História É amor? - Capítulo 33


Escrita por: ~ e ~QueenDramaa

Postado
Categorias Resident Evil
Personagens Ada Wong, Albert Wesker, Chris Redfield, Claire Redfield, Deborah Harper, Derek C. Simmons, Helena Harper, Ingrid Hunnigan, Jake Muller, Leon Scott Kennedy, Sherry Birkin
Tags Helena, Leon, Resident Evil 6
Exibições 41
Palavras 799
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Ecchi, Famí­lia, Harem, Hentai, Romance e Novela, Saga, Survival, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi meus amores, quero pedi perdão pela demora em postar o capítulo, e que aconteceram várias coisas. Meus pais se separaram e me mudei. Estou sem internet, tendo que procurar emprego. Eu ainda estou adaptando ao bairro novo. E hoje que consegui pensar em algo para escrever nessa Fanfic. Espero que gostem do capítulo e que não me abandonem <3 e perdão pelos erros de português.

Capítulo 33 - Desabafo, revelações e promessa de vingança.


Fanfic / Fanfiction É amor? - Capítulo 33 - Desabafo, revelações e promessa de vingança.

Terminei o meu almoço rapidamente, a enfermeira recolheu os utensílios, e me deu os meus remédios, e checou meus aparelhos. Logo fui sentindo os efeitos do remédio e dormi.
Leon pov on
Eu receberia alta hoje, mas eu não iria para casa. Não deixaria Helena sozinha, e o Simmons irá me pagar caro pelo que fez. Sentei na cama e comecei a vasculhar sobre a vida do Simmons se eu iria mata-lo teria que conhecer bem com quem eu estou lidando, vi algo sobre ele agora faz muito sentido.
- PORRA!
Levei minhas mãos no meu rosto e disse novamente baixinho:
- Então agora tudo faz sentido. Carla; a mulher que eu estava envolvido, e a ex do Simmons. Porra eu não sabia disso. Será que ele está usando a Helena para se vingar? Não não, ele não é de fazer isso.
Procurei fotos de Carla, pois não lembrava o rosto dela. Tomei um susto quando vi a semelhança dela com a Helena. Oque aconteceu com a Carla? Nunca mais a vi. Não pode ser. Será que ele a matou? E acha que pode ter uma segunda chance, com a Helena? Fechei o notebook, me sentei na cama. Aquilo era demais para mim. Tudo estava explicado agora. Essa obsessão por Helena. Tudo. Me encostei na cabeceira da cama, tentando digerir tudo que eu tinha visto. Em seguida, voltei ao notebook, e me lembrei do e-mail do Simmons que Sherry extraiu do notebook do Simmons. Já tinha sido decifrado. Logo fui abrindo, e vi um vídeo. Logo reconheci Helena e começo a assistir o tal vídeo.
- Seria um desperdício deixá-la ir.
Helena atinge um deles com um chute no meio das pernas e fala:
- VOCES VAO SE ARREPENDER SE ENCOSTAREM EM MIM!
Logo ela foi pega de surpresa por trás, oque a faz cair de joelhos, logo recebe um tapa no rosto e algum deles fala:
- Cuidado a gatinha e brava.
Quando esse msm cara chega perto Helena morde o nariz dele; logo da uma cabeçada no cara que segura ela, quando ela vai acerta o murro na cara, alguem aponta uma arma na cabeça dela.
Logo quando está quase acabando o vídeo Simmons aparece bancando o Herói, cretino então foi tudo armado você a tinha onde você queria.
Fui no banheiro liguei o chuveiro, apoiei minha cabeça na parede e deixei a água caindo nas minhas costas. Eu estava disposto a me vingar de tudo que Simmons fez a Helena. Logo as lembranças de tudo que eu presenciei ele fazendo com ela vieram a tona, fui tomado por uma fúria e soquei a parede do banheiro com força, fazendo meus dedos sangrarem.
Sai do banheiro me vesti, com uma roupa normal e resolvi ir ver Helena. Entrei no seu quarto e vi a mesma dormindo tranquilamente; e sua irmã Deborah ao lado dela. Quando ela me viu ela disse:
- Oi, obrigada por cuidar da minha irmã.
Eu sentei ao lado dela e disse:
- Não precisa agradecer eu faço isso porque a amo.
Ela começa a chorar e comeca a falar:
- Sabe, a Helena sempre foi super protetora, ela sempre esteve ali para mim quando precisei. Até mesmo quando meu ex-namorado ser tornou abusivo. Ela chegou a dar um tiro na perna dele. E foi suspensa por isso. Tipo no tempo que passamos juntas até o momento que ela decidiu se mudar eu nunca a vi com um namorado e nem saindo com algum cara. Ela sempre gostou de estudar e trabalhar sempre levou tudo a sério. Leon oque quero dizer te contando isso, e que por a Helena estar com você e porque ela o ama. Depois que meu pai matou minha mãe. Ela sempre teve uma aversão a homens. Eu era muito nova quando aconteceu. Mas ela ficou traumatizada. Logo em seguida nosso pai morreu na cadeia.
Escutei tudo que Déborah dizia com atenção. Ela precisava desabafar e não é fácil para ela ver oque a irmã está passando, ainda mais com um maníaco atrás da irmã. Peguei na mão dela e disse:
- Não se preocupe, vou fazer Simmons pagar por tudo que fez a sua irmã. Te prometo que ele jamais irá encostar a mão nela.
Pude ver um sorriso se formando em seus lábios; e ela disse:
- Só quero ter a chance de cuidar dela como ela cuidou de mim. E por favor Leon faça esse homem pagar caro, por tudo isso.
Logo Deborah se levantou e saiu dizendo:
- Vou te deixar mais a vontade com ela tá.
Fiz que sim com a cabeça e me sentei ao lado da Helena, tirei uma mecha de cabelo do seu rosto e disse baixinho:
- Eu te amo minha Linda.



Notas Finais


E ai oque acharam? Não deixe de comentar <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...