História É frio aqui Fora - Capítulo 37


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ameaças, Anonimo, Drama, Mensagens, Suspense
Exibições 12
Palavras 669
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


OLHA QUEM VOLTOU NESSA CARAMBA,XENT
ai,crush me abraçou
ADORON
só por isso tô felizona da vida
Boa leitura!

Capítulo 37 - História


        [~] Catherine [~] 

 Dia seguinte tentei novamente ligar pra minha mãe,mas ela continuou sem atender.O Mike havia me oferecido seu quarto para eu dormir e ele ficou na sala.

 - Bom dia.- Falei quando cheguei na cozinha.Ele estava escorado no balcão tomando café,suponho.

 - Bom dia.- Ele respondeu sem nem me olhar.Isso está me machucando tanto.Olhar pra ele e nem saber ao certo o que realmente aconteceu com ele.

 - Para com essa droga.Olha nos meus olhos e me explica o que aconteceu contigo.- Parei em sua frente.Depois de muito tempo,ele me encarou. 

 - Catherine,não é hora pra isso.- Ele tentou escapar,mas segurei seu pulso com um pouco de força.

 - E quando vai ser hora? Mike,chega.Eu estou delirando cada dia mais! Eu preciso de uma resposta sua,agora. 

 - Tudo bem.- Ele levantou os braços em rendição.- Fui embora justamente por causa da Anaís.Depois que eu descobri que ela era sua irmã,os pais dela falaram com os meus e.. 

 - Eu sei que vocês tiveram algo além de amizade,não precisa esconder isso de mim.- Falei. 

 - É,fui embora de Virgínia por causa dos nossos pais que quiseram nos separar.Nunca te contei da Anaís pelo simples fato de não estar preparado.Não sabia qual seria a sua reação.Quando completei 18 anos,o que eu mais queria era vir te ver,mas eu cruzei com a Anaís.Encontrei ela na estrada enquanto dirigia,mas ela continuou me perseguindo até aquilo se transformar em uma corrida.Bati contra um carro e quase morri.O outro motorista havia morrido com a força do meu carro contra o dele,mas eu sobrevivi.A Anaís se aproximou e pensou que eu estivesse morto junto com aquele cara.Eu desmaiei,e um tempo depois senti terra na minha boca,quando abri os olhos,alguém estava me enterrando vivo,suponho que era a Anaís.Ouvi um barulho de sirene se aproximando e então a pá que estavam usando pra me enterrar,caiu no chão.A tal pessoa havia fugido.Eu não fiz diferente.Arrumei forças que eu nem sabia que ainda tinha e saí daquela cova.Cheguei em um hospital próximo e eles cuidaram de mim.Fingi ter perdido a memória e eles me mantiveram lá por um bom tempo,até eu estar totalmente recuperado dos machucados e fugir.Fiquei por várias cidades,até sossegar em Virgínia por um tempo.Eu estava pronto para me revelar vivo para você,mas...Ela descobriu que eu estava vivo e o corpo que pensaram que era o meu,era o do motorista.Soube que você estava no hospital e fui te visitar,mas você acordou.Você estava tão frágil naquele momento.Eu só queria pegar sua dor para mim só pra você não precisar sentir.Depois daquilo fui para Seattle,e claro,com outra identidade.Anaís continuou me perseguindo,até eu encontrar essa casa e me abrigar aqui.- Ele disse cada palavra com calma.Prestei atenção em tudo que ele dizia. 

 - Então era realmente você no hospital..- Meus olhos brilharam. 

 - E na ligação de alguns dias atrás tentando te alertar sobre a Anaís.- Ele complementou. 

 - Eu nem sei o que dizer.Ela quase te enterrou vivo,isso deve ter sido horrível.- Enxuguei uma lágrima que escorria.

 - Foi um momento de terror.Ela precisa ser presa o quanto antes.

 - Sim,e é por isso que precisamos ir até a polícia e contar tudo que ela te fez!- Expliquei.Ele negou com a cabeça.

 - Não dá! Eu forjei minha morte,criei identidade falsa.Também vou me ferrar nessa história toda. 

 - Mike,eu tô com você pro que der e vier.- Pus minha mão acima da sua.Ele corou com tal ato. 

 - Melhor eu ir até o mercado comprar algo para você comer.- Ele saiu rapidamente dali.Bufei.Odeio quando as pessoas fogem dos assuntos. Ficar ali sem fazer nada estava sendo um saco.Eu preciso voltar e contar toda verdade pra minha família,mas e o Mike? Eu fiquei tanto tempo sem vê-lo pra isso? Ele mal me dá atenção ou explicação sobre todos esses anos longe.É tanta coisa acontecendo que até esqueci que amanhã é o meu aniversário.Era para eu estar animada,ganhei o Mike de volta,porém tem uma maníaca atrás de mim pronta pra me matar.Anaís ainda vai cair na própria cova que cavou.


Notas Finais


AIN,só eu tô shippando a Catherine com o Mike? Vontade de apertar esses dois
Mike,pode parar com o doce,ok? Estamos aqui para presenciar Mitherine,licença


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...