História E Agora!? - Wantasha - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias Os Vingadores (The Avengers), Viúva-Negra (Black Widow)
Personagens Anthony "Tony" Stark, Clint Barton, Feiticeira Escarlate (Wanda Maximoff), James Rupert "Rhodey" Rhodes, Natasha Romanoff, Nick Fury, Sam Wilson (Falcão), Steve Rogers, Thor, Visão
Tags Feiticeira Escarlate, Lesbicas, Marvel, Natasha Romanoff, Viuva Negra, Wanda Maximoff, Wantasha
Exibições 64
Palavras 1.606
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção, Magia, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yuri
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi gente! Estou tendo uma crise de inspiração :s
Eu re-li toda a fanfic e eu agradeço de mais aos que ainda estão acompanhando hahah eu aprendi muita coisa desde que comecei essa estória.
A fic tem muitos pedaços soltos, principalmente no começo, mds como tem kkkk mas eu tô levando tudo isso como experiência e eu acho que posso dizer que melhorei muitoo.

Muito obrigada ^-^

Capítulo 24 - Coisas aleatórias / "Dia de folga"


Fanfic / Fanfiction E Agora!? - Wantasha - Capítulo 24 - Coisas aleatórias / "Dia de folga"

08:45

Eu acordei sozinha em minha cama, e me perguntei por onde Natasha estaria andando. A porta do meu quarto estava aberta, logo Sam passou, ele olhou de relance pra dentro, quando me viu ele parou de andar e ficou ali plantado na frente da porta.

-Wanda! - Ele falou animado. - Que bom que acordou. Está se sentindo melhor?

Num piscar de olhos eu lembrei das coisas que haviam acontecido ontem, " caramba, como eu pude esquecer disso?". Eu estava ótima, super bem, tanto que tinha até me esquecido do tormento que passei ontem , era como se o dia anterior tivesse sido completamente normal e sossegado. Me alegrei e lembrei novamente de Natasha, me sentindo totalmente agradecida a ela.

- Sim Sam! Estou ótima, obrigada por se preocupar comigo! - Eu dou um sorriso simpático.

- Que bom, todos vão ficar muito feliz com essa notícia.

- Ãn, falando nos outros, você sabe onde está a Natasha? - Eu pergunto.

- Eu vi ela antes, estava com a médica que atendeu você ontem. - Ele falou apontando para o corredor.

Senti uma pontada de preocupação.

- Sam, ela está bem? 

- Está, só acho que infeccionou o corte. 

Eu olhei confusa pra ele.

- Que corte ? Ela só estava com a boca inchada. - Faço outra pergunta para o moreno.

Por algum motivo ele ficou receoso com a minha pergunta.

- Ela não te falou? 

- Falou oque ? - Estava começando a ficar preocupada.

Ele colocou a mão na nuca.

- Ela levou um corte na barriga. - Quando ele percebeu a minha preocupação ele esticou as duas mãos para frente , tentando me acalmar, falhando miseravelmente. - Mas ela tá bem Wanda.

Eu me levanto da cama , passo por Sam e vou andando pelo corredor enquanto Sam andava atrás de mim.

- Calma Wanda, não é melhor você repousar mais? - Ele falava.

Sam foi totalmente desligado da minha mente. Eu me concentrei e tentei sentir Natasha de novo , assim como havia feito ontem no prédio tomado pela KGB . Era como se eu e ela estivéssemos conectadas e num segundo a imagem da sala veio em minha mente. " É lá que ela está!" . Eu estava gostando dessa nova "habilidade".

Fui até a sala e vi ela sentada no sofá e a medica ao lado dela, mexendo em uma maleta de primeiros socorros. Eu fiquei parada encarando ela de longe.Ela me viu e deu um sorriso sem graça.

- Oque aconteceu com você? -  Eu pergunto levemente alterada.

- Yelena. - Ela  fechou os olhos.

- Por que não me contou? - Eu ainda estava parada olhando para ela de longe. Sam estava do meu lado.

- Não queria te preocupar. - Natasha colocou a mão por cima do curativo fazendo uma carreta de dor.

- Não gosto quando esconde as coisas de mim. - Eu falo triste e vou andando na direção dela.

- Desculpa! - Ela olha para baixo. - Você não merecia saber isso ontem.

Eu me sento do seu lado, deito minha cabeça em seu ombro, aperto sua mão e com minha outra mão coloco em cima do ferimento. 

-Vai ficar tudo bem tá? Não se preocupe. - Ela fala carinhosamente.

- Poxa Natasha! É claro que eu vou me preocupar. - eu falo pra ela com a voz chateada - Por favor me prometa que nunca mais vai esconder nada de mim.

Ela se mexe eu tiro a minha  cabeça do seu ombro. Natasha olha nos meus olhos, e eu a encaro.

- Me desculpa Wanda. Eu prometo.

Nós duas ficamos em silêncio apenas nos olhando e eu começo a pensar, "como pode?" "ela é tão linda, tão perfeita. Ela pode ter qualquer pessoa no mundo" " Por que eu?" . Essas frases invadiram a minha cabeça de tal forma que sem querer eu acabei dizendo uma em voz alta.

- Porque eu? - Quando eu percebi no que havia falado, fiquei envergonhada, " Não Wanda, não banque a romântica solitária".

Nat inclinou a cabeça pro lado um pouco mostrando que estava confusa. Ela ficava fofa assim.

- Por que você oque? - Ela pergunta.

- Ãn, oque? Nada não amor! - Eu dou um sorriso torto.

Tony então chega na sala um pouco cansado.

- Bruxinha, preciso da sua ajuda. 

- Tudo bem Tony. -Eu me levanto e vou atras dele. Mas ele tinha me chamado de Bruxinha, e é óbvio que iria se arrepender. Enquanto Tony andava na minha frente, "do nada" ele vai pro chão. Eu passo por ele e falo:

- Andaa Tony não temos tempo pra dormir agora! -  Falo com um maldoso sorriso nos lábios .

----------------------

15:55

Já era de tarde. Já tinha terminado as coisas com Tony, mas quando havia voltado Natasha já não estava mais em casa. Acabei por comer algo e ir para o meu quarto, de onde estou até agora. Fiquei mexendo no notebook.

-Wandaaaaaa! - Alguém gritou, levei um puta susto. Pude notar que a pessoa que havia gritado estava correndo no corredor vindo em direção ao meu quarto.

De repente Steve aparece, ele corre até perto da minha cama. Eu deixo o notebook de lado e levanto.

- Oque foi Steve? - Pergunto assusta. Mas então noto que Steve estava rindo.  

- Eles estão atrás de mim. - Steve fala e tenta se esconder atrás de mim, apesar de ele ser muito maior que eu.

Eu olho para a porta e vejo Tony e Sam entrando no meu quarto também. Eles estavam completamente sujos de alguma coisa branca. Pelas suas caras não estavam contentes.

- Eu vou te matar Steve! - Tony fala alto.

- Oque tá acontecendo aqui? Oque que dei com vocês? - Eu pregunto, tudo estava muito estranho.

- Esse palerma do Steve jogou farinha em nós. - Sam fala.

Steve ainda estava atrás de mim com as mãos nos meus ombros, ele ainda ria.

- Ei ei ei, isso foi pelo natal passado. - Ele aponta para os dois.

- Eu não acredito que vocês são tão crianças assim. - Eu começo a rir também.

Clint para na porta do meu quarto.

- Wanda nós precisamos de diversão também. Não somos velhos emburrados o tempo todo.  - Clin fala sorrindo.

Tony e Sam se viram e olham para Clint.

- Ah você também me paga ! - Sam fala.

Clint sai correndo, sendo seguido por Tony e Sam.

Steve sai de trás de mim, me dá um beijo no rosto e fala:

- Vou lá ajudar o Clint! - Dito isso ele sai correndo também é começa a gritar.- Clinnnt to indo te salvar.

2 segundos depois de Steve sair do meu quarto Natasha entra. Eu começo a rir e ela também.

- Não sabia que eles eram assim. - Eu falo.

- A gente é muito cobrado sabe? Não podemos falhar com as pessoas, é duro e solitário, mas precisamos ser assim na maior parte do tempo, para ajudarmos as pessoas. Mas nós ainda somos seres humanos, temos sentimentos sabia!? - Ela diz.

Natasha se aproxima de mim , segura minha cintura e me beija. A gente vai andando até a cama ela se joga me levando junto. Eu fico em cima dela. A gente continua se beijando.

- Eu fiquei pensando no que você havia falado antes. - Ela se senta na cama e fez eu me sentar em cima de seu colo , eu o fiz e entrelacei minhas pernas em volta de sua cintura. 

Eu olhei confusa pra ela.

- Porque você? - Ela começa. - Oh, vou avisando esse vai ser um daqueles raros momentos em que me verá romântica assim ok? - Ela da um sorriso tão lindo. Seus olhos brilhavam.

- Wanda você entrou de um forma na vida que eu não pensava ser possível. Lembra quando você me beijou aquele dia lá na sala de treinamentos e naquela mesma noite a gente transou. 

- Que loucura foi aquela ein , acho que eu não teria coragem de fazer tudo isso de novo. - Eu falo

- Poise , naquele dia eu pensei que o nosso caso não iria durar mais de 4 dias. Eu iria te dar um fora ou você ia se ligar de que eu não era oque você realmente queria, era só uma novidade, uma curiosidade. Mas as coisas ficaram tão estranhas, e eu sentia que você não estava apaixonada pela Viúva negra e sim pela Natasha Romanoff e isso nunca havia acontecido comigo antes, eu fiquei completamente assustada e com medo, você me derrubou mocinha. E em questão de dias nos estávamos tão conectadas , tão ligadas, eu não tirava você dos meus pensamentos, era tortura ficar longe de você , sabe lá no fundo eu vi tudo que faltava em mim sobrando em você. Eu estava pela primeira vez na minha vida apaixonada, algo que jamais deveria acontecer segundo Angela.

Eu fiquei olhando para ela imóvel, ouvindo cada palavra atentamente. 

- Você não vai falar na... - Ela começou mas eu coloquei meu dedo por cima de sua boca fazendo com que parasse.

- Vou fazer melhor! 

Eu agarrei seu pescoço e a beijei. Um beijo cheio de carinho, amor, desejo. Uma lágrima finalmente desceu e percorreu o meu rosto até que encontrasse o dela. Eu pressionava seu corpo cada vez mais perto do meu. Eu queria senti-la. Eu só queria ela.

Click 

A gente ouviu um barulho e paramos o beijo. Eu me virei pra trás e vi Steve , Tony, Sam e Clint parados na porta. Tony estava segurando um celular. Os 4 estavam nos olhando com vergonha.

- Seu idiota! - Steve deu um tabefe na cabeça de Tony! - Como que você não me tira o barulho do flash?

- Aii! - Tony reclamou.

- Oque? Visão? Que que se tá aprontando ai? Vamos lá ver gente. - Clint fala , os outros 3 concordam e saem depressa .

A única coisa que nos restou foi rir da cena.



Notas Finais


Capítulo bem fofinho ❤
Qualquer coisa falem nos comentários.
Espero que tenham gostado.
Ignorem os erros ortográficos hihi :s
Bjos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...