História É frio aqui Fora - Capítulo 36


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ameaças, Anonimo, Drama, Mensagens, Suspense
Exibições 20
Palavras 651
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oee! Tudo bem? Minha vida tá um saco,mas né,preciso postar pra ocês sz
Boa leitura!

Capítulo 36 - Reunião


Fanfic / Fanfiction É frio aqui Fora - Capítulo 36 - Reunião

        [~] Catherine [~] 

 Voltei para sala e ele me fitou por alguns segundos.

 - Espero que não se incomode de eu estar usando a sua camisa,minhas roupas estão um lixo.- Justifiquei.Ele permaneceu quieto.Estava um silêncio constrangedor.Procurei nos bolsos da minha calça e não achei meu celular.Que droga. 

 - Óbvio que ela pegaria seu celular.- Ele fez que 'não' com a cabeça várias vezes,parecia não aceitar o fato.

 - Eu preciso falar com a minha mãe.- Suspirei tentando digerir tudo que aconteceu até aqui. 

 - Anaís a essa altura do campeonato já fez o circo pegar fogo.- Ele me entregou seu celular sem nem me olhar.Isso estava me machucando mais do que aquelas algemas. Digitei o número do celular da minha mãe e ela não atendia,o que me deixava preocupada.Quando vi que ela não atenderia,entreguei o celular novamente pro Mike.Me sentei no sofá solitário extremamente estressada. 

 [~] Narrador [~]

 - Estou aqui com a maior decepção de toda minha vida.Lamento pelo meu pai ter uma filha daquelas que foi capaz de fazer aquilo.Também lamento pela senhora,dona Sarah.Digo isso com um nó na garganta,mas a Catherine...ela me agrediu só por que disse que o Demétrio gostava de mim,e não dela! Foi tão horrível quando ela praticamente me torturava aqui.Se ela pedisse desculpas,eu até aceitaria.- Anaís dizia tais palavras com 'lágrimas' nos olhos enquanto ocorria uma reunião no apartamento de seu pai.Quando Sarah recebeu a ligação do pai de Catherine e soube do ocorrido,foi para Seattle no mesmo instante. 

 - Eu nunca fui com a cara dessa Catherine!- Andréa abraçou a filha de lado e a mesma se aconchegou nos braços da mãe.Farinha do mesmo saco.- Olha o resultado que minha filha teve por conta daquela cínica.- O rosto de Anaís tinha cortes,hematomas e arranhões.

 - Conheço bem minha filha e sei que ela não seria capaz de cometer tal ato como este!- Sarah defendeu a filha apesar de provas. 

 - Ah,se conhecesse sua filha saberia educa-lá melhor.- Andréa falou tais palavras quase como um sussurro,mas Sarah ouviu e não aguentou ficar calada.

 - É melhor você lavar a boca antes de falar da minha filha,Andréa.- Sarah dessa vez se levantou do sofá.Nos olhos dela tinham ódio. 

 - Sua filha não se dá o respeito.Onde já se viu agredir outra mulher por conta de homem?!- Um barulho se fez naquela sala e toda discussão parou.Sarah havia dado um tapa tão forte em Andréa que deixou a marca de seus dedos na bochecha que agora estava vermelha.- Tinha que ser mãe e filha! São idênticas até no baixo nível.- Andréa estava totalmente indignada.O pai de Catherine não tinha reação.

 - Você sempre foi venenosa,se vocês estiverem aprontando com a minha filha,nem me surpreendo.- Sarah se sentou novamente tentando manter a calma,mas era impossível. 

 - Está nos acusando de algo,sua oferecida?- Quando Sarah estava prestes a abrir sua boca,Marion a interrompe.

 - Chega vocês duas! Contra fatos não há argumentos.A Anaís se encontra toda machucada,com hematomas por conta da Catherine,filha cujo você não deu educação.- Ele apontou para Sarah que quase soltava fumaça pelos ouvidos. 

 - Não fiz a Catherine com o dedo,Marion.Você acompanhou 17 anos da vida dela,e é a prova viva de que dei toda educação pra aquela garota!- Sarah gritou ficando de pé novamente de frente pra Marion. 

 - E olha o que ela fez com a MINHA FILHA!- Ele aumentou a voz na parte de 'minha filha'.Parecia querer deixar claro algo ali. 

 - Então é isso? Eu deveria saber bem antes como as coisas iriam acontecer.Você sendo um completo babaca e péssimo pai não só pra Catherine,mas pra Anaís também.Juro que ,qualquer coisa acontecer com a MINHA FILHA,o culpado é você!- Ela pegou a bolsa no sofá e saiu dali batendo a porta com força logo em seguida. Anaís estava satisfeita por dentro,e concordou com Sarah na parte de 'péssimo pai não só pra Catherine,mas pra Anaís'.Ela realmente tinha um pai desprezível. 


Notas Finais


Eita,Sarah vs Andréa
Quem vence? Podem opiniar a vontade,adoro.
Leitoras fantasmas,apareçam,eu não mordo,só arranco pedaço quando necessário KKKKK parei.Até o próximo caps,migos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...