele sorriu simpático para ela.

- Lilian, Archie. - Chamou meu tio entrando na sala de jantar. - Assim que terminarem de almoçar, me avisem para irmos.

- Eu já terminei. - Anunciei.

- Eu estou quase. - Falou ele.

- Não precisa se apressarem comam com calma. - Falou meu tio.

Mesmo tio falando isso para Archie, ele comeu rápido, deveria estar ansioso.

Assim que ele terminou de comer seguimos até meu tio, ele nos levou até o hospital. Nós deveríamos visitá-la uma hora, porém já era meio dia e cinquenta. A recepcionista informou a Archie que a médica da sua mãe, ainda não podia atendê-lo, ela começava a trabalhar justamente uma hora, e ainda não havia chegado. Ela também disse, que a médica havia informado que viria vê-lo assim que chegasse.

- O jeito é esperar. - Meu tio disse apertando o ombro de Archie.

Ele soltou um suspiro.

- Parece que sim. - Concordou Archie.

- Venha, vamos se sentar aqui. - Disse apontando as poltronas com o queixo.

Se sentamos nas poltronas, mas logo Archie se levantou e começou a andar de um lado para o outro.

- Desculpa. - Falou ele.- Eu simplesmente não consigo relaxar agora.

- Tudo bem. - Falei.

Aquela mulher de cabelos curtos vermelhos que eu havia visto antes, saiu de uma porta atrás de Archie, e veio em nossa direção.

- Archie ?! - Chamou a médica.

Ele se virou surpreso e um tanto aliviado.

- Doutora. - Ele disse estendo a mão para ela. Eles apertaram as mãos. - Como foi a cirurgia ?

- Foi difícil. Como eu tinha lhe dito, as chances eram pequenas. - Explicou ela.- Mas sua mãe foi muito forte, ela resistiu.

- Isso quer dizer que..?

- Ela está bem Archie. - Ela colocou a mão no ombro dele.

Ele parecia muito atônito para falar qualquer coisa.

- Eu vou ir na frente.- Falou ela sorrindo. - Se arrume, coloque as proteções e eu vou informar para a recepcionista que você pode vê-la. Ela vai te dizer em quarto deve ir.

Archie assentiu com a cabeça. Assim que ela saiu, ele me abraçou e chorou, mas dessa vez o choro era de felicidade. Ele cessou o abraço, mas simplesmente não conseguia falar nada. Ele tapou o rosto com as mãos. Meu tio colocou a mão nas costas dele e o guiou até a recepção.

- Archie Ivanov ? - Perguntou a recepcionista.

- Sim, é ele.- Falou meu tio.

- Pegue esse crachá. - Ela entregou para o meu tio. - Assim que colocar pode passar por essa porta, peça o avental e a touca na sala a esquerda.

Meu tio colocou o crachá no pescoço dele, e deu leves batidinhas na costa dele.

- Vai lá campeão. - Incentivou meu tio.

Archie soltou um suspiro e secou as lágrimas com as mãos.

- Eu vou! - Ele disse. - Obrigado.

- Não fizemos nada. - Falou meu tio.. - Vai lá.

Archie assentiu com a cabeça e seguiu para a porta.

Eu e meu tio decidimos esperá-lo sair da sala, já que ele poderia ficar apenas dez minutos lá.

- Que a vez da sua mãe chegue logo também. - Falou meu tio.

- Mas aqui é um hospital particular. - Falei. - Não podemos simplesmente agendar uma cirurgia ?

- Não é simples assim. - Disse meu tio. - Ela precisa estar forte para aguentar a cirurgia, e é isso que os médicos estão esperando.

- Ela está tão fraca assim ? - Perguntei. - Não parece.

- Ela se faz de forte na frente do seu pai e na sua frente. - Falou ele. - Quando não estão por perto a voz dela soa, tão baixa e fraca…

- Sério ?- Disse preocupada.

- Não devia lhe contar. - Falou ele passando a mão na minha cabeça. - Mas acho que é o que eu deveria fazer.

Ela está ruim desse jeito e eu nem percebi…

- Mas assim como com a mãe de Archie. - Falou meu tio.- Vai dar tudo certo.

Depois disso não conversamos muito, sabia que não só eu mas meu tio também estava triste e pensativo. Assim que Archie voltou, ele seguiu para o banheiro para lavar o rosto quando voltou fomos visitar a minha mãe. Ela estava dormindo, por isso não ficamos muito tempo lá, decidimos deixá-la descansar. Meu tio saiu antes do quarto e seguiu para carro, ele estava muito melancólico. Dei um beijo na testa dela e saímos do quarto.

- É como você disse. - Falou Archie. - Você sempre está certa, minha mãe está bem.

- Ela está bem, porque é forte. - Disse.- E te ama muito.

- Obrigado por sempre estar certa Lili. - Ele se aproximou e deu um beijo na minha testa. - Vamos, seu tio está esperando.

- Vamos! - Disse sorrindo.

Assim que chegamos em casa e Archie contou a todos que estava tudo certo, todos ficaram muito felizes por ele. Após seguimos todos para o meu quarto, jogar um pouco iria aliviar o estresse.

- Acho que deveríamos sair para comemorar. - Falei.

Agora que tudo estava certo e Katerine estava bem, não faria mal sairmos um pouco.

- Tudo bem. - Archie confirmou. - Que tal irmos ver o Homem Aranha ?

- Esse não foi o filme que você e Annie foram ver ? - Questionou Adam.

Archie ficou sem fala.

- Foi e acaba… - Annie ia dizendo animada quando a interrompi.

- Archie viu que Annie queria ver outra coisa, e eles acabaram vendo A Bela e a Fera.. - Menti. - Eu não trocaria homem aranha por A Bela e a Fera.

Archie olhou agradecido para mim e Annie ficou sem graça por um instante.

- Se formos assistir uma coisa, eu não vou querer trocar depois.- Aleksey disse olhando para Annie.

- Então vamos combinar certinho o que vamos ir ver. - Falou Adam.

- Homem Aranha é uma boa opção, mas também tem outras coisa em cartaz. - Falei. - Tem Os Incríveis 2, sempre quis saber a continuação.

- Muito infantil. - Falou Annie.

- Os Incríveis, é para qualquer idade. - Retrucou Adam.

- Eu gosto dos dois. - Falou Archie. - Mas acho que o homem Aranha seria mais legal.

- Concordo. - Falou Aleksey.- Em 3D, deve ser incrível.

- Está decidido então! - Falou Adam. - Alguém contra ?

Como ninguém se pronunciou esse foi o filme que escolhemos. Nós jogamos Mario até a noite, e quando finalmente chegou a hora de dormir, meu celular vibrou. Era uma mensagem de Meeth:

“Jujubinha… lembra dessa apelido ?
Enfim, desculpa acordá-la no meio da noite. ( Só me desculpo por isso porque é uma mensagem, se não fosse…)

Vai fazer algo amanhã ?”

Comecei a digitar.

“Lembro sim, morango. kkkkk

Eu não estava dormindo, e se me acordasse no meio da noite faria você se desculpar mesmo assim, ou eu o puniria.

Amanhã eu vou ao cinema com os meus amigos, mas se quer conversar comigo vou estar disponível a noite.”

Ele visualizou minha mensagem no mesmo instante, e respondeu:

“Se você se esquecesse iria se ver comigo! u3u

Ah! Você me puniria ?! Não imaginava que era ruim assim!

Aposto que de tarde vai ficar com seu outro namorado!”

“Ala ele me ameaçando…

Eu te encheria de beijos até você não querer mais!

Como adivinhou ? Vou ficar com ele a tarde, mas de noite eu sou sua! kkkkk”

Enviei, e ele logo respondeu:

“Ameaço mesmo!

Vou adorar ser punido, duvido que em algum momento eu não vou querer mais.

NÃO, NÃO FICA COM ELE! Eu sei que ele é mais bonito que eu, mas eu sou mais legal! D’:”

Acabei rindo da última frase. E respondi:

“Então nesse caso vou ter que pensar em outra punição… Chupões bem visíveis talvez…

É que eu não consigo resistir a ele, ele é tão bonito. Mas, eu gosto mais de você! <3”

Ele respondeu:

“Isso seria uma punição, tive tantos problemas com isso…

Se você gosta mais de mim eu já fico feliz <3

Amor, eu vou ter acordar mais cedo amanhã, então tchau minha Jubibinha de maçã verde.”

Respondi:

“Primeiramente, porque maçã verde ? 
Tudo bem, dorme bem, nos falamos mais amanhã. <3”

“Maçã verde, porque é minha Jujuba favorita. 
Me dê boa noite direito! Diga que me ama.”

Explicou ele, e logo respondi:

“Ah… que lindo. Morango também é minha fruta favorita… também gosto de uva. Mas prefiro morango.
Te amo. Você é meu namorado favorito kkkk’’ Durma bem meu amor. <3”

Ele respondeu;

“Espero que não exista outras frutas na sua vida, muito menos uvas! O..O’’

Bom eu ser mesmo! Se bem que queria ser o único…

Durma bem, espero que sonhe muito comigo, porque seriam ótimos sonhos. Bye, bye amor.”


Notas Finais


Comentários ?

Não percam o próximo cap, ele vai estar bem animado!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...